Podcasts about pouco

Share on
Share on Facebook
Share on Twitter
Share on Reddit
Share on LinkedIn
Copy link to clipboard
  • 1,560PODCASTS
  • 3,079EPISODES
  • 36mAVG DURATION
  • 1DAILY NEW EPISODE
  • Aug 5, 2022LATEST

POPULARITY

20122013201420152016201720182019202020212022


Best podcasts about pouco

Show all podcasts related to pouco

Latest podcast episodes about pouco

Café Brasil Podcast
Cafezinho 513 - A lei de Gresham Cultural

Café Brasil Podcast

Play Episode Listen Later Aug 5, 2022 7:29


Link para o vídeo de Eric Clapton e Paul McCartney: https://www.youtube.com/watch?v=Xl-BNTeJXjw Publiquei esta semana uma isca cultural que mostra Paul McCartney e Eric Clapton interpretando a canção Something, de George Harrison, durante um show em 2017. Não sei quantas vezes já assisti ao vídeo, em todas elas com um nó na garganta e lágrimas nos olhos. Por quê? Porque é lindo. Tem uma beleza que envolve estética, amizade, camaradagem, generosidade, poesia, arte no mais alto nível. Como raramente se encontra em novas produções.    Existe um princípio econômico chamado Lei de Gresham, atribuída a Sir Thomas Gresham, conselheiro da Rainha Isabel I de Inglaterra, que afirmou em 1558 que "a moeda má expulsa a moeda boa". Naquela época as moedas tinham valor conforme o peso do ouro em que eram cunhadas. Quanto mais pesadas, mais valiosas.  Sir Gresham disse que se o Estado decidisse cunhar novas moedas com o mesmo valor facial mas com menos quantidade de ouro, os agentes econômicos tenderiam a guardar a moeda mais pesada (a moeda boa) e a fazer circular apenas a nova moeda mais leve (a moeda má). Pouco a pouco, toda a moeda boa acabaria por ser substituída pela moeda má. Pois estamos vivendo dentro de uma espécie de Lei de Gresham cultural onde informações triviais expulsam informações significativas. Fatos sem importância, gente sem qualquer significado, informações irrelevantes ocupam todos os espaços das mídias, expulsando os fatos e influenciadores verdadeiramente importantes e necessários. A música ruim expulsa a boa. A literatura ruim expulsa a boa. O cinema ruim expulsa o bom. As conversas ruins expulsam as boas. O caráter ruim expulsa o bom. Essa lei de Gresham cultural faz com que as pessoas prefiram conhecer o que acontece a pensar sobre o que acontece, porque o conhecer tem mais valor imediato. A moeda má expulsa a moeda boa, percebeu? E então perdemos a capacidade de apreciar o belo.   Vou continuar o raciocínio neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=TC8krzWR4tc   Gostou? De onde veio este, tem muito, mas muito mais. Torne-se um assinante do Café Brasil e nos ajude a continuar produzindo conteúdo gratuito que auxilia milhares de pessoas a refinar seu processo de julgamento e tomada de decisão. Acesse http://mundocafebrasil.com

Cafezinho Café Brasil
Cafezinho 513 - A lei de Gresham Cultural

Cafezinho Café Brasil

Play Episode Listen Later Aug 5, 2022 7:29


Link para o vídeo de Eric Clapton e Paul McCartney: https://www.youtube.com/watch?v=Xl-BNTeJXjw Publiquei esta semana uma isca cultural que mostra Paul McCartney e Eric Clapton interpretando a canção Something, de George Harrison, durante um show em 2017. Não sei quantas vezes já assisti ao vídeo, em todas elas com um nó na garganta e lágrimas nos olhos. Por quê? Porque é lindo. Tem uma beleza que envolve estética, amizade, camaradagem, generosidade, poesia, arte no mais alto nível. Como raramente se encontra em novas produções.    Existe um princípio econômico chamado Lei de Gresham, atribuída a Sir Thomas Gresham, conselheiro da Rainha Isabel I de Inglaterra, que afirmou em 1558 que "a moeda má expulsa a moeda boa". Naquela época as moedas tinham valor conforme o peso do ouro em que eram cunhadas. Quanto mais pesