Podcasts about inqu

  • 299PODCASTS
  • 891EPISODES
  • 24mAVG DURATION
  • 5WEEKLY NEW EPISODES
  • Nov 19, 2022LATEST

POPULARITY

20152016201720182019202020212022

Categories



Best podcasts about inqu

Show all podcasts related to inqu

Latest podcast episodes about inqu

Conexão Israel
#161 - Do Lado Esquerdo do Muro - Negociações Para Formação do Governo, FBI abre Inquérito Sobre a Morte de Shreen Abu Akle, Palestinos Querem Levar Ocupação a Haia

Conexão Israel

Play Episode Listen Later Nov 19, 2022 61:03


As negociações para a formação do próximo governo estão mais enroladas do que Netanyahu previu. Sua base disputa os ministérios mais importantes e Bibi sofre pressão externa por conta da possível indicação de Smotrich para o ministério da defesa. Como ele vai sair dessa? Comentamos também sobre decisão do FBI em abrir uma investigação sobre a morte da jornalista palestina-israelense Shreen Abu Akle e sobre o golpe diplomático que Israel deverá levar na ONU depois que a Autoridade Palestina decidiu pedir à Assembleia Geral da entidade que leve ao tribunal internacional em Haia a ocupação israelense dos territórios palestinos. Episódio #161 do podcast "Do Lado Esquerdo do Muro", com Marcos Gorinstein e João Miragaya.

O Antagonista
“Não basta terem me censurado, agora querem me prender”, diz o empresário Luciano Hang ao reclamar de pedido para investigá-lo no inquérito das fake news

O Antagonista

Play Episode Listen Later Nov 16, 2022 1:46


Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Notícias MP
MPAC assina ato conjunto que institui Núcleo de Inquérito Policial

Notícias MP

Play Episode Listen Later Nov 4, 2022 1:32


O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), o Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC), a Polícia Militar do Acre e a Polícia Civil assinaram, na segunda-feira, 31 de outubro, o Ato Conjunto nº 01/2022, que instituiu o Núcleo de Inquérito Policial.

Podcast Política - Agência Radioweb
MPF abre inquérito contra Nelson Piquet por sugerir morte de Lula

Podcast Política - Agência Radioweb

Play Episode Listen Later Nov 4, 2022 1:18


O Ministério Público Federal pediu a abertura de um inquérito policial contra o ex-piloto de Fórmula 1, Nelson Piquet, por declarações antidemocráticas sobre o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No pedido, o MPF considera que as declarações do ex-piloto aparentam não se limitar a meras expressões de opinião a respeito do governo eleito, mas como formas concretas de incitação dirigida à população em geral. No vídeo, Piquet defende a morte do presidente eleito.

Notícias MP
MPAC requisita à Polícia Federal a instauração de inquérito policial para investigar líderes de movimentos antidemocráticos

Notícias MP

Play Episode Listen Later Nov 3, 2022 0:49


Na noite desta terça-feira,1º, o procurador-geral de Justiça Danilo Lovisaro do Nascimento enviou ofício à Superintendência da Polícia Federal no Acre requisitando a instauração de inquérito policial e a responsabilização criminal dos envolvidos nos atos antidemocráticos que ocorrem no estado com o bloqueio de estradas e vias urbanas.

Le journal de l'ASSE FB Saint Etienne
Les Verts ne gagnent plus mais il y a d'autres signes encore plus inquétants dans le jeu

Le journal de l'ASSE FB Saint Etienne

Play Episode Listen Later Nov 1, 2022 3:17


durée : 00:03:17 - 100% Sainté, la chronique - France Bleu Saint-Etienne Loire

O Antagonista
"Nós iremos às últimas consequências", diz Bolsonaro sobre decisão do TSE

O Antagonista

Play Episode Listen Later Oct 27, 2022 2:25


Em entrevista coletiva na noite desta quarta-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro criticou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e reafirmou que auditorias apresentadas comprovam que houve tratamento diferenciado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por parte de rádios e que irá até as últimas consequências. "Está comprovada a diferenciação, o tratamento dispensado ao outro candidato [Lula], que poderia ter até participação dele em algum momento, não posso afirmar. Se o TSE não tem nada a ver com isso é inadmissível a demissão sumário desse servidor", afirmou o presidente aos jornalistas. "O sr. Alexandre de Moraes matou no peito o processo e mandou para o inquérito das fake news. Inquérito que não segue a nossa Constituição e que não tem respaldo do MP. Nós iremos até as últimas consequências, dentro das quatro linhas da Constituição." A manifestação de Bolsonaro ocorre após o presidente do TSE, Alexandre de Moraes, ter barrado a apuração sobre o suposto boicote de rádios às inserções da campanha do presidente além de ter determinado a inclusão do caso no inquérito das milícias digitais e apuração sobre uso do fundão para contratação de auditoria de mídia Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Quarta Capa Todavia
#33 - Geografia da Fome

Quarta Capa Todavia

Play Episode Listen Later Oct 26, 2022 24:25


Divulgado em junho de 2022, o segundo Inquérito Nacional Sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 mostra que 33 milhões de brasileiros passam fome no Brasil, 31 milhões de pessoas estão em insegurança alimentar moderada e 59 milhões de pessoas em insegurança alimentar leve, totalizando 125 milhões de pessoas. Isso significa dizer que apenas 4 entre 10 famílias do país têm acesso à alimentação plena. 60% do Brasil se encontra em algum lugar da escala da fome. Mas como a fome pode ser explicada como fenômeno social? Em 1946, o médico e geógrafo Josué de Castro escreveu a obra que revolucionou o olhar sobre esta questão. GEOGRAFIA DA FOME, um livro pioneiro, mostrou como a falta de acesso a alimentação está diretamente ligada ao acesso a outros direitos, como o de moradia e o de salário justo, chegando à conclusão de que a fome não é um evento natural, mas uma escolha política. Na última quarta-feira antes do segundo turno das eleições, o Quarta Capa convida o jornalista João Peres, um dos fundadores do projeto "O Joio e o Trigo", a nutricionista e pesquisadora Ana Paula Bortoletto e a professora, pesquisadora e Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome entre 2011 e 2016, Tereza Campello, para falar sobre a urgência e atualidade dos problemas apontados por Josué de Castro para o Brasil de 2022, marcado pela precarização do trabalho, a degradação ambiental e o desmonte de políticas públicas e de direitos trabalhistas. Conheça mais sobre GEOGRAFIA DA FOME:https://todavialivros.com.br/livros/geografia-da-fomeE Siga o Quarta Capa no seu tocador favorito para receber automaticamente novos episódios. ===Produção: Nathália Bergocce e Ricardo TertoNarração: Leandro Sarmatz /Apoio de entrevista: Mario Frugiuele /Roteiro e Edição de som: Ricardo Terto /Arte: Mariana NevesEste programa usou áudios de TV Globo, Band News, TV Brasil, CNN Brasil e do documentário Josué de Castro - Cidadão do Mundo.

Podcast Notícias - Agência Radioweb
Polícia abre inquérito para investigar crime de racismo em show de Seu Jorge

Podcast Notícias - Agência Radioweb

Play Episode Listen Later Oct 18, 2022 2:44


A Polícia Civil do Rio Grande do Sul instaurou inquérito para investigar o crime de racismo supostamente cometido por pessoas que assistiam ao show do cantor Seu Jorge, em Porto Alegre.

Jovem Pan Maringá
Alexandre de Moraes suspende inquérito da Polícia Federal e CADE sobre pesquisa

Jovem Pan Maringá

Play Episode Listen Later Oct 14, 2022 60:27


Destaque é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, suspendeu a investigação sobre os institutos de pesquisa. A decisão de Moraes saiu no fim da noite, sendo tomada através de ofício, ou seja, sem que a Justiça tenha sido acionada. O presidente do TSE proibiu o Cade e a Polícia Federal (PF) de investigarem as empresas responsáveis pela realização de levantamentos de intenção de votos. A determinação veio poucas horas após o Cade e a PF terem determinado as apurações contra os institutos. Ao vetar as investigações, Moraes disse que compete à Justiça Eleitoral a fiscalização do órgãos. O ministro argumenta que as deliberações do Ministério da Justiça e do Cade por "supostas infrações alusivas aos institutos de pesquisa constituem evidente usurpação da competência o TSE de vela pela higidez do processo eleitoral". --- Send in a voice message: https://anchor.fm/jovem-pan-maring/message

Eliane Cantanhêde responde
'É um erro crasso Bolsonaro ir para Recife na véspera da ida de Lula'

Eliane Cantanhêde responde

Play Episode Listen Later Oct 14, 2022 18:56


O presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição pelo PL, esteve no Recife e afirmou que seu adversário na disputa pelo Palácio do Planalto vai “voltar para a cadeia”. Ontem, em Maceió, o candidato pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, discursou ao lado do senador Renan Calheiros (MDB-AL), do senador eleito Renan Filho (MDB-AL) e do governador afastado Paulo Dantas (MDB-AL), candidato à reeleição. Ao microfone, o ex-presidente elogiou Renan por sua atuação enquanto relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. "É um erro crasso Bolsonaro ir justamente para Recife na véspera da ida de Lula. O ex-presidente é sempre campeão de votos no Pernambuco; já está com 73% de votos no estado. E Bolsonaro foi somente ao Pernambuco enquanto Lula está surfando nas campanhas de candidatos que foram para o segundo turno em outros estados do Nordeste. Na semana que vem, o foco das duas campanhas é no Sudeste", diz Eliane.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: 'É um erro crasso Bolsonaro ir para Recife na véspera da ida de Lula'

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Oct 14, 2022 18:56


O presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição pelo PL, esteve no Recife e afirmou que seu adversário na disputa pelo Palácio do Planalto vai “voltar para a cadeia”. Ontem, em Maceió, o candidato pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, discursou ao lado do senador Renan Calheiros (MDB-AL), do senador eleito Renan Filho (MDB-AL) e do governador afastado Paulo Dantas (MDB-AL), candidato à reeleição. Ao microfone, o ex-presidente elogiou Renan por sua atuação enquanto relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. "É um erro crasso Bolsonaro ir justamente para Recife na véspera da ida de Lula. O ex-presidente é sempre campeão de votos no Pernambuco; já está com 73% de votos no estado. E Bolsonaro foi somente ao Pernambuco enquanto Lula está surfando nas campanhas de candidatos que foram para o segundo turno em outros estados do Nordeste. Na semana que vem, o foco das duas campanhas é no Sudeste", diz Eliane.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Entendendo a Notícia
# 396 - Moraes suspende inquéritos da PF e do CADE contra institutos de pesquisas

Entendendo a Notícia

Play Episode Listen Later Oct 14, 2022 28:39


Editorial de abertura de Cláudio Zaidan para o Bandeirantes Acontece.

Rádio MPSC
Destaques da Semana de 10 a 14 de outubro

Rádio MPSC

Play Episode Listen Later Oct 14, 2022 8:23


Nesta edição, o Destaques da Semana traz as seguintes notícias: MPSC cria Promotoria de Justiça especializada no combate aos crimes de racismo, de ódio e intolerância; Eleições 2022: Nota pública conjunta do MPT-SC, MPSC e MPF assegura rigor na apuração de assédio eleitoral no trabalho; Após nova vistoria no Mercado Público de Florianópolis, MPSC dá prazo final para resolução de irregularidades; Protocolo de Rede Intersetorial de Atenção à Pessoa Idosa em Situação de Violência é implementado em Xanxerê; Liminar determina que Urussanga zere a fila de espera para vagas em creches; Inquérito civil do MPSC vai apurar a estrutura e a execução de medidas socioeducativas em meio aberto a adolescentes em Botuverá; Após TAC com o MPSC, Câmara de Vereadores de Planalto Alegre cancela concurso público; Ação civil pública do MPSC pede indenização pela morte de 25 gatos e um cão em Joinville. Ouça o programa, assine e compartilhe!

Podcasts O Dia
Balanço das eleições - Eleitos e não eleitos relacionados à gestão da pandemia

Podcasts O Dia

Play Episode Listen Later Oct 8, 2022 2:28


Confira como foi o desempenho dos políticos que ocuparam por meses os noticiários pelas suas atuações na Comissão Parlamentar de Inquérito, que investigou a atuação do governo Bolsonaro durante a proliferação da Covid-19 no Brasil.

Rádio Senado Entrevista
Marcos do Val quer criar CPI para investigar institutos de pesquisa

Rádio Senado Entrevista

Play Episode Listen Later Oct 6, 2022 10:46


O senador Marcos do Val (Podemos-ES) enviou requerimento para criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra os métodos de apuração das pesquisas eleitorais dos principais institutos brasileiros. Segundo o senador, a comissão é necessária para "aferir as causas das expressivas discrepâncias entre as referências prognósticas, principalmente de curtíssimo prazo, e os resultados apurados". O pedido foi feito um dia após o primeiro turno das eleições. Em entrevista ao Conexão Senado, Marcos do Val comenta a necessidade de aprimorar as pesquisas e a receptividade dos senadores ao requerimento e a expectativa da dinâmica dos trabalhos. Acompanhe.

