Podcasts about Mero

  • 2,493PODCASTS
  • 6,073EPISODES
  • 38mAVG DURATION
  • 1DAILY NEW EPISODE
  • Sep 29, 2022LATEST

POPULARITY

20152016201720182019202020212022

Categories



Best podcasts about Mero

Show all podcasts related to mero

Latest podcast episodes about Mero

Noticentro
México es el país con mayor número de homicidios de defensores ambientales

Noticentro

Play Episode Listen Later Sep 29, 2022 1:30


•SCJN ordenó un nuevo dictamen para ajustar el presupuesto del INE •Más información en nuestro podcast

SBS Spanish - SBS en español
Aumenta el número de escolares en Australia que falta a clase durante largos períodos, según un nuevo estudio

SBS Spanish - SBS en español

Play Episode Listen Later Sep 29, 2022 11:05


Alrededor de un tercio de los alumnos de los cursos 1 a 10 de Nueva Gales según faltan a clase a un nivel que pone en peligro su educación, según un informe de la Oficina de Auditoría de Nueva Gales del Sur.

La Diez Capital Radio
El Número Uno (29-09-2022)

La Diez Capital Radio

Play Episode Listen Later Sep 29, 2022 31:15


Sección de actualidad en el programa El Remate de Miguel Angel González Suárez, en La Diez Capital Radio con el periodista José Juan Pérez Capote. El Número Uno.

Timeline Gaúcha
Número de brasileiros votantes em Portugal mais que dobra em relação a última eleição. País é o maior colégio eleitoral fora do Brasil.

Timeline Gaúcha

Play Episode Listen Later Sep 29, 2022 40:55


Número de brasileiros votantes em Portugal mais que dobra em relação a última eleição. País é o maior colégio eleitoral fora do Brasil.

CNN Poder
A análise sobre o número de abstenções nas eleições

CNN Poder

Play Episode Listen Later Sep 28, 2022 41:45


O WW de hoje aborda um número que nenhuma pesquisa eleitoral consegue captar, e que pode decidir se as eleições deste ano vão para o segundo turno ou não: a abstenção. Cerca de 20% das pessoas aptas a votar não compareceram às urnas nas últimas eleições. Se isso se repetir neste ano, quem tem mais a perder é o candidato Lula (PT). Isso porque o perfil de abstenção é de quem tem menos escolaridade - e de acordo com pesquisas de intenção de votos, esse eleitor vota mais no petista. O jantar entre Lula e empresários do Esfera Brasil também é tema da roda de análise. Esta edição fala ainda sobre o fracasso da Rússia na conquista do espaço aéreo ucraniano.

WW – William Waack
A análise sobre o número de abstenções nas eleições

WW – William Waack

Play Episode Listen Later Sep 28, 2022 41:45


O WW de hoje aborda um número que nenhuma pesquisa eleitoral consegue captar, e que pode decidir se as eleições deste ano vão para o segundo turno ou não: a abstenção. Cerca de 20% das pessoas aptas a votar não compareceram às urnas nas últimas eleições. Se isso se repetir neste ano, quem tem mais a perder é o candidato Lula (PT). Isso porque o perfil de abstenção é de quem tem menos escolaridade - e de acordo com pesquisas de intenção de votos, esse eleitor vota mais no petista. O jantar entre Lula e empresários do Esfera Brasil também é tema da roda de análise. Esta edição fala ainda sobre o fracasso da Rússia na conquista do espaço aéreo ucraniano.

Radioagência
Negros projetam “quilombo" no Parlamento a partir de mobilização e incentivo legal para aumento do número de eleitos

Radioagência

Play Episode Listen Later Sep 28, 2022


La Diez Capital Radio
El Número Uno; Nord Stream 1 y 2, kaput (28-09-2022)

La Diez Capital Radio

Play Episode Listen Later Sep 28, 2022 39:58


Sección de actualidad informativa con Humor Británico en el programa El Remate de Miguel Angel González Suárez, en La Diez Capital Radio con el periodista palmero y socarrón, José Juan Pérez Capote, El Número Uno.

Hanasaki Podcast: Creciendo con Japón
Ep. 87 Un número limitado de objetos para cada lugar (Pilar Minimalismo)

Hanasaki Podcast: Creciendo con Japón

Play Episode Listen Later Sep 28, 2022 14:50


¿Te gustaría conocer una estrategia para mantener los espacios más despejados y sin sobrecargar? Es muy común que, sin darnos cuenta, acumulemos demasiado y vayamos llenando todo con más objetos de los que caben antes de comenzar a romper la armonía. ¿Te pasa que a veces miras un rincón de tu casa y tienes la sensación de que sobran cosas? Pues hoy te voy a enseñar un recurso sencillo que puede ayudarte en este sentido. Es momento de hablar del pilar Minimalismo del Sistema Hanasaki a través del cual tratamos de eliminar parte del ruido que hay en nuestras vidas y aprendemos a centrarnos en lo que de verdad importa. Accede a mi curso online Reinvención Hanajin aquí: www.marcoscartagena.com/hanajin

COMPRESSEDfm
088 | Breaking into Dev Rel featuring Tessa Mero

COMPRESSEDfm

Play Episode Listen Later Sep 28, 2022 50:29


In this episode guest Tessa Mero talks to James and guest cohost Brad Garropy about working in Dev Rel and transitioning her job.SponsorsDaily.devdaily.dev is where developers grow together. It provides a community-based feed of the best developer news, helping you stay up-to-date. daily.dev aggregates hundreds of sources every few minutes and creates a personal feed for you according to your interests, whether it's web dev, data science, or Elixir. Anything you might be interested in, it has the content for you.Check out daily.devHashnodeCreating a developer blog is crucial in creating an online presence for yourself. It's proof of work for your future employer. Hashnode makes it easy to start a blog in seconds on your custom domain for free. It's fully optimized for developers and supports writing in Markdown, rich embeds, publishing from GitHub repository, syntax highlighting, and edge caching with Next.js blogs deployed on Vercel. On top of these, Hashnode is free from paywall, ads, and sign-up prompts.Hashnode is a community of developers, engineers, and people in tech. Your article gets instant readership from their growing community.Check out Hashnode, and join the community.Show Notes00:00 Introduction01:12 Introducing Tessa02:36 How did Brad get Into Web05:46 Draw of Developer Relations and Developer Advocacy09:46 Getting Into Speaking12:17 Preparing for Criticism17:06 Sponsor: Hashnode17:53 How to Progress Your Career22:12 Performance Indicators in Developer Relations26:39 Sponsor: Daily.dev27:40 Working for Open-source34:08 Companies that Prioritize Dev42:19 Brad's Pick: Digital Minimalism by Cal Newport44:09 Brad's Plug: Brad Garropy on YouTube44:28 Tessa's Pick: Shure SM7B47:23 Tessa's Plug: Appwrite Discord48:32 James's Pick: The Weekend Away49:39 James's Plug: James Q Quick YouTube

Búnker Informativo
Edición número 38 del Maratón Internacional COMUDE (Albino Galván)

Búnker Informativo

Play Episode Listen Later Sep 28, 2022 28:38


Búnkeros, el día de hoy tuvimos la oportunidad de hablar con Albino Galván, Director de COMUDE Guadalajara. Charla en la que hablamos de una de las fiestas deportivas más grandes de Guadalajara como lo es el maratón internacional, evento que estará lleno de buenos momentos y diversión.

La Diez Capital Radio
El Número Uno; el Presidente de RTVE que descanse en paz (27-09-2022)

La Diez Capital Radio

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 39:55


Sección de actualidad informativa, en el programa El Remate de Miguel Angel González Suárez, en La Diez Capital Radio con el periodista palmero y socarrón José Juan Pérez Capote, El Número Uno.

Esto es Pádel
Ari Sánchez, la evolución hasta el número 1

Esto es Pádel

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 17:01


La jugadora catalana habla de cómo han conseguido, junto a Paula Josemaría, ese número 1, además del triunfo en Madrid.

Habari za UN
Serikali zafikia makubaliano kuhusu mabadiliko ya tabianchi

Habari za UN

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 0:59


Zaidi ya nchi 190 zimefikia makubaliano juu ya mazungumzo ya mabadiliko ya tabianchi. Makubaliano hayo yamefikiwa baada ya siku saba ya mazungumzo nchini Uswisi, katika utaratibu wa maandalizi ya kongamano kubwa litakalofanyika mjini Paris, Disemba mwaka huu. Christiana Figueres, Katibu Mtendaji wa mkataba wa kimataifa kuhusu mabadiliko ya tabianchi, UNFCCC, ametangaza hayo alipozungumza na waandishi wa habari leo mjini Geneva. “ Ni lazima makubaliano ya Paris yaende sambamba na sayansi. Inamaanisha vitu viwili, kwanza tutatengeneza takwimu za awali, na pia tutaanzisha utaratibu wa muda mrefu kwa msingi wa kutorudi nyuma, na kuendelea kuchukua hatua zaidi hadi nusu ya pili ya karne hii” Akizungumzia nafasi ya nchi zinazoendelea katika mkutano huo mwakilishi wa Tanzania katika ofisi za Umoja wa Matifa mjini Geneva Modest Mero anasema. (SAUTI ya Mero)

Reportagem
Número de eleitores brasileiros em Paris dobra em relação à eleição de 2018

Reportagem

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 6:29


O Consulado-Geral do Brasil em Paris teve de alugar um novo espaço para a realização dos dois turnos da eleição presidencial brasileira. O motivo é que o número de eleitores inscritos mais que dobrou em relação à última votação. "Passamos de 11.047 eleitores inscritos em 2018 para 22.629 em 2022, um aumento de mais de 100%", comemora o cônsul-geral do Brasil em Paris, Fábio Marzano. Ele atribui esse crescimento a um maior interesse do eleitor em participar do processo democrático. Por Paloma Varón, da RFI "Com este aumento significativo do número de eleitores cadastrados, tivemos que mudar o local de votação. Neste ano, a eleição vai ser no Espace La Rochefoucauld, no 9º distrito de Paris", continua o cônsul-geral, frisando a importância de que os eleitores baixem o aplicativo do E-título e também levem um documento com fotografia. "Como a maioria dos eleitores no exterior não cadastrou a biometria, vai ser preciso levar também um documento com foto. Pode ser o RG, o passaporte, mesmo vencido, a carteira de motorista... mas vai precisar de uma identificação do eleitor", disse o responsável pela votação em Paris, o cônsul-geral adjunto Sérgio Ricoy Pena, acrescentando que, em último caso, até um documento francês pode ser aceito. Eleitor deve baixar E-título antes do dia 2 e levar documento com foto Segundo as autoridades consulares, o mais importante é que os eleitores baixem o E-título antes de 2 de outubro. O aplicativo também serve para justificar a ausência no dia da eleição, num prazo de até 60 dias após cada turno. "O ideal é baixar o mais rápido possível, pois no dia da eleição ele não estará disponível", avisa Ricoy Pena. "Uma opção para quem não conseguir baixar o aplicativo é olhar a seção de votação no site do TSE", completa.  Para acessar os dados, basta fazer uma busca por "nome e local de votação TSE" ou "certidão de quitação eleitoral". Os dados serão visualizados assim que o eleitor completar os campos com seu nome completo, a data de nascimento e o nome da mãe. Essa busca também é válida para eleitores que tenham transferido o título para Paris recentemente ou que tenham solicitado o documento pela primeira vez. Além do novo endereço, que é importante ser lembrado – 11 rue Catherine de la Rochefoucauld, 75009, Paris –, o cônsul-geral chama a atenção para o horário que deve ser respeitado: das 8h às 17h locais. "Somente quem já estiver dentro do espaço, na fila da sua seção eleitoral e em posse de uma senha, poderá votar um pouco depois das 17h", acrescenta Marzano. As pessoas que às 17h estiverem na fila na rua não poderão votar. Eleitores vêm de toda a França Como nos anos anteriores, Paris é o único local de votação em toda a França, o que obrigará muitos eleitores a percorrerem centenas de quilômetros e contarem com o que chamam de "hospedagem solidária". É o caso da cozinheira Kele Ransom, que mora em Pau, nos Pirineus, a 792 km de Paris. "Essas eleições vão ser uma aventura, eu vou para uma cidade vizinha, que se chama Lourdes, e de lá vou pegar um trem noturno para chegar no dia seguinte a Paris. Chegando em Paris, eu vou ficar na casa de uma amiga, para não gastar mais do que já vou gastar com toda esta viagem. Serão mais de 15 horas de viagem", conta.  "Para mim, essas eleições são muito importantes, é uma emoção muito grande fazer todo este trajeto para votar, porque a gente precisa mudar a situação do país. Voltar ao Brasil me entristece, por ver a dificuldade que as pessoas estão passando. O meu voto não é secreto: eu vou fazer este trajeto todo com a toalha do meu candidato nas costas, porque vou tentar, com todas as minhas forças, tirar o atual presidente do poder", afirma.  Brasileiras organizam hospedagem solidária O grupo Brasileiras de Paris, no Facebook, é um dos que organiza as ofertas e demandas de hospedagem solidária. Foi assim que a professora de francês brasiliense, Isabella Vanini, que mora em Cahors (no sul), a 560 km da capital, conseguiu a sua. "O grupo organizou um esquema de oferta e procura de hospedagem especial para as eleições. A gente conseguiu fazer isso para que todas as mulheres do grupo possam votar neste momento tão importante", relata. Desde janeiro, ela previu suas folgas no próximo fim de semana e comprou as passagens há alguns meses. "É a segunda vez que eu vou votar na vida, porque em Brasília a gente não tem eleições municipais. Eu preciso participar deste momento democrático", completa Isabella, que tem 25 anos.  "Momento crítico para a democracia brasileira" As pernambucanas Wedja Martins e sua companheira Clara Brainer vêm de Orléans (centro), a 132 km da capital francesa, para votar em 2 de outubro. Elas deixaram o Brasil em setembro de 2018, "por conta do impacto do bolsonarismo" em suas vidas. "Precisamos votar contra a violência, a intolerância, o facismo e o retrocesso para que a gente volte a viver em paz no nosso país", afirma Wedja.  A psicóloga Luana Meyer, que mora em Bordeaux (sudoeste), a 578 km de Paris, vem de trem. "Votar é muito importante para mim, porque mesmo se eu não moro mais no Brasil, quero exercer meu direito de cidadã, principalmente neste momento tão crítico", diz ela, que também vai utilizar hospedagem solidária.  O realizador audiovisual Nico Silva, de 24 anos, vem de Marselha (sul), e também vai percorrer cerca de 800 quilômetros para votar. "Eu vou fazer a viagem de trem, que é o meio de transporte mais simples. Acho que muitos, como eu, estão com muita vontade de votar nestas eleições. Não é tão fácil ir a Paris, não é todo mundo que tem condições de ir votar, porque custa caro, é preciso comprar bilhetes de ida e volta, e no fim de semana os valores são ainda maiores", diz ele, que vai se hospedar na casa de amigos na capital francesa.  Primeiro voto depois de 19 anos na França A professora carioca Patricia Enderlé mora em Saint-Martin-de-Crau, a 611 km de Paris. Ela vem de trem e vai dividir uma hospedagem com mais seis pessoas. "Vai ser corrido, vai custar energia, vai custar dinheiro, mas não tem como ser diferente. Em 19 anos que moro na França é a primeira vez que voto aqui; desta vez fiz questão de transferir meu título", conta ela, acrescentando que "não podia deixar de dar a minha contribuição para fechar esse ciclo vergonhoso".  A jurista paulista Natasha D. está há três anos na França e também vai votar pela primeira vez em Paris. Ela vem de Montpellier, a 748 km da capital. "Vou passar o fim de semana na estrada. As passagens estão caras pra dedéu, mas, como eu digo para mim mesma, é o preço da democracia". Ela também conseguiu sua hospedagem no grupo de mulheres brasileiras no Facebook. "É um esquema ideológico que me cai bem, porque, sinceramente, eu também não gostaria de ser acolhida por uma pessoa que vota em outro candidato", explica.  Apesar do alto preço das passagens no final de semana, a chef de cozinha Ana Moura, que mora em Lannion (noroeste), na Bretanha, também está disposta a fazer este esforço. Nascida em Cuiabá e descendente do povo indígena Bororo, no Mato Grosso, Ana disse que vai votar de cocar para homenagear os seus antepassados. "Vou de ônibus, foi a forma mais barata que encontrei. Vou me hospedar na casa de um amigo francês que luta pelas mesmas causas que eu. Ele me ofereceu seu apartamento gratuitamente pelo fim de semana e vou com outras duas pessoas. Votar para mim é muito importante, porque é a única forma de defender o meu país e o meu povo. E desta vez precisamos recuperar a nossa bandeira", diz Ana, que mora a 552 km de Paris e vota em todas as eleições desde que chegou à França, em 2008.  São 29 urnas e 58 seções eleitorais em Paris As urnas eletrônicas já chegaram à capital francesa, enviadas de Brasília, via mala diplomática, disseram as autoridades consulares. "São 29 urnas já inseminadas, isto é, elas contêm os nomes de todos os eleitores aptos a votar nelas", explica Fábio Marzano.  Sérgio Ricoy acrescenta que cada uma das urnas servirá para eleitores de duas seções. "Como são menos votantes no exterior, usamos a mesma urna para duas diferentes seções eleitorais. Cada urna pode receber 800 votos, ou seja, 400 de cada seção", sublinha, relembrando a importância de conhecer a seção antes de 2 de outubro. Cada seção contará também com um caderno de assinaturas, com a lista completa de eleitores aptos a votar.  "Quando os eleitores que moram na França chegarem ao Espace La Rochefoucauld, verão um painel indicando os números das salas por seção, como acontece no Brasil. Assim já podem se dirigir para as salas correspondentes", acrescenta Ricoy.  O cônsul-geral Fábio Marzano diz que a abstenção na França costuma ficar em torno de 50%, mas ela deve ser um pouco menor neste pleito. "Em 2018, apenas 45% dos inscritos compareceram, mas neste ano esperamos um comparecimento maior", afirma.  Marzano e Ricoy recordam que o voto é obrigatório no Brasil. Para justificar a ausência no dia 2 ou em 30 de outubro, data prevista para o segundo turno, o eleitor pode fazê-lo pelo aplicativo E-título num prazo de 60 dias após cada turno.  Para os eleitores que temem enfrentamentos entre grupos divergentes, o cônsul-geral explica como funcionará o esquema de segurança. "O que acontece da porta do espaço de votação para fora é de competência da polícia francesa, que já está avisada que vamos ter eleições no local. O que acontece da porta para dentro é de nossa competência: teremos agentes de segurança privada e o nosso pessoal do consulado", afirma Marzano, que acredita no bom senso do eleitor brasileiro na França.  Serviço: Eleição presidencial: 2 de outubro (1° turno) e 30 de outubro (2° turno) Horário: 8h às 17h Local de votação: Espace La Rochefoucauld Endereço:11, rue Catherine de la Rochefoucauld, 75009, Paris

Esto es Pádel
Dos número 1: Ari Sánchez y Fernando Belasteguín

Esto es Pádel

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 29:54


Dos de los vencedores en el Máster de Madrid de WPT, Ariana Sánchez en categoría femenina y Bela en la masculina han sido los protagonistas del programa. Además tertulia con Alberto Bote, Jesús Mata, Nacho García, Mónica Montes e Iván Hernández que trae las noticias de la semana.

Noticias de César Vidal y más
Conversación con Andrés Manuel López Obrador sobre el número de muertos en México

Noticias de César Vidal y más

Play Episode Listen Later Sep 26, 2022 6:44


Es el gobierno más violento en la historia reciente de México: más de 126 mil personas han sido asesinadas y Andrés Manuel López Obrador sólo lleva 4 años en la presidencia.

Contrapoder, con Jorge Ramos
Conversación con Andrés Manuel López Obrador sobre el número de muertos en México

Contrapoder, con Jorge Ramos

Play Episode Listen Later Sep 26, 2022 6:43


Es el gobierno más violento en la historia reciente de México: más de 126 mil personas han sido asesinadas y Andrés Manuel López Obrador sólo lleva 4 años en la presidencia.

Noticias en Español
Conversación con Andrés Manuel López Obrador sobre el número de muertos en México

Noticias en Español

Play Episode Listen Later Sep 26, 2022 6:44


Es el gobierno más violento en la historia reciente de México: más de 126 mil personas han sido asesinadas y Andrés Manuel López Obrador sólo lleva 4 años en la presidencia.

La Diez Capital Radio
El Número Uno; en Canarias hay mucho payaso... (26-09-2022)

La Diez Capital Radio

Play Episode Listen Later Sep 26, 2022 41:24


Sección de actualidad informativa con Humor inteligente, en el programa El Remate de Miguel Angel González Suárez, en La Diez Capital Radio con el periodista palmero y socarrón, José Juan Pérez Capote, El Número Uno.

Ahora Dicen
Ricardo López Murphy: "Una Corte de cinco miembros es un número sensato, no hay que tocar nada"

Ahora Dicen

Play Episode Listen Later Sep 26, 2022 9:38


📻 Ricardo López Murphy, Diputado Nacional del bloque Republicanos Unidos y del interbloque de Juntos por el Cambio, en comunicación con #AhoraDicen | Futurock.fm

What's the Story? Podcast
WTS 273: A sort of homecoming

What's the Story? Podcast

Play Episode Listen Later Sep 25, 2022 50:56


Subscribe to hear all of our new episodes free and first and head over to Twitter where you'll find us - @WTSpod  After a busy few weeks away from the podcast, we're back to blow off some cobwebs and (sort of) get back into the swing of things.  The great air-fryer debate rages on with Mero remaining skeptical but Danny being fully converted.  Is there a need for any monarchy in this day and age? We've watched on in bewilderment as Queen Elizabeth is laid to rest.  And the lads chat about Garth Brooks in Croke Park and if stadiums in Ireland are actually any use for big concerts? 

Sociedade Primitiva
Número 231E - EMAILS (REPOSTADO)

Sociedade Primitiva

Play Episode Listen Later Sep 25, 2022 384:54


Cansadão. O dia tem apenas 24 horas e parecem 15 minutos. Intro: Gol do Sport contra o Fortaleza (Copa Nordeste 2022) Músicas: Mauro Duarte e Noca da Portela por seus autores e intérpretes

Al Campo
Apicultura en Colombia crece en número de colmenas y tecnificación: experta Agrosavia

Al Campo

Play Episode Listen Later Sep 24, 2022 12:07


Brasil-África
Número de eleitores brasileiros na África aumenta, mas Brasil se afastou do continente promissor

Brasil-África

Play Episode Listen Later Sep 24, 2022 11:04


Neste ano, 3.332 brasileiros poderão participar da eleição presidencial estando em 17 países africanos. O número de cadastrados no continente é quase 22% maior que o de 2018. Na eleição passada, 2.734 eleitores se registraram, só que no segundo turno mais da metade (54,2%) nem sequer apareceu nos locais de votação africanos. O percentual de abstenção ficou acima de 50% em 11 desses países. Vinícius Assis, correspondente da RFI na África do Sul Em 2018, Jair Bolsonaro recebeu no segundo turno 57,5% dos votos de brasileiros residentes na África. Os dados são do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), responsável por zonas eleitorais no exterior, e de embaixadas e consulados do Brasil em países africanos. A maior parte do eleitorado brasileiro no continente está na África do Sul, uma das maiores economias da região. Adalton e Fernanda Barbosa são originários de Salvador (BA) e se mudaram para a Cidade do Cabo em 2019. Além de trabalharem como modelos, os dois abriram um negócio próprio e vendem comida brasileira. Neste ano votarão pela primeira vez no exterior. “É muito importante”, frisou Fernanda. Ela acredita que este seja o meio de alguém dar o melhor para a própria nação estando longe dela. O casal acabou justificando o voto em 2018 por estar viajando, mas não quis perder a chance de votar desta vez. “Não estou feliz com este atual governo e estou com uma expectativa grande de mudança", disse Adalton. "Meu voto é muito importante para contribuir para isso”, destacou. O casal está entre os 1.016 brasileiros que neste ano podem votar na África do Sul, número aproximadamente 19% superior ao pleito de quatro anos atrás. Na última eleição presidencial, 855 brasileiros se cadastraram para votar no país (605 em Pretória e 250 na Cidade do Cabo). No próximo dia 2 de outubro, haverá urnas eletrônicas em cada uma dessas duas cidades. A maioria dos brasileiros residentes na África do Sul vive em Pretória, Joanesburgo e Cidade do Cabo. Os perfis são diversos. Há estudantes, empresários, servidores públicos, pesquisadores, militares, missionários e acompanhantes de expatriados. No país africano que tem Cuba e China como dois dos principais aliados, alguns brasileiros se mostram mais próximos do socialismo, enquanto outros demonizam o comunismo. A empresária Ana Karato nasceu em Salesópolis, interior de São Paulo, e mora na África do Sul desde 2008. Ela votou no exterior pela primeira vez na eleição passada. Casada, mãe de três filhas, Karato conta que apenas a mais nova da casa, de 3 anos, não irá votar neste ano. A eleitora paulista estima que o presidente Jair Bolsonaro correspondeu em seu governo ao favoritismo que teve no continente na última eleição. Quando a reportagem pediu um exemplo de ação, inicialmente ela se referiu “a aviões fretados para que brasileiros fossem repatriados” durante a pandemia. Na verdade, em 2020, a embaixada brasileira no país contratou apenas um avião da South Africa Airways – e não vários – por cerca de R$ 2 milhões, para repatriar em torno de 250 brasileiros. Os passageiros foram dispensados de pagar diretamente os bilhetes. A empresária brasileira disse ainda que não tem motivos para reclamar sobre a atual relação bilateral entre Brasil e África do Sul. “Quem estiver no governo, independente de quem for, precisa colocar os interesses do país em primeiro lugar. Eu teria que fazer uma análise para ver o que que seria interessante para o Brasil“, afirmou. Ela diz achar “interessante que o Brasil não está mandando dinheiro para outro país”. “O importante é o Brasil se desenvolver. Então, para você se desenvolver, é como no meio dos negócios: você vende alguma coisa, a pessoa precisa comprar. Tem que haver uma troca, não pode ser somente de um lado”, disse. Governos brasileiro e sul-africano mais distantes Os 12 voos semanais que ligavam São Paulo e Joanesburgo até antes da pandemia já não existem mais, o que para Kika Ermel, operadora de turismo que vive na África do Sul há 15 anos, é um dos exemplos do crescente distanciamento entre os dois países. Aliás, ela disse que a relação Brasil-África do Sul parece estar indo ladeira abaixo. “Politicamente falando, vejo uma falta de conexão entre os dois países”, lamenta Ermel. “Cadê o BRICS?”, pergunta ela, indignada, referindo-se ao bloco do qual Brasil e África do Sul fazem parte, junto com Rússia, China e Índia. Especificamente sobre a falta dos voos diretos, ela lembra que o assunto não é apenas uma questão comercial. “Há que ter a vontade política”, frisou. Kika conta que antigamente se programava para viajar para o Brasil e votar, mas há anos desistiu de fazer isso e prefere justificar sua ausência das urnas. Com perfil assumidamente conservador, ela declara que se identifica mais com Bolsonaro do que com Lula, os dois favoritos nesta eleição brasileira, mas evita partidarizar suas respostas em se tratando de expectativas para o próximo governo. Ela acredita que a pressão de Bolsonaro para tentar nomear o bispo licenciado da igreja Universal Marcelo Crivella como embaixador do Brasil em Pretória talvez possa ter criado um certo mal-estar na relação entre os dois países. O que também tem deixado a empresária do ramo de turismo indignada é o fato da embaixada brasileira na capital sul-africana estar há meses sem um embaixador. Falta de embaixadores e queda de exportações no governo Bolsonaro Atualmente, outras embaixadas africanas estão com o posto de embaixador brasileiro vago, como, por exemplo, Moçambique. Depois do constrangimento diplomático com Crivella, o governo da África do Sul aceitou a indicação do diplomata Benedicto Fonseca Filho, o primeiro embaixador negro do Brasil, que atualmente é cônsul-geral em Boston, nos Estados Unidos. Mas ele ainda precisa passar pela sabatina do Senado. “Certamente isso só acontecerá depois das eleições”, disse à reportagem uma fonte do Itamaraty. Na avaliação de Mario Schettino Valente, professor de Relações Internacionais do Ibmec da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a ausência de um embaixador em um país indica falta de prioridade. Em sua premiada tese de doutorado, defendida em 2020, Valente estudou os efeitos da política externa brasileira sobre o comércio exterior. “A tese comprova, de forma estatística, que a abertura de embaixada aumenta o fluxo comercial, principalmente as exportações”, afirmou. Atualmente, o que o Brasil mais envia para a África do Sul são óleos combustíveis de petróleo e carnes. E o que mais compra dos sul-africanos são minerais: prata, platina e alumínio representam mais da metade das importações brasileiras na pauta bilateral. Ainda de acordo com Valente, em 2019, o Brasil registrou o menor valor de participação nas exportações para a África do Sul em 20 anos. No primeiro ano do governo Bolsonaro, este percentual foi de 0,50%, maior apenas que o registrado em 1999 (0,49%). A constatação de recuo comercial é a mesma ao se analisar dados da África Subsariana. “Os piores anos da participação da África Subsaariana nas exportações brasileiras, desde 2000, foram em 2019 (1,628%) e 2018 (1,654%)”, informou. Ele acredita que a redução das atividades da Petrobras no continente tenha afetado este fluxo. Política externa minimizada na campanha A política externa não parece ser uma prioridade para os candidatos à presidência em 2022, muito menos em se tratando da África. Dos 11 candidatos que disputam a corrida presidencial, três citaram o continente africano em seus planos de governo: Léo Péricles (UP), Lula (PT) e Sofia Manzano (PCB). Pablo Marçal até fez referência à região no seu programa de governo, mas o PROS retirou a candidatura dele. Enquanto países como Turquia, Estados Unidos, Rússia e China seguem buscando cada vez mais espaço no continente africano, o presidente do Instituto Brasil-África (IBRAF), João Bosco Monte, lembra que o Brasil vem se afastando desta região desde 2015, e esse distanciamento se intensificou no atual governo. Brasília não deu à África a atenção correspondente ao resultado das urnas no continente em 2018. Para o presidente do IBRAF, a imagem do Brasil no exterior não é a mesma de anos atrás e isso se dá, muito, pela forma com que o presidente Bolsonaro conduz sua política externa. Na África não é diferente. “O Brasil não está bem representado. O presidente Bolsonaro, durante os seus quase quatro anos de governo, sequer pensou e, de forma objetiva, materializou a relação próxima que o Brasil tinha com a África. Ele nunca viajou para nenhum dos países africanos. Isso é muito ruim, porque não demonstra uma aproximação e interesse do Brasil em conversar com a África”, analisou. Engana-se quem associa a África a um lugar que apenas precisa de ajuda humanitária. Especialistas consideram este “o continente do futuro”. Não se fala em produção de carros elétricos, por exemplo, sem colocar na discussão a República Democrática do Congo, um dos maiores produtores mundiais de coltan, ingrediente fundamental para a produção de baterias, inclusive de telefones celulares. Brasileiros esperam reaproximação entre Brasil e África No segundo turno, em 2018, o petista Fernando Haddad venceu a votação em seis países africanos: Cabo Verde, Costa do Marfim, Marrocos, Nigéria, Tanzânia e Quênia, para onde o missionário católico Pedro Mariano Pinheiro se mudou há sete meses. Ele também é de Salvador (BA) e vive a cerca de 170 km da capital queniana, Nairóbi. Pinheiro já está se programando para ir até a capital, a fim de votar no dia 2 de outubro. “Acho que cada voto é importante para fazer a diferença e tirar esse governo que está acabando com nosso país. Mesmo aqui eu preciso exercer meu dever de eleitor”, afirma. O missionário disse ainda que espera mais diálogo entre o Brasil e o continente africano no próximo governo. O desejo dele é o mesmo da professora universitária Ivanise Gomes. Há 8 anos, ela vive em Moçambique, que terá neste ano o segundo maior eleitorado brasileiro no continente africano: 673 inscritos, apenas dois eleitores a menos do que em 2018. A brasileira, que antes optou por justificar sua ausência, decidiu não deixar de votar desta vez. “Eu acho que o Brasil está passando por uma situação muitíssimo delicada, política e socialmente. Para mim, é como um grito de socorro. Espero que meu voto faça diferença para que essa situação se reverta, que as coisas melhorem para o Brasil. Acreditar nessa melhora também vai reverberar nos países africanos, porque existia um diálogo entre Brasil, Moçambique, África do Sul, os países do sul global, e que foi esvaziado, cessado nesse último governo. Eu acredito que isso possa voltar a acontecer”, declarou a professora. Ela ainda criticou a atual falta de incentivos a pesquisadores brasileiros e moçambicanos, como existia quando ela chegou à região. “Que essa relação (entre os dois países) volte a ser como era antes, com bastante intercâmbio de saberes, professores, estudantes, além de outras áreas onde há cooperação entre Brasil e Moçambique”, completou. Voto com cédula de papel Durante a produção desta reportagem, vários brasileiros que vivem em países africanos e demonstram apoio ao atual governo em redes sociais foram contatados, mas muitos deles disseram que não fizeram o cadastramento eleitoral a tempo. Por isso, não poderão votar no exterior. Em nove países africanos, o voto será com cédulas de papel, uma vez que o número de eleitores brasileiros cadastrados não passou de 100. Após o fim da votação e a contagem local dos votos, todos os resultados serão imediatamente enviados a Brasília.

La Diez Capital Radio
El Número Uno; hoy comienza el otoño (23-09-2022)

La Diez Capital Radio

Play Episode Listen Later Sep 23, 2022 27:49


Sección de actualidad informativa con Humor inteligente, en el programa El Remate de Miguel Angel González Suárez, en La Diez Capital Radio con el periodista palmero y socarrón, José Juan Pérez Capote, El Número Uno.

Todo deportes España
3x19 Alcaraz es el número 1 y España arrasa en el Eurobasket

Todo deportes España

Play Episode Listen Later Sep 23, 2022 47:30


¡Esperamos que os guste! Música de la intro: Potato Deal, Craig McArthur. Recibimos vuestros comentarios encantados. Nuestras redes sociales: Instagram- https://www.instagram.com/elbardelaligaoficial/ Twitter- https://twitter.com/elbardelaliga Nuestro canal de YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCTbbvXyQ2UDwcXW_wPH77Tg?view_as=subscriber Nuestro canal de Twitch: https://www.twitch.tv/elbardelaliga

MVS Noticias / 102.5 segundos de información
Presuntos estudiantes normalistas derriban puerta de acceso al campo militar número 1 – 23 Sep 22

MVS Noticias / 102.5 segundos de información

Play Episode Listen Later Sep 23, 2022 2:19


Presuntos estudiantes normalistas que acompañan la protesta de padres y madres de los 43 estudiantes desaparecidos de Ayotzinapa derribaron la puerta de acceso al campo militar número, desde donde lanzaron petardos y piedras a elementos de seguridad.

Boulevard
Sigue aumentando el número de fallecidos en Irán

Boulevard

Play Episode Listen Later Sep 23, 2022 1:25


Más de 30 personas muertas y miles de personas siguen protestando cada día por la muerte de Mahsa Amini, de 22 años por llevar mal puesto el velo. El corresponsal de EITB Mikel Ayestaran informa....

Band FM Campinas
Matheus, da dupla com Kauan, vazou número do próprio celular

Band FM Campinas

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 3:32


Matheus, da dupla com Kauan, vazou número do próprio celular --- Support this podcast: https://anchor.fm/bandfmcampinas/support

Noticias en Español
La Biblioteca: "Número dos" y "Tutankamón. El descubrimiento de la tumba" - 22/09/22

Noticias en Español

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 28:52


Con Sagrario Fernández-Prieto.Suscríbete a CesarVidal.TV y escucha este audio antes que nadie y sin publicidad: https://www.cesarvidal.tvNúmero dosAutor: David Foenkinos.Editorial: Alfaguara.255 págs.En 1999 se realizó un casting para encontrar al actor que encarnaría en la pantalla a Harry Potter. Quedaron dos finalistas y el protagonista de este libro no resultó elegido. Él fue el "número dos", el que se queda a las puertas pero no lo consigue y ha de lidiar toda su vida con su fracaso cuando vea las películas de la saga.Pero lo que nos cuenta el autor, con una gran habilidad, es cómo a partir de un fracaso se abren nuevas oportunidades, descubrimos nuevos caminos por los que transitar y acabamos comprendiendo que un fracaso puede convertirse en el principio de una vida mucho mejor de lo que esperábamos. Un libro de agradable lectura que además nos lleva a interesantes reflexiones.Tutankamón. El descubrimiento de la tumbaAutor: Maria Carme Roca.Traducción: Irene Vílchez Sánchez. Editorial: AnayaSe cumplen cien años del descubrimiento por parte del egiptólogo Howard Carter de la tumba del gran faraón egipcio.En este magnífico álbum podremos descubrir las cámaras de la pirámide con todo lujo de detalles y aprender sobre aquella época y el Antiguo Egipto.Un gran regalo para niños a partir de 10 o 12 años.

Noticias de César Vidal y más
La Biblioteca: "Número dos" y "Tutankamón. El descubrimiento de la tumba" - 22/09/22

Noticias de César Vidal y más

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 28:52


Con Sagrario Fernández-Prieto.Suscríbete a CesarVidal.TV y escucha este audio antes que nadie y sin publicidad: https://www.cesarvidal.tvNúmero dosAutor: David Foenkinos.Editorial: Alfaguara.255 págs.En 1999 se realizó un casting para encontrar al actor que encarnaría en la pantalla a Harry Potter. Quedaron dos finalistas y el protagonista de este libro no resultó elegido. Él fue el "número dos", el que se queda a las puertas pero no lo consigue y ha de lidiar toda su vida con su fracaso cuando vea las películas de la saga.Pero lo que nos cuenta el autor, con una gran habilidad, es cómo a partir de un fracaso se abren nuevas oportunidades, descubrimos nuevos caminos por los que transitar y acabamos comprendiendo que un fracaso puede convertirse en el principio de una vida mucho mejor de lo que esperábamos. Un libro de agradable lectura que además nos lleva a interesantes reflexiones.Tutankamón. El descubrimiento de la tumbaAutor: Maria Carme Roca.Traducción: Irene Vílchez Sánchez. Editorial: AnayaSe cumplen cien años del descubrimiento por parte del egiptólogo Howard Carter de la tumba del gran faraón egipcio.En este magnífico álbum podremos descubrir las cámaras de la pirámide con todo lujo de detalles y aprender sobre aquella época y el Antiguo Egipto.Un gran regalo para niños a partir de 10 o 12 años.

La Diez Capital Radio
El Número Uno; me han puesto 3 multas… (22-09-2022)

La Diez Capital Radio

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 36:34


Sección de actualidad informativa con Humor inteligente, en el programa El Remate de Miguel Angel González Suárez, en La Diez Capital Radio con el periodista José Juan Pérez Capote, El Número Uno.

O Antagonista
Cortes do Papo - Alvo da PF no governo Dilma, ex-número 2 da AGU é reincorporado ao serviço público

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 21, 2022 2:44


O Advogado Geral da União, Bruno Bianco, publicou hoje portaria de reintegração de José Weber Holanda Alves ao cargo de procurador federal da AGU. A decisão foi tomada após parecer favorável da Procuradoria Geral Federal no âmbito do processo administrativo aberto após o servidor ser alvo da Polícia Federal em 2012. Weber Holanda era o AGU adjunto de Luís Inacio Adams quando foi apanhado pela PF na Operação Porto Seguro, que apurou suspeitas de crimes de associação criminosa, tráfico de influência, falsidade ideológica e corrupção. Após denunciado, virou réu ao lado de Rosemary Noronha, ex-chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo, do ex-senador Gilberto Miranda Batista e de Paulo Rodrigues Vieira, ex-diretor de Hidrologia da Agência Nacional das Águas (ANA); além de servidores da Agência Nacional de Águas, Agência Nacional de Aviação Civil, Ministério da Educação e da Secretaria do Patrimônio da União. No ano passado, o STJ anulou as provas do inquérito e trancou a ação. Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público, a quadrilha, chefiada por Vieira, influenciava a elaboração de pareceres técnicos fraudulentos em órgão federais e agências reguladoras para beneficiar interesses de terceiros. Mediante propina, o grupo teria, por exemplo, liberado a licença para instalação do complexo portuário da Ilha dos Bagres, área de proteção permanente ao lado do Porto de Santos. O projeto, que ocuparia área de 1,2 milhão de m2, foi orçado na ocasião em R$ 2 bilhões. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

The Ringer F1 Show
Michelle Beadle and The Kid Mero from ‘Fast and Loose Sidecast'

The Ringer F1 Show

Play Episode Listen Later Sep 21, 2022 40:15


Kevin is joined by the hosts of ‘Fast and Loose Sidecast' to discuss how they caught the Formula One bug, Daniel Ricciardo's future, Ferrari's strategy, billionaire race car drivers, and much more (02:00). Their show, the 'Fast and Loose Sidecast' with Michelle Beadle and The Kid Mero, is available live on Amp. Later, Megan Schuster stops by to do some nuts-and-bolts talk on the driver market and take a close look at F1's new 24-race calendar (26:00). Host: Kevin Clark Guests: Michelle Beadle, The Kid Mero, and Megan Schuster Associate Producer: Jonathan Kermah Learn more about your ad choices. Visit podcastchoices.com/adchoices

Audios de Carlos Márquez : Motivación | Negocios | Empresarial

A veces las instrucciones de cómo invertir no viene de la A a la Z, pero podemos evitar malgastar nuestro dinero. ¿Ya tienes tu plan de retiro? ¿Ya cuentas con un capital con el que harás que tu negocios crezca? Aprende los errores comunes para dar el salto a mejores inversiones. Te lo digo porque me ha pasado.

Carrusel Deportivo
Toni Bou, tras su título mundial número 32: "Si hago una partida de Parchís también la quiero ganar"

Carrusel Deportivo

Play Episode Listen Later Sep 19, 2022 5:16


El piloto español de trial, que no ha perdido un Mundial desde 2007, pasó por el 'Carrusel Canalla'

Tennis Piochas
Episodio #48 - “Mente, corazón y huevos" … Carlitos Alcaraz es el campeón del US Open y el nuevo número 1 del mundo.

Tennis Piochas

Play Episode Listen Later Sep 16, 2022 38:48


AGENDA: Roger Federer anuncia su retiro- La Laver Cup será su último torneo... PERO este es un episodio dedicado al US OPEN. Tendremos un episodio especial de Federer más adelante. Carlitos Alcaraz gana el US OPEN y se vuelve el #1 del mundo. -Road to the final El gran torneo y año de Ruud. -Swiatek gana el torneo de mujeres. Y más...

JORNAL DA RECORD
Estudo mostra aumento no número de vítimas de golpe; OMS já vê o fim da pandemia; Londres começa a se despedir da rainha

JORNAL DA RECORD

Play Episode Listen Later Sep 15, 2022 45:06


Ouça a edição completa do JR desta quarta (14) com os seguintes destaques: Estudo mostra o aumento no número de brasileiros que são vítimas de golpe; Ministro da Economia acredita que o Brasil pode crescer 3% ainda em 2022; O dia de campanha dos candidatos à Presidência; Organização Mundial da Saúde diz que já vê o fim da pandemia; Londres começa a se despedir da rainha Elizabeth 2ª.

News in Easy Spanish - Hola Qué Pasa
Carlos Alcaraz ya es el número 1 del tenis mundial

News in Easy Spanish - Hola Qué Pasa

Play Episode Listen Later Sep 14, 2022 1:23


Carlos Alcaraz ya es el número 1 del tenis mundial Read the full Article: Carlos Alcaraz ya es el número 1 del tenis mundial

Tuesday Night Cigar Club
Episode 156 – The Ice Cream Truck (2017), Número Uno L'Ambassadeur cigar, Beers

Tuesday Night Cigar Club

Play Episode Listen Later Sep 13, 2022 204:33


Welcome everyone to The Tuesday Night Cigar Club episode 156! Our 7th Annual Drunken March (stumble) To Halloween begins tonight!!! This is always our collective favorite part of the year and we kick things off in a big way this evening. So take a ganders below at what you're in store for and then click the audio and video links at the bottom of this page to JOIN THE PARTY! THE CIGAR – NÚMERO UNO L'AMBASSADEUR by JOYA de NICARAGUA Size: 6 5/8 x 44 (lonsdale) Wrapper: Ecuadorian Connecticut Binder: Nicaraguan Filler: Nicaraguan Price: $15.75 (submitted for review by Joya de Nicaragua) The Número Uno L'Ambassadeur is a limited release from our friends at Joya de Nicaragua, this line was […] The post Episode 156 – The Ice Cream Truck (2017), Número Uno L'Ambassadeur cigar, Beers appeared first on Tuesday Night Cigar Club.

Manuel López San Martín
"AIFA aumentará a 56 el número de vuelos el próximo 15 de septiembre"

Manuel López San Martín

Play Episode Listen Later Sep 13, 2022 11:35


En entrevista El General Isidoro Pastor Román, director del AIFA, señaló que no se pueden generar rutas a Estados Unidos debido a la pérdida de categoría que enfrentó el aeropuerto.

Hoy por Hoy
Las 8 de Hoy por Hoy | Alcaraz se corona en Nueva York como número uno

Hoy por Hoy

Play Episode Listen Later Sep 12, 2022 16:57


Carlos Alcaráz se ha coronado en Nueva York como número uno. Ya sorprendió hace unos días con el "estoy hecho un toro" que gritó en medio de un partido, y hoy ha hecho historia al convertirse en el tenista más joven en ganar el Abierto de Estados Unidos. En Inglaterra, continúa el tributo a Isabel II, mientras Carlos III inicia su agenda como monarca visitando Escocia. Y, en España, la fiscalía del caso Kitchen ha llegado a dos conclusiones: Rajoy conocía e impulsó el espionaje de la trama kitchen y Cospedal mintió al decir que las reuniones con Villarejo eran simplemente sociales. 

En diálogo con Longobardi
Diego Topa: el artista infantil número uno en América Latina

En diálogo con Longobardi

Play Episode Listen Later Sep 11, 2022 40:25


El artista, compositor e intérprete argentino, Diego Topa, es un apasionado de la música y la actuación. Su carrera, afianzada en más de 20 años como parte de grandes producciones locales e internacionales, lo posiciona como el artista infantil número uno en América Latina. Para conocer sobre cómo CNN protege la privacidad de su audiencia, visite CNN.com/privacidad

La Tribu FM
Club de Lectura (Space Número 3)

La Tribu FM

Play Episode Listen Later Sep 9, 2022 47:49


Compartimos con nuestros asociados el tercer Space de nuestro Club de Lectura, en el que intercambiamos experiencias del libro anterior y el nuevo libro que leeremos en nuestro Club de Lectura para este mes es: Sapiens, de animales a dioses del escritor israelí Yuval Noah Harari.

Es la Mañana de Federico
Los sonidos del día: Illa se lucra con la pandemia, sin aclarar el número real de muertos por covid en España

Es la Mañana de Federico

Play Episode Listen Later Sep 8, 2022 4:56


Salvador Illa, Sergio Sayas y Josu Jon Imaz protagonizan algunos de los sonidos destacados de este jueves, 8 de septiembre de 2022.

El Larguero
El Larguero | Juan Carlos Ferrero: "Alcaraz está mentalmente preparado para ser el número uno de la ATP"

El Larguero

Play Episode Listen Later Sep 8, 2022 11:40


El entrenador del tenista murciano ha valorado el partido de su pupilo, de más de cinco horas, en 'El Larguero'.

You're Making It Worse
Josh Gondelman

You're Making It Worse

Play Episode Listen Later Sep 8, 2022 43:27


Josh Gondelman, writer for Desus & Mero and Last Week Tonight (and the nicest guy in comedy), joins the guys to shed light on "no worries/if not e-mail culture," and the prison of exclamation points. Plus, as conservatives turn their ire toward drag, has the art form peaked? And let Eliot explain why volleyball sucks and newcomb rules. Learn more about your ad choices. Visit megaphone.fm/adchoices

Durma com essa
Endividados em alta. Inadimplentes em número recorde

Durma com essa

Play Episode Listen Later Sep 6, 2022 16:32


O número de famílias brasileiras endividadas bateu recorde em agosto de 2022 chegando a 79% dos lares, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo). Esse aumento se dá em um cenário de recuperação de alguns indicadores econômicos, como o PIB (Produto Interno Bruto) e a taxa de desemprego. O Durma com Essa desta terça-feira (6) explica por que o alto número de endividados e inadimplentes é uma tendência em 2022. O episódio também tem participação do redator André de Sena e da infografista Caroline Souza, que falam sobre as celebrações de 7 de setembro, e da redatora Isabela Cruz, que explica sobre o que cada cargo em disputa nas eleições de 2022 pode fazer pela ciência brasileira. Conheça a Ponto Futuro, editoria do Nexo dedicada a refletir sobre os próximos anos: https://www.nexojornal.com.br/pontofuturo.