Podcasts about Ciro Gomes

  • 231PODCASTS
  • 1,136EPISODES
  • 46mAVG DURATION
  • 2DAILY NEW EPISODES
  • Nov 28, 2022LATEST
Ciro Gomes

POPULARITY

20152016201720182019202020212022

Categories



Best podcasts about Ciro Gomes

Show all podcasts related to ciro gomes

Latest podcast episodes about Ciro Gomes

O Antagonista
Ciro Gomes é hostilizado no aeroporto de Miami | Meio Dia em Brasília

O Antagonista

Play Episode Listen Later Nov 28, 2022 7:17


Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista  

SBS Portuguese - SBS em Português
Notícias da Austrália e do Mundo | 2 de novembro | SBS Portuguese

SBS Portuguese - SBS em Português

Play Episode Listen Later Nov 2, 2022 14:02


No Brasil, em meio a bloqueios de estrada pelo país e após 48 horas de silêncio, Bolsonaro diz que vai respeitar a Constituição. Ciro Gomes e Gleisi Hoffmann iniciam a transição de governo. Na Austrália, leões escapam de seu espaço no Taronga Zoo em Sydney.

Roteirices
217 - Tradicionalismo e conspiracionismo vaporwave, com Pedro Octávio

Roteirices

Play Episode Listen Later Oct 27, 2022 104:17


Sabe aqueles filtros para perfis nas redes sociais com aquela estética de neon, meio Blade Runner, um pouco enfumaçado, com uma cor entre o rosa e o roxo, algumas referências à antiguidade clássica? Isso tem um nome: chama-se vaporwave, e é parte de um movimento artístico surgido em comunidades na internet no começo dos anos 2000, e que mistura música meio lounge, suave, imagens de estátuas gregas com computadores antigos, aparelhos de televisão com tubo de imagem, videocassete. Mas há alguns anos essa estética vaporwave vendo sendo apropriada por grupos ultrarreacionários e usada como mensagens cifradas de cunho neofascista. Não é à toa que, nos últimos quatro anos, vários integrantes do atual governo, incluindo o presidente da República, adotaram, em algum momento, esses filtros vaporwave em seus perfis nas redes sociais. E no primeiro turno das eleições, até a campanha do candidato do PDT, Ciro Gomes, divulgou um vídeo equiparando Lula a Bolsonaro feito totalmente nessa estética vaporwave, o que é muito preocupante. Para falar sobre isso, Carlos Alberto Jr. entrevista Pedro Octávio, pesquisador da tal direita “alternativa” e dos usos do vaporwave pelo Tradicionalismo e movimentos conspiracionistas. Link para apoiar o Roteirices no Apoia.se: https://apoia.se/roteirices Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para o Roteirices no Telegram: https://t.me/roteirices_podcast Código para apoiar o Roteirices no PIX celular: 61994510183 Contato: roteirices@gmail.com

O Antagonista
Cortes do Papo - Ninguém é forçado a declarar voto

O Antagonista

Play Episode Listen Later Oct 14, 2022 2:47


Chegamos ao cúmulo do patrulhamento político. Nas redes sociais, especialmente, cresce a pressão pelo adesismo a uma ou outra candidatura, como se cada um de nós fosse obrigado a declarar seu voto. Políticos fazem política, o que ajuda a explicar apoios inexplicáveis neste segundo turno, como fez Sergio Moro com Jair Bolsonaro e Ciro Gomes (ou Simone Tebet) com Lula. É da dinâmica política a composição e a traição, mas isso não é parâmetro para que artistas, jornalistas, professores, empresários, donas de casa e estudantes sejam forçados a encampar qualquer opção e, pior, declará-la aos quatro ventos.  Com a intensificação das interações via plataformas digitais, o 'efeito manada' -- em sua origem relacionado à fuga coletiva de animais de uma mesma espécie -- virou objeto de intensos estudos das ciências sociais, com destaque para a ciência política. Tal comportamento é explicado, dentre outras coisas, pela busca instintiva por aceitação e segurança, evitando-se o risco de "punições" por agir ou pensar de forma diferente, assim como a busca por benefícios da adesão a determinado líder ou membros de um grupo. As consequências desse tipo de atitude são imprevisíveis, pois situações de urgência, ou urgência aparente, tendem a passar, assim como as condições que a caracterizaram. Normalmente, são poucos os que se beneficiam desses momentos. Essa 'onda' é turbinada pelo anonimato nas redes e a atuação remunerada de influenciadores e militantes. Não, eles não vieram de graça! Pode parecer óbvio, mas sugiro reflexão sobre as razões que possam fazê-lo votar em A ou B (L ou B, no caso). Anular ou simplesmente não votar também são opções válidas. Seja qual for sua escolha, ela pode e deve ser mantida em sigilo. Aos que reclamarem, sugira educadamente a leitura da Constituição. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Roda Viva
Maurício Moura | 10/10/2022

Roda Viva

Play Episode Listen Later Oct 13, 2022 94:56


O Roda Viva desta semana recebe o presidente do Instituto Ideia Big Data e professor da Universidade George Washington, Maurício Moura. Doutor em economia e política, Maurício Moura comenta os erros e acertos dos institutos de pesquisa em relação aos números finais da apuração. Os critérios e como são feitas as entrevistas e qual a influência das pesquisas de opinião no votos dos eleitores. Em artigo recente, Moura afirmou que nesta eleição as pesquisas ganharam protagonismo e sofreram críticas infundadas. Destacou que as pesquisas acertaram o resultado, dentro da margem de erro, de Lula, Simone Tebet e Ciro Gomes, mas não captaram a migração de parte dos eleitores de Ciro para Jair Bolsonaro na reta final da campanha. A bancada de entrevistadores conta com Leão Serva, diretor de jornalismo da TV Cultura; Bianca Gomes, repórter do jornal O Globo; Anna Virginia Ballousier, repórter especial da Folha de S. Paulo; Leonardo Sakamoto, colunista do UOL; e Pedro Prata, editor-assistente do Estadão Verifica. A apresentação é de Vera Magalhães.

Mamilos
Como conquistar os votos que faltam?

Mamilos

Play Episode Listen Later Oct 10, 2022 62:32


No dia 2 de outubro, os brasileiros foram às urnas votar na eleição mais polarizada de todos os tempos. E o resultado não poderia ser diferente: tivemos a maior concentração de votos desde a redemocratização. No domingo mesmo, a gente já sabia o resultado. Mas a contagem final dos votos veio na última terça-feira (4), quando o Tribunal Superior Eleitoral atingiu a marca de 100% das urnas apuradas. Ao fim da contagem, o resultado entre os dois principais candidatos ficou assim: Lula recebeu 57,25 milhões de votos, um total de 48,43%, e Bolsonaro, 51 milhões de votos, um total de 43,20%. Juntos, os dois candidatos receberam mais de 108 milhões de votos, somando 91,63% do total. Mas vale dizer também que os candidatos Ciro Gomes e Simone Tebet, que foram menos representativos nessa disputa presidencial, somaram mais de 8,5 milhões de votos, tendo Ciro 3% e Tebet 4,2%. O que queremos saber é: de onde vão sair os votos decisivos nesse segundo turno? Para onde vão os votos dos candidatos que saíram derrotados? Será que os eleitores vão seguir o que os candidatos sinalizarem de apoio? É melhor virar voto de quem já decidiu ou é melhor apostar em quem nem sequer foi votar? Qual o melhor eleitorado para investir nessas três semanas de campanha: jovens? Mulheres? Quem votou nulo ou quem votou em branco? Qual a melhor estratégia? Ou melhor, quais as melhores estratégias? Se Lula se deu bem no Nordeste, é melhor garantir que o cenário se repita com foco da campanha por lá? Ou melhor focar onde perdeu para tentar recuperar? Nos bastidores das duas campanhas, o clima é de final de copa do mundo e as movimentações políticas já são intensas. Na sociedade, nós, eleitores, continuamos nos perguntando: como virar voto se depois de quatro anos parece não haver mais um novo argumento para apresentar pra pessoa que vai fazer ela mudar de opinião? O que mais precisa ser dito? O que mais precisa ser mostrado? O que mais afasta do que convence? No programa de hoje, Ju Wallauer e Cris Bartis, para tentar responder essas perguntas conversam com um trio de peso: Ana Freitas, especialista em redes sociais, Marcio Black, cientista político e um experiente ativista, e Carmen Silva, uma líder comunitária inspiradora e agora suplente a deputada estadual em São Paulo. Vamos juntos! _____ FALE CONOSCO . Email: mamilos@b9.com.br _____ CONTRIBUA COM O MAMILOS Quem apoia o Mamilos ajuda a manter o podcast no ar e ainda participa do nosso grupo especial no Telegram. É só R$9,90 por mês! Quem assina não abre mão. https://www.catarse.me/mamilos _____ Equipe Mamilos Mamilos é uma produção do B9 A apresentação é de Cris Bartis e Ju Wallauer. Pra ouvir todos episódios, assine nosso feed ou acesse mamilos.b9.com.br Quem coordenou essa produção foi a Beatriz Souza. Com a estrutura de pauta e roteiro escrito por Eduarda Esteves. A edição foi de Mariana Leão e as trilhas sonoras, de Angie Lopez. A capa é de Helô D'Angelo. A coordenação digital é feita por Agê Barros, Carolina Souza e Thallini Milena. O B9 tem direção executiva de Cris Bartis, Ju Wallauer e Carlos Merigo. O atendimento e negócios é feito por Rachel Casmala, Camila Mazza, Greyce Lidiane e Telma Zenaro.

revista piauí
#221: A luta final

revista piauí

Play Episode Listen Later Oct 7, 2022 56:49


Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky comentam a primeira pesquisa de intenção de votos para presidente, a campanha dos bolsonaristas para desacreditar os institutos de pesquisas e o embate religioso nos discursos políticos. O programa fala ainda das primeiras alianças de Bolsonaro e Lula com governadores e ex-candidatos à Presidência, faz um balanço da campanha na primeira semana do segundo turno e analisa a guinada à direita do Congresso Nacional eleito. Escalada: 00:00 1º bloco: 04:31 2º bloco: 24:10 3º bloco: 35:25 Kinder Ovo: 46:55 Correio Elegante: 48:58 Créditos: 55:02 Bloco 1: O peso das pesquisas A pesquisa Ipec divulgada nesta quarta-feira mostrou Lula com 55% dos votos válidos e Bolsonaro com 45%. Na simulação anterior de cenário de 2º turno, divulgada na véspera da votação do 1º turno, Lula tinha 52% das intenções de voto, e Bolsonaro, 37%. Desde o encerramento das apurações, as pesquisas eleitorais vêm sofrendo uma série de ataques, inclusive institucionais. Bloco 2: Em busca de aliados À procura de alianças, representantes das campanhas de Lula e Bolsonaro vêm se encontrando com líderes de partidos, governadores e senadores eleitos no primeiro turno. O presidente teve o apoio imediato dos governadores de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal. Lula, por sua vez, recebeu o voto de confiança de Simone Tebet, Ciro Gomes e Fernando Henrique Cardoso. Bloco 3: Congresso à direita O PL, partido de Bolsonaro, conseguiu eleger a maior bancada da Câmara, com 99 deputados, e também tem o maior número de senadores, 13. O PT tem a segunda maior bancada da Câmara, com 68 eleitos. Quatro ex-ministros alinhados com Bolsonaro ganharam vagas no Senado: Damares Alves, o astronauta Marcos Pontes, Tereza Cristina e Rogério Marinho, além do ex-vice-presidente, Hamilton Mourão. Para acessar reportagens citadas nesse episódio: https://piaui.co/foro221 ​​​​​​​​​​Assista aos bastidores da gravação: https://piaui.co/ftprivilegiado​ ​​​​​Aqui, uma playlist com todos os episódios do Foro: https://piaui.co/playlistforo​ ​​​​​​​​​​O Foro de Teresina é o podcast de política da revista piauí, que vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 11h. O programa é uma produção da Rádio Novelo para a revista piauí. Ouça também os outros podcasts da piauí: o Maria vai com as outras, sobre mulheres e mercado de trabalho (https://piaui.co/playlistmaria​​​​​​​​​), e A Terra é redonda, sobre ciência e meio ambiente (https://piaui.co/playlistaterra​​​​​​). Ficha técnica: Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky Coordenação geral: Évelin Argenta Direção: Mari Faria Edição: Évelin Argenta e Tiago Picado Produção: Marcos Amorozo Apoio de produção: Cláudia Holanda Produção musical, finalização e mixagem: João Jabace Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno Identidade visual: João Brizzi Ilustração: Fernando Carvall Teaser (Foro Privilegiado): Mari Faria Distribuição: Marcos Amorozo Coordenação digital: Juliana Jaeger e FêCris Vasconcellos Checagem: João Felipe Carvalho Para falar com a equipe: forodeteresina@revistapiaui.com.br

Estadão Notícias
A disputa ‘diabólica' nas campanhas de 2º turno

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Oct 7, 2022 37:14


Apesar da onda de descrença, as pesquisas eleitorais começam a divulgar seus levantamentos para o segundo turno, nesta semana. De acordo com o Ipec, Lula (PT) tem 55% dos votos válidos, contra 45% de Jair Bolsonaro (PL). Na Quaest, o cenário foi bem parecido. O petista tem 54% dos votos válidos, enquanto o atual presidente tem 46%. No entanto, esses números podem sofrer alterações até o dia 30 de outubro, já que os presidenciáveis começaram a reunir apoios para esta fase da eleição. O atual presidente conseguiu reunir um grande número de governadores eleitos em primeiro turno, caso de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraná. Já o petista, tem no seu palanque os ex-candidatos Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB), além de figuras históricas, como Fernando Henrique Cardoso. Agora, as campanhas traçam estratégias para tentar reduzir a rejeição de seus candidatos em algumas localidades. Enquanto Lula intensifica os comícios no Sul e no Sudeste, Bolsonaro pretende investir mais no Nordeste. Além disso, os dois candidatos “brigam” pelo espólio de eleitores deixados por Ciro Gomes e Simone Tebet. Esses são os assuntos que guiam nossa conversa do “Poder em Pauta” com os jornalistas que acompanham o dia a dia da política. Participam no episódio de hoje do Estadão Notícias, Pedro Venceslau, de São Paulo, e Felipe Frazão, diretamente da capital federal. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "Bolsonaro deu uma demonstração de força muito grande"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 22:52


O presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição pelo PL, dominou a agenda política ao encontrar os governadores dos três principais colégios eleitorais do País e receber manifestações públicas de apoio no segundo turno. Em eventos em série, o postulante a mais um mandado à frente do Palácio do Planalto reuniu Romeu Zema (Novo-MG), Cláudio Castro (PL-RJ) e Rodrigo Garcia (PSDB-SP), com pronunciamentos ao vivo em televisões e fotos para campanha. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por sua vez, recebeu a adesão do PDT. Candidato derrotado em quatro disputas presidenciais, Ciro Gomes seguiu o partido e divulgou um vídeo para endossar o apoio, mas não citou o petista nominalmente. O Cidadania também anunciou voto em Lula. "Rodrigo Garcia foi o cavalo de Troia do DEM para implodir de vez o PSDB. Ele não se acertou com o diretório nacional ou estadual do partido e fez de sua própria cabeça um apoio a Bolsonaro e Tarcísio de Freitas. Foi um papelão. Isso mostra o fim melancólico do PSDB", opina Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Estadão Notícias
Os apoios de Lula e Bolsonaro para o 2º turno

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 26:45


Passado o primeiro turno, os dois candidatos à presidência começam a negociar apoios e reunir figuras importantes em seus palanques de olho no eleitorado que ficou órfão após o último domingo. O candidato do PT, Lula, conseguiu trazer para o seu lado alguém que parecia impossível: Ciro Gomes. E ele não veio sozinho, seu partido, o PDT, também vai apoiar o petista. Ainda na onda de apoio, Lula contará com o Cidadania no seu palanque e, provavelmente, o da terceira colocada nas eleições presidenciais, Simone Tebet (MDB). Apesar de ainda não ter feito o anúncio oficialmente, a senadora deixou nas entrelinhas que deve seguir com o petista, no próximo dia 30. Jair Bolsonaro (PL), também reuniu importantes apoios para o segundo turno. Os governadores eleitos em Minas Gerais e Rio de Janeiro, Romeu Zema (Novo) e Cláudio Castro (PL), respectivamente, anunciaram que estarão com o atual presidente, após reunião no Palácio do Planalto. Mas não parou por aí, o governador de São Paulo, que saiu derrotado nas urnas, Rodrigo Garcia, disse que vai apoiar "incondicionalmente" Bolsonaro, e seu candidato no Estado, Tarcísio de Freitas (Republicanos) em encontro no aeroporto de Congonhas, na capital paulista. Afinal, o quanto esses apoios são revertidos em votos? Qual a importância de ter esses políticos no palanque? No Estadão Notícias de hoje, vamos analisar esse assunto com o cientista político da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Eduardo Grin. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg, Gabriela Forte, Milena Félix. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