45 Graus
#130 Eunice Goes - O que se passa com a política do Reino Unido?

45 Graus

Play Episode Listen Later Oct 6, 2022 80:21


Eunice Goes é doutorada em ciência Política pela London School of Economics e é há quase 15 anos professora na Richmond University em Londres. As suas principais áreas de investigação são a política britânica e o papel das ideias e das ideologias na política e nas decisões políticas. -> Apoie este projecto e faça parte da comunidade de mecenas do 45 Graus em: 45graus.parafuso.net/apoiar _______________ Índice da conversa: (3:40) O Partido Conservador | O Brexit. | Capitalismo de Renânia | Mont Pelerin Society | Institute of Economic Affairs (20:28) Como compara o P. Conservador com os partidos da direita da Europa continental? | As especificidades do sistema eleitoral britãnico.  (29:52) Porque é que o P. Trabalhista não tem conseguido aproveitar? | A imprensa tem um viés de direita? Inquérito Pew Research Center |  (41:00) A crise da identidade do P. Trabalhista -- e a relação com a “crise da Social-democracia europeia” | A “red wall” | Ordoliberalismo | Predistribution |  (57:43) O papel das ideias na política. Peter Hall  (1:04:14) A importância de desenvolver pensamento crítico nos alunos. | Livro: «Está a Brincar, Sr. Feynman!» de Richard P. Feynman  Livros recomendados: Capitalism on Edge, de Albena Azmanova; Anti-System Politics, de Jonathan Hopkin; In the Shadow of Justice, de Katrina Forrester _______________ Festival Folio Uma conversa muito oportuna com Eunice Goes, professora de Ciência Política na Richmond University em Londres, sobre as causas mais profundas da instabilidade da política britânica nos últimos anos. Falámos do Partido Conservador, do Partido Trabalhista, do papel da imprensa, da "crise de identidade da Social-democracia europeia e de... pensamento crítico.  Há já alguns anos que a política do Reino Unido não sai das notícias -- sobretudo desde o referendo do Brexit em 2016. Desde então, a instabilidade instalou-se na política britânica. O Partido Conservador, que tem governado nos últimos 12 anos, já vai, desde 2016, no 4.º líder -- e, consequentemente, o país no 4º Primeiro Ministro. A última mudança aconteceu há menos de um mês, com a saída de Boris Johnson e a vitória de Liz Truss nas eleições internas de um Partido Conservador muito dividido. Mal tomou posse, a nova Primeira-ministra anunciou um conjunto de medidas arrojadas que têm gerado enormes críticas e uma reacção negativa nos mercados financeiros. Para compreender as origens desta instabilidade que a política do Reino Unido tem vivido, o papel dos dois maiores partidos e as particularidades do sistema político britânico dificilmente poderia encontrar pessoa melhor que a convidada.  Nesta conversa, começamos por examinar as causas da instabilidade na política britânica, cujas causas vão desde o Brexit à existência de diferentes facções dentro do PC e mesmo à própria arquitetura do sistema eleitoral, que dificulta a expressão dos restantes partidos.  Mas existe, ao mesmo tempo, um mistério grande: com esta instabilidade, e os 12 anos de governo que o Partido Conservador já leva, como é que o Partido Trabalhista não tem conseguido afirmar-se como alternativa? Isto levou-nos a discutir se os trabalhistas são vítimas do viés de direita de que a imprensa britânica é frequentemente acusada. Com ou sem imprensa difícil, a verdade é que o PT vive hoje uma crise de identidade, a qual pode ser enquadrada na crise da social-democracia europeia que abordei recentemente num episódio com Pedro Magalhães.  Mesmo no final da conversa, abordámos ainda uma iniciativa inovadora que a convidada tem aplicado nas suas aulas para melhorar a aprendizagem e estimular o pensamento crítico entre os alunos. _______________ Obrigado aos mecenas do podcast: Julie Piccini, Ana Raquel Guimarães Galaró family, José Luís Malaquias, Francisco Hermenegildo, Nuno Costa, Abílio Silva, Salvador Cunha, Bruno Heleno, António llms, Helena Monteiro, BFDC, Pedro Lima Ferreira, Miguel van Uden, João Ribeiro, Nuno e Ana, João Baltazar, Miguel Marques, Corto Lemos, Carlos Martins, Tiago Leite Tomás Costa, Rita Sá Marques, Geoffrey Marcelino, Luis, Maria Pimentel, Rui Amorim, RB, Pedro Frois Costa, Gabriel Sousa, Mário Lourenço, Filipe Bento Caires, Diogo Sampaio Viana, Tiago Taveira, Ricardo Leitão, Pedro B. Ribeiro, João Teixeira, Miguel Bastos, Isabel Moital, Arune Bhuralal, Isabel Oliveira, Ana Teresa Mota, Luís Costa, Francisco Fonseca, João Nelas, Tiago Queiroz, António Padilha, Rita Mateus, Daniel Correia, João Saro João Pereira Amorim, Sérgio Nunes, Telmo Gomes, André Morais, Antonio Loureiro, Beatriz Bagulho, Tiago Stock, Joaquim Manuel Jorge Borges, Gabriel Candal, Joaquim Ribeiro, Fábio Monteiro, João Barbosa, Tiago M Machado, Rita Sousa Pereira, Henrique Pedro, Cloé Leal de Magalhães, Francisco Moura, Rui Antunes7, Joel, Pedro L, João Diamantino, Nuno Lages, João Farinha, Henrique Vieira, André Abrantes, Hélder Moreira, José Losa, João Ferreira, Rui Vilao, Jorge Amorim, João Pereira, Goncalo Murteira Machado Monteiro, Luis Miguel da Silva Barbosa, Bruno Lamas, Carlos Silveira, Maria Francisca Couto, Alexandre Freitas, Afonso Martins, José Proença, Jose Pedroso, Telmo , Francisco Vasconcelos, Duarte , Luis Marques, Joana Margarida Alves Martins, Tiago Parente, Ana Moreira, António Queimadela, David Gil, Daniel Pais, Miguel Jacinto, Luís Santos, Bernardo Pimentel, Gonçalo de Paiva e Pona , Tiago Pedroso, Gonçalo Castro, Inês Inocêncio, Hugo Ramos, Pedro Bravo, António Mendes Silva, paulo matos, Luís Brandão, Tomás Saraiva, Ana Vitória Soares, Mestre88 , Nuno Malvar, Ana Rita Laureano, Manuel Botelho da Silva, Pedro Brito, Wedge, Bruno Amorim Inácio, Manuel Martins, Ana Sousa Amorim, Robertt, Miguel Palhas, Maria Oliveira, Cheila Bhuralal, Filipe Melo, Gil Batista Marinho, Cesar Correia, Salomé Afonso, Diogo Silva, Patrícia Esquível , Inês Patrão, Daniel Almeida, Paulo Ferreira, Macaco Quitado, Pedro Correia, Francisco Santos, Antonio Albuquerque, Renato Mendes, João Barbosa, Margarida Gonçalves, Andrea Grosso, João Pinho , João Crispim, Francisco Aguiar , João Diogo, João Diogo Silva, José Oliveira Pratas, João Moreira, Vasco Lima, Tomás Félix, Pedro Rebelo, Nuno Gonçalves, Pedro , Marta Baptista Coelho, Mariana Barosa, Francisco Arantes, João Raimundo, Mafalda Pratas, Tiago Pires, Luis Quelhas Valente, Vasco Sá Pinto, Jorge Soares, Pedro Miguel Pereira Vieira, Pedro F. Finisterra, Ricardo Santos _______________ Esta conversa foi editada por: Hugo Oliveira

Podcast Política - Agência Radioweb
Governistas querem CPI para investigar institutos de pesquisa

Podcast Política - Agência Radioweb

Play Episode Listen Later Oct 4, 2022 2:02


O senador Marcos do Val (Podemos-ES) colheu, até o momento, 12 assinaturas de senadores para o pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos institutos de pesquisa.

UOL News
Lula e Joaquim Barbosa; STF, inquérito sobre Bolsonaro e PF e mais notícias

UOL News

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 6:29


Acompanhe as principais notícias da noite desta terça-feira (27) no UOL News. Com apresentação de Diego Sarza.

ONU News
Comissão de Inquérito Internacional diz que houve crimes de guerra na Ucrânia

