Podcasts about governadores

  • 198PODCASTS
  • 735EPISODES
  • 21mAVG DURATION
  • 1WEEKLY EPISODE
  • Jan 10, 2023LATEST

POPULARITY

20152016201720182019202020212022

Categories



Best podcasts about governadores

Latest podcast episodes about governadores

Estadão Notícias
O cerco a extrema-direita no Brasil

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Jan 10, 2023 23:07


Após um dia de terror em Brasília com a invasão dos prédios dos três poderes por bolsonaristas radicais, a meta do governo federal e das forças de segurança é identificar e deter aqueles que participaram do ato terrorista no coração do País. Após uma reunião entre os chefes dos Três Poderes, foi divulgada uma nota em que dizem “rejeitar” os “atos de terrorismo, vandalismo, criminosos e golpistas” e pedem à população a “defesa da paz e da democracia”. O Ministério da Justiça, a Procuradoria-Geral da República e o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios criaram canais para receber denúncias e informações sobre os invasores e depredadores dos prédios públicos. As instituições pedem que sejam encaminhados vídeos, fotos ou prints de redes sociais que possam ajudar a identificar os responsáveis pelos atos golpistas e de depredação no denuncia@mj.gov.br. No final da noite, o presidente Lula fez uma reunião com todos os governadores de estado, ministros e representantes do judiciário para discutir ações que impeçam que atos como o de domingo se repitam. Afinal, esse ataque aos Três Poderes pode ser um divisor de águas em como a sociedade, e até os políticos passarão a enxergar a extrema-direita? De que forma o governo federal, junto com o legislativo e o judiciário, deve agir para desarticular esses movimentos radicais? No Estadão Notícias de hoje, vamos conversar com a cientista política e doutora em ciência política pela USP, Camila Rocha. O ‘Estadão Notícias' está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Gustavo Lopes. Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte.  Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Rádio PT
LULA - fala durante reunião dos governadores. (09-01-23)

Rádio PT

Play Episode Listen Later Jan 9, 2023 19:07


Presidente Lula reúne governadores(as) para discutir ações conjuntas contra atos criminosos e golpistas em Brasilia.

Podcast Política - Agência Radioweb
Confira como foi a posse de governadores da Região Norte

Podcast Política - Agência Radioweb

Play Episode Listen Later Jan 1, 2023 3:13


Governadores do Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins tomaram posse neste domingo.

Podcast Política - Agência Radioweb
Confira como foi a posse de governadores da Região Centro-Oeste

Podcast Política - Agência Radioweb

Play Episode Listen Later Jan 1, 2023 3:39


Ibaneis Rocha assume segundo mandato no Distrito Federal, assim como Mauro Mendes no Mato Grosso e Ronaldo Caiado, em Goiás. Eduardo Riedel é o novo governador do Mato Grosso do Sul.

Colunistas Eldorado Estadão
Põe na Conta: Governadores são orientados a aumentar ICMS em 2023

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Dec 7, 2022 14:03


Adriana Fernandes repercute os principais acontecimentos econômicos na coluna Põe na Conta, no Jornal Eldorado, de 2ª, 4ª e 6ª, às 7h35.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Notícia no Seu Tempo
Lula decide por PEC com gasto de R$ 198 bi fora do teto

Notícia no Seu Tempo

Play Episode Listen Later Nov 29, 2022 7:58


No podcast ‘Notícia No Seu Tempo', confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo' desta terça-feira (2911/22): Depois de semanas de discussões, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva optou pela apresentação ao Congresso da PEC que abre espaço de R$ 198 bilhões no Orçamento de 2023 para bancar promessas de campanha. A PEC foi protocolada no Senado. A estratégia de Lula, a partir de agora, é tentar negociar um valor de R$ 150 bilhões, mas há pressão de parlamentares por um valor menor. E mais: Economia: Mercado vê risco com PEC e volta a elevar projeção de inflação para 2023 Política: PT e PSB anunciam hoje apoio a Arthur Lira Metrópole: PM afirma que filho não demonstrou emoção após matar 4 em escolas no ES Internacional: Governo chinês eleva repressão para tentar conter protestos  Esportes: Casemiro fura defesa suíça e Brasil garante vaga nas oitavas da CopaSee omnystudio.com/listener for privacy information.

Rádio PT
Cop27 - Lula e leitura da “Carta dos Governadores pela Amazônia"

Rádio PT

Play Episode Listen Later Nov 16, 2022 28:26


Presidente eleito Lula recebeu a carta de compromisso por uma agenda comum de transição climática para Amazônia, nesta quarta-feira (16), em Sharm el-Sheikh, no Egito. A entrega aconteceu durante painel de economia sustentável 27ª edição da Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 27). O documento assinado pelos nove governadores que compõem o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal contém todas as propostas de desenvolvimento sustentável da região, que precisam do apoio do governo federal e de países e empresas internacionais. radio.pt.org.br/podcasts

BMJ Consultoria
Eleição de Lula, bloqueios e governadores

BMJ Consultoria

Play Episode Listen Later Nov 4, 2022 55:17


Participantes: Fernanda César Francisco Deymis Larissa Lima Raquel Alves No último domingo (30), nas palavras do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Alexandre de Moraes, a democracia venceu novamente no Brasil com a eleição de mais um Presidente da República. As Eleições de 2022 ficarão na história pela grande polarização política entre os eleitores e outros acontecimentos importantes que se sucederam ao anúncio do vencedor. Para analisar esse cenário, convidamos nossos consultores, Fernanda César, Francisco Deymis, Larissa Lima e Raquel Alves. Neste bate-papo, trazemos um panorama geral sobre a eleição de Lula da Silva (PT) e os desafios com o próximo governo. Ainda na noite de domingo, Lula discursou duas vezes: uma para a comitiva de jornalistas e políticos que o acompanhou durante a apuração, e outra para os apoiadores que celebravam a vitória na Avenida Paulista. Apesar de terem tons distintos, houve um ponto em comum que foi bastante mencionado durante a campanha: a necessidade de reunificar. Lula assume um país dividido, polarizado e com pouco apoio no Congresso Nacional. Para governar, ele precisará colocar em prática ampla coalização e já organiza o governo de transição, que será comandado por Geraldo Alckmin. Apesar da demora de Jair Bolsonaro para fazer um pronunciamento, ministros e autoridades parabenizaram Lula e demonstraram a defesa pelo cumprimento da eleição. Na lista estão os presidentes Arthur Lira (Câmara dos Deputados) e Rodrigo Pacheco (Senado), além do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. Por outro lado, os apoiadores de Jair Bolsonaro foram às ruas para protestar contra o resultado e causaram paralisações em estradas importantes do país. O movimento já está enfraquecido, mas o silêncio de Bolsonaro foi um fator de influência. Nossos especialistas analisam as motivações dos manifestantes e os impactos para o mercado brasileiro após os dias mais afetados. Por fim, também analisamos qual deve ser o apoio dos governadores eleitos aos planos futuros de Lula da Silva. O presidente eleito já sinalizou que quer trabalhar em conjunto, independentemente de partido. No total, Lula tem o apoio de 11 governadores, enquanto 14 apoiaram a candidatura de Bolsonaro, incluindo dois dos maiores colégios eleitorais do Brasil, Minas Gerais com Romeu Zema (Novo) e Rio de Janeiro com Cláudio Castro (PL). Todos esses aspectos são analisados neste episódio por nossos consultores, confira!

Meio Ambiente
Com Lula, Brasil pode retomar protagonismo no combate ao desmatamento, dizem ambientalistas

Meio Ambiente

Play Episode Listen Later Nov 3, 2022 5:05


Cientistas do clima e ambientalistas reiteram a importância dos resultados das eleições no Brasil, país que guarda 60% da floresta amazônica. Os temas ambientais ganharam destaque no discurso da vitória do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, que vai herdar instituições enfraquecidas e um orçamento debilitado para a tarefa gigantesca de combate às queimadas que impactam diretamente nos planos climáticos de todo o planeta. Maria Paula Carvalho, da RFI  “Ele se comprometeu a retomar o protagonismo do Brasil frente à crise climática, lutar pelo desmatamento zero na floresta amazônica, combater os crimes ambientais, criar um ministério para tratar dos direitos dos povos indígenas e retomar a cooperação internacional para proteger a Amazônia e ajudar o Brasil nessa tarefa que não vai ser fácil”, analisa Carlos Rittll, especialista em política internacional da Rain Forest Foundation, da Noruega.   “É uma mudança de 180 graus em relação ao que o governo Bolsonaro apresentou, entregou e implementou”, completa. “O presidente Bolsonaro declarou guerra contra as florestas, os povos indígenas e as leis ambientais. Ele permitiu que a Amazônia fosse dominada pelo crime organizado ambiental, que agiu com impunidade durante quatro anos, desmantelou políticas ambientais e os planos de desmatamento”, acrescenta Rittll. Para a consultora ambiental internacional, advogada e professora universitária baseada na Espanha Laura Magalhães, o Brasil precisa voltar à liderança da luta contra a crise climática. “Lula recebeu o convite da organização da COP27, a conferência para o clima que será realizada a partir de 6 de novembro, o que demonstra o interesse internacional de que ele esteja presente nessas discussões”, destaca. “Falando sobre dados do governo Lula, tivemos uma redução considerável em termos de desmatamento, de fome, das questões relacionadas à violência, que, infelizmente, no governo Bolsonaro, houve o inverso em termos estatísticos”, ela completa. Lula, que já confirmou presença na COP do Egito, vai assumir a presidência num momento em que a taxa de desmatamento na Amazônia está em alta. “Nos primeiros períodos de [o governo] Lula, houve uma redução acumulada de 70% do desmatamento, entre 2003 e 2010. Depois, continuou caindo no governo Dilma e, no governo Temer, começou a subir discretamente. Mas no governo de Bolsonaro, o desmatamento cresce 70%”, explica Tasso Azevedo, coordenador geral do MapBiomas. “O que temos hoje é um não-governo na área ambiental, que, além de não fazer nada, ainda opera contra”, sublinha Azevedo. “[Um próximo governo] Deve mudar a forma de tratar os indígenas, os maiores protetores das florestas, que estiveram abandonados durante quatro anos. Temos expectativa de um novo tempo”, ele declara. O papel do Brasil na Cúpula do Clima Lula deverá aproveitar a COP27 em Sharm El-Sheikh para reforçar ao mundo seu compromisso com a agenda ambiental. O petista foi chamado para integrar a comitiva do governador do Pará, Helder Barbalho, em nome do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal. O convite para ir ao evento foi reforçado pelo presidente do Egito, Abdel Fatah al-Sissi. De acordo com o porta-voz da presidência egípcia, Al-Sissi espera que o Brasil desempenhe um papel "positivo e construtivo" na cúpula. Aliada de Lula, a ex-ministra do Meio Ambiente e deputada federal eleita Marina Silva (Rede-SP) já havia afirmado que a equipe de Lula pretendia levar para a COP27 uma proposta de revisar os objetivos nacionais de emissão de gases do efeito estufa, com a intenção de tornar mais ambiciosa a meta brasileira. Até o momento, não está prevista a ida do presidente Jair Bolsonaro para a COP27, o que demonstra uma transição acentuada nos planos ambientais do Brasil. “A expectativa está indo no sentido inverso, com compromisso com o desmatamento zero e a volta de uma agenda de clima, como se estivéssemos dando um cavalo de pau para ir para outro lado, o lado em que o Brasil já esteve”, analisa Tasso Azevedo. “O Brasil vinha construindo uma posição e uma estruturação de política ambiental desde a Constituição de 1988, passando por todos os governos”, observa. “Esses quatros anos serviram para mostrar que essa agenda da sustentabilidade, do clima e da Amazônia seja, talvez, o principal softpower do Brasil, junto com o combate à fome. É um tema que é transversal, que está em todo o lugar. Quando o Brasil cuida bem da Amazônia, é percebido com seriedade”, avalia. Fortalecer as instituições de monitoramento e controle do desmatamento deveria ser uma prioridade, na opinião de Laura Magalhães. “Quando falamos em instituições democráticas, eficazes e em transparência, o que tivemos no governo Bolsonaro foi um fechamento dessas relações internacionais, que culminou com uma desconfiança em termos gerais desse governo”, diz. “Já com o governo Lula, que historicamente sempre foi aberto ao diálogo, a expectativa é positiva", ela estima. "Um exemplo prático vem da Noruega, que no dia 31 de outubro declarou que voltará a contribuir para o Fundo da Amazônia, que estava paralisado desde 2019 dentro do governo Bolsonaro, por causa da extinção de colegiados de gestão”, explica a especialista em sustentabilidade. Órgãos de monitoramento denunciam que a extração de madeira e os incêndios florestais cresceram no Brasil nos últimos anos e alertam que a Amazônia começou a liberar mais carbono do que absorve. Ninguém esquece, tampouco, a atuação do ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles, que ocupou o posto entre janeiro de 2019 e junho de 2021 e agora foi eleito deputado federal por São Paulo, e que ficou marcado por propor "passar a boiada" durante uma reunião ministerial. Em contraponto ao que vem sendo feito, o plano de governo da chapa formada por Lula (PT) e Geraldo Alckmin (PSB) trouxe propostas para combater o "uso predatório dos recursos naturais" e o estímulo às "atividades econômicas com menor impacto ecológico". O documento também promete que o novo governo pretende frear "o crime ambiental promovido por milícias, grileiros, madeireiros e qualquer organização econômica" e "cumprir as metas assumidas na Conferência de 2015 em Paris". Belo Monte sofreu críticas Um olhar para o passado, no entanto, mostra que Lula também foi bastante criticado por ambientalistas em diversos momentos do seu mandato, por supostamente priorizar grandes obras de infraestrutura, em vez da preservação ambiental. Entre os projetos questionados estão as hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, no rio Madeira, em Rondônia, onde ambientalistas alertavam, à época, para os impactos na fauna, na flora e nas comunidades indígenas. “Ao longo da campanha eleitoral, Lula esteve com indígenas que foram impactados por grandes obras de infraestrutura, e espera-se que essas contradições sejam enfrentadas de início, e não quando os projetos estiverem já na mesa, perto de receber recursos”, acredita Carlos Rittll. A Usina Hidrelétrica de Belo Monte, construção autorizada no governo Lula e concluída na gestão da presidente Dilma Rousseff, foi outro ponto que gerou discórdia. “Em Belo Monte, eu tive oportunidade de participar de processos de auditoria ambiental, e a questão é a manutenção e o nosso olhar crítico sobre esses órgãos de fiscalização e controle”, explica Laura Magalhães. “O professor [e economista] Sérgio Besserman Vianna é categórico em dizer que sem sustentabilidade não há economia”, enfatiza. “A degradação ambiental e o agravamento das questões climáticas interferem diretamente na vida das pessoas. Se não há saúde e acesso a serviços públicos básicos, como a garantia da segurança alimentar ou acesso a saneamento básico, a gente não consegue ter uma força de trabalho produtiva que gere riqueza para o país”, analisa a professora de direito ambiental. Nascida em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e doutora em direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Laura trouxe sua experiência prática para oferecer soluções inovadoras de gestão, aprendizagem e métodos organizacionais para a sustentabilidade a empresas espanholas que atuam no Parque Tecnológico da Galícia. Ela também critica a polarização política existente atualmente em nível mundial. “Em resumo, o que temos no mundo é uma polarização entre um bloco progressista e uma ala mais conservadora que pensa em desenvolvimento, em estado mínimo, em um desenvolvimento que paga um preço alto que são as questões sociais e ambientais importantes”, analisa. Para um terceiro mandato como presidente, Lula prometeu levar desenvolvimento sustentável às comunidades que vivem na região amazônica. E aposta nas boas experiências do passado. Foi durante a gestão do petista que nasceu a política nacional sobre a mudança do clima, e que o Brasil assumiu, pela primeira vez, metas de redução de emissões de gases do efeito estufa e do desmatamento. Lula, entretanto, não vai encontrar a mesma situação de quando chegou ao poder em 2003, e o Ministério do Meio Ambiente já era atuante e havia modificado leis, aumentando as regras de proteção de florestas dentro de propriedades privadas, o novo Código Florestal. “Agora ele vai encontrar um pós-terremoto na agenda ambiental do Brasil, instituições muito enfraquecidas ocupadas por pessoas que não têm compromisso com o combate ao crime ambiental e com a proteção de povos indígenas”, alerta Rittll. “A cooperação internacional pode ter um papel muito forte, em especial em 2023. Que vai ser um ano de arrumar a casa e livrar a agenda ambiental dos escombros deixados por uma gestão devastadora que foi o governo Bolsonaro”, conclui.

Podcast Política - Agência Radioweb
Governadores aliados a Bolsonaro se manifestam contra bloqueios

Podcast Política - Agência Radioweb

Play Episode Listen Later Nov 1, 2022 1:04


Romeu Zema (MG), Claudio Castro (RJ) e Rodrigo Garcia (SP) se manifestaram contra os bloqueios de caminhoneiros e anunciaram atuação para liberar vias.

Expresso - Expresso da Manhã
BCE pressionado politicamente deve responder com independência

Expresso - Expresso da Manhã

Play Episode Listen Later Oct 27, 2022 15:54


O Banco Central Europeu volta a subir as taxas directoras esta quinta-feira. Pressionado por uns para ser mais agressivo nessas subidas e por outros, como António Costa, para ser mais prudente, o Conselho de Governadores dos países do Euro tem de mostrar a sua independência e prosseguir o combate à inflação. Não há uma fórmula mágica, mas este é um combate que está atrasado. Neste episódio, conversamos com o editor de Economia do Expresso, João Silvestre.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Arquidiocese de Uberaba
Artigo Dom Paulo #43- Segundo Turno

Arquidiocese de Uberaba

Play Episode Listen Later Oct 24, 2022 3:32


Dentro do legítimo processo democrático, o Brasil convoca os cidadãos para mais um exercício e prática de sua cidadania. Assim aconteceu no Primeiro Turno das Eleições, dia 2 de outubro, elegendo os Senadores, Deputados, Governadores, levando para o Segundo Turno, Bolsonaro e Lula. Em 30 de outubro, pelo voto, que deve ser livre e responsável, será eleito o próximo Presidente da República. Acompanhe os artigos de Dom Paulo, toda segunda-feira, às 8:30h!

Estadão Notícias
A guerra do TSE contra fake news e a subida de Bolsonaro

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Oct 21, 2022 35:25


Após a polêmica envolvendo o episódio do “pintou um clima” com meninas venezuelanas, a campanha de Jair Bolsonaro (PL) teve uma boa notícia na reta final do segundo turno. As últimas pesquisas mostram uma queda na diferença entre o presidente e o candidato do PT, Lula. No Datafolha, a distância é de 4 pontos, na Quaest é de 6%. Em alguns Estados, principalmente no Nordeste, a disputa deve ser acirrada também. Na Bahia, Jerônimo (PT) ultrapassou ACM Neto (União Brasil) nos levantamentos do segundo turno. Em Pernambuco, a candidata do PSDB, Raquel Lyra também está à frente de Marília Arraes (Solidariedade) Com receio de um aumento exponencial de fake news, na última semana de campanha, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou uma resolução que amplia os poderes do colegiado para determinar a remoção de notícias falsas e acelera o prazo para que a ordem seja cumprida. Estes são alguns dos temas presentes nessa edição do Poder em Pauta, nossa conversa semanal com os repórteres que cobrem a política e as eleições dentro do podcast ‘Estadão Notícias'. Participam desta edição Felipe Frazão, de Brasília, e Pedro Venceslau, de São Paulo. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

15 Minutos - Gazeta do Povo
Lula x Bolsonaro: o apoio dos governadores

15 Minutos - Gazeta do Povo

Play Episode Listen Later Oct 17, 2022 14:09


*) Episódio do podcast 15 Minutos fala sobre a importância e o peso dos apoios de governadores e de candidatos ao governo do estado em segundo turno para Lula e Bolsonaro. O convidado é Olavo Soares, da editoria de República da Gazeta do Povo em Brasília. ***Ficha técnica: ‘15 minutos', podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

15 Minutos - Gazeta do Povo
Eleições: disputa acirrada nos estados

15 Minutos - Gazeta do Povo

Play Episode Listen Later Oct 14, 2022 18:45


*) Em 12 estados do país, a decisão sobre o futuro dos governos estaduais ficou para o segundo turno da eleição. Neste episódio do podcast 15 Minutos, nós faremos um panorama sobre a disputa eleitoral em algumas destas unidades da federação. A convidada é a Giulia Fontes, da equipe de Eleições da Gazeta do Povo. ***Ficha técnica: ‘15 minutos', podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Estadão Notícias
A exploração da fé e um giro pelas eleições estaduais

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Oct 14, 2022 36:20


O uso da religião como “arma” eleitoral deu o que falar no último dia 12. No Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, no interior de São Paulo, Jair Bolsonaro (PL) teve que ouvir do Arcebispo da cidade, Dom Orlando Brandes, um sermão sobre misturar eleição com a fé das pessoas. No mesmo dia, apoiadores de Bolsonaro vaiaram um padre que falava sobre fome, e agrediram duas equipes de televisão que faziam a cobertura da comemoração. Os funcionários eram da TV Vanguarda, afiliada da TV Globo, no interior do Estado, e da TV Aparecida, que transmitia sua programação direto do santuário. Enquanto isso, o presidente tem guardado as sete chaves o relatório produzido pelas Forças Armadas sobre a fiscalização das urnas eletrônicas no primeiro turno. Jornalistas apuraram que o documento não detectou nenhuma fraude, o que teria irritado Bolsonaro. Nas eleições estaduais, o clima é de indefinição em vários entes da federação. O pleito promete ser apertado, e definido voto por voto, na Bahia e em Pernambuco. Já em São Paulo, as pesquisas registram uma diferença de 5% entre Tarcísio de Freitas (Rep) e Fernando Haddad (PT). Estes são alguns dos assuntos que guia o ‘Poder em Pauta', nossa conversa semanal com os repórteres do Estadão que cobrem o dia a dia da política e das eleições. Participam desta edição Felipe Frazão e Pedro Venceslau. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Podcast Política - Agência Radioweb
Campanhas de 2º turno na rua: Bolsonaro vai a MG; Lula fica em SP

Podcast Política - Agência Radioweb

Play Episode Listen Later Oct 7, 2022 5:32


Nesta quinta-feira (6/10), os candidatos à presidência do Brasil foram pela 1ª vez às ruas em busca do voto dos brasileiros para o 2º turno da eleição, marcado para 30 de outubro. O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) recebeu o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), e seis governadores no Palácio da Alvorada em Brasília. Todos, que declararam apoio à sua candidatura, já eram seus aliados. Mais tarde, Bolsonaro visitou a capital mineira Belo Horizonte. O ex-presidente Lula (PT) participou de um comício de rua na cidade de São Bernardo do Campo, seu berço político na região do Grande ABC em São Paulo. Depois, reuniu políticos do PSD que declararam apoio à sua candidatura. O petista também agradeceu o apoio manifestado por economistas liberais que criaram o Plano Real, que estabilizou a inflação no país em 1994.

Estadão Notícias
A disputa ‘diabólica' nas campanhas de 2º turno

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Oct 7, 2022 37:14


Apesar da onda de descrença, as pesquisas eleitorais começam a divulgar seus levantamentos para o segundo turno, nesta semana. De acordo com o Ipec, Lula (PT) tem 55% dos votos válidos, contra 45% de Jair Bolsonaro (PL). Na Quaest, o cenário foi bem parecido. O petista tem 54% dos votos válidos, enquanto o atual presidente tem 46%. No entanto, esses números podem sofrer alterações até o dia 30 de outubro, já que os presidenciáveis começaram a reunir apoios para esta fase da eleição. O atual presidente conseguiu reunir um grande número de governadores eleitos em primeiro turno, caso de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraná. Já o petista, tem no seu palanque os ex-candidatos Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB), além de figuras históricas, como Fernando Henrique Cardoso. Agora, as campanhas traçam estratégias para tentar reduzir a rejeição de seus candidatos em algumas localidades. Enquanto Lula intensifica os comícios no Sul e no Sudeste, Bolsonaro pretende investir mais no Nordeste. Além disso, os dois candidatos “brigam” pelo espólio de eleitores deixados por Ciro Gomes e Simone Tebet. Esses são os assuntos que guiam nossa conversa do “Poder em Pauta” com os jornalistas que acompanham o dia a dia da política. Participam no episódio de hoje do Estadão Notícias, Pedro Venceslau, de São Paulo, e Felipe Frazão, diretamente da capital federal. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Direto da Redação
Bolsonaro recebe apoio de mais três governadores no segundo turno, enquanto Simone Tebet e FHC declaram apoio a Lula

Direto da Redação

Play Episode Listen Later Oct 6, 2022 4:27


Bolsonaro recebe apoio de mais três governadores no segundo turno, enquanto Simone Tebet e FHC declaram apoio a LulaSee omnystudio.com/listener for privacy information.

Conteúdo Brasil
Governadores reeleitos, deputados e senadores apoiam Bolsonaro

Conteúdo Brasil

Play Episode Listen Later Oct 6, 2022 2:02


JORNAL DA RECORD
Governadores de DF e PR confirmam apoio a Bolsonaro; Simone Tebet anuncia adesão a Lula; Estudante atira contra colegas em escola do Ceará

JORNAL DA RECORD

Play Episode Listen Later Oct 6, 2022 51:09


Ouça a edição completa do JR desta quarta (5) com os seguintes destaques: Governadores do Distrito Federal e do Paraná confirmam apoio a Jair Bolsonaro; Simone Tebet anuncia adesão a Lula; Estudante atira contra colegas em escola do Ceará; Petista mata bolsonarista em discussão no litoral de São Paulo; Ator Alec Baldwin faz acordo com família de diretora morta durante gravação de filme.

O Antagonista
Ronaldo Caiado oficializa apoio a Jair Bolsonaro, junto a governadores de quatro estados

O Antagonista

Play Episode Listen Later Oct 6, 2022 0:46


O presidente Jair Bolsonaro recebeu, na manhã desta quinta-feira (6), o apoio do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), que foi reeleito em 1º turno no último domingo. O apoio do governador já era esperado e vem na onda de líderes estaduais que reforçarão a campanha de Bolsonaro à reeleição no 2º turno. "A gente reconhece sua importância para o desenvolvimento de Goiás", disse Caiado a Bolsonaro. "As ações sociais do seu governo eu entrei em complementariedade a elas, e consegui avanço substantivo nas crianças de 0 a 6 anos de idade, nas pessoas de aluguel social complementar e nos alunos de ensino médio." O evento no Palácio da Alvorada uniu ainda os governadores eleitos do Mato Grosso, Mauro Mendes (União Brasil), do Acre, Gladson Camelli (PP) e de Roraima, Antonio Denarium (PP). O governador Wilson Lima (União Brasil), do Amazonas, que concorre à reeleição contra Eduardo Braga (MDB), também esteve no local. Bolsonaro ainda reuniu mulheres em prol da sua campanha, assim como o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

JORNAL DA RECORD
Bolsonaro recebe apoio de governadores de SP, MG, RJ e DF; PDT de Ciro apoia Lula; Ministro pede que PF investigue institutos de pesquisas

JORNAL DA RECORD

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 52:03


Ouça a edição completa do JR desta terça (4) com os seguintes destaques: Governadores de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal anunciam apoio a Jair Bolsonaro; Sem citar Lula, Ciro Gomes anuncia apoio ao petista; Ministro da Justiça determina que Polícia Federal investigue institutos de pesquisas; O dia dos candidatos a governador nos estados com segundo turno; Itália pede extradição do ex-jogador Robinho.

JORNAL DA RECORD NEWS
Apuração dos votos é concluída 40 horas após primeiro turno das eleições; Brasil registra novo recorde de pedidos de demissão

JORNAL DA RECORD NEWS

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 48:27


Apuração dos votos é concluída 40 horas após primeiro turno das eleições. Governadores de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais anunciam apoio a Bolsonaro. Brasil registra novo recorde de pedidos de demissão. Infecção pulmonar de vocalista faz Coldplay adiar oito shows no Brasil.

Rádio Gaúcha
Lula recebe apoio de Simone Tebet e FHC enquanto Bolsonaro conta com governadores reeleitos

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 4:15


Lula recebeu o apoio da senadora Simone Tebet, do MDB, terceira colocada na disputa, e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB. Jair Bolsonaro recebeu o reforço dos governadores reeleitos Ibaneis Rocha, do Distrito Federal, e Ratinho Junior, do Paraná. No Rio Grande do Sul, Onyx Lorenzoni e Eduardo Leite também recebem reforços de quem não se classificou para o segundo turno. Uma série de estabelecimentos comerciais em diferentes vias de Porto Alegre teve vidraças quebradas na madrugada. Das 29 praias brasileiras reconhecidas pelo programa Bandeira Azul da ONG dinamarquesa Foundation for Environmental Education, 18 são de Santa Catarina. Mais notícias em gzh.com.br

Direto da Redação
Jair Bolsonaro ganha apoio de governadores do Sudeste, e Lula fecha com o PDT à espera de Simone Tebet

Direto da Redação

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 5:43


Jair Bolsonaro ganha apoio de governadores do Sudeste, e Lula fecha com o PDT à espera de Simone TebetSee omnystudio.com/listener for privacy information.

Conteúdo Brasil
Governadores do DF e Paraná decidem apoio no segundo turno

Conteúdo Brasil

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 2:22


Conteúdo Brasil
Três Governadores eleitos declararam apoio a Bolsonaro

Conteúdo Brasil

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 1:54


Podcast Política - Agência Radioweb
Governadores do DF e PR declaram apoio a Bolsonaro

Podcast Política - Agência Radioweb

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 2:06


O presidente Jair Bolsonaro recebeu nesta quarta-feira o apoio público dos governadores do Distrito Federal e do Paraná para a disputa em segundo turno. Durante o dia, Bolsonaro se reuniu com os governadores no Palácio da Alvorada.

Rádio PT
PT elege 3 governadores e vai disputar 2º turno em SP, BA, SC e SE

Rádio PT

Play Episode Listen Later Oct 4, 2022 2:39


Partido se prepara vencer pela primeira vez em São Paulo, com Fernando Haddad.

Podcast Política - Agência Radioweb
Bolsonaro ganha apoio de Moro e dos governadores de MG e RJ

Podcast Política - Agência Radioweb

Play Episode Listen Later Oct 4, 2022 2:30


O presidente Jair Bolsonaro ganhou, nesta terça-feira (4), apoios importantes na disputa para o segundo turno. O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, reeleito em primeiro turno, e do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), declararam apoio ao atual presidente.

Conversa MP
#47 Eleições 2022

Conversa MP

Play Episode Listen Later Oct 1, 2022 5:55


As eleições deste ano são esperadas por toda a sociedade e mobilizam todo o brasil para a escolha dos políticos que representarão a população pelos próximos 4 anos. No dia 02 de outubro, os brasileiros vão às urnas para escolher Presidente da República, Governadores, Senadores e Deputados Federais, Estaduais e Distritais. O Conversa MP, vamos receber a promotor eleitoral do MPAC, Almir Fernandes Branco, responsável pela 1ª Zona Eleitoral do Estado do Acre.

Notícia no Seu Tempo
TSE monta ação contra hackers após relatório alertar para ataques

Notícia no Seu Tempo

Play Episode Listen Later Aug 3, 2022 8:52


No podcast ‘Notícia No Seu Tempo', confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo' desta quarta-feira (03/08/22): O TSE vem implementando medidas para proteger de ataques hackers o sistema eleitoral em Brasília e nos TREs. O alerta foi dado por um grupo técnico que se dedica à segurança da informação. De acordo com relatório interno ao qual o Estadão teve acesso, o TSE não descarta ser alvo de uma ação como a que paralisou o STJ por uma semana, em novembro de 2020.  E mais: Economia: Mercado espera Selic a 13,75% e que BC sinalize para nova alta Política: Câmara adia projeto que tira poder de governadores sobre as polícias militares Metrópole: País esclarece só 37% dos homicídios; índice de casos resolvidos cai Internacional: Presidente da Câmara dos EUA visita Taiwan e China exibe arsenal Caderno 2: ‘Cinema Paradiso', de Giuseppe Tornatore, vai virar série de TVSee omnystudio.com/listener for privacy information.

Notícia no Seu Tempo
Câmara acelera projeto que retira poder de governadores sobre PM

Notícia no Seu Tempo

Play Episode Listen Later Aug 2, 2022 8:12


No podcast ‘Notícia No Seu Tempo', confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo' desta terça-feira (02/08/22): A Câmara pode votar, na sessão de hoje, projeto que retira dos governadores poder e controle sobre o comando das polícias militares. A tendência é de aprovação da proposta. Em junho, o presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu parlamentares da Comissão de Segurança Pública e entidades representativas de policiais, que defenderam a aprovação de uma nova lei orgânica para as polícias. E mais: Economia: Orçamento de 2023 não tem espaço para reajuste geral e auxílio a R$ 600 Política: Tebet aposta em chapa feminina; PSDB indica Mara Gabrilli para vice Metrópole: Círculo Militar de SP é condenado a devolver área pública da Prefeitura Internacional: Com drone, EUA matam sucessor de Bin Laden na chefia da Al-Qaeda Esportes: Alonso assina com a Aston Martin e grid tem 5 vagas para 2023 Caderno 2: Livro de ensaios, a nova aventura de Zélia Duncan    See omnystudio.com/listener for privacy information.

Eliane Cantanhêde responde
"Tirar polícias dos governadores é como tirar FFAA do presidente"

Eliane Cantanhêde responde

Play Episode Listen Later Aug 2, 2022 24:01


A Câmara dos Deputados ressuscitou a intenção de retirar dos governadores de Estado poder e controle sobre o comando da Polícia Militar (PM). Os deputados se preparam para votar nesta terça-feira, 2, um projeto de lei que institui a lista tríplice como forma de escolha dos comandantes-gerais, confere a eles um mandato de dois anos e dá autonomia orçamentária às PMs. A tendência é de aprovação. "Tirar o controle das polícias dos governadores é muito grave; seria como tirar o controle das forças armadas do presidente da República - elas não estariam mais sob controle do poder civil e fariam o que bem entendessem. É um corporativismo, mas também um fator político de desordem de forças que são armadas", opina Eliane. Roberto Livianu, do Instituto Não Aceito Corrupção, articula mobilização, no STF, contra a possível permissão da Corte à retroatividade da nova Lei de Improbidade. A legislação aprovada em 2021 é mais branda e, se valer para casos em andamento, vai beneficiar políticos condenados na esfera penal por corrupção. "A Lei de Improbidade precisava de ajustes, mas a mudança feita é a pá de cal em todo movimento anti-corrupção", diz Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "Tirar polícias dos governadores é como tirar FFAA do presidente"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Aug 2, 2022 24:01


A Câmara dos Deputados ressuscitou a intenção de retirar dos governadores de Estado poder e controle sobre o comando da Polícia Militar (PM). Os deputados se preparam para votar nesta terça-feira, 2, um projeto de lei que institui a lista tríplice como forma de escolha dos comandantes-gerais, confere a eles um mandato de dois anos e dá autonomia orçamentária às PMs. A tendência é de aprovação. "Tirar o controle das polícias dos governadores é muito grave; seria como tirar o controle das forças armadas do presidente da República - elas não estariam mais sob controle do poder civil e fariam o que bem entendessem. É um corporativismo, mas também um fator político de desordem de forças que são armadas", opina Eliane. Roberto Livianu, do Instituto Não Aceito Corrupção, articula mobilização, no STF, contra a possível permissão da Corte à retroatividade da nova Lei de Improbidade. A legislação aprovada em 2021 é mais branda e, se valer para casos em andamento, vai beneficiar políticos condenados na esfera penal por corrupção. "A Lei de Improbidade precisava de ajustes, mas a mudança feita é a pá de cal em todo movimento anti-corrupção", diz Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Resumão Diário
Quarta-feira, 27 de julho

Resumão Diário

Play Episode Listen Later Jul 27, 2022 5:16


Governadores dos 26 estados e do Distrito Federal cumpriram, em média, só quatro em cada dez promessas feitas nas campanhas de 2018, segundo levantamento do g1; a página especial 'As promessas dos políticos' traz os dados detalhados de cada governador. Senadores da CPI da Covid entraram com ação no STF para que a vice-procuradora-geral da República, Lindôra Araújo, seja investigada. O ministro Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, negou um pedido para anular a convenção nacional do MDB, marcada para hoje. Produtores não precisam mais informar o prazo de validade em embalagens de vegetais frescos. O Federal Reserv, o banco central dos EUA, define hoje a taxa de juros do país com expectativa de alta. E hoje começam as quartas de final da Copa do Brasil.

O Antagonista
Bolsonaro diz que governadores do Nordeste tentam "extorquir" eleitores

O Antagonista

Play Episode Listen Later Jul 1, 2022 1:08


Jair Bolsonaro voltou a criticar os governadores durante a visita ao Rodoanel de Feira de Santana, na Bahia. Para o presidente da República, falta vontade política dos chefes de Poder Executivo para reduzir o valor do ICMS, após a aprovação de um projeto de lei que estabelece um teto para a alíquota do imposto. Na companhia do ex-ministro da Cidadania, João Roma – que concorre ao governo do estado – o presidente não falou da obra, mas atacou os governadores do Nordeste que foram à Justiça contra o teto do ICMS. “Estão gostando da baixa dos combustíveis?”, questionou Bolsonaro, aplaudido pelos fãs. “Há pouco me culpavam pelo aumento e, quando abaixa, muitos se calam. É um trabalho nosso, começou pelo governo federal abrindo mão dos seus impostos, e agora chegou a vez dos 27 governadores do Brasil.” “Infelizmente os nove governadores do Nordeste entraram na Justiça contra a redução de impostos estaduais. Não querem colaborar com o povo. Não se preocupam com a sua população, querem arrecadar de vocês cada vez mais, e extorquir os contribuintes brasileiros”, continuou o presidente, enquanto seus fãs gritavam “Rui ladrão”, em referência ao governador do estado, Rui Costa (PT). Tratando a questão como um capítulo da sua “luta do bem contra o mal”, Bolsonaro ainda disse que a lei federal deverá prevalecer. “A redução se dará de uma forma ou de outra. Parabéns aos 15 governadores que baixaram os impostos”, concluiu. Cadastre-se para receber nossa newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Eldorado Expresso
Oposição protocola abertura de CPI do MEC

Eldorado Expresso

Play Episode Listen Later Jun 28, 2022 15:44


O líder da oposição ao governo no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), protocolou no início da tarde desta terça-feira, 28, o requerimento para criar a CPI do MEC. O pedido conta com 31 assinaturas, quatro a mais o que o mínimo necessário (veja ao final deste texto). Segundo o senador, todos os pré-requisitos para a instalação da CPI foram preenchidos. Governadores de 11 Estados e do Distrito Federal protocolaram uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) com pedido de liminar contra a lei 194 aprovada pelo Congresso que considera combustíveis, telecomunicações, energia elétrica e transporte coletivo bens essenciais. A lei limita a cobrança do ICMS a um teto máximo entre 17% e 18%. E mais: Novo passaporte brasileiro ganha figuras que representam a flora e a fauna do país e o avanço, ainda que tímido, da presença de pessoas trans no ensino superior. Ouça estas e outras notícias desta terça-feira, 28, no “Eldorado Expresso”. See omnystudio.com/listener for privacy information.

exame
Pesquisa governo RJ: Castro e Freixo empatados

exame

Play Episode Listen Later Jun 21, 2022 2:19


A disputa pelo governo do Rio de Janeiro mostra um cenário acirrado, com empate entre dois pré-candidatos. De acordo com a pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA divulgada no dia 16 de junho, o governador Cláudio Castro (PL) tem 24% das intenções de voto, e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB) tem 23%. Os números são de uma pergunta estimulada em que os nomes são apresentados aos entrevistados. Considerando a margem de erro da sondagem, que é de três pontos percentuais para mais ou para menos, há um empate técnico entre Castro e Freixo. Para a pesquisa, foram ouvidas 1.000 pessoas do estado do Rio de Janeiro entre os dias 10 e 15 de junho. As entrevistas foram feitas por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número RJ-02458/2022. A EXAME/IDEIA é um projeto que une EXAME e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública. Veja o relatório completo. https://bit.ly/3NYnXV4 Apresentação: Gilson Garrett. 

Colunistas Eldorado Estadão
Põe na Conta: Governadores desconsiderados em proposta sobre ICMS

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Jun 15, 2022 12:44


Adriana Fernandes repercute os principais acontecimentos econômicos na coluna Põe na Conta, no Jornal Eldorado, de 2ª e 4ª, às 8h00, e de 6ª, às 7h. See omnystudio.com/listener for privacy information.

exame
Doria anuncia volta ao setor privado e Eduardo Leite confirma pré-candidatura ao governo do RS

exame

Play Episode Listen Later Jun 13, 2022 2:24


O ex-governador do estado de São Paulo, João Doria, anunciou nesta segunda-feira (13) que vai voltar ao setor privado mas que permanecerá no PSDB. Também nesta segunda, o ex-governador gaúcho, Eduardo Leite, confirmou que será pré-candidato do PSDB ao governo do Rio Grande do Sul. Apresentação: Mariana Martucci. 

O Antagonista
CORTES DO PAPO: Estados pretendem ir ao STF contra ‘teto do ICMS'

O Antagonista

Play Episode Listen Later May 27, 2022 7:19


Representantes de governadores pretendem ir ao STF contra o projeto de lei aprovado ontem pela Câmara que estabelece um teto de 17% nas alíquotas de ICMS sobre combustíveis, telecomunicações, energia e transportes públicos. Segundo parlamentares ouvidos por O Antagonista, há uma pressão para que a proposta seja analisada na próxima semana pelo Senado, mas Rodrigo Pacheco (PSD-MG) o é contra. Além disso, governadores prometem intensificar a pressão aos parlamentares para que a proposta não seja aprovada também pelos senadores. O plano B, caso o texto também passe pelo Senado, é a judicialização da questão. Governadores acreditam que podem obrigar o Congresso a obedecer ao chamado Plano Plurianual (PPA), que é o planejamento das contas dos estados a cada quatro anos. Na visão dos governadores, essa queda de receita a longo prazo – estimada em R$ 83,5 bilhões – também precisa ficar estabelecida no PPA. Por isso, eles acreditam que poderão adiar para 2024 a vigência da lei, a partir da intervenção do STF. Cadastre-se para receber nossa newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.youtube.com/c/OAntagonista https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista

JORNAL DA RECORD
Biden promete reação da Otan se Rússia usar armas químicas; Ministro da Educação terá de explicar denúncias ao Congresso

JORNAL DA RECORD

Play Episode Listen Later Mar 25, 2022 49:26


Ouça a edição completa do Jornal da Record desta quinta (24) com os seguintes destaques: Presidente Biden promete reação da Otan se Rússia usar armas químicas contra a Ucrânia; Governadores aprovam ICMS máximo de R$ 1 para cada litro de diesel; Banco Central admite inflação mais alta para 2022; Ministro da Educação terá de explicar ao Congresso denúncias de favorecimento. E, na série especial, como as balas perdidas mudam a rotina dos moradores nas grandes cidades.

JORNAL DA RECORD
Governadores congelam imposto sobre gasolina, etanol e gás de cozinha; Ministro da Educação nega favorecimento a pastores

JORNAL DA RECORD

Play Episode Listen Later Mar 23, 2022 41:43


Ouça a edição completa do Jornal da Record desta terça (22/03/2022) com os seguintes destaques: Governadores congelam imposto sobre gasolina, etanol e gás de cozinha; Ministro da Educação admite encontro com pastores, mas nega favorecimento; Porta-voz russo diz que Putin não descarta usar armas nucleares. E, na série especial, o caso da mulher grávida vítima de bala perdida que sobreviveu e por pouco o bebê não foi atingido.

Viracasacas Podcast
#267 "Do poço ao posto" - com SINDIPETRO-ES

Viracasacas Podcast

Play Episode Listen Later Mar 22, 2022 110:37


Saudações pessoas! No Viracasacas dessa semana recebemos Rodrigo Ferri, Diretor do Sindipetro-ES, e Valnísio Hoffman, Coordenador Geral do Sindipetro-ES, para uma conversa sobre petróleo, combustíveis, economia, política de preços e o atual estado dessa questão no Brasil. Começamos discutindo o porquê do preço dos combustíveis estar tão alto nesse momento. Para falar sobre isso é necessário discutir o que é o PPI (preço de paridade de importação) e a política de preços estabelecida no governo Temer e mantida pelo governo de Bolsonaro e dos Generais. O PPI mudou a forma como o preço dos combustíveis deve ser calculado, ligando diretamente o preço praticado nas refinarias brasileiras àquele vigente no exterior. A partir daí vamos discutindo toda uma série de mitos e mentiras criados e difundidos em torno dos combustíveis e da Petrobras: a) que o petróleo nacional seria incompatível com nosso parque de refino; b) que as refinarias brasileiras não teriam capacidade de atender a nossa demanda; c) que os investimentos e os preços praticados pela Petrobras em governos anteriores teriam “quebrado” a estatal. Desde 2016, além do aumento vertiginoso dos preços dos combustíveis, a Petrobras começou a ser preparada para uma privatização completa: fábricas de fertilizantes, setores de energia renovável, distribuidora, empresas de gás e refinarias começaram a ser vendidas a preços muito baixos. Essas privatizações envolvem, em alguns casos, suspeitas de favorecimento e as já clássicas “portas giratórias”, quando um tomador de decisão de uma estatal ou responsável por privatizações vai de uma vaga no Estado ao Setor Privado sem qualquer tipo de controle ou regulação. Enquanto o Fungo Presidencial™ esperneia e culpa Governadores (quem mais?) pelo preço dos combustíveis, o Brasil adentra em mais uma crise global completamente desguarnecido e guiado por uma classe política inescrupulosa e seus donos enricados. Mais que isso nós também deixamos de ter uma estatal de energia que usava o lucro dos combustíveis fósseis para investir em pesquisa de fontes renováveis e colaborar para uma transição energética que nada mais é do que a chave para a existência da humanidade nas próximas décadas. Toda essa discussão nos leva à abordar uma questão fundamental: qual o objetivo da Petrobras? Ela deve servir aos interesses do povo brasileiro ou dos   acionistas no setor privado?

Colunistas Eldorado Estadão
Põe na Conta: Pressão de governadores por subsídio da gasolina

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Mar 14, 2022 13:41


Adriana Fernandes repercute os principais acontecimentos econômicos na coluna Põe na Conta, no Jornal Eldorado, de 2ª e 4ª, às 8h00, e de 6ª, às 7h. See omnystudio.com/listener for privacy information.

Os Pingos nos Is
Os Pingos nos Is - 11/03/2022 - Governadores contra o Brasil/ Piti de Lula/ Plano para blindar o STF

Os Pingos nos Is

Play Episode Listen Later Mar 11, 2022 121:31


Os Pingos nos Is - Edição Completa - 11/3/2022 See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Direto da Fonte: Governadores ainda resistem à isenção do ICMS

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Jan 25, 2022 2:06


Sonia Racy participa do Jornal Eldorado de 2ª a 6ª feira, às 7h45, com a coluna Direto da Fonte.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Durma com essa
Os governadores contra a fake news do ICMS dos combustíveis | 20.set.21

Durma com essa

Play Episode Listen Later Sep 20, 2021 16:32


Vinte dos 27 governadores brasileiros produziram um documento negando terem aumentado o ICMS sobre combustíveis em 2021. O imposto estadual que incide sobre gasolina, diesel e outros combustíveis fósseis é apontado pelo presidente Jair Bolsonaro como a causa do alto preço dos combustíveis no Brasil, onde em média o litro da gasolina custa R$ 6. O “Durma com essa” conta o que dizem os governadores no documento, explica por que o ICMS não é o responsável pela alta dos combustíveis e por que a transferência de culpa é uma das estratégias do presidente. O programa traz também o repórter especial João Paulo Charleaux comentando a ida de Bolsonaro a Nova York para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas e o redator Marcelo Roubicek explicando por que as bolsas do mundo todo despencaram nesta segunda-feira (20).