The Majority Report with Sam Seder
2939 - Brazil's Elections Go To Round 2; The Battle For State Legislatures w/ Brian Mier & Aaron Kleinman

The Majority Report with Sam Seder

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 64:44


Emma hosts Brian Mier, correspondent for teleSUR English, to discuss the upcoming 2nd round of Brazilian elections between former President Lula Da Silva and current President Jair Bolsonaro. Then, Emma is joined by Aaron Kleinman, director of research for the States Project at Future Now, to discuss the current projections for the control of state legislatures across the country as the midterm elections approach. Emma first runs through updates on the first week of the new SCOTUS term – likely as they are to uphold Alabama's racial gerrymandering – Trump's request to reverse the circuit 11 rulings opening up his stolen documents to the DOJ, and union-busting efforts by Apple and Amazon before diving deeper into this weekend's Herschel Walker news, as Right-Wing nutjobs come out of the woodworks to defending voting for a hypocrite. Brian Mier then joins as he and Emma get right into contextualizing the results of the first round of the Brazilian presidential election, with Lula's PT workers party actually becoming the first example of an incumbent losing the first round of a presidential election, and likely to keep the steam going with the third and fourth parties rallying behind him, despite the undermining coverage he and his party have gotten from the Right-Wing Brazilian press. Next, they tackle the role of the other parties in the first round of the election, with Ciro Gomes largely funneling his voters to Bolsonaro (despite his party's post-election affiliation to Lula), and why they seemed to be more intent on taking down Lula than Bolsonaro, also touching on the down-ballot success of the workers' party, particularly when it comes to the victories of Afro-Brazilian candidates. Wrapping up they explore the role of voting fraud in the election, and where US-Brazilian relations are likely to go from here. Aaron Kleinman and Emma then give the midterms a heat check as we enter October, exploring how the Dobbs decision bolstered Americans' fears of Right-Wing legislatures, walking through the massive importance of elections in Arizona and Pennsylvania (featuring two of the more heavily anti-democracy legislatures), and emphasizing the importance of on-the-ground organizing in these efforts. They also tackle what to expect in Michigan (and whether the Dems can flip their legislature) and why Maine's incredibly progressive agenda could be challenged by a return of Governor LePage. And in the Fun Half: Emma tackles the pseudo-artsy voyeurism of “Blonde,” Jon calls in to discuss the American coverage of Iran, misinformation, and whom the American left should engage with to learn about this issue. Megan Kelly and Dave Rubin discuss whether it matters that Herschel Walker was an incredibly abusive parent/husband/member of society, and Brian Kilmeade stretches out his Fox-News softball arm in an interview with Herschel himself. Margaret discusses helping introverts to Get Out the Vote, and Emma and the crew dive into updates on Amazon's work stoppage over fire safety issues and the union-busting that followed, plus, your calls and IMs! Check out Brian's latest piece here: https://www.brasilwire.com/media-spins-lula-victory-as-defeat/ Check out the States Project here: https://statesproject.org/ Become a member at JoinTheMajorityReport.com: https://fans.fm/majority/join Subscribe to the AMQuickie newsletter here: https://am-quickie.ghost.io/ Join the Majority Report Discord! http://majoritydiscord.com/ Get all your MR merch at our store: https://shop.majorityreportradio.com/ Get the free Majority Report App!: http://majority.fm/app Check out today's sponsors: Shopify: Scaling your business is a journey of endless possibility. Shopify is here to help, with tools and resources that make it easy for any business to succeed from down the street to around the globe. Shopify powers over 1.7 million businesses - from first-sale to full-scale. Shopify gives entrepreneurs the resources once reserved for big business - so upstarts, start-ups, and established businesses alike can sell everywhere, synchronize online and in-person sales, and effortlessly stay informed. Go to https://shopify.com/majority for a FREE fourteen-day trial and get full access to Shopify's entire suite of features!  Follow the Majority Report crew on Twitter: @SamSeder @EmmaVigeland @MattBinder @MattLech @BF1nn @BradKAlsop Check out Matt's show, Left Reckoning, on Youtube, and subscribe on Patreon! https://www.patreon.com/leftreckoning Subscribe to Discourse Blog, a newsletter and website for progressive essays and related fun partly run by AM Quickie writer Jack Crosbie. https://discourseblog.com/ Check out Ava Raiza's music here! https://avaraiza.bandcamp.com/ Check out Red Wine & Blue here: https://redwine.blue/ The Majority Report with Sam Seder - https://majorityreportradio.com/

Colunistas Eldorado Estadão
Moura Brasil: Bolsonaro sai atrás nos votos, mas à frente nos apoios

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 19:02


Na edição desta quarta, o jornalista Felipe Moura Brasil comenta os apoios dos governadores do sudeste ao presidente Jair Bolsonaro, candidato do PL à reeleição no segundo turno; e do PDT, Ciro Gomes e partido Cidadania ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT. O colunista discute os principais temas que rondam o noticiário político do País, de segunda a sexta, às 07h35, no Jornal Eldorado.See omnystudio.com/listener for privacy information.

O Antagonista
Lula minimiza apoios a Bolsonaro: "Somatória é a mesma"

O Antagonista

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 0:52


Em coletiva há pouco ao lado de Carlos Lupi, presidente do PDT, Lula minimizou os apoios de governadores a Jair Bolsonaro no segundo turno da corrida ao Planalto. O petista afirmou que os anúncios feitos nesta semana já eram esperados. "A somatória do meu adversário é o mesmo do mesmo. Ele já está tendo apoio de quem já apoiou ele no primeiro turno. Todo mundo sabia que o governador do Rio era bolsonarista, todo mundo sabia que o Rodrigo era bolsonarista. Nós vamos juntar os diferentes para vencer os antagônicos." Além de Cláudio Castro (Rio) e Rodrigo Garcia (SP), os governadores Ratinho Júnior (PA), Ibaneis Rocha (DF) e Romeu Zema (MG) declararam que darão suporte à campanha de reeleição do presidente. Como mostramos, na coletiva, Lula também fez agradecimentos ao PDT por apoiá-lo no segundo turno e disse que o partido e Ciro Gomes "valem muito mais do que os votos que tiveram".  Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Ratinho Jr. anuncia apoio a Bolsonaro no 2º Turno

O Antagonista

Play Episode Listen Later Oct 5, 2022 0:58


O governador do Paraná, Ratinho Jr. (PSD), declarou oficialmente que apoiará Jair Bolsonaro no 2º turno das eleições deste ano contra Lula. O filho do apresentador de TV Ratinho foi reeleito com folga no estado, com aproximadamente 69% dos votos. "Esse modelo de governo liderado pelo presidente Bolsonaro é o modelo importante para que o Brasil continue crescendo, se desenvolvendo e melhorando a vida das pessoas", disse Ratinho Jr., ao lado de parlamentares como Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara. "Já na eleição passada e neste ano, no 1º turno, o povo do Paraná deu uma esmagadora votação para o senhor [Bolsonaro], e a ideia é que possamos consolidar e ampliar isso, ajudando a dar a vitória ao presidente". Ratinho declarou que aproximadamente 70% dos prefeitos do estado vão apoiar o atual presidente da República. No Paraná, Bolsonaro teve uma vantagem bastante confortável no 1º turno: 55% dos votos contra 35% de Lula. Simone Tebet obteve 4,7% dos votos e Ciro Gomes outros 2,7%. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista  

Rádio Gaúcha
Aeronave cai no Guaíba, RS tem maior abstenção dos últimos 32 anos e mais destaques - 04/10/22

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Oct 4, 2022 5:10


Até a tarde de hoje, os bombeiros seguiam realizando buscas pelo piloto da aeronave de pequeno porte que caiu na noite passada no Guaíba, na zona sul de Porto Alegre. O primeiro turno das eleições teve a maior abstenção dos últimos 32 anos no Rio Grande do Sul para cargos estaduais. O ex-candidato à Presidência da República Ciro Gomes, do PDT, anunciou que acompanha a decisão do partido de apoiar Lula no segundo turno da disputa presidencial. Uma reunião entre o prefeito Sebastião Melo e vereadores defende a volta do passe livre garantido nas eleições. Há pelo menos 10 dias, um grupo de moradores do bairro Natal, em Gravataí, convive com torneiras vazias em diferentes horários do dia. Mais notícias em gzh.com.br

O Antagonista
Urgente: PDT e Ciro Gomes confirmam apoio a Lula no 2º turno

O Antagonista

Play Episode Listen Later Oct 4, 2022 1:08


O presidente do PDT, Carlos Lupi, confirmou há pouco que o partido aprovou, por unanimidade, apoio à candidatura de Lula no segundo turno. “Reunimos toda a executiva nacional do partido, e tomamos uma decisão unânime, sem um voto contrário, de apoiar o mais próximo da gente, que é a candidatura do Lula”, disse o presidente do partido. "Ele [Ciro Gomes] disse que endossa totalmente a decisão do partido. Tem uma decisão tomada pelo partido. Não é o que a gente lutou para ser, mas é aquilo que era mais próximo do que deveria ser. Não admitimos nenhum pedetista apoiando o Bolsonaro. Ciro não vai viajar e vai ficar no Brasil", declarou Lupi, sobre o candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes. Ciro participou da reunião da executiva nacional do partido, assim como deputados estaduais, deputados federais, vereadores e diretores da sigla. Segundo Lupi, Ciro também endossou o apoio ao ex-presidente Lula. Apesar da manifestação de apoio, a tendência é que Ciro não suba no palanque do ex-presidente da República e deve incorporar uma espécie de "apoio crítico" ao petista. O próprio Lupi admitiu há pouco que ainda há mágoas e ressentimentos por parte do Ciro após a intensa campanha pelo "voto útil" capitaneada pelo PT na reta final do 1º turno. "Vivenciei isso com Lula e Brizola", disse Lupi, lembrando das antigas rixas entre o ex-presidente e o ex-governador do Rio de Janeiro. Esse endosso à candidatura petista, no entanto, foi condicionado à incorporação de três propostas de Ciro Gomes: o programa de renegociação de dívidas, um projeto de renda mínima de R$ 1 mil e um projeto de escolas em tempo integral. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Ciro confirma apoio a Lula: "Não pleiteio, nem aceitarei qualquer cargo em futuro governo"

O Antagonista

Play Episode Listen Later Oct 4, 2022 2:19


Em vídeo divulgado nas redes sociais, Ciro Gomes anunciou há pouco apoio à candidatura do ex-presidente Lula durante o 2º turno. Apesar disso, segundo Ciro, esse será um apoio crítico, fruto do “fracasso absoluto” da democracia brasileira ter conseguido construir uma alternativa de terceira via. “Eu acompanho a decisão do meu partido, o PDT. Entre as circunstâncias, é a última saída. Lamento que a veia democrática tenha se afunilado a tal ponto que reste aos brasileiros duas opções, a meu ver, insatisfatórias. Não acredito que a democracia esteja em risco nesse embate eleitoral. Mas sim no seu absoluto fracasso em construir um ambiente de oportunidades que enfrente a mais massiva crise social e econômica, que humilha a esmagadora maioria do nosso povo”, disse Ciro. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "Campanha de Bolsonaro está mais azeitada que de Lula"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Oct 4, 2022 22:51


A campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva (PT) iniciou nesta segunda as conversas com os candidatos derrotados no primeiro turno para formar alianças na disputa presidencial. Segundo a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, ela já entrou em contato com o PDT, o União Brasil, o PSDB e o MDB para ampliar o leque de aliados. Do lado bolsonarista, o ex-procurador da República, Deltan Dallagnol, eleito deputado federal no Paraná, declarou apoio a Jair Bolsonaro (PL). Também o governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), afirmou que vota em Bolsonaro na nova etapa das eleições. "A própria família do Ciro Gomes o está pressionando para ele apoiar o Lula e isso pode acontecer nesta quarta, 5. Sobre Simone Tebet, o mais provável é que o MDB libere seus filiados para cada um tomar seu rumo e ela está fazendo seus cálculos. Enquanto isso, Bolsonaro foca em quem tem voto, os governadores eleitos em primeiro turno, e pretende fazer uma foto com todos eles", conta Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

O Assunto
O resultado do 1° turno das eleições

O Assunto

Play Episode Listen Later Oct 3, 2022 39:10


Na madrugada desta 2ª feira, uma vez encerrada a maratona da apuração na Globo, Renata Lo Prete foi ao estúdio do g1 no Rio de Janeiro e de lá conversou com o jornalista Thomas Traumann, pesquisador da Fundação Getúlio Vargas sobre os resultados eleitorais de domingo, com foco na disputa pelo Palácio do Planalto. Para Thomas, o desempenho de Lula (48,43%) e de Bolsonaro (43,20%) retrata um “antibolsonarismo muito forte, mas um antipetismo também”. A dupla comenta as principais surpresas das urnas, caso da disputa pelo governo de São Paulo – onde Tarcísio de Freitas chegou à frente de Fernando Haddad, contrariando o que indicavam as pesquisas. Agora, afirma o jornalista, os institutos vão precisar “investigar o bolsonarismo escondido” que não foi captado nos últimos meses – e que teve resultados expressivos também na eleição de aliados do presidente na Câmara e no Senado. Na disputa do segundo turno, Bolsonaro larga com “o vento a favor” e com a possibilidade de confirmar o apoio dos governadores reeleitos Romeu Zema (Minas Gerais) e Cláudio Castro (Rio de Janeiro), dois importantes colégios eleitorais. “Se isso acontecer, vamos ter uma eleição muito mais apertada do que temos hoje”. Para Lula, avalia Thomas, além de fechar a presença de Simone Tebet e Ciro Gomes em seu palanque, será necessário “negociar parte da sua proposta econômica” para derrotar o incumbente no dia 30 de outubro. Considerado o desempenho expressivo de seu campo político, Bolsonaro terá que vencer uma diferença de mais de 6 milhões de votos para conseguir uma virada inédita. “Lula segue favorito”, conclui Traumann.

Estadão Notícias
A vitória do bolsonarismo no 1º turno

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Oct 3, 2022 28:55


Para quem esperava uma eleição mais previsível, neste domingo, se enganou. O resultado das urnas mostrou um voto muito diferente das pesquisas eleitorais. A aguardada vitória no primeiro turno de Lula (PT) não veio, longe disso, o petista ficou apenas 5% à frente do atual presidente. Agora, o pleito será decidido no próximo dia 30 de outubro. Mas o bolsonarismo pode comemorar, não apenas pelo feito de levar Jair Bolsonaro (PL) para o segundo turno, mas também por conseguir eleger vários apoiadores do presidente, tanto para governador, como para senador. Um dos exemplos foi Cláudio Castro (PL), que venceu no Rio de Janeiro. Já em São Paulo, além de levar seu candidato Tarcísio de Freitas (REP) para o segundo turno, conseguiu emplacar o astronauta Marcos Pontes no Senado. Para o PT, sobrou a esperança de ter obtido mais votos que Bolsonaro e uma possível conquista de votos de Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB). Além disso, Lula confirmou o seu amplo favoritismo no Nordeste e tem a missão de melhorar seu desempenho no Sul e Sudeste. Na edição de hoje do podcast ‘Estadão Notícias', vamos analisar os resultados das urnas com Luiz Bueno - professor de Filosofia da FAAP e Coordenador do Núcleo de Filosofia Política do Laboratório de Política, Comportamento e Mídia da PUC-SP e com Tathiana Chicarino, Cientista Política. Professora de pós- graduação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Estadão Notícias
Debate da Globo: tensão, ofensas e polarização acirrada

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Sep 30, 2022 41:21


Os candidatos à Presidência da República deixaram em segundo plano as propostas de governo e deram mais atenção às ofensas mútuas e aos embates agressivos no último debate antes da votação em primeiro turno. O encontro promovido pela TV Globo reuniu sete postulantes ao cargo. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) estiveram frente a frente no primeiro bloco do debate e reproduziram o clima mais acirrado da disputa presidencial. A troca de agressões entre os dois candidatos simbolizou um encontro eleitoral marcado também pela indisciplina dos postulantes. Por diversas vezes, o mediador, William Bonner, precisou repreender os candidatos – principalmente Padre Kelmon – para que respeitassem as regras. Ainda nesta quinta-feira, o DataFolha publicou a penúltima pesquisa antes das eleições. Pelo levantamento, Lula tem 50% dos votos válidos, Bolsonaro 36%, Ciro Gomes 6% e Simone Tebet 5%. O último “Poder em Pauta” antes da realização das eleições analisa a fundo o desempenho dos candidatos no debate da TV Globo com os jornalistas Pedro Venceslau, de São Paulo, e Felipe Frazão, diretamente de Brasília. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg, e Gabriela Forte  Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Os Economistas Podcast
ELEIÇÕES 2022: LULA VS BOLSONARO E O FUTURO DA ECONOMIA NO BRASIL | OS ECONOMISTAS 31

Os Economistas Podcast

Play Episode Listen Later Sep 30, 2022 81:48


ASSISTA A PRIMEIRA PARTE DE "DO REAL À RUÍNA" GRATUITAMENTE: https://finc.ly/9a959d7850 As eleições estão chegando! O primeiro turno das eleições 2022 acontece nesse domingo e o Brasil se encontra dividido: De um lado, a volta do ex-presidente Lula. Do outro, a permanecia do atual presidente Jair Bolsonaro. E, claro, há ainda quem acredite em uma opção da terceira via com o candidato Ciro Gomes. De qualquer maneira, independente de quem levar essa disputa, precisamos saber o que irá acontecer com a economia brasileira. Para isso, convidamos dois experts no assunto: Alexandre Cabral: Formado em Economia pela UFRJ, Especialista no mercado financeiro, professor de Derivativos desde 2002 na B3. Além disso, ele já foi professor nas principais escolas de economia do Brasil. Marco Saravalle: Formado em Economia pela PUCSP, ele é estrategista-chefe na SaraInvest, analista profissional com mais de 20 anos de experiência no Mercado Financeiro, além disso, ele é palestrante e investidor. Sem contar com a presença ilustre dos dois hosts mais xaropes do Brasil: Lucas Pit - O Pitmoney; Charles Wicz - O Economista Sincero.

revista piauí
#220: As pesquisas, o debate e a bagunça | Foro de Teresina - o podcast de política da piauí

revista piauí

Play Episode Listen Later Sep 30, 2022 66:06


No Foro de Teresina #220, Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky comentam a mais recente pesquisa da intenção de voto para presidente do Datafolha, o último debate presidencial na TV Globo e as expectativas de que ele tenha impacto entre os indecisos. O programa fala ainda da violência política encampada, sobretudo, pelo bolsonarismo, da nova cartada de Bolsonaro contra o sistema eleitoral e do cenário das disputas dos governadores e do Senado nos estados. Escalada: 00:00 1º bloco: 04:00 2º bloco: 21:52 3º bloco: 36:10 Kinder Ovo: 55:56 Correio Elegante: 57:42 Créditos: 1:04:13 Bloco 1: Vai ser no primeiro turno? A menos de dez dias das eleições, as pesquisas eleitorais apontam para uma ampliação da distância entre o ex-presidente Lula e Jair Bolsonaro. Isso faz com que a chances de vitória do petista no primeiro turno aumentem. Com a adesão de mais nomes à frente ampla de Lula, cresce a demanda pelo voto útil dos eleitores de Ciro Gomes e Simone Tebet. Bloco 2: Aposta no caos Bolsonaro e seus apoiadores seguem espalhando mentiras sobre o processo de votação e sobre a lisura das urnas. Em um documento sem provas, o PL colocou em xeque a atuação do TSE e o presidente subiu o tom dos ataques ao ministro Alexandre de Moraes. Casos de violência e de arruaça às vésperas das eleições crescem. Bloco 3: Cenário nos estados A disputa pelos governos de São Paulo, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Sul segue em aberto. Bahia e Rio de Janeiro, onde o resultado parecia consolidado, podem surpreender dois dias antes do pleito. Para acessar reportagens citadas nesse episódio: https://piaui.co/foro220 ​​​​​​​​​​Assista aos bastidores da gravação: https://piaui.co/ftprivilegiado​ ​​​​​Aqui, uma playlist com todos os episódios do Foro: https://piaui.co/playlistforo​ ​​​​​​​​​​O Foro de Teresina é o podcast de política da revista piauí, que vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 11h. O programa é uma produção da Rádio Novelo para a revista piauí. Ouça também os outros podcasts da piauí: o Maria vai com as outras, sobre mulheres e mercado de trabalho (https://piaui.co/playlistmaria​​​​​​​​​), e A Terra é redonda, sobre ciência e meio ambiente (https://piaui.co/playlistaterra​​​​​​). Ficha técnica: Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky Coordenação geral: Paula Scarpin Direção: Marcos Amorozo Edição: Évelin Argenta, Natalia SIlva e Tiago Picado Produção: Marcos Amorozo Apoio de produção: Cláudia Holanda Produção musical, finalização e mixagem: João Jabace Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno Identidade visual: João Brizzi Ilustração: Fernando Carvall Teaser (Foro Privilegiado): Marcos Amorozo Distribuição: Marcos Amorozo Coordenação digital: Juliana Jaeger e FêCris Vasconcellos Checagem: João Felipe Carvalho Para falar com a equipe: forodeteresina@revistapiaui.com.br

O Antagonista
Jair Bolsonaro chama Ciro Gomes de mentiroso: ‘Corrupção onde?'

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 30, 2022 4:51


Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "Este foi o debate presidencial mais tenso desde 1989"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Sep 30, 2022 21:17


Os candidatos à Presidência da República deixaram em segundo plano as propostas de governo e deram mais atenção às ofensas mútuas e aos embates agressivos no último debate antes da votação em primeiro turno. O encontro promovido pela TV Globo, que avançou pela madrugada desta sexta e reuniu sete postulantes, foi uma oportunidade para embates diretos entre os dois candidatos que lideram a disputa pelo Planalto. "Este foi o debate mais tenso desde 1989. Ontem começou diferente; Bolsonaro já partiu para cima. A segunda diferença é que usualmente todos os candidatos se unem contra quem disputa a reeleição e não foi assim: o alvo foi o ex-presidente Lula, pois é o favorito. Simone Tebet e Ciro Gomes foram os únicos que apresentaram propostas, os outros ficaram nas pegadinhas e 'pancadaria'. Lula foi muito pressionado por causa da corrupção e Bolsonaro, curiosamente, não aproveitou sua pergunta para ir ao embate com ele. Do ponto de vista de conteúdo e forma, ninguém ganhou tanto e ninguém perdeu tanto", opina Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Estadão Notícias
Brigou com todos: o fracasso da campanha de Ciro Gomes

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Sep 29, 2022 21:27


A candidatura de Ciro Gomes (PDT), em 2018, era uma espécie de tábua de salvação para aqueles que não queriam aderir à polarização PT e Jair Bolsonaro (PL), que já se formava naquele ano. Com a prisão de Lula, o tão sonhado apoio do partido ao seu nome, para vencer o atual presidente, não veio. De lá para cá, Ciro rompeu pontes com o PT e com seu líder maior, Lula, e passou a atacá-los de todas as formas possíveis. Essa oposição acabou se tornando mais forte no pleito deste ano, a ponto do pedetista ser chamado de linha auxiliar de Jair Bolsonaro. Com isso, Ciro começou a sofrer ataques nas redes sociais de petistas, e até mesmo de artistas que o apoiaram em 2018. Esse movimento fez com que surgisse uma tentativa de atrair o eleitor de Ciro para o chamado voto útil, que poderá dar a Lula uma vitória em primeiro turno. Esses episódios causaram, inclusive, um racha dentro da família dos Ferreira Gomes, no Ceará. Enquanto Ciro traça sua batalha contra o PT, seus irmãos estão unidos com o partido no Estado. O candidato do PDT chegou a dizer que estava sendo apunhalado pelas costas. Afinal, com que tamanho Ciro Gomes sairá dessa eleição? Sua estratégia de campanha foi equivocada? No Estadão Notícias de hoje, vamos conversar sobre o assunto com o cientista político, professor da UFPE, e fundador da Cenário Inteligência, Adriano Oliveira. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg, Gabriela Forte e Guilherme Santiago. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane analisa dados da pesquisa Genial/Quaest

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Sep 28, 2022 21:07


A quatro dias do primeiro turno da eleição presidencial, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) oscilou dois pontos para cima e abriu 13 de vantagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL) na disputa pelo Palácio do Planalto, mostra pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira, 28. O petista aparece com 46% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro oscilou um ponto para baixo em comparação com o levantamento da semana anterior e agora tem 33%. "Quase metade do eleitorado do País está no Sudeste e o ex-presidente Lula tem vantagem no Rio de Janeiro de seis pontos; é bastante coisa para este estado, onde Bolsonaro 'nadou de braçada' em 2018 e onde está a base do presidente. Em São Paulo, são 11 pontos de vantagem - isso, na reta final, não é desprezível. Pela primeira vez, Simone Tebet passou, numericamente, Ciro Gomes neste estado. Em Minas, a diferença é de 18 pontos entre Bolsonaro e Lula - e, em todas as eleições, quem ganhou neste estado, ganhou a Presidência da República", analisa Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

O Antagonista
Cortes do Papo - Ciro Gomes condena 'voto útil' e diz que país sofrerá a "maior fraude eleitoral" da história

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 8:06


Candidato do PDT fez pronunciamento na manhã desta segunda-feira (26) para dizer que não desistirá da campanha. Ele voltou a igualar Lula a Jair Bolsonaro Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Flow
CIRO GOMES - Flow #112

Flow

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 183:31


Ciro Gomes é um dos presidenciáveis de 2022.

O Antagonista
Claudio Dantas Talks #03 - Felipe D'Avila

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 26, 2022 60:24


Felipe D'Avila, candidato do NOVO à Presidência da República, é o convidado desta segunda-feira (26) do Claudio Dantas Talks, o podcast de O Antagonista que tem feito sabatinas com os candidatos ao Palácio do Planalto. Na conversa com  Claudio Dantas, o presidenciável participa de um papo franco sobre suas propostas para a política e a economia do país, a seis dias de um  primeiro turno polarizado entre Lula e Jair Bolsonaro. Antes, as sabatinas foram com Soraya Thronicke no episódio de estreia e Ciro Gomes. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista  

Rádio Gaúcha
Manifesto de Ciro, indiciamento de policiais rodoviários e mais destaques

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Sep 26, 2022 4:08


O candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, lançou nesta manhã o "Manifesto à nação". A Polícia Federal indiciou três agentes da Polícia Rodoviária Federal pela morte de um homem no porta-malas de uma viatura em Sergipe. Porto Alegre conta com 23 novas paradas de ônibus com entrada USB para carregamento de eletrônicos, painel com linhas do transporte público que param no ponto, iluminação em LED e cobertura contra chuva e vento. A UFRGS divulgou o edital do vestibular 2023. Mais notícias em gzh.com.br

Durma com essa
Debandada e racha: a 4ª campanha de Ciro Gomes ao Planalto

Durma com essa

Play Episode Listen Later Sep 26, 2022 20:54


O candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) leu um manifesto nesta segunda-feira (26) no qual anunciou que se mantém na disputa pelo Planalto , mesmo diante da mobilização pelo “voto útil” em Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para derrotar o presidente Jair Bolsonaro (PL) já no dia 2 de outubro. O pedetista enfrenta dissidências de apoiadores que temem que mais quatro semanas de campanha tragam novos episódios de violência bolsonarista e possibilidades de ruptura institucional. O Durma com Essa fala sobre a estratégia de Ciro na eleição de 2022 e de seus impactos. O episódio também tem a participação de Fabíola Brigante Del Porto, pesquisadora da Unicamp, que fala sobre a relação da opinião pública com a democracia, e do redator Cesar Gaglioni, que traz iniciativas de cientistas para descobrir vida inteligente fora da Terra. A ciência é um tema-chave da Ponto Futuro, editoria do Nexo dedicada a refletir sobre os próximos anos.Materiais de referência:Ensaio: O que está em jogo nas eleições: opinião pública, por Fabíola Brigante Del PortoLink: https://www.nexojornal.com.br/ensaio/2022/09/25/O-que-est%C3%A1-em-jogo-nas-elei%C3%A7%C3%B5es-2022-opini%C3%A3o-p%C3%BAblicaExpresso: O cientista em busca de vida inteligente fora da Terra, por Cesar GaglioniLink: https://www.nexojornal.com.br/expresso/2022/09/25/Os-cientistas-em-busca-de-vida-inteligente-fora-da-TerraConfira outros textos sobre Ciência na Ponto FuturoLink: https://www.nexojornal.com.br/pontofuturo/

Durma com essa
Pesquisas sob ataque: os institutos como alvo na eleição

Durma com essa

Play Episode Listen Later Sep 23, 2022 26:58


O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), pôs em dúvida nesta quinta-feira (22) os resultados das pesquisas de intenção de voto para as eleições de 2022, dizendo que “nada justifica resultados tão divergentes dos institutos”. “Urge estabelecer medidas legais que punam os institutos que erram demasiado ou intencionalmente para prejudicar qualquer candidatura”, escreveu no Twitter. A declaração do deputado, que é aliado de Jair Bolsonaro, ocorre em um contexto de ataques de políticos e apoiadores do presidente a institutos como o Ipec e o Datafolha. O Durma com Essa explica como são feitas as pesquisas eleitorais e qual a relação entre os ataques a elas e as contestações de Bolsonaro ao sistema eleitoral como um todo. O episódio tem também a participação do redator Cesar Gaglioni, que fala da radicalização do discurso do candidato Ciro Gomes, do pesquisador Pedro Abramovay, que comenta a relação entre política e técnica no setor público, e da editora-executiva da Gama Revista, Isabelle Moreira Lima, que dá dicas culturais na seção “Achamos que vale”, inspirada na newsletter homônima que você pode assinar clicando aqui. Conheça a editoria Ponto Futuro.Link Revista Gama:https://weverify-demo.ontotext.com/#!/similaritySearchResults&type=Videos¶ms=https%3A%2F%2Fgamarevista.uol.com.br%2Fassinar-newsletter%2FLink Ponto Futuro:https://www.nexojornal.com.br/pontofuturo/

O Antagonista
Claudio Dantas Talks #02_ Ciro Gomes

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 23, 2022 123:33


Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência da República, é o entrevistado desta semana do Claudio Dantas Talks, o podcast de O Antagonista. O presidenciável fala sobre a sua campanha de “Terceira Via”;  as críticas que faz ao PT e ao governo de Jair Bolsonaro; e sobre como o Plano Nacional de Desenvolvimento (PND) será a espinha dorsal de uma administração sua. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Papo - Campanha de Ciro recria fábula dos 'dois ladrões' de Monteiro Lobato

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 3:40


Ciro Gomes resolveu recriar, na campanha à Presidência da República, a "Fábula dos Dois Ladrões", de Monteiro Lobato. A peça do marqueteiro João Santana coloca dois homens em um banco de praça, discutindo quem seria o maior ladrão: o que roubou o passado de um país todo ou quem roubou o futuro do país. "Tá bem, você venceu. Não tenho a menor ideia de como se rouba um futuro. Como você conseguiu isso?", questiona o primeiro ladrão. "Fácil: eu disse que se elas não me deixassem roubar o futuro delas, quem iria roubar era você", diz o segundo, aos risos. "Como eu sou o ladrão do bem e você é o ladrão do mal, elas preferiram ser roubadas por mim." O vídeo, que seria a primeira parte de uma série, acaba com o lema "Vote em 1, se livre dos 2". A moral desta fábula é ligeiramente diferente do fim do texto de Lobato, que conclui: "Quando dois brigam, lucra um terceiro ladrão mais esperto." Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Talks - Discurso lulista sobre volta ao fascismo com vitória de Bolsonaro é fake news, diz Ciro

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 0:53


O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, classificou como fake news há pouco no podcast Claudio Talks de O Antagonista a tentativa lulista de se colocar como a única solução política para enfrentar o atual chefe do Poder Executivo. Questionado sobre a maior fake news das eleições, Gomes foi enfático: “O delírio golpista de Bolsonaro imediatamente apropriado pelo Lula, que é espertíssimo, dizendo: ‘Me eleja com casca e tudo. Não pergunte de onde eu roubei, não pergunte por que que eu roubei, não pergunte por que eu fiz muito mais muito mais pelos bancos do que pelos pobres, não me perguntei por que que eu nomeei a Dilma, não pergunte por que eu fiz conchavo com Geraldo Alckmin porque o fascismo vai ganhar”, disse. “Então, o Bolsonaro sinaliza na aberração de comportamento patológico de que tem capacidade de fazer um golpe que jamais teve, e o Lula, espertamente, pega e diz: ‘Olha, está vendo, se não me engolir com casca e tudo, eu primeiro e único, vai vir o fascismo no Brasil'”, complementou. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Talks - Ciro Gomes critica aliança entre Marina e Lula: “Ela foi humilhada”