ONU News

Play Episode Listen Later Sep 23, 2022 2:06


45 Graus
#129 Pedro Bernardo - Dos segredos da edição de livros aos hábitos de leitura em Portugal

45 Graus

Play Episode Listen Later Sep 21, 2022 75:36


Pedro Bernardo tem um percurso de mais de duas décadas na edição de livros, essencialmente como editor, mas também como revisor e tradutor. Começou por trabalhar nas Edições 70, e posteriormente, no Grupo Almedina, lidando sobretudo com não-ficção. Em finais de 2015, saiu do Grupo para ser um dos fundadores da editora E-Primatur/Bookbuilders. -> Apoie este projecto e faça parte da comunidade de mecenas do 45 Graus em: 45graus.parafuso.net/apoiar _______________ Índice da conversa: (2:56) O que faz um editor? | Ezra Pound's extensive revisions to T. S. Eliot's The Waste Land. | Porque é raro em Portugal? (9:05) Publica-se demais em Portugal? | Quais são os custos de publicar um livro?   (14:47) Como surge um livro: parte do autor ou da editora? | Scouting  (17:26) Como é lidar com os autores? A importância da clareza na linguagem e o culto da opacidade na escrita académica (24:35) Outros intervenientes há na publicação de um livro: revisor, tradutor, designer etc. | A importância da capa.  (32:16) Que tipo de livros se lê mais em Portugal? | Porque há pouco mercado para livros de bolso em Portugal? | Livros digitais. (39:44) Lê-se muito pouco em Portugal? | Estudo «Leitores de livros em Portugal. Uma prática cultural em transformação», de Miguel Ângelo Lopes, José Soares Neves e Patrícia Ávila | Inquérito da Fundação Gulbenkian às práticas culturais dos portugueses (48:36) Impacto da consolidação do mercado editorial e de retalho livreiro em Portugal este século. | Os livros em Portugal são demasiado caros? (1:01:39) Que intervenção deve ter o Estado no mercado dos livros?  (1:04:57) Porque é tão difícil unir o Mundo Lusófono? (1:08:00) Recomendações do convidado. Editoras (Antígona, Tinta da China), livrarias (100ª Página em Braga, Poetria no Porto, Fonte de Letras em Évora), autores (Robert Fisk, A Grande Guerra pela Civilização). Livro recomendado: O Negócio dos Livros, Como os Grandes Grupos Económicos Decidem o Que Lemos, de André Schiffrin  _______________ Este episódio tem uma história de quase 2 anos. Mais ou menos desde o momento em que comecei a escrever o que viria a ser o livro «Política a 45 Graus», dei por mim com imensa curiosidade e dúvidas sobre o processo de edição de um livro, as especificidades do mercado da edição em Portugal e os hábitos de leitura (ou falta deles) no nosso país. Agora que passei pelo processo de edição do meu livro, e através dele fui levado a pensar mais nestas questões, decidi que estava na altura de trazer este tema ao 45 Graus.  O convidado é Pedro Bernardo.  Escolhi o Pedro Bernardo pela sua longa experiência enquanto editor, sobretudo de não ficção, primeiro nas Edições 70, e posteriormente, no Grupo Almedina, e sobretudo  porque um dos criadores, juntamente com Hugo Xavier e João Reis, da E-Primatur / Bookbuilders, uma das mais interessantes editoras independentes nascidas em Portugal nos últimos anos. A E-Primatur é uma editora especial por vários motivos, desde o facto de funcionar com base num modelo de crowdfunding, às capas originais do seu livro e ao tipo de livros que publica -- com grande ênfase em “obras essenciais que foram capazes de mudar mentalidades (para o bem e para o mal, como diz na apresentação da editora). Foi uma conversa muito esclarecedora para quem se interessa por este tipo de temas, em que percorremos uma série de tópicos, desde o papel de um editor, ao processo de edição de um livro e os seus vários intervenientes, passando pelas especificidades do mercado editorial e livreiro em Portugal e pelos hábitos de leitura dos portugueses em comparação com outros países. Espero que gostem! _______________ Obrigado aos mecenas do podcast: Julie Piccini, Ana Raquel Guimarães Galaró family, José Luís Malaquias, Francisco Hermenegildo, Nuno Costa, Abílio Silva, Salvador Cunha, Bruno Heleno, António llms, Helena Monteiro, BFDC, Pedro Lima Ferreira, Miguel van Uden, João Ribeiro, Nuno e Ana, João Baltazar, Miguel Marques, Corto Lemos, Carlos Martins, Tiago Leite Tomás Costa, Rita Sá Marques, Geoffrey Marcelino, Luis, Maria Pimentel, Rui Amorim, RB, Pedro Frois Costa, Gabriel Sousa, Mário Lourenço, Filipe Bento Caires, Diogo Sampaio Viana, Tiago Taveira, Ricardo Leitão, Pedro B. Ribeiro, João Teixeira, Miguel Bastos, Isabel Moital, Arune Bhuralal, Isabel Oliveira, Ana Teresa Mota, Luís Costa, Francisco Fonseca, João Nelas, Tiago Queiroz, António Padilha, Rita Mateus, Daniel Correia, João Saro João Pereira Amorim, Sérgio Nunes, Telmo Gomes, André Morais, Antonio Loureiro, Beatriz Bagulho, Tiago Stock, Joaquim Manuel Jorge Borges, Gabriel Candal, Joaquim Ribeiro, Fábio Monteiro, João Barbosa, Tiago M Machado, Rita Sousa Pereira, Henrique Pedro, Cloé Leal de Magalhães, Francisco Moura, Rui Antunes7, Joel, Pedro L, João Diamantino, Nuno Lages, João Farinha, Henrique Vieira, André Abrantes, Hélder Moreira, José Losa, João Ferreira, Rui Vilao, Jorge Amorim, João Pereira, Goncalo Murteira Machado Monteiro, Luis Miguel da Silva Barbosa, Bruno Lamas, Carlos Silveira, Maria Francisca Couto, Alexandre Freitas, Afonso Martins, José Proença, Jose Pedroso, Telmo , Francisco Vasconcelos, Duarte , Luis Marques, Joana Margarida Alves Martins, Tiago Parente, Ana Moreira, António Queimadela, David Gil, Daniel Pais, Miguel Jacinto, Luís Santos, Bernardo Pimentel, Gonçalo de Paiva e Pona , Tiago Pedroso, Gonçalo Castro, Inês Inocêncio, Hugo Ramos, Pedro Bravo, António Mendes Silva, paulo matos, Luís Brandão, Tomás Saraiva, Ana Vitória Soares, Mestre88 , Nuno Malvar, Ana Rita Laureano, Manuel Botelho da Silva, Pedro Brito, Wedge, Bruno Amorim Inácio, Manuel Martins, Ana Sousa Amorim, Robertt, Miguel Palhas, Maria Oliveira, Cheila Bhuralal, Filipe Melo, Gil Batista Marinho, Cesar Correia, Salomé Afonso, Diogo Silva, Patrícia Esquível , Inês Patrão, Daniel Almeida, Paulo Ferreira, Macaco Quitado, Pedro Correia, Francisco Santos, Antonio Albuquerque, Renato Mendes, João Barbosa, Margarida Gonçalves, Andrea Grosso, João Pinho , João Crispim, Francisco Aguiar , João Diogo, João Diogo Silva, José Oliveira Pratas, João Moreira, Vasco Lima, Tomás Félix, Pedro Rebelo, Nuno Gonçalves, Pedro , Marta Baptista Coelho, Mariana Barosa, Francisco Arantes, João Raimundo, Mafalda Pratas, Tiago Pires, Luis Quelhas Valente, Vasco Sá Pinto, Jorge Soares, Pedro Miguel Pereira Vieira, Pedro F. Finisterra, Ricardo Santos _______________ Esta conversa foi editada por: Hugo Oliveira _______________ Bio: Pedro Bernardo é licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, Estudos Ingleses e Alemães, trabalha em edição desde 2000, essencialmente como editor, mas também como revisor e tradutor. Na Edições 70, e posteriormente no Grupo Almedina, exerceu, entre outras, as funções de responsável pela produção (2004-2007) e de editor (2007-2015). Em finais de 2015, saiu do Grupo para ser um dos fundadores da E-Primatur/Bookbuilders.

Alexandre Garcia - Vozes - Gazeta do Povo
O que a nova presidente do STF fará com o inquérito ilegal da Corte

Alexandre Garcia - Vozes - Gazeta do Povo

Play Episode Listen Later Sep 14, 2022 5:41


Adicionar essa descrição: Gosta do Alexandre Garcia? A Gazeta do Povo tem uma promoção especial para você sernosso assinante. Mais informações, clique no link: https://leia.gp/promocaopodcast econfira!Alexandre Garcia comenta a possibilidade de se pagar conta de energia com Pix e fala da expectativa com Rosa Weber na presidência do Supremo Tribunal Federal.Escolha seu app favorito e receba uma seleção com as principais notícias do dia no seucelular: http://bit.ly/2WiE0myAcompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais:Facebook: www.facebook.com/gazetadopovoTwitter: www.twitter.com/gazetadopovoInstagram: www.instagram.com/gazetadopovo

O Antagonista
Cortes do Papo - "Foi a tentativa de censura à Crusoé que me fez voltar contra esse inquérito", diz Fernando Gabeira

O Antagonista

Play Episode Listen Later Aug 30, 2022 6:01


Fernando Gabeira foi o convidado desta segunda-feira (29) no Papo Antagonista com Claudio Dantas Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Boletim Folha
PGR abre apuração preliminar sobre reunião com embaixadores, mas diz que inquérito é prematuro

Boletim Folha

Play Episode Listen Later Aug 25, 2022 4:54


Alexandre de Moraes recebe comandantes das PMs e ouve que tropas não devem tumultuar as eleições. E Propaganda eleitoral no rádio e na TV vai custar R$ 737 milhões em renúncia fiscalSee omnystudio.com/listener for privacy information.

No pé do ouvido
Seria 'prematura' abertura de inquérito sobre ataques de Bolsonaro às urnas, diz PGR

No pé do ouvido

Play Episode Listen Later Aug 25, 2022 15:48


Ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Procuradoria-Geral da República (PGR) afirmou que considera 'prematura' a abertura de um inquérito para apurar a conduta do presidente Jair Bolsonaro (PL) na reunião com embaixadores. Durante o encontro em 18 de julho, o chefe do Executivo atacou, sem provas, o sistema eleitoral brasileiro.

O Antagonista
Cortes do Papo - André Mendonça suspende inquéritos de Moraes que miram Bolsonaro

O Antagonista

Play Episode Listen Later Aug 12, 2022 4:02


O ministro André Mendonça pediu vista hoje, em plenário virtual, de quatro inquéritos relatados por Alexandre de Moraes, inclusive o das fake news e o que apura suposto vazamento, por parte de Jair Bolsonaro, de dados sigilos de uma investigação sobre um ataque hacker às urnas em 2018. Ao todo, 20 recursos, que estavam em sigilo, foram pautados por Moraes para serem analisados a partir desta sexta-feira 12. Além do próprio presidente, eles incluem empresários e políticos bolsonaristas investigados por ataques ao Supremo. Segundo interlocutores no Supremo, o ministro buscava o respaldo dos colegas da Corte às suas decisões, para assumir a Presidência do TSE na terça-feira 16, enviando ao Executivo um recado claro contra tumultos no processo eleitoral. O gabinete de Moraes divulgou a lista completa dos agravos impetrados em cada inquérito. Leia: Inquérito 4.781 (fake news) Terceiro AgR de TWITTER contra bloqueio de perfis.Quarto AgR de LUCIANO HANG contra bloqueio de perfis.Quinto AgR de MARCOS DOMINGUEZ BELLIZIA contra decisão que indeferiu fornecimento de cópias de documentos.Sexto AgR de LUCIANO HANG contra decisão que indeferiu fornecimento de cópias de documentos.Oitavo AgR de BIA KICIS contra decisão que indeferiu pedido de levantamento de sigilo dos autos.Nono AgR de FACEBOOK contra bloqueio de perfis de DANIEL SILVEIRA.Décimo AgR de MARE CLAUSUM e MÁRIO SABINO FILHO contra decisão que indeferiu requerimento dos agravantes para serem “excluídos/retirados do inquérito” e deixarem de figurar como investigados.Décimo Primeiro AgR de OSCAR FAKHOURY contra decisão que indeferiu pedidos de fornecimento de cópia de documentos, de desbloqueio de redes sociais e de arquivamento da investigação.Décimo Segundo AgR de FACEBOOK contra bloqueio de perfis de DANIEL SILVEIRA. Inquérito 4.879 (atos antidemocráticos) AgR de FACEBOOK contra bloqueio de perfis.Segundo AgR de TWITTER contra bloqueio de perfis.Terceiro AgR de TWITTER contra bloqueio de perfis.Quarto AgR de FACEBOOK contra bloqueio de perfis.Quinto AgR de TWITTER contra bloqueio de perfis.Sexto AgR de FACEBOOK contra bloqueio de perfis.Sétimo AgR de GOOGLE contra bloqueio de perfis.Oitavo AgR do Deputado Federal OTONI DE PAULA contra decisão por meio da qual foi indeferido o requerimento de revogação da medida de suspensão das redes sociais e de restituição dos bens apreendidos. Inquérito 4.888 (milícias virtuais) AgR de FÁBIO DE OLIVEIRA RIBEIRO contra decisão que indeferiu seu requerimento de admissão nos autos.Segundo AgR da PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA contra decisão por meio da qual foi determinada a instauração do inquérito. Inquérito 4.878 (vazamento de dados sigilosos) AgR de JAIR BOLSONARO contra decisão que acolheu a notícia-crime do TSE e instaurou o inquérito. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Notícias Brasil de Fato MG
Em Belo Horizonte, trabalhadores protestam contra desmonte da Cemig promovido por Zema

Notícias Brasil de Fato MG

Play Episode Listen Later Aug 12, 2022 1:23


Uma manifestação em frente à sede da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), na manhã de quinta-feira (11), denunciou que a estatal vem sofrendo um processo de desmonte. Os manifestantes responsabilizam o atual governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), pela precarização da empresa e pelo ataque aos direitos dos trabalhadores. Entre funcionários da Cemig, lideranças políticas e membros de movimentos populares e sindicais, centenas de pessoas participaram do protesto. Em marcha e com faixas contra a privatização da estatal, os manifestantes caminharam até a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Em frente ao parlamento mineiro, pediram a punição das pessoas indiciadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Cemig. Instaurada na ALMG em 2021, o relatório final da CPI pediu ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) a abertura de processo de improbidade administrativa contra 17 pessoas. Entre elas estão o atual presidente da Cemig, Reynaldo Passanezi, e o vice-presidente do partido de Romeu Zema, Evandro Negrão. A comissão também apontou outras irregularidades na condução da estatal, durante a gestão de Zema no governo de Minas, como o favorecimento de empresas e de pessoas próximas ao governador, contratações irregulares e espionagem.

ONU News
Comissão de inquérito para Etiópia pede ao governo acesso irrestrito aos sobreviventes

ONU News

Play Episode Listen Later Aug 2, 2022


O Antagonista
Inquéritos de Moraes são "ilegais e imorais", diz Bolsonaro

O Antagonista

Play Episode Listen Later Aug 2, 2022 0:45


Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar Alexandre do Moraes nesta terça (2). Em entrevista à Rádio Guaíba, o presidente afirmou que os inquéritos do ministro do STF são "ilegais, imorais". O magistrado é relator do inquérito das fake news, por exemplo. "É uma perseguição implacável por parte dele. A gente sabe o lado dele, está certo? E eu falo: estamos jogando dentro das quatro linhas [da Constituição]. Falei agora, na minha convenção lá no Rio de Janeiro, vamos pela última vez às ruas para mostrar àqueles surdos, poucos surdos, que o povo tem que ser o nosso norte. Essa população aí tem que ser respeitada", acrescentou Bolsonaro (foto). O presidente também disse que o ministro tenta incriminá-lo de toda forma e mencionou a quebra do sigilo de mensagens de um auxiliar dele. "Quebraram o sigilo do meu ajudante de ordens. Isso não vou adjetivar aqui, que é um crime o que essa pessoa cometeu. O objetivo não é ajudante de ordens, é ver as mensagens que eu troco com ele, algumas confidenciais. […] Me informo, me abasteço de informações. Ele está fazendo tudo de errado, tudo de errado e, no meu entender, não vai ter sucesso no seu intento final." No próximo dia 16, Moraes assumirá a presidência do TSE no lugar de Edson Fachin, que também tem sido criticado por Bolsonaro diante de sua ofensiva contra o sistema eleitoral do país. Cadastre-se para receber nossa newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Jair Bolsonaro volta a questionar investigação aberta por Barroso por divulgação de inquérito

O Antagonista

Play Episode Listen Later Jul 18, 2022 1:17


Jair Bolsonaro afirmou há pouco que foi alvo de investigação de vazamento de inquérito “não sigiloso” pelo STF. “Eu tive acesso a esse inquérito ano passado, divulguei. É um inquérito que não tem qualquer classificação sigilosa”, afirmou. “O delegado encarregado do inquérito foi bem claro que o inquérito não tinha classificação sigilosa”, declarou. Cadastre-se para receber nossa newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Guten Morgen - Senso Incomum
117: Clássicos Para O Mundo Moderno

Guten Morgen - Senso Incomum

Play Episode Listen Later Jul 14, 2022 68:57


Senso Incomum: sensoincomum.org Telegram: https://t.me/sensoinc Facebook: https://www.facebook.com/sensoincomumorg Twitter: https://twitter.com/sensoinc Instagram: https://www.instagram.com/senso.incomum Fitas Bolachas e Catataus https://www.youtube.com/watch?v=iIJ5S... Garra Cinzenta https://superprumofc.com. Telegram Filipe Trielli: https://t.me/filipetrielli Twitter Filipe Trielli: https://twitter.com/filipetrielli Doe diretamente para nós e ajude a salvar o ocidente: https://bit.ly/3pJfJ7B Seja membro do Brasil Paralelo: https://bit.ly/3d8Wleh Assine a revista do Senso Incomum: Patreon: https://www.patreon.com/sensoincomum Livraria Senso Incomum: https://livraria.sensoincomum.org Livro "Inquérito do fim do mundo - O apagar das luzes do Direito Brasileiro", organizado por Cláudia Piovezan: https://livraria.sensoincomum.org/inq... Camisetas e canecas Senso Incomum na Vista Direita: https://www.vistadireita.com.br/categ... Faça seu currículo na CVpraVC: https://www.sensoincomum.cvpravc.com.br Curso "Ciência, Ideologia e Política em Eric Voegelin", de Flavio Morgenstern no Instituto Borborema: https://institutoborborema.com/produt... Curso "Infowar: Linguagem e Política", de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema: https://institutoborborema.com/2017/0... Trashin para gestão de resíduos da sua empresa: https://trashin.com.br/sensoincomum/ Loja Marbella Infantil de roupas para seus pequenos (também no Instagram): marbellainfantil.com.br http://instagram.com/marbellainfantil

BMJ Consultoria
Eleições em SP, Vetos e PEC dos Benefícios

BMJ Consultoria

Play Episode Listen Later Jul 8, 2022 40:46


A poucos meses das eleições, as movimentações políticas ficam cada vez mais intensas. Enquanto a nível federal a base do governo tenta aprovar a PEC dos Benefícios e a oposição derruba alguns vetos presidenciais importantes, a disputa eleitoral no Estado de São Paulo começa se definir. Para comentar esses temas, convidamos para este episódio nossos consultores Carlos Müller, Fernanda César, Mauro Cazzaniga e Theresa Hoe. Em São Paulo, com a desistência do apresentador José Luiz Datena (PSC) em concorrer ao Senado, Márcio França (PSB), que pretendia se candidatar ao Governo do Estado, deve oficializar sua candidatura para senador nos próximos dias. Houve uma tentativa de suplência entre França e Gilberto Kassab, presidente do PSD, que visava ocupar o cargo caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se elegesse e desse a França um ministério. Entretanto, nesta semana, o PSD oficializou apoio a Tarcísio de Freitas (Republicanos), candidato do Presidente Bolsonaro a governador de São Paulo, o que inviabiliza uma aliança com o PT. Essas e outras movimentações importantes no estado são analisadas neste episódio. No âmbito federal, você vai conferir os destaques da última sessão de deliberação de vetos presidenciais no Congresso Nacional. A votação sobre as leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2 foram marcadas pela presença de diversos artistas. A movimentação atrasou as discussões dos demais temas e alguns vetos ficarão para a próxima semana, como o Marco Legal da Geração Distribuída, a Lei de Incentivos à Reciclagem e o Marco Legal das Ferrovias. Também nesta semana, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, fez a leitura de cinco pedidos de Comissões Parlamentar de Inquérito (CPIs), incluindo a que vai analisar as recentes denúncias de corrupção no Ministério da Educação. Apesar disso, por decisão da maioria dos líderes partidários, as CPIs só serão instaladas efetivamente após as eleições. Ainda no Legislativo, nossos consultores comentam a tramitação da PEC dos Benefícios, matéria que consolida as redações de duas Propostas de Emenda à Constituição (PECs), a de nº 15/22 e 1/22. O texto foi aprovado no Senado e enviado para a Câmara dos Deputados, que aprovou o parecer em comissão especial e enviou ao plenário. Entretanto, por falta de quórum, a votação foi adiada para a próxima semana por decisão do presidente da Casa, Arthur Lira. A PEC prevê o reconhecimento do estado de emergência em 2022 e viabiliza um pacote de R$ 41,25 bilhões em auxílios fora do teto de gastos a três meses das eleições. O tema vem sendo alvo de muitas negociações entre os parlamentares pela complexidade e seus possíveis efeitos no cenário eleitoral. Esse e outros destaques da semana são analisados por nossos consultores neste episódio. Confira!

Eliane Cantanhêde responde
"Agosto terá, de um lado, CPI do MEC e, de outro, pacote de bondades"

Eliane Cantanhêde responde

Play Episode Listen Later Jul 5, 2022 22:49


A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) promete colocar no Congresso nesta terça mais de mil prefeitos de todo o País numa mobilização contra as medidas que vêm sendo aprovadas recentemente pelo governo federal, Congresso e Supremo Tribunal Federal que aumentam gastos e reduzem receitas dos municípios. A poucos meses das eleições, a CNM denuncia que essa ofensiva, batizada de “pauta grave dos três Poderes”, já tem custo imediato de R$ 73 bilhões por ano com as decisões já aprovadas. "Os prefeitos têm cálculos muito sólidos sobre as perdas que terão com essas PECs. As pessoas moram na base, nos municípios, e é ali que pega fogo; é ali que eles estão cara a cara com os cidadãos e os problemas gigantescos que o Brasil está enfrentando", diz Eliane. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), deve autorizar a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ministério da Educação nesta terça-feira, 5, para investigar o gabinete paralelo na pasta, esquema revelado pelo Estadão. A oposição espera começar a apuração -- com audiências, convocações e quebras de sigilo -- em agosto, no mesmo mês de início da campanha eleitoral, tendo o presidente Jair Bolsonaro (PL) como alvo das diligências. "Pacheco não é muito animado com CPIs mas já demonstrou que não fará pressão contra ou a favor; vai agir como magistrado. De um lado, agosto começa com a CPI do MEC, provavelmente, e de outro, Bolsonaro esquentando sua campanha com o pacotão de bondades com o dinheiro público", diz Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Eldorado Expresso
Senado terá CPI do MEC mas só depois das eleições

Eldorado Expresso

Play Episode Listen Later Jul 5, 2022 17:57


O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), vai determinar ainda nesta semana a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ministério da Educação (MEC). A decisão foi tomada em reunião com líderes da Casa. No encontro, a maioria dos senadores não escondeu a preocupação em começar as investigações no período eleitoral, mas discursou em defesa das apurações. A ideia é que a CPI aguarde o fim das eleições e só comece ao final do ano, mas a oposição já ameaça ir ao STF (Supremo Tribunal Federal) para instalar a apuração sobre o gabinete paralelo de pastores que se instalou no MEC, em esquema revelado pelo Estadão. O relator da PEC dos Benefícios na Câmara, Danilo Forte (União Brasil-CE), se reuniu com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e os líderes da oposição e, ainda hoje, haverá outra conversa com os líderes da base. Os dois encontros discutem mudanças e a tramitação da proposta na Casa. E ainda: o aumento de mais de 15% no leite e derivados e as fortes chuvas com mortos e desabrigados em Alagoas. Ouça estas e outras notícias desta terça-feira, 05, no “Eldorado Expresso”.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "Agosto terá, de um lado, CPI do MEC e, do outro, pacote de bondades"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Jul 5, 2022 22:49


A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) promete colocar no Congresso nesta terça mais de mil prefeitos de todo o País numa mobilização contra as medidas que vêm sendo aprovadas recentemente pelo governo federal, Congresso e Supremo Tribunal Federal que aumentam gastos e reduzem receitas dos municípios. A poucos meses das eleições, a CNM denuncia que essa ofensiva, batizada de “pauta grave dos três Poderes”, já tem custo imediato de R$ 73 bilhões por ano com as decisões já aprovadas. "Os prefeitos têm cálculos muito sólidos sobre as perdas que terão com essas PECs. As pessoas moram na base, nos municípios, e é ali que pega fogo; é ali que eles estão cara a cara com os cidadãos e os problemas gigantescos que o Brasil está enfrentando", diz Eliane. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), deve autorizar a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ministério da Educação nesta terça-feira, 5, para investigar o gabinete paralelo na pasta, esquema revelado pelo Estadão. A oposição espera começar a apuração -- com audiências, convocações e quebras de sigilo -- em agosto, no mesmo mês de início da campanha eleitoral, tendo o presidente Jair Bolsonaro (PL) como alvo das diligências. "Pacheco não é muito animado com CPIs mas já demonstrou que não fará pressão contra ou a favor; vai agir como magistrado. De um lado, agosto começa com a CPI do MEC, provavelmente, e de outro, Bolsonaro esquentando sua campanha com o pacotão de bondades com o dinheiro público", diz Cantanhêde. See omnystudio.com/listener for privacy information.

Durma com essa
PEC e CPI: a corrida no Congresso para definir temas-chave

Durma com essa

Play Episode Listen Later Jul 4, 2022 14:36


A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que estabelece o chamado “pacote das bondades” e turbina programas sociais até o fim de 2022 foi aprovada pelos senadores e agora precisa passar pela Câmara. A medida começa a ser discutida pelos deputados na terça-feira (5), mesmo dia em que os líderes partidários se reúnem no Senado para debater sobre a instalação de CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito) que estão com pedidos pendentes, entre elas a que quer investigar os indícios de corrupção no Ministério da Educação. O “Durma com essa” desta segunda-feira (4) fala sobre a corrida no Congresso para discutir as duas medidas antes do recesso parlamentar, que começa no dia 18 de julho, e como elas podem impactar a eleição. O programa conta ainda com as participações do redator Cesar Gaglioni, que fala sobre as perspectivas de vacinação de crianças de até 5 anos contra a covid-19, e do repórter especial João Paulo Charleaux, que comenta o caos aéreo na Europa.

exame
CPI do MEC: quais são os próximos passos

exame

Play Episode Listen Later Jun 29, 2022 2:23


O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição ao governo, protocolou na terça-feira, 28, o pedido de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação de pastores dentro do Ministério da Educação para liberação de dinheiro a prefeituras com um suposto pedido de propina. O caso é investigado pela Polícia Federal, que chegou a prender o ex-ministro Milton Ribeiro. Em entrevista coletiva, o senador disse que a oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) conseguiu 31 assinaturas - era necessário um mínimo de 27. Apresentação: Gilson Garrett. 

O Assunto
MEC: corrupção, acobertamento e CPI

O Assunto

Play Episode Listen Later Jun 29, 2022 26:59


O que começou como denúncia de um esquema de pastores com trânsito no Palácio do Planalto para traficar recursos da educação virou, três meses depois, um pedido de investigação sobre a conduta do presidente da República. E ameaça se transformar em mais uma Comissão Parlamentar de Inquérito no caminho dele - desta vez, a pouca distância das eleições de outubro. Neste episódio, Renata Lo Prete recebe os jornalistas Vera Magalhães e Bruno Tavares. O repórter da TV Globo, primeiro a revelar ligações telefônicas em que o ex-ministro Milton Ribeiro afirma ter sido alertado por Jair Bolsonaro da iminência da operação da PF na qual seria preso, detalha a origem e o alcance das escutas (mais de 1.700 áudios) captadas com autorização da Justiça. Ele também lembra o que acontece agora que a ministra do Supremo Carmem Lúcia acionou a PGR: “Augusto Aras vê elementos para investigar Bolsonaro? Isso terá que ser dito”. Na conversa com Renata Lo Prete, Vera é cética quanto às chances de o procurador-geral se mexer. Ainda assim, “essa apuração sobre vazamento de informações e obstrução do trabalho da polícia tem potencial de estrago para Bolsonaro”, avalia a colunista do jornal O Globo, comentarista da rádio CBN e apresentadora do programa Roda Viva, da TV Cultura. A partir da apresentação, nesta terça-feira, do pedido de abertura da CPI do MEC, Vera diz o que esperar do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), de quem depende a instalação. Analisa ainda as movimentações dos governistas para evitar ou, no mínimo, empurrar ao máximo o início dos trabalhos da comissão.

BMJ Consultoria
CPI do MEC, Combustíveis e Datafolha.

BMJ Consultoria

Play Episode Listen Later Jun 24, 2022 37:54


Na última quarta-feira (22), a notícia da prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, agitou o cenário político. Ribeiro está sendo investigado por uma operação da Polícia Federal que apura desvio de verbas do Ministério da Educação (MEC) após vazamento de áudios, em março deste ano, que indicam um suposto favorecimento a indicações de pastores para liberação de verbas. Como reação ao caso e à prisão do ex-ministro, senadores federais de oposição ao governo federal apresentaram um pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias. Nesta quinta-feira (23), o líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues, anunciou que conseguiu coletar as 27 assinaturas necessárias para instalar a CPI, mas aguarda conseguir mais três assinaturas para protocolar o pedido na próxima semana. No episódio dessa semana, nossos consultores Érico Oyama, Fernanda César e Leon Rangel analisam as chances de instalação da CPI, além das demais repercussões do caso no Congresso Nacional. E essa não foi a única movimentação sobre CPI no Legislativo nessa semana: após a renúncia do presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, aumentou a pressão por parte do presidente Jair Bolsonaro pela instauração de uma comissão, na Câmara dos Deputados, para investigar a Petrobras e os preços dos combustíveis adotados pela estatal. Para os nossos especialistas, a ideia deve seguir sem grande força na Câmara, já que este é um ano eleitoral e os parlamentares devem estar mais dedicados ao trabalho junto às suas bases de apoio, visando a reeleição. Para driblar o impacto eleitoral dos altos preços dos combustíveis, o governo federal estuda aumentar o Auxílio Brasil, ainda que isso signifique um recuo da compensação aos estados pelo corte do ICMS incidente sobre os combustíveis.  Confira ainda os principais destaques e a visão dos nossos consultores sobre a nova pesquisa Datafolha, que mostra um cenário estável entre Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro no primeiro turno. Os novos dados apontam uma redução de um ponto percentual na diferença entre os principais candidatos à Presidência, que agora é de 19 pontos, em comparação com a pesquisa divulgada no último mês. Por fim, nosso consultor de Infraestrutura analisa brevemente como os aumentos consecutivos do diesel têm inquietado a categoria dos caminhoneiros, que tem levantado ameaças de nova greve.  Confira esses temas e as análises de conjuntura de nossos especialistas no episódio dessa semana!

Alexandre Garcia - Vozes - Gazeta do Povo
Inquérito do fim do mundo no Supremo faz mais uma vítima

Alexandre Garcia - Vozes - Gazeta do Povo

Play Episode Listen Later Jun 15, 2022 4:30


Alexandre Garcia comenta a inclusão do ex-senador Magno Malta no inquérito das fake news no STF por causa de uma fala contra o ministro Luis Roberto Barroso

O Antagonista
Bolsonaro: em acordo, Moraes teria aceitado encerrar inquérito das fake news

O Antagonista

Play Episode Listen Later Jun 14, 2022 0:24


Em conversa com jornalistas na frente do Palácio do Planalto nesta segunda-feira (13), Jair Bolsonaro atacou o ministro do Supremo Alexandre de Moraes, que presidirá o Tribunal Superior Eleitoral durante as eleições presidenciais. Bolsonaro disse que, em setembro de 2021, Moraes teria concordado em pôr um fim ao inquérito das fake news em troca do recuo do presidente de seus ataques ao STF nas manifestações de 7 de setembro, mas não cumpriu a sua parte do combinado. “Eu assinei a carta. Eu me descapitalizei politicamente. Levei pancada para caramba em troca de um cumprimento do outro lado da linha, coisa simples, até sobre esse inquérito que não tinha cabimento“, afirmou. Não há evidências do suposto acordo, que já fora mencionado pelo presidente outras vezes. O ex-presidente Michel Temer, que intermediou o processo de reconciliação entre Bolsonaro e Moraes, negou a existência do trato em nota divulgada na semana passada. Cadastre-se para receber nossa newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

E Tem Mais
Avanço da fome: cenário de crise dificulta combate à insegurança alimentar

E Tem Mais

Play Episode Listen Later Jun 13, 2022 21:30


Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama dos obstáculos econômicos, políticos e sociais que têm contribuído para o aumento da insegurança alimentar no Brasil. As consequências da pandemia agravaram o quadro de desigualdade no país e levaram o Brasil a registrar mais de 33 milhões de pessoas atingidas pela fome em 2022, segundo dados do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19.  O levantamento aponta que seis em cada dez domicílios brasileiros não conseguem manter acesso pleno à alimentação e possuem alguma preocupação com a escassez de alimentos no futuro. O quadro desperta preocupação ainda maior diante das projeções econômicas de um período de inflação alta e crescimento próximo a zero no país. Para apontar os desafios e as alternativas que o Brasil tem pela frente na tentativa de conter o avanço da fome, participam deste episódio o pesquisador Nilson Maciel, da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, e o diretor-executivo da ONG Ação da Cidadania, Rodrigo "Kiko" Afonso. Com apresentação de Carol Nogueira, este podcast é produzido pela Maremoto para a CNN Brasil. Você também pode ouvir o E Tem Mais no site da CNN Brasil. E aproveite para conhecer os nossos outros programas em áudio. Acesse: cnnbrasil.com.br/podcasts.

Tapa da Mão Invisível
EP.190 - O inquérito das Fake News e o STF

Tapa da Mão Invisível

Play Episode Listen Later Jun 11, 2022 93:18


No episódio de hoje, Paulo e Julio entrevistam o advogado, professor e mestre em Direito Constitucional, Rodrigo Saraiva Marinho, sobre: - O que é e como foi feito o inquérito das Fake News; - A atuação do STF; - Liberdade de expressão e fake news; - E muito mais! Todos os episódios estão disponíveis no Spotify, Soundcloud, Google Podcast, YouTube, Amazon Music e Apple Podcast. As show notes estão disponíveis em www.tapadamaoinvisivel.com.br. Visite o site dos nossos parceiros: DBI Contabilidade - https://www.tapadamaoinvisivel.com.br/dbi CapTable - https://www.tapadamaoinvisivel.com.br/cap Concierge Bitcoin - https://www.tapadamaoinvisivel.com.br/btc Settee - https://www.tapadamaoinvisivel.com.br/bandeiras Apoie esta iniciativa em https://apoia.se/tapadamaoinvisivel Participe do nosso Seminário em https://www.tapadamaoinvisivel.com.br/seminariomises Minutagem: 0:00 INTRODUÇÃO E BOAS-VINDAS 1:44 RECADOS INICIAIS 6:47 CURRÍCULO DO CONVIDADO 7:55 O INÍCIO DO INQUÉRITO DAS FAKE NEWS 19:35 PROPAGANDA 1 20:33 PRIMEIROS PRESOS 24:09 CRIMES DE OPINIÃO 27:40 DANIEL SILVEIRA E IMUNIDADE PARLAMENTAR 40:27 PROPAGANDA 2 41:44 TORNOZELEIRA E TELEGRAM 53:48 O "FIM" DO INQUÉRITO 1:03:19 PROPAGANDA 3 1:04:46 FAKE NEWS E TOMADA DE PODER 1:18:04 O QUE FAZER CONTRA ISSO TUDO 1:26:45 CONSIDERAÇÕES FINAIS E DICA DE LIVRO

Estadão Notícias
Fome: a realidade de 33 milhões de brasileiros

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Jun 9, 2022 20:13


Atualmente, mais de 33 milhões de pessoas não têm o que comer no Brasil. Em apenas um ano, o número de pessoas passando fome no país aumentou 14 milhões. Os dados são do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia de Covid-19, produzido pela Rede Penssan e pela Oxfam e lançado nesta quarta-feira, 08.  A fome no Brasil alcançou um patamar registrado pela última vez nos anos 90. A pesquisa mostra ainda que mais da metade da população brasileira — 58,7% — convive com algum grau de insegurança alimentar. A pandemia e o agravamento da crise econômica só aumentaram as desigualdades que já existiam. O desmonte das políticas públicas por parte do governo também é um dos motivos para um número tão grande. As ações isoladas do governo Bolsonaro não conseguem enfrentar questões estruturais, como a alta da inflação, que está na casa de dois dígitos desde setembro do ano passado. Na média nacional, 15% dos brasileiros estão abaixo da linha da pobreza. Mas a realidade varia de acordo com a região. No Nordeste, esse número é de 21%. Na região Norte, chega a 25%. No episódio desta quinta-feira, 09, vamos debater esse cenário de fome e pobreza extrema do País com Rodrigo “Kiko” Afonso,  diretor-executivo da Ação da Cidadania. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Jefferson Perleberg, Bárbara Rubira e Gabriela Forte Montagem: Moacir Biasi See omnystudio.com/listener for privacy information.

Durma com essa
A fome no Brasil. E a desarticulação pública para combatê-la

Durma com essa

Play Episode Listen Later Jun 8, 2022 19:06


Mais de 33 milhões de pessoas passavam fome no Brasil entre novembro de 2021 e abril de 2022, segundo dados do 2º Inquérito Nacional Sobre Segurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil divulgados nesta quarta-feira (8). O número de pessoas que não têm o que comer praticamente dobrou em dois anos: eram 19 milhões em 2020. O “Durma com essa” mostra o agravamento da insegurança alimentar no país e as medidas das últimas décadas para combater o problema. O programa traz também a redatora Isabela Cruz falando sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal contra o deputado estadual Fernando Francischini e o repórter especial João Paulo Charleaux comentando a relação da ex-chanceler alemã Angela Merkel com o governo russo.

Morning Show
MORNING SHOW - 03/06/2022 - PCO entra no inquérito das Fakes News

Morning Show

Play Episode Listen Later Jun 3, 2022 90:09


Marques suspende cassação de Francischini por divulgar fake news sobre urna; PCO entra no inquérito das fake news. No RS, Lula sobe tom em novos ataques a Bolsonaro. Comissão da Câmara aprova audiência para debater versão da Barbie transexual. Entrevista: Silvio Medeiros, diretor do documentário Sim, 'Entre Lobos', da Brasil Paralelo, que faz uma investigação sobre a criminalidade no Brasil. See omnystudio.com/listener for privacy information.

Ar livre
Ep 190 - Trabalho de actor, pressão para ser interessante, inquérito ao "Não", X e Catarina Gouveia

Ar livre

Play Episode Listen Later May 29, 2022 30:19


Ep 190 - Trabalho de actor, pressão para ser interessante, inquérito ao "Não", X e Catarina Gouveia by Salvador Martinha

ONU News
Comissão de Inquérito sobre a Síria pede que fronteiras permaneçam abertas

ONU News

Play Episode Listen Later May 26, 2022 1:22


O Antagonista
Fux defende atuação de Moraes em inquéritos e fala em “atos de terrorismo” contra o STF

O Antagonista

Play Episode Listen Later May 18, 2022 2:05


O presidente do STF, Luiz Fux, defendeu hoje a atuação do ministro Alexandre de Moraes e a manutenção do inquérito das fake news. Ele também citou “notícias” de atos preparatórios de terrorismo contra o Supremo. Como noticiamos, Jair Bolsonaro protocolou na segunda uma ação no STF contra Moraes por abuso de autoridade. Em resposta, Fux disse que a investigação sobre a atuação de milícias digitais, comandada por Moraes, está em “ótimas mãos”. “A judicialização da política nada mais é do que os políticos provocando a judicialização e a criminalização da política nada mais é do que o Supremo instado a decidir crimes praticados por políticos”, disse Fux. “Desde 2019, o ministro Dias Toffoli, para enfrentar a desinformação e verdadeiros ataques ao STF, instaurou o inquérito [das fake news], que está em ótimas mãos [Alexandre de Moraes], que tem sido importante. Há notícias de atos preparatórios de terrorismo contra o Supremo. Impelir o Supremo de se despojar de sua maior característica que é a independência”, afirmou. Cadastre-se para receber nossa newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.youtube.com/c/OAntagonista https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista

O Antagonista
CORTES DO PAPO: Sergio Moro comenta sobre liberdade de expressão e inquérito que atingiu Daniel Silveira

O Antagonista

Play Episode Listen Later May 11, 2022 4:02


No Papo Antagonista desta segunda-feira (10), Sergio Moro comentou o inquérito das fake news, arrastado há meses e que julga ameaças aos ministros do STF. Para Moro, é necessário fazer uma "distinção entre liberdade de expressão e eventuais atos não albergados pela liberdade de expressão". Falando sobre Daniel Silveira, Moro disse que "ele proferiu ameaças físicas a ministros" e que não deveríamos encarar tais ameaças como coisas inofensivas. "O Supremo deveria deixar isso para as instâncias ordinárias", sugere Moro. Cadastre-se para receber nossa newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.youtube.com/c/OAntagonista https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista