Podcasts about o brasil

  • 2,066PODCASTS
  • 6,595EPISODES
  • 36mAVG DURATION
  • 1DAILY NEW EPISODE
  • Jan 19, 2023LATEST

POPULARITY

20152016201720182019202020212022

Categories



Best podcasts about o brasil

Show all podcasts related to o brasil

Latest podcast episodes about o brasil

Abertura de Mercado
Em fala sobre inflação e juros, Lula ressuscita um dos maiores equívocos do PT

Abertura de Mercado

Play Episode Listen Later Jan 19, 2023 22:25


O Brasil está diante de um dilema que parecia estar superado: conviver com um pouco mais de inflação para ter mais crescimento.O debate ressurge a partir do próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) quando, em entrevista na noite da última quarta-feira (18) ao canal GloboNews, questionou a independência do Banco Central (BC), o atual patamar da taxa Selic e a meta de inflação abaixo de 4,5%, "como era no nosso tempo".Lula traz de volta à tona um dos maiores equívocos do último mandato do PT, ainda sob gestão da ex-presidente Dilma Rousseff. Na época, o BC não tinha qualquer independência e aceitou que o pais convivesse com uma inflação bem mais alta que os ditos 4,5%, que, aliás, só não foi porque houve controle de preços. Deu no que deu.Ao revelar o desejo de mudar a meta de inflação, o presidente Lula corrobora um receio que já rondava: como ele não consegue interferir no BC e não demonstra convicção sobre a responsabilidade fiscal, o governo pode mudar a meta do IPCA -- indicador que mede a inflação oficial do país -- da casa dos 3%, onde está hoje.A inflação que a autarquia combate, hoje, ainda é fruto dos choques da pandemia, combinados à gastança desenfreada dos último dois anos de Jair Bolsonaro (PL) na cadeira presidencial. A lógica seria combater as causas e, assim, tirar o país da fragilidade fiscal. Não parece ser essa a determinação do presidente.No episódio desta quinta-feira (19), o CNN Money ainda traz o debate em torno do aumento do salário mínimo, assuntado pelo presidente Lula e pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, nos últimos dias.Apresentado por Thais Herédia, o CNN Money apresenta um balanço dos assuntos do noticiário que influenciam os mercados, as finanças e os rumos da sociedade e das dinâmicas de poder no Brasil e no mundo.

Budejo
#149. Eu só queria biscoitar e o Brasil não deixa

Budejo

Play Episode Listen Later Jan 19, 2023 52:16


A gente jurava que 2023 seria só sombra e água fresca, que conseguiríamos parar de pensar em política e viraríamos apenas grandes gostosas sem nenhum senso crítico. Ocorre que o Brasil não deixa a gente se desligar e estamos 24h com a Globo News ligada ou postando stories revoltados com os patriotas terroristas. No episódio de hoje tentamos encontrar alternativas para nos desconectar da realidade. ==========CRÉDITOS:- PARTICIPANTES: Luan Alencar (https://twitter.com/luan_alencar), Carol Aninha (https://www.instagram.com/caroll.aninha/), Pedro Philippe (https://twitter.com/pedrophilippe_) e Vamille Furtado (https://twitter.com/millevamille) - EDIÇÃO: Luan Alencar- TRILHA ORIGINAL: Victor Oliveira==========APOIE O BUDEJO:Para nos ajudar a continuar produzindo conteúdos como estes, considere nos apoiar financeiramente pela ORELO, para ter acesso a recompensas exclusivas: https://orelo.cc/budejo/apoios. Você também pode nos enviar qualquer valor, junto com uma mensagem, para o PIX budejopodcast@gmail.com.

Estadão Notícias
O que esperar da reaproximação de Brasil e Venezuela?

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Jan 18, 2023 25:10


O Brasil reabriu a embaixada da Venezuela como forma de se reaproximar do vizinho sul-americano, após o governo de Jair Bolsonaro não reconhecer Nicolás Maduro como líder do país, e sim, o autoproclamado presidente, Juan Guaidó. Inclusive, em Brasília, havia uma representante da oposição como representante diplomático do país. Desde que venceu as eleições, Lula já havia dito que retornaria esses laços entre as duas nações. A medida já tinha sido anunciada também pelo novo ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira. O governo Maduro apresentou o ex-cônsul-geral venezuelano em São Paulo Manuel Vicente Vadell como futuro embaixador no País. Nos últimos vinte anos, as relações econômicas entre Brasil e Venezuela foram estruturadas em torno do comércio bilateral, do financiamento à exportação de bens e serviços de engenharia, dos investimentos em infraestrutura e da parceria energética entre os dois países. Afinal, o que o Brasil ganha ao se aliar novamente ao governo ditatorial de Nicolás Maduro? O que esse relacionamento pode trazer de benefícios aos países? No Estadão Notícias de hoje, vamos conversar sobre o assunto com o coordenador do DSI - Grupo de Análise de Estratégia Internacional (USP), Alberto Pfeifer. O ‘Estadão Notícias' está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Gustavo Lopes. Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte.  Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Estação Brasil
Uma nova fase do podcast: conheça o financiamento coletivo do Estação Brasil!

Estação Brasil

Play Episode Listen Later Jan 12, 2023 8:17


Olá, ouvintes! O Estação Brasil vive uma nova fase, e agora conta com o seu próprio projeto de financiamento coletivo. Este anúncio que estamos postando aqui é para apresentar este projeto, os desafios futuros e convidá-los a contribuir para manter o nosso podcast no ar, profissionalizando-o e tornando-o não somente viável financeiramente, mas cada vez melhor e com a capacidade de produzir novos episódios com maior frequência. Quer fazer parte do nosso financiamento? Acesse: apoia.se/estacaobrasilfm Para você é mais fácil ajudar por pix? Contribua a partir da chave: estacaobrasilfm@gmail.com Ajude-nos a manter o Estação Brasil no ar!

A História do Dia
E agora, o Brasil vai normalizar?

A História do Dia

Play Episode Listen Later Jan 10, 2023 21:38


A invasão dos edifícios em Brasília foi um ato isolado e de um grupo restrito de brasileiros ou é algo maior? Uma conversa com João Gabriel de Lima, jornalista e escritor brasileiro.See omnystudio.com/listener for privacy information.

AGAMENON | 45 Minutos
AGAMENON – O BRASIL SOB ATAQUE TERRORISTA

AGAMENON | 45 Minutos

Play Episode Listen Later Jan 10, 2023 161:51


Os ataques terroristas que assombraram Brasília no último domingo entraram na pauta do Agamenon. Em uma conversa sobre política, justiça e segurança pública, o programa passou por diferentes vertentes do que aconteceu na capital federal, desde a derrota do ex-presidente nas urnas até os próximos passos a serem tomados na responsabilização dos culpados. Além disso, […]

SBS Portuguese - SBS em Português
Notícias da Austrália e do Mundo | 8 de janeiro | SBS Portuguese

SBS Portuguese - SBS em Português

Play Episode Listen Later Jan 8, 2023 14:10


O Brasil terá pela primeira vez na história um atleta cadeirante na chave principal do Aberto de Tênis da Austrália, o catarinense Ymanitu Silva, que competirá na categoria Quad (para atletas que também têm deficiência nos membros superiores).

Ideias Radicais
(YT) Lula destrói o que funciona: Saneamento, Ferrovias e OCDE

Ideias Radicais

Play Episode Listen Later Jan 7, 2023


O mandato de Lula começa com um combate ao que está funcionando. O Novo Marco do Saneamento trouxe mais de 70 bilhões de reais para universalização de água e saneamento. 11 mil pessoas morrem todos os anos por doenças causadas por falta de tratamento de esgoto, mas isso não importa para Lula. O importante é combater o marco e defender estatais. Por isso revogou a atribuição da ANA em regular o setor. O Marco das Ferrovias já ia quase dobrar a malha ferroviária do país, já tinha 130bi de investimentos contratados, e somando ao potencial já ia rumo a 300bi. E está sendo atacado por Renan Filho, Ministro de Transportes. E a OCDE pelo jeito está cancelada. O Brasil optará por ficar fora do clube de boas práticas de investimento e combate a corrupção. A mensagem é clara: o objetivo é atrasar o país. Caso sejamos censurados, acompanhe aqui: https://odysee.com/@ideiasradicais Quer fugir do Brasil? Nos contate: https://www.settee.io/ https://youtube.com/c/Setteeio Nos acompanhe no Telegram: https://t.me/ideiasradicais Quer comprar Bitcoin no melhor preço do mercado? Bitpreço! http://bit.ly/BitprecoRadical Apoie o Ideias Radicais: https://www.catarse.me/projects/152640/

Café Brasil Podcast
Cafezinho 553 – Calibre suas expectativas

Café Brasil Podcast

Play Episode Listen Later Jan 6, 2023 10:06


“Todas as vezes que encontrei ilhas de excelência no Brasil, seja lá onde for, sempre, SEMPRE achei em suas raízes a figura de um líder forte. O visionário que conduziu a equipe para o sucesso. Pergunto-me quantas das suas decisões foram tomadas por consenso... É claro que os líderes mais modernos têm mecanismos para que suas equipes participem do processo de transformação de dados em informação e de sua análise. Mas, com certeza, eles também têm um limite para discussão e, no momento de decidir, dão a palavra final. Cabe a eles a ordem, o risco. E o povo segue (...) Então, aqui vai meu pedido: Consenso, presidente? SIM! Mas só quando tiver tempo. Discuta, sim. Pergunte, sim. Mas não espere, lidere. Mande. Assuma a responsabilidade. (...) O Brasil não precisa de processos nem de planos elegantes. Muito menos de blablablá. O Brasil precisa de líderes, de pulso firme, de coragem e de decisão. E a história colocou essa oportunidade em suas mãos. Agarre-a com todos os dedos. “Ah, mas falta um!” — alguém há de dizer. Não faz mal, presidente. O senhor tem no mínimo mais 540 milhões de dedos para ajudar...” Esses são trechos de um texto, cheio de uma esperança ingênua, que escrevi em 2003, logo após a posse de Lula em seu primeiro mandato. Está em meu livro Brasileiros Pocotó, lançado em 2004. Naquele ano eu esperava muito... De lá para cá o Brasil mudou enormemente. A democracia se consolidou como instrumento para populistas e totalitários, o bem estar da população é acessório, a política do Tudo Bem, Se Me Convém, que era praticada de forma escondida, institucionalizou-se. Aquele parágrafo único da Constituição: "Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição." virou conversa pra boi dormir. Quem exerce o poder é uma elite que se auto-elege e protege. O povo não pode nada além de torcer. Bem, eu não vou torcer contra o governo que aí está, minhas energias estarão em me proteger dele. E acordar toda manhã rezando para eu estar errado. E começo calibrando minhas expectativas, com a frase do Barão de Itararé. “De onde menos se espera, é daí que não sai nada mesmo”. Boa sorte pra nós, bem-vindo a 2023. Continuo a reflexão neste vídeo.   https://www.youtube.com/watch?v=R05lac1WzgM&feature=youtu.be Gostou? De onde veio este, tem muito, mas muito mais. Torne-se um assinante do Café Brasil e nos ajude a continuar produzindo conteúdo gratuito que auxilia milhares de pessoas a refinar seu processo de julgamento e tomada de decisão. Acesse http://mundocafebrasil.com

Cafezinho Café Brasil
Cafezinho 553 – Calibre suas expectativas

Cafezinho Café Brasil

Play Episode Listen Later Jan 6, 2023 10:06


“Todas as vezes que encontrei ilhas de excelência no Brasil, seja lá onde for, sempre, SEMPRE achei em suas raízes a figura de um líder forte. O visionário que conduziu a equipe para o sucesso. Pergunto-me quantas das suas decisões foram tomadas por consenso... É claro que os líderes mais modernos têm mecanismos para que suas equipes participem do processo de transformação de dados em informação e de sua análise. Mas, com certeza, eles também têm um limite para discussão e, no momento de decidir, dão a palavra final. Cabe a eles a ordem, o risco. E o povo segue (...) Então, aqui vai meu pedido: Consenso, presidente? SIM! Mas só quando tiver tempo. Discuta, sim. Pergunte, sim. Mas não espere, lidere. Mande. Assuma a responsabilidade. (...) O Brasil não precisa de processos nem de planos elegantes. Muito menos de blablablá. O Brasil precisa de líderes, de pulso firme, de coragem e de decisão. E a história colocou essa oportunidade em suas mãos. Agarre-a com todos os dedos. “Ah, mas falta um!” — alguém há de dizer. Não faz mal, presidente. O senhor tem no mínimo mais 540 milhões de dedos para ajudar...” Esses são trechos de um texto, cheio de uma esperança ingênua, que escrevi em 2003, logo após a posse de Lula em seu primeiro mandato. Está em meu livro Brasileiros Pocotó, lançado em 2004. Naquele ano eu esperava muito... De lá para cá o Brasil mudou enormemente. A democracia se consolidou como instrumento para populistas e totalitários, o bem estar da população é acessório, a política do Tudo Bem, Se Me Convém, que era praticada de forma escondida, institucionalizou-se. Aquele parágrafo único da Constituição: "Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição." virou conversa pra boi dormir. Quem exerce o poder é uma elite que se auto-elege e protege. O povo não pode nada além de torcer. Bem, eu não vou torcer contra o governo que aí está, minhas energias estarão em me proteger dele. E acordar toda manhã rezando para eu estar errado. E começo calibrando minhas expectativas, com a frase do Barão de Itararé. “De onde menos se espera, é daí que não sai nada mesmo”. Boa sorte pra nós, bem-vindo a 2023. Continuo a reflexão neste vídeo.   https://www.youtube.com/watch?v=R05lac1WzgM&feature=youtu.be Gostou? De onde veio este, tem muito, mas muito mais. Torne-se um assinante do Café Brasil e nos ajude a continuar produzindo conteúdo gratuito que auxilia milhares de pessoas a refinar seu processo de julgamento e tomada de decisão. Acesse http://mundocafebrasil.com

Rádio Gaúcha
Timeline Gaúcha - 05/01/2023

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Jan 5, 2023 50:02


"Está cometendo crime" diz Gilmar Mendes sobre quem defende golpe e intervenção militar. "O Brasil deve muito a esse inquérito das fake news"

Resumão Diário
Sepultamento de Pelé; primeiros despachos de Lula no Planalto

Resumão Diário

Play Episode Listen Later Jan 4, 2023 5:35


O mausoléu onde foi sepultado o corpo de Pelé deve ser aberto para visitação, mas a família só vai definir a data de início das visitas na sexta-feira (6). O presidente Lula fez os primeiros despachos no Palácio do Planalto. A Presidência divulgou as primeiras viagens programadas para Lula em 2023; em 23 de janeiro, o presidente viaja para a Argentina. O Brasil já pode usar cerca de R$ 3 bilhões doados pela Noruega ao Fundo Amazônia. E a Câmara dos Estados Unidos retoma hoje a votação para definir o presidente da Casa; é a primeira vez em 100 anos que a Câmara está sem ninguém no cargo.

MMA Fighting
Trocação Franca | Previsões para 2023: Brasil pode fazer história no UFC

MMA Fighting

Play Episode Listen Later Jan 4, 2023 83:55


Crise? O Brasil segue o único país a ter mais de um cinturão no UFC apesar das derrotas de Charles do Bronx e Glover Teixeira — e ainda pode chegar a cinco, caso Glover e Deiveson vençam no UFC Rio. O Trocação Franca recebe o narrador André Azevedo, voz do UFC Fight Pass Brasil, para apontar quem mais tem chances de trazer títulos em 2023. O podcast entrevista também Quemuel Ottoni, único algoz de Alex Poatan no MMA, e Lucas Hulk, ícone do jiu-jítsu, que lutam no PFL Challenger Series. Brazil remains the only country currently holding more than one UFC belt despite Charles Oliveira and Glover Teixeira's past defeats — and the country can get to five titles simultaneously if Teixeira and Deiveson Figueiredo are victorious at UFC 283. Trocação Franca welcomes UFC Fight Pass commentator Andre Azevedo to look at who else can bring titles to the country in 2023. The podcast also features interviews with PFL Challenger Series fighters Quemuel Ottoni, the only man to beat Alex Pereira in MMA, and jiu-jitsu ace Lucas Barbosa. Listen to Trocação Franca with Guilherme Cruz every Wednesday to hear from the biggest names on the hottest topics in the Brazilian combat sports world. Follow Guilherme Cruz @Guicruzzz Subscribe: http://goo.gl/dYpsgH Check out our full video catalog: http://goo.gl/u8VvLi Visit our playlists: http://goo.gl/eFhsvM Like MMAF on Facebook: http://goo.gl/uhdg7Z Follow on Twitter: http://goo.gl/nOATUI Read More: http://www.mmafighting.com Learn more about your ad choices. Visit podcastchoices.com/adchoices

MMA Fighting
Trocação Franca | Previsões para 2023: Brasil pode fazer história no UFC

MMA Fighting

Play Episode Listen Later Jan 4, 2023 83:55


Crise? O Brasil segue o único país a ter mais de um cinturão no UFC apesar das derrotas de Charles do Bronx e Glover Teixeira — e ainda pode chegar a cinco, caso Glover e Deiveson vençam no UFC Rio. O Trocação Franca recebe o narrador André Azevedo, voz do UFC Fight Pass Brasil, para apontar quem mais tem chances de trazer títulos em 2023. O podcast entrevista também Quemuel Ottoni, único algoz de Alex Poatan no MMA, e Lucas Hulk, ícone do jiu-jítsu, que lutam no PFL Challenger Series. Brazil remains the only country currently holding more than one UFC belt despite Charles Oliveira and Glover Teixeira's past defeats — and the country can get to five titles simultaneously if Teixeira and Deiveson Figueiredo are victorious at UFC 283. Trocação Franca welcomes UFC Fight Pass commentator Andre Azevedo to look at who else can bring titles to the country in 2023. The podcast also features interviews with PFL Challenger Series fighters Quemuel Ottoni, the only man to beat Alex Pereira in MMA, and jiu-jitsu ace Lucas Barbosa. Listen to Trocação Franca with Guilherme Cruz every Wednesday to hear from the biggest names on the hottest topics in the Brazilian combat sports world. Follow Guilherme Cruz @Guicruzzz Subscribe: http://goo.gl/dYpsgH Check out our full video catalog: http://goo.gl/u8VvLi Visit our playlists: http://goo.gl/eFhsvM Like MMAF on Facebook: http://goo.gl/uhdg7Z Follow on Twitter: http://goo.gl/nOATUI Read More: http://www.mmafighting.com Learn more about your ad choices. Visit podcastchoices.com/adchoices

MMA Fighting
Trocação Franca | Previsões para 2023: Brasil pode fazer história no UFC

MMA Fighting

Play Episode Listen Later Jan 4, 2023 83:55


Crise? O Brasil segue o único país a ter mais de um cinturão no UFC apesar das derrotas de Charles do Bronx e Glover Teixeira — e ainda pode chegar a cinco, caso Glover e Deiveson vençam no UFC Rio. O Trocação Franca recebe o narrador André Azevedo, voz do UFC Fight Pass Brasil, para apontar quem mais tem chances de trazer títulos em 2023. O podcast entrevista também Quemuel Ottoni, único algoz de Alex Poatan no MMA, e Lucas Hulk, ícone do jiu-jítsu, que lutam no PFL Challenger Series. Brazil remains the only country currently holding more than one UFC belt despite Charles Oliveira and Glover Teixeira's past defeats — and the country can get to five titles simultaneously if Teixeira and Deiveson Figueiredo are victorious at UFC 283. Trocação Franca welcomes UFC Fight Pass commentator Andre Azevedo to look at who else can bring titles to the country in 2023. The podcast also features interviews with PFL Challenger Series fighters Quemuel Ottoni, the only man to beat Alex Pereira in MMA, and jiu-jitsu ace Lucas Barbosa. Listen to Trocação Franca with Guilherme Cruz every Wednesday to hear from the biggest names on the hottest topics in the Brazilian combat sports world. Follow Guilherme Cruz @Guicruzzz Subscribe: http://goo.gl/dYpsgH Check out our full video catalog: http://goo.gl/u8VvLi Visit our playlists: http://goo.gl/eFhsvM Like MMAF on Facebook: http://goo.gl/uhdg7Z Follow on Twitter: http://goo.gl/nOATUI Read More: http://www.mmafighting.com Learn more about your ad choices. Visit podcastchoices.com/adchoices

Católico PodCast
“Do que adianta dar prosperidade ao Brasil, se o Brasil não se converte?” (Padre Paulo Ricardo) 05/12/22

Católico PodCast

Play Episode Listen Later Jan 2, 2023 22:39


Na homilia desta segunda-feira, 5 de dezembro de 2022, Padre Paulo Ricardo questiona: “Do que adianta dar prosperidade ao Brasil, se o Brasil não se converte?”. E alerta: “Coloque o capacete, porque o castigo virá!” --- Send in a voice message: https://anchor.fm/jlio4/message

O Antagonista
“O partido não estará em oposição ao governo”, diz Bivar, sobre União Brasil

O Antagonista

Play Episode Listen Later Jan 1, 2023 0:53


Luciano Bivar, presidente nacional do União Brasil, afirmou há pouco que o partido não fará oposição ao governo. Para tentar atrair o partido do ex-ministro Sergio Moro, Lula entregou duas pastas à sigla: Comunicações e Turismo. “Estamos apoiando tudo o que for bom para o país. Temos dois ministros integrando a Esplanada dos Ministérios. Não tem demonstração mais explícita do que isso. Primeiro o reconhecimento do presidente ao União Brasil e a certeza que nós estamos juntos”, afirmou Bivar. Questionado se parte do partido poderia fazer oposição ao governo, Bivar disse que a sigla não fará oposição. “O partido não estará em oposição ao governo. Isso eu posso te afiançar”, acrescentou. Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Momento Agrícola
2022.12.31- Bloco 1 Notícias comentadas

Momento Agrícola

Play Episode Listen Later Dec 31, 2022 11:40


Ricardo Arioli comenta as notícias da semana ligadas ao Agro. Mercados nervosos no final do ano com a seca na Argentina. O Brasil e a hora do Trigo. E o novo Governo já tem Ministro da Agricultura, num Ministério desmembrado. Nossa homenagem ao Pelé, o maior jogador de futebol da história!!

Rádio Gaúcha
Bolsonaro deixa o Brasil rumo aos EUA, Leite anuncia secretários e outros destaques - 30/12/2022

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Dec 30, 2022 4:14


Bolsonaro deixa o Brasil rumo aos EUA, Leite anuncia secretários e outros destaques - 30/12/2022 by Rádio Gaúcha

Lado Black
Lado Black #115 • Voltamos! O brasil feliz de novo

Lado Black

Play Episode Listen Later Dec 30, 2022 61:58


SA-RA-VÁ Voltamos! Por isso, nesse fim de ano, fizemos um apanhado do cenário político atual. Escute agora esse episódio com Luiza, Rafael e Paula. O Lado Black e a Veste Esquerda agora tem uma parceria. Digitem o códigoladoblack e aproveite 10% de desconto em todo o site. Comentários, dúvidas, críticas, sugestões, declarações de amor? Pode jogar aqui: contato@ladoblack.com.br  SEJA NOSSO PARÇA Padrin Patreon  Siga gente nas redes Telegram Grupo Lado Blackers Página Lado Black @LadoBlackPod Blog do Lado Black Este podcast é parte da plataforma anti-fascista AYOM. Conheça mais em ayom.media

Estadão Notícias
A reinserção do Brasil no cenário global

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Dec 29, 2022 33:12


“O Brasil está de volta”. Foi com essa frase que o presidente eleito, Lula (PT), descreveu como será a relação do País com outras nações daqui pra frente. Durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), o que se viu foi um total isolamento do Brasil, especialmente por divergências ideológicas e pelo rápido alinhamento com Trump nos EUA. Mas é com a América do Sul que o Brasil deve fazer as pazes, a partir de agora. A ascensão da esquerda no bloco regional contribui para essa aproximação e retomada da liderança do Brasil. Lula pretende fortalecer os organismos como o Mercosul, os Brics, a Celac e a Unasul. Parceiros comerciais importantes do Brasil passam por momentos delicados em suas democracias. A China enfrenta uma série de protestos por causa do aumento das restrições por causa da Covid-19. Os Estados Unidos atravessam uma divisão entre democratas e republicanos. A Câmara dos Deputados será controlada pela oposição, enquanto o Senado estará com Joe Biden. Fora isso, Lula terá que lidar com tensões internacionais como a Guerra na Ucrânia, e os protestos que tomaram conta do Irã, contra a repressão religiosa, principalmente, na vestimenta das mulheres do país. Afinal, que papel está reservado ao Brasil nas relações exteriores? E qual balanço é possível fazer sobre este ano 2022 no cenário global? No ‘Estadão Notícias' de hoje, vamos conversar com a chefe de reportagem de Internacional do Estadão, Fernanda Simas, e o repórter do Estadão, em Brasília, Felipe Frazão. O ‘Estadão Notícias' está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte  Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

O Antagonista
Por que o Brasil, com Lula, não deve entrar na OCDE

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 29, 2022 8:14


Futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad disse nesta quarta-feira (28) que a adesão do Brasil à OCDE, iniciado em janeiro deste ano, “certamente vai ser reconsiderada” por Lula; e, pelo que indica o site do PT, não haverá manutenção do processo. Duas notas, uma publicada em 2021 e a outra, em 2019, mostram que figuras-chave do partido não querem que o Brasil ingresse no grupo internacional.   Leia mais: https://oantagonista.uol.com.br/brasil/entenda-por-que-o-brasil-com-lula-nao-deve-entrar-na-ocde/  Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista  

Estadão Notícias
A reconstrução de uma política ambiental

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Dec 28, 2022 27:18


Em seu primeiro evento internacional como presidente eleito do Brasil, na COP-27, Lula mostrou uma grande preocupação em recuperar as políticas ambientais abandonadas por Jair Bolsonaro. Em 2021, o desmatamento na Amazônia atingiu mais de 13 mil quilômetros quadrados, um aumento de 22% em relação a 2020. No entanto, Lula tem cobrado os outros países de que a proteção da Amazônia seja uma responsabilidade mundial, e pediu a ampliação do Fundo da Amazônia para incluir novos países doadores, pelo menos no primeiro ano do mandato. O Brasil recebeu também propostas e demonstrações concretas de interesse por parte de mega empresários e de fundações privadas para integrar o grupo. De acordo com o Greenpeace, ONG de proteção ambiental, pelo segundo ano consecutivo, não há recursos previstos para Monitoramento da Cobertura da Terra e do Risco de Queimadas e Incêndios Florestais, realizado pelo Instituto Nacional de Políticas Espaciais (INPE). Com a retomada do fundo da Amazônia, será possível conter o desmatamento da região? E como lidar com os crimes ambientais cometidos no local? No ‘Estadão Notícias' de hoje, vamos conversar com a especialista sênior em políticas públicas do Observatório do Clima e ex-presidente do Ibama, Sueli Araujo. O ‘Estadão Notícias' está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte  Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
A extrema-direita no poder: o que foi o Brasil da Era Bolsonaro - ep. 05

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Dec 28, 2022 13:08


Série especial de Laís Gottardo sobre os anos de Governo Bolsonaro. No quinto episódio, as relações internacionais nos últimos quatro anos.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
A extrema-direita no poder: o que foi o Brasil da Era Bolsonaro - ep. 04

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Dec 27, 2022 11:26


Série especial de Laís Gottardo sobre os anos de Governo Bolsonaro. No quarto episódio, as políticas sobre armamento nos últimos quatro anos.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Estadão Notícias
Desmonte do SUS, vacinação em queda: os desafios de Lula na Saúde

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Dec 27, 2022 29:31


O Brasil enfrenta um apagão financeiro na área da saúde, que o próximo governo terá que enfrentar em meio a uma nova onda de contágios da covid-19. A equipe de transição identificou ainda não haver recursos reservados para despesas regulares do Ministério da Saúde no valor de 10 bilhões de reais, o que inclui compra de medicamentos. O Programa Nacional de Imunizações também perdeu recursos, medida que o grupo de transição tenta reverter para ter condições de colocar em prática a promessa de ampliar as campanhas de vacinação em 2023. Em um relatório, o Tribunal de Contas da União (TCU) apontou para a ausência de indicadores sobre a cobertura vacinal contra a Covid-19. No mesmo relatório, o TCU apresentou um diagnóstico sobre o SUS. Segundo o documento, o atual modelo de gestão da saúde pública no país tem "indícios de insustentabilidade". Afinal, como lidar com um quadro de crise financeira em meio a uma pandemia? Como voltar a fortalecer o SUS? No ‘Estadão Notícias' de hoje, vamos conversar com a repórter especial do Estadão, Fabiana Cambricoli. O ‘Estadão Notícias' está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte  Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Rádio Gaúcha
Tebet aceita convite para Ministério do Planejamento e mais destaques - 27/12/2022

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Dec 27, 2022 5:14


A senadora Simone Tebet aceitou o convite do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, para ser ministra do Planejamento. A Polícia Civil prendeu um suspeito de tentativa de feminicídio contra a ex-companheira no bairro Agronomia, na zona leste de Porto Alegre. O Censo Demográfico 2022 contou, até esta terça-feira, cerca de 178.642 mil brasileiros em todo o país, informou o IBGE. O Samu de Porto Alegre segue operando com desfalque na frota nesta semana. O Brasil chegou a 987 mortes por dengue este ano, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde. Mais notícias em gzh.com.br

20 Minutos com Breno Altman
EDUARDO BORGES: O BRASIL DE TODOS OS GOLPES - 20 Minutos Entrevista

20 Minutos com Breno Altman

Play Episode Listen Later Dec 27, 2022 71:25


EDUARDO BORGES: O BRASIL DE TODOS OS GOLPES - 20 Minutos Entrevista O programa 20 MINUTOS desta segunda-feira (26/12) recebe o professor de História da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) para uma entrevista sobre "Golpe: o golpe como método político da elite brasileira". Imperdível! Assista nos canais de Opera Mundi.----Quer contribuir com Opera Mundi via PIX? Nossa chave é apoie@operamundi.com.br (Razão Social: Última Instância Editorial Ltda.). Desde já agradecemos!Assinatura solidária: http://www.operamundi.com.br/apoio ★ Support this podcast ★

Colunistas Eldorado Estadão
A extrema-direita no poder: o que foi o Brasil da Era Bolsonaro - ep. 03

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Dec 26, 2022 11:30


Série especial de Laís Gottardo sobre os anos de Governo Bolsonaro. No terceiro episódio, as políticas de Educação nos últimos quatro anos.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
A extrema-direita no poder: o que foi o Brasil da Era Bolsonaro - ep. 02

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Dec 23, 2022 15:09


Série especial de Laís Gottardo sobre os anos de Governo Bolsonaro. No segundo episódio, as políticas de Saúde nos últimos quatro anos.See omnystudio.com/listener for privacy information.

chá com rapadura
80 - sarapatel

chá com rapadura

Play Episode Listen Later Dec 22, 2022 73:53


O Brasil perdeu a Copa do Mundo, mas não perdemos a oportunidade de frescar da desgraça. Venha rir com a gente no último episódio do ano que não nos deu o HEXA mas nos deu um novo presidente, o que é muito melhor!

O Antagonista
"A chance de o Brasil virar comunista é zero”, diz Maílson da Nóbrega | Morning Call

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 22, 2022 6:57


Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Colunistas Eldorado Estadão
A extrema-direita no poder: o que foi o Brasil da Era Bolsonaro - ep. 01

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Dec 22, 2022 12:36


Série especial de Laís Gottardo sobre os anos de Governo Bolsonaro. No primeiro episódio, a consolidação do Centrão como o protagonista da governabilidade do País.See omnystudio.com/listener for privacy information.

ONU News
Banco Mundial aprova projeto de financiamento climático para o Brasil

ONU News

Play Episode Listen Later Dec 22, 2022 0:02


Meio Ambiente
Acordo da COP15 da Biodiversidade traz avanços, mas é considerado insuficiente por ONGs e países africanos

Meio Ambiente

Play Episode Listen Later Dec 22, 2022 8:05


No começo desta semana, representantes de 196 países reunidos em Montreal para a conferência da ONU para a Biodiversidade, a COP15, chegaram a um acordo histórico sobre a proteção da vida na terra. Após 13 dias de negociações, o Marco Global de ação adotado prevê a proteção de um terço das terras e oceanos do planeta até 2030 e a restauração de 30% dos ecossistemas degradados pelo homem. Apesar de ter sido considerado histórico, ONGs e países africanos acreditam que o acordo é insuficiente.  Ana Carolina Peliz, da RFI Com dois anos de atraso, às 3 horas e 30 minutos de segunda-feira (19) o presidente da COP15, o ministro chinês do Meio Ambiente, Huang Runqiu, bateu o martelo para encerrar a Conferência e sinalizar que um acordo tinha sido concluído. A COP15 tinha o objetivo de discutir um novo marco global sobre a biodiversidade, após as metas fixadas em Nagoya, na COP10, terem fracassado. Além da proteção dos ecossistemas, o acordo também fixa um aumento do orçamento atual consagrado à biodiversidade de 10 bilhões de dólares, para 20 bilhões em 2025 e 30 bilhões depois de 2030. O texto também faz menção aos povos indígenas e tradicionais como “protetores da biodiversidade” e à agroecologia. Apesar dos avanços inquestionáveis do novo marco global, ONGs e países em desenvolvimento não saíram totalmente satisfeitos da Conferência. Naiara Bittencourt, que estava em Montreal, acredita que a meta de proteção de 30% do globo é muito significativa, mas lamenta que a implementação do objetivo não tenha sido definida. Ela salienta que outros temas importantes, além do Marco Global, foram discutidos, como o sequenciamento genético digital. As discussões giraram em torno de como essas informações serão acessadas pelos países e como os benefícios de uma exploração econômica desse sequenciamento genético vão ser repartidos com as comunidades tradicionais que desenvolveram esse patrimônio genético original. “Essa era toda uma discussão extremamente complexa que teve poucos avanços nessa COP”, lamenta Naiara. “Mas alguns avanços importantes foram alcançados, por exemplo, de que é necessário repartir benefícios, e que esse acesso deve ser monitorado, que não deve ser livre para todo mundo. Mas as dimensões mais objetivas de como essa repartição vai ser feita e esse acesso vai se dar ficaram para a próxima COP”, explica. “O debate sobre a regulação da biologia sintética também passou para a próxima Conferência. Muita coisa ficou ainda em aberto”, completa. Agroecologia Apesar de a agroecologia aparecer nas metas como uma das formas de agricultura sustentável a ser implementada e incentivada, Naiara acredita que o sistema de cultivo não teve grande destaque no texto. O documento também manifesta a intenção de diminuir em 50% os “riscos ligados aos agrotóxicos”, mas não fala sobre redução do uso.   Para a advogada, isso se deve, em grande parte, à posição que a delegação brasileira, ainda sob a gestão do presidente Jair Bolsonaro, assumiu durante as negociações da COP15. “O Brasil teve uma postura bastante ativa em tentar minimizar o papel da agroecologia no Marco Global, nas discussões do grupo de trabalho e também no grupo de contato. Também em retirar a palavra agrotóxico do texto. Claro, a palavra foi mantida, mas em relação à agroecologia, sua dimensão foi minimizada. Muito diferente do que queriam  Bolívia ou Colômbia em algumas negociações, tentando manter a palavra agroecologia, seus princípios, seu sentido original, mais forte. Agora ficou com uma dimensão enfraquecida, dentro do Marco e o Brasil tem um papel significativo nisso”, diz. Financiamento Durante toda a COP15 a questão do financiamento da proteção da biodiversidade foi fonte de grandes tensões. A quantia desembolsada atualmente pelos países ricos é de US$10 bilhões de anuais. Os países em desenvolvimento pediam que ela passasse a US$100 bilhões, mas a China conseguiu um meio termo de US$20 bilhões, que não contentou muitos países africanos. A questão dos meios para distribuir as ajudas também foi de difícil consenso. Os países em desenvolvimento pediam um fundo próprio para isso, mas a União Europeia não aceitou. Finalmente a proposta da Colômbia, de criar um setor dedicado ao tema dentro do já existente Fundo Mundial para o Meio Ambiente, foi aceita. Alguns países africanos ficaram decepcionados e lamentam não terem sido ouvidos em certos pontos. Negociadores africanos presentes na COP15 expressaram incredulidade sobre o acordo que, segundo eles, não é suficientemente ambicioso, principalmente sobre a criação do fundo específico para a Biodiversidade, como explicou à RFI Irène Wabiwa Betoko, diretora de campanha de Florestas para o Greenpeace África. "A maior parte dos países africanos pediu um fundo específico porque os fundos que existem têm muita burocracia, são lentos e para ter acesso a estes fundos é muito cansativo. Muitos países africanos não podem ter acesso a esse dinheiro visto as condições para conseguí-lo. Por isso pedimos um fundo específico, com condições mais flexíveis. Infelizmente, não fomos ouvidos”, lamenta Wabiwa Betoko. “A questão que fica é a de saber o que isso vai mudar na verdade? Se os países africanos não podem ter acesso rapidamente às ajudas e se as atividades destrutivas da biodiversidade não são reduzidas com este acordo, a situação corre o risco de continuar a mesma", diz. Naiara destaca outros limites da conferência que enfraqueceram os debates entre países ricos e em desenvolvimento, além da questão orçamentária. “Os debates nas negociações não tinham tradução. Alguns países reclamaram, falaram sobre a necessidade, inclusive para o diálogo, de você ter todas as discussões em inglês com tradução nos grupos de trabalho. Isso é bastante sério. Sem a possibilidade de intervenção das ONGs, das comunidades locais, de pesquisadores, o acordo fica enfraquecido”, diz. A participação dos povos indígenas na proteção da biodiversidade ganhou destaque no texto, mas, de acordo com Naira a reivindicação das comunidades tradicionais era ter uma dimensão mais objetiva em relação aos direitos territoriais e aos conhecimentos tradicionais, mas isso não foi contemplado. “Havia na discussão original várias possibilidades de garantias territoriais mais explícitas. Já no texto do marco global, após as negociações, elas não apareceram”, diz.   Aplicação das metas Em 2010, na COP10 de Nagoya, no Japão, a comunidade internacional fixou uma série de objetivos para evitar o fim da biodiversidade que ficaram conhecidas como Metas de Aichi. Mas em 2020, estes objetivos não tinham sido alcançados, sobretudo por falta de um sistema de vigilância. Mais uma vez, a criação desse mecanismo de monitoramento foi empurrada para reuniões futuras.   “Essa é uma preocupação generalizada. Eu espero definitivamente que essas metas não tenham o destino das de Aichi, mas as expectativas realmente são baixas”, lamenta Naiara. “Ainda há uma incerteza em relação aos recursos que serão aplicados para a efetivação dessas metas, inclusive nos países em desenvolvimento ou nos países com menos recursos econômicos, com menos poder econômico e político no globo. Isso também é uma preocupação”, diz. Outro ponto criticado é que empresas não serão obrigadas a prestar contas, apenas encorajadas a medir e publicar seu impacto sobre a biodiversidade. “Várias metas caem no voluntarismo e não numa obrigatoriedade. Tanto o voluntarismo dos Estados, quanto das próprias empresas. O voluntarismo nesse sistema funciona muito pouco. Com certeza depende de pressão social, da sociedade civil, das organizações internacionais, dos próprios movimentos sociais, mas de fato, a meu ver, isso enfraquece bastante o marco”, afirma. Contribuição Apesar dos pontos a serem melhorados, a principal contribuição da COP15 foi colocar no centro do debate político a questão da biodiversidade, de acordo com Philippe Grandcolas, pesquisador do CNRS e especialista da questão. “Um dos benefícios desta COP, ainda que pareça trivial, foi o de legitimar as problemáticas sobre a diversidade da vida. Agora sabemos que a biodiversidade é a alimentação, é nossas saúde, é nosso clima e não somente as imagens exóticas de meios naturais distantes ou de grandes animais, mas uma problemática absolutamente central da vida humana”, analisou. O especialista diz que agora é necessário ir mais longe. “Agora é importante estar alerta sobre a maneira como os países vão implementar as estratégias”, conclui.

O Antagonista
“Nosso objetivo é revelar o Brasil para o brasileiro” | Cortes CD Talks

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 8:10


Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Ideias Radicais
(YT) Gilmar Mendes vai transformar o Brasil na Argentina

Ideias Radicais

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022


Num domingo a noite, Gilmar Mendes resolve trabalhar e com isso aprovar na marra a PEC da Transição, ao colocar o Auxílio Brasil (ou Bolsa Família, quem se importa) fora do teto de gastos permanentemente. Na prática, isso deleta o teto de gastos ao criar a justificativa de que qualquer gasto em direito constitucional é superior a ideia de restrições fiscais. O que, na prática, é transformar o Brasil na Argentina. Parabéns Gilmar, vai fazer a mágica de transformar o Brasil. Caso sejamos censurados, acompanhe aqui: https://odysee.com/@ideiasradicais Quer fugir do Brasil? Nos contate: https://www.settee.io/ https://youtube.com/c/Setteeio Nos acompanhe no Telegram: https://t.me/ideiasradicais Quer comprar Bitcoin no melhor preço do mercado? Bitpreço! http://bit.ly/BitprecoRadical Apoie o Ideias Radicais: https://www.catarse.me/projects/152640/

Ideias Radicais
(YT) Mercadante no BNDES: O plano é falir o Brasil

Ideias Radicais

Play Episode Listen Later Dec 14, 2022


Lula confirmou que Aloizio Mercadante assumirá o BNDES. Horas depois é aprovada uma emenda completamente maluca numa lei de publicidade de estatais, para desativar a Lei das Estatais e permitir apontamentos políticos. É o retorno da política do PT de tirar dos pobres, dar para ricos, quebrar o país e botar a culpa em outra pessoa. Caso sejamos censurados, acompanhe aqui: https://odysee.com/@ideiasradicais Quer fugir do Brasil? Nos contate: https://www.settee.io/ https://youtube.com/c/Setteeio Nos acompanhe no Telegram: https://t.me/ideiasradicais Quer comprar Bitcoin no melhor preço do mercado? Bitpreço! http://bit.ly/BitprecoRadical Apoie o Ideias Radicais: https://www.catarse.me/projects/152640/

O Antagonista
“Tem gente correndo de costas e ultrapassando o Brasil", diz Ronaldo Lemos | Cortes CD Talks

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 12, 2022 6:39


O advogado especialista em direito digital fala sobre o atraso tecnológico do Brasil. Assista à íntegra da conversa com Claudio Dantas e André Miceli: https://youtu.be/0VYIdayavmo Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Estadão Notícias
'Cenários com Sonia Racy': Zeina Latif e as perspectivas econômicas para o Brasil em 2023

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Dec 12, 2022 44:32


Neste episódio da série 'Cenários', Sonia Racy recebe a economista Zeina Latif. Ela analisa o atual cenário econômico do Brasil, fala sobre os desafios do País a partir de 2023 e comenta o aspecto global do setor nos próximos anos. See omnystudio.com/listener for privacy information.

Trivela
Trivela Na Copa 2022 #22 Para onde vai o Brasil?

Trivela

Play Episode Listen Later Dec 11, 2022 68:01


A Copa do Mundo terminou para a seleção brasileira há alguns dias e nos dá um pouco mais de calma para analisar o que deu certo e errado, além projetar o futuro sem Tite.Também abordamos outros treinadores que deixaram o Catar mais ou menos bem cotados e quais foram os melhores jogos até agora.

Rádio Gaúcha
Brasil é eliminado da Copa do Mundo, Lula anuncia nomes para futuros ministérios e mais - 09/12/2022

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Dec 10, 2022 4:59


O Brasil perdeu para a Croácia nos pênaltis por 4 a 2 e está eliminado da Copa do Mundo. A equipe do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, anunciou hoje os primeiros nomes escolhidos para comandar ministérios no futuro governo. O Tribunal de Justiça decidiu suspender o processo de privatização da Corsan, cujo leilão estava marcado para ocorrer no próximo dia 20 de dezembro. O humorista Renato Aragão recebeu alta na manhã de hoje do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, após sofrer um acidente isquêmico transitório na última quarta. Mais notícias em gzh.com.br

Trivela
Trivela Na Copa 2022 #19 Prévia das Quartas-de-Final

Trivela

Play Episode Listen Later Dec 8, 2022 63:55


O Brasil abre a nova fase da Copa do Mundo contra a Croácia nesta sexta-feira (09/12). Em seguida, descobriremos o futuro de Lionel Messi, no duelo entre Argentina vs Holanda.Já no sábado (10/12), Portugal enfrenta Marrocos, que por sua vez tentará se tornar a primeira seleção africana na semifinal e, para fechar, o clássico entre França e Inglaterra. APOIE A TRIVELA: https://apoia.se/trivelaLOJA TRIVELA: https://trivela.com.br/lojaAPOIE A CENTRAL3: https://apoia.se/central3PIX DA TRIVELA: pix@trivela.com

TV 247
Live do Conde! O Brasil que morre e o Brasil que nasce

TV 247

Play Episode Listen Later Dec 7, 2022 67:29


Live do Conde! O Brasil que morre e o Brasil que nasce by TV 247

O Antagonista
Lasier Martins assegura que redução do prazo da PEC do Lula é alternativa para o Brasil

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 7, 2022 2:27


Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

THShow
THShow s05e11 - O Brasil que a gente quer

THShow

Play Episode Listen Later Dec 6, 2022 33:25


Mais um episódio chegando nessa quinta temporada do THShow e hoje os nossos amigos vão falar desse sentimento de alegria do brasileiro, que só tá rolando agora por causa de futebol, mas se é esse o único motivo que temos pra sorrir em tempos tão difíceis, que seja. Tem Diogo Defante vivendo no limite no Catar, tem Fábio Rabin chorando por que foi preso por beber no Catar, tem churrasco com ouro, enfim... O que não falta é assunto pra gente comentar no podcast dessa terça. Escuta aí que tá daquele jeito!

Footure Podcasts
Live Copa #16 | Brasil e Croácia nas quartas e show brasileiro no 4 a 1

Footure Podcasts

Play Episode Listen Later Dec 5, 2022 65:46


O Brasil não tomou conhecimento da Coreia do Sul e goleou a equipe de Paulo Bento por 4 a 1. Com o retorno de Neymar, Tite colocou Paquetá e Casemiro como dupla de meio-campistas e tudo fluiu bem. Richarlison, Ney, Paquetá e Vinicius Jr marcaram os gols e colocara a Seleção nas quartas de final. A equipe de Tite enfrenta a Croácia que sofreu contra o Japão — que realizou uma grande partida — e venceu, nos pênaltis. • Baixe o Guia Tático da Copa do Mundo de 2022: https://footu.re/copa2022 SOBRE O FOOTURE Aqui, vocês irão encontrar análises táticas de times e jogadores, explicações sobre conceitos táticos e ainda dois podcasts — um debatendo o futebol brasileiro e o outro entrevistando personagens do esporte. CONHEÇA O FOOTURE • Acesse o Site: https://footure.com.br/ • Footure Club: https://footure.com.br/footure-club/​​​​ • Loja Futeboleira: http://footure.com.br/loja • Cursos de Análise Tática: https://footure.com.br/footure-lab/​​​​ AS NOSSAS REDES SOCIAIS • Twitter: http://twitter.com/footurefc​​​​​​​​​ • Instagram: http://instagram.com/footurefc​​​​​​​​ • Facebook: http://facebook.com/footurefc​​​​​​​​ • LinkedIn: http://linkedin.com/company/footurefc

O Antagonista
"O orçamento secreto deu independência ao Poder Legislativo", diz líder do União Brasil

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 5, 2022 3:13


Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Durma com essa
O amor e ódio a Neymar na Copa do Mundo do Qatar

Durma com essa

Play Episode Listen Later Nov 28, 2022 16:58


O Brasil garantiu uma vaga nas oitavas-de-final da Copa do Qatar nesta segunda-feira (28) ao vencer a Suíça por 1 a 0 sem a presença de Neymar em campo. O maior astro da seleção se machucou na estreia contra a Sérvia e está em tratamento. Nas redes sociais, muitos brasileiros comemoraram a lesão, especialmente pelo fato de o atleta estar associado ao presidente Jair Bolsonaro. O Durma com Essa mostra a relação de amor e ódio da torcida nacional com o jogador. O programa tem também Isabela Cruz falando sobre os impactos do aumento do número de ministérios no futuro governo Luiz Inácio Lula da Silva.

Mamilos
Golpe digital: você já caiu?

Mamilos

Play Episode Listen Later Nov 21, 2022 67:37


Mamileiros e mamiletes, o programa de hoje é de utilidade pública. Se você já caiu em um golpe digital e quer se prevenir melhor ou se nunca caiu, mas morre de medo, e quer boas dicas, o episódio de hoje é para você. Afinal, quem nunca caiu em um golpe online, certamente conhece alguém que foi vítima. Tem quem já teve sua conta de banco hackeada, há também quem foi roubado e se viu desesperado porque o assaltante começou a mexer nos aplicativos de banco, a fazer empréstimos, compras, transferências. E quem acabou caindo na conversa de um golpista que se passou por um familiar ou amigo pedindo dinheiro no Whatsapp? Para quem é golpista, o céu é o limite para a criatividade. O Brasil foi o país mais afetado por tentativas de roubo de dados pessoais e financeiros de pessoas na internet ao longo de 2020, segundo uma pesquisa realizada pela Kaspersky. De acordo com o levantamento, o percentual de usuários brasileiros que tentaram abrir links enviados para roubar dados pelo menos uma vez representa 19,9% dos internautas do país. Em segundo lugar no ranking vem Portugal (19,7%), seguido da França (17,9%), Tunísia (17,6%), Camarões (17,3%) e Venezuela (16,8%). Mas o que faz o nosso país ser tão atrativo para esse tipo de crime? De quem é a culpa pelos brasileiros estarem tão vulneráveis aos golpes? No programa de hoje, a gente vai entender como esses golpes acontecem, como podemos nos proteger como pessoa física e quais as políticas públicas que podem nos ajudar. Cris Bartis e Ju Wallauer conversaram com a jornalista Cris De Luca, editora do The Shift, com mais de 30 anos de experiência na produção de conteúdo multiplataforma sobre o mercado de Tecnologia da Informação e da Comunicação e Marcelo Lau, especialista em cibersegurança, professor de Segurança da Informação e Coordenador Acadêmico do MBA em Cibersegurança da FIAP. Também é CEO da Data Security, empresa que fornece serviços de perícia computacional e segurança da informação. Vamos juntos! _____ FALE CONOSCO . Email: mamilos@b9.com.br _____ SADIA A Sadia é uma marca parceira em todos os momentos, do café da manhã ao jantar, do dia a dia àquela data especial E agora, durante os jogos do mundial, você também pode contar com Sadia quando pensar naquele petisco delicioso para servir durante todos os jogos. A marca tem uma variedade de produtos que trazem muito sabor e praticidade à sua vida. Tem presunto, salame, nuggets, pizza, linguiça Toscana, salsicha, lasanha bolonhesa e muitos outros produtos com várias possibilidades de preparo! Nesse mundial não importa sua rotina, sua torcida pede Sadia. _____ CONTRIBUA COM O MAMILOS Quem apoia o Mamilos ajuda a manter o podcast no ar e ainda participa do nosso grupo especial no Telegram. É só R$9,90 por mês! Quem assina não abre mão. https://www.catarse.me/mamilos _____ Equipe Mamilos Mamilos é uma produção do B9 A apresentação é de Cris Bartis e Ju Wallauer. Pra ouvir todos episódios, assine nosso feed ou acesse mamilos.b9.com.br Quem coordenou essa produção foi a Beatriz Souza. Com a estrutura de pauta e roteiro escrito por Eduarda Esteves. A edição foi de Mariana Leão e as trilhas sonoras, de Angie Lopez. A capa é de Helô D'Angelo. A coordenação digital é feita por Agê Barros, Carolina Souza e Thallini Milena. O B9 tem direção executiva de Cris Bartis, Ju Wallauer e Carlos Merigo. O atendimento e negócios é feito por Rachel Casmala, Camila Mazza, Greyce Lidiane e Telma Zenaro.