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 0:19


Ciro Gomes, o candidato do PDT à Presidência da República, disse que a ex-presidenciável Marina Silva "foi humilhada" ao declarar apoio à candidatura de Lula em 2022. O presidenciável é o convidado desta quinta-feira (22) do Claudio Dantas Talks, podcast de O Antagonista. "Marina foi humilhada ao rés do chão, e tá lá agarrada, em nome do combate ao fascismo", disse Ciro. Antes, ele questionou: "O que explica a Marina Silva - e eu não quero fazer muito comentário porque tenho imenso afeto por ela - estar junto desta campanha fascista que ela denunciava porque tinha o João Santana?" Para ele, a atitude de Marina, com quem competiu nas eleições de 2018, "era como se um matador [Lula] contratasse um pistoleiro [João Santana] e você [a vítima] ficasse com raiva do pistoleiro e fosse se abraçar com o matador." Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Talks - “Boulos é oportunista”, diz Ciro Gomes

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 1:07


Durante entrevista ao podcast Claudio Talks, o candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, criticou a atitude do candidato a deputado federal do Psol e ex-presidenciável Guilherme Boulos que se alinhou ao mercado simplesmente como forma de sobrevivência política. “[É] Tudo carreirista. Guilherme Boulos junto com [Henrique] Meirelles [no palanque de Lula]? É falta de caráter. Alguém está sendo enganado. Você acredita que o Meirelles está sendo enganado? Você acha que o Boulos é burro? Ele é apenas oportunista”, disse Ciro. Nesta semana, Meirelles anunciou apoio à candidatura de Lula sob a justificativa de que o ato seria a “defesa da democracia”. Ciro rebateu essa tese e ainda foi além citando outros ex-petistas como a ex-senadora Heloísa Helena. “Essa não se vendeu. Merece um voto do brasileiro. Ela não se vendeu, resistiu, está resistindo.” Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Talks - Ministros de Dilma conspiraram a mando de Lula durante o impeachment, diz Ciro Gomes

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 0:46


Ciro Gomes, o candidato do PDT à Presidência da República, disse há pouco que Lula teve uma atitude contrária à governabilidade em diversos governos depois da redemocratização - e isso passou inclusive pelo impeachment de sua sucessora, Dilma Rousseff. O pedetista é o segundo convidado do Claudio Dantas Talks, podcast de O Antagonista. Ele disse que, nos momentos finais do impeachment em 2016, teria tentado ajudar a então presidente Dilma Rousseff a manter-se no cargo. Segundo Ciro, houve "traidores" no meio do caminho. "Jaques Wagner, José Eduardo Cardoso e Aloizio Mercadante estavam claramente a mando do Lula já desestabilizando a Dilma. Nada daquilo que eu sugeri foi sequer tentado", disse o candidato. Questionado sobre que medidas seriam essas, ele disse que a principal seria uma reunião com governadores de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais para oferecer a renegociação da dívida dos estados. " Só aí já tirava um terço dos votos [do impeachment]", continuou. "Lula virou o grande encosto da vida brasileira, mas não é de agora", disse o cearense. Ele declarou que a articulação contra a governabilidade viria desde o governo Tancredo e passaria pelo jogo do PT durante o impeachment de Fernando Collor, em 1992. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Talks - Ciro Gomes chama de "fascista" a campanha de Lula pelo voto útil

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 1:34


Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Talks - "Lava Jato foi iniciativa que se corrompeu nela mesma", diz Ciro Gomes

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 1:46


Ciro Gomes, convidado do Claudio Dantas Talks nesta quinta-feira (22), fez pesadas críticas à Operação Lava Jato, ao ex-juiz federal Sergio Moro e ao ex-procurador Deltan Dallagnol. Ao podcast de O Antagonista, Ciro disse que o esforço do Judiciário paranaense causou sua própria ruína —e a manutenção da cúpula do poder brasileiro. "Lava Jato foi iniciativa que se corrompeu nela mesma", disse Ciro durante a entrevista. "Todo mundo sentiu muita catarse, todo mundo sentiu 'agora vai', e agora tá aí: Lula candidato, esmagando os outros candidatos, Bolsonaro desmoralizado, todos soltos, R$ 16 bilhões foram devolvidos... e não tem ladrão." O presidenciável do PDT atribuiu à falta de "severidade e zelo processual" de Moro e Dallagnol o insucesso da operação. "Como que alguém, sendo do MP, chama a imprensa para dar uma entrevista com um PowerPoint contra um réu cuja culpa não foi formada?", questionou o candidato. "O que esses juízes e esses procuradores fazem? Eles são encantados pela imprensa. Eu nunca vi... eu sou palestrante e não tinha um seminário, ou aqui ou no estrangeiro, [em] que o Sergio Moro não estivesse com sua gravatinha borboleta", acrescentou Ciro. "Eu me perguntava: 'Que hora que esse cara trabalha?'" Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Talks - "Quem fundou e ressuscitou o bolsonarismo foi Lula", diz Ciro Gomes

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 1:18


Em entrevista ao Claudio Dantas Talks, podcast de O Antagonista, Ciro Gomes (foto) afirmou há pouco que Lula foi responsável por fundar e ressuscitar o bolsonarismo. O candidato do PDT ao Planalto disse que, para melhorar sua popularidade e se salvar, Jair Bolsonaro criou o auxílio emergencial com ajuda do PT. "É indisfarçável que o Bolsonaro, para se salvar, [...] inventou a emenda de emergência para fazer o socorro de 600 reais e o PT deixou a oposição pendurada na brocha e foi lá toda a favor. Para quem acha pouco, a emenda de relator, que é uma escandalosa regularização a nível constitucional do mensalão, criado e praticado pelo lulopetismo, sabe quem deu o voto definitivo em favor da emenda de relator e de toda a esculhambação? O senador do Sergipe que faz o serviço de Lula no Senado", afirmou Ciro, se referindo ao petista Rogério Carvalho. "Evidentemente, o Bolsonaro ajuda, porque é um bruto, um grosseiro, um fascista, etc, mas quem fundou o bolsonarismo e o ressuscitou, para servir de espantalho e não deixar que o Brasil se liberte disso se chama Luís Inácio Lula da Silva", acrescentou o presidenciável. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Talks - Ciro diz que se arrepende de ter defendido Lula contra Collor

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 2:28


Ciro Gomes falou há pouco, em entrevista ao Claudio Dantas Talks, podcast de O Antagonista, sobre a disputa judicial envolvendo um apartamento em Fortaleza em seu nome. Como mostramos, recentemente, o ex-senador Eunício Oliveira (MDB-CE) entrou na Justiça com um pedido de imissão do imóvel, avaliado em mais de mais de R$ 500 mil reais, que foi a leilão em 2021 para pagar uma indenização por danos morais movida pelo senador Fernando Collor (PTB-AL) contra o candidato do PDT ao Planalto por tê-lo chamado de “playboy safado” e “cheirador de cocaína”. Ao comentar o episódio, Ciro disse que se arrepende de ter defendido Lula de acusações feitas por Collor. "Eu comprei um apartamento que foi financiado pela Caixa. Ele está na minha declaração de bens como meu, [...] mas é alienado à Caixa. É um imóvel financiado, então eu estou devendo esse apartamento. [...] Basicamente, perderam o prazo de recurso. E é por isso que eu me odeio: eu não falei contra o Color, eu falei defendendo o Lula por aquilo que o Collor falou sobre o Lula ter promovido um aborto na ex-mulher. [...] Essa gente não presta. Por causa disso, o Collor me processou, e eu, perdendo o prazo, fui condenado a pagar, vamos dizer, 25 mil reais e isso virou essa bola de neve de juros e correção monetária  e acabaram penhorando essa apartamento que eu estava pagando para dar para um filho", disse o candidato do PDT ao Planalto. "Aí o que acontece: o Eunício Oliveira, o novo rico, o bandidaço, que o Lula deu um bilhão de reais de contrato, sem licitação da Petrobras, o nome da empresa é Manchester, [...] foi lá para me humilhar e disse que comprou o título executivo do Collor só para dizer que tomou o meu apartamento e que vai fazer o despejo", acrescentou. Ciro também afirmou que mora em outro apartamento e que o imóvel envolvido na ação foi alugado antes da decisão judicial. O candidato do PDT voltou a chamar Eunício de "mentiroso".  Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Campanha de Ciro recria fábula dos 'dois ladrões' de Monteiro Lobato

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 21, 2022 1:04


Ciro Gomes resolveu recriar, na campanha à Presidência da República, a "Fábula dos Dois Ladrões", de Monteiro Lobato. A peça do marqueteiro João Santana coloca dois homens em um banco de praça, discutindo quem seria o maior ladrão: o que roubou o passado de um país todo ou quem roubou o futuro do país. "Tá bem, você venceu. Não tenho a menor ideia de como se rouba um futuro. Como você conseguiu isso?", questiona o primeiro ladrão. "Fácil: eu disse que se elas não me deixassem roubar o futuro delas, quem iria roubar era você", diz o segundo, aos risos. "Como eu sou o ladrão do bem e você é o ladrão do mal, elas preferiram ser roubadas por mim." O vídeo, que seria a primeira parte de uma série, acaba com o lema "Vote em 1, se livre dos 2". A moral desta fábula é ligeiramente diferente do fim do texto de Lobato, que conclui: "Quando dois brigam, lucra um terceiro ladrão mais esperto." Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cantores que declararam voto útil em Lula "têm vida ganha", diz Ciro

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 21, 2022 1:02


Ciro Gomes ( foto ) participa, na manhã desta quarta-feira (2) de uma sabatina 1 pelo jornal O Estado de S. Paulo e FAAP. O candidato do último dia foi confrontado com a possibilidade ainda de LulaDT em sua campanha na semana, em prol do voto útil para uma vitória de Lula ainda em primeiro turno. Os Tico Santa Cruz e Caetano Veloso, que fizeram campanha para Ciro, declaram que vão votar no petista. Ele não enxerga o apoio dos artistas como fator relevante: "Todos estão lá com a vida ganha" , disse o candidato. Quem tá preocupado com o plano de saúde, quem tem dia seguinte é quem não paga mensalidade escolar, quem tem o dia seguinte. Ele ainda perguntou quando sua atuação na campanha não foi feita para ser bolsonarismo . Ciro disse não estar fazendo campanha para nenhum dos dois lados. "Isso é o que o gabinete do ódio, que o gabinete do Lula financia com muito dinheiro roubado, tem produzido no Brasil" , rebateu. "Isso que você está reproduzindo aqui é uma notícia falsa grave. Nunca fiz nenhum elogio ao Bolsonaro, a quem considera, nada mais nada menos, faça que sempre disse: um ladrão." Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Ideias Radicais
(YT) Eu concordo com o Ciro Gomes! - Lula chamou o Meirelles

Ideias Radicais

Play Episode Listen Later Sep 21, 2022


Meus candidatos apoiados em 2022: https://ideiasradicais.com.br/quem-defende-a-liberdade-nas-eleicoes-em-2022/ Quer ajudar candidatos? Inscreva-se: https://forms.gle/psPauyAxenmpbJ5WA Quer fugir do Brasil? Nos contate: https://www.settee.io/ https://youtube.com/c/Setteeio Nos acompanhe no Telegram: https://t.me/ideiasradicais Quer comprar Bitcoin no melhor preço do mercado? Bitpreço! http://bit.ly/BitprecoRadical Apoie o Ideias Radicais: https://www.catarse.me/projects/152640/

O Antagonista
Cortes do Papo - Eunício entra na Justiça para despejar Ciro

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 20, 2022 2:09


O ex-senador Eunício Oliveira (MDB-CE) entrou na Justiça com um pedido de imissão de posse do apartamento de Ciro Gomes (PDT) em Fortaleza. O imóvel, avaliado em mais de R$ 500 mil reais, foi a leilão em 2021 para pagar uma indenização por danos morais movida pelo senador Fernando Collor (PTB-AL) contra Ciro por tê-lo chamado de “playboy safado” e “cheirador de cocaína”. Eunício adquiriu o imóvel, mas passado um ano e três meses, não conseguiu receber as chaves. Os três personagens desta disputa concorrem nas eleições deste ano. Eunício Oliveira tenta uma vaga de deputado federal e Collor quer o governo de Alagoas. Enquanto isso, Ciro Gomes é candidato à Presidência da República em campo político de oposição ao dos outros dois postulantes. Para cobrir os “prejuízos” desse período, o ex-senador também requereu uma indenização referente ao aluguel pelo tempo não usufruído “no valor mensal de R$ 2.600,00 a contar da data da arrematação, até a entrega da posse do bem ao arrematante”. O caso corre no Tribunal de Justiça de São Paulo. “O peticionante dispôs de mais de meio missão de reais para arrematar bem que continua a ser usufruído pelo executado”, escrevem os advogados de Eunício na petição. Enquanto isso, Ciro Gomes briga na Justiça para tentar anular o leilão e reaver a posse do imóvel, alegando que ele teve vícios como ausência de intimação da Caixa Econômica Federal. Já Collor acusa Ciro de fraude, uma vez que, no dia em que ocorria o leilão, o pedetista contraiu um empréstimo junto à Caixa para pagamento do restante do imóvel que estava financiado, e cobra o dinheiro da indenização. Já o dinheiro continua depositado em juízo até definição do caso. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Papo - Ciro Gomes: "Se você deixar, o PT bate sua carteira"

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 20, 2022 2:17


Ciro Gomes (à esquerda na foto) voltou a criticar o PT nessa segunda-feira (19). Em entrevista ao Programa do Ratinho, exibido no SBT, o candidato do PDT ao Planalto disse que "até os termos de esquerda foram roubados" pelo Partido dos Trabalhadores. "Aliás, se você deixar, o PT bate sua carteira. Tem umas exceções? Tem", prosseguiu Ciro. O pedetista também disse, mais uma vez, que Lula "está prometendo picanha e cerveja para o povo e mentindo". "O povo brasileiro, indignado com o mais devastador escândalo de corrupção e com a mais grave crise econômica da nossa história, elegeu Bolsonaro. Será que é razoável agora, decepcionado com Bolsonaro, votar no Lula, um dos maiores responsáveis por essa tragédia? Precisamos desarmar essa bomba!", acrescentou Ciro. Questionado sobre seu posicionamento político, o pedetista definiu seu projeto como de "centro-esquerda". Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Ciro Gomes volta a dizer que Lula financia “gabinete do ódio”

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 20, 2022 0:36


Ciro Gomes voltou a afirmar nesta terça-feira (20) que Lula financia um “gabinete do ódio”. Sem especificar as atribuições do grupo, o pedetista disse, em entrevista à rádio Super Notícia, que o gabinete do PT é “igualzinho o de Bolsonaro”. “O Lula faz pose de bonzinho e financia um gabinete do ódio completamente desonesto e fascista igualzinho o de [Jair] Bolsonaro”, afirmou o presidenciável. Em julho, durante o fórum da Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência, Ciro já havia falado sobre um suposto “gabinete do ódio” administrado pelo PT, dizendo que o grupo era “um dos mais fascistas e execráveis do Brasil”. Ciro também voltou a atribuir a vitória de Bolsonaro em 2018 a Lula. “Estou preocupado em derrotar o fascismo, mas também preocupado em derrotar as causas que fizeram o fascismo se estabelecesse no Brasil. E o líder dessas causas é o senhor Luiz Inácio Lula da Silva”, afirmou o pedetista em entrevista à Super Notícia. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Papo - O marketing milionário dos 4%

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 16, 2022 5:53


Quarta colocada nas pesquisas de intenção de voto, Simone Tebet (foto) já gastou 14,5 milhões em seu marketing político, comandado por Felipe Soutello. A cifra foi registrada pela presidenciável como sua maior despesa de campanha até agora: eles representam 44% dos R$ 32,9 milhões comprometidos pelo seu staff até o momento. O valor investido não fez com que sua campanha ultrapassasse o patamar dos 4% na pesquisa Ipec mais recente. A campanha emedebista, encabeçada pelo marqueteiro responsável por campanhas vitoriosas do PSDB como as de Bruno Covas, pagou mais que o dobro que o valor repassado pelo PDT a João Santana. Santana é responsável pelo marketing de Ciro Gomes. À Justiça Eleitoral, o PDT diz que a Santana & Associados cobrou R$ 6,15 milhões pelos seus serviços, além de R$ 30 mil pela execução de um jingle. Todos no entanto saem mais barato que a M4, da campanha lulista: o PT já desembolsou quase R$ 26 milhões na empresa do marqueteiro Sidônio Palmeira. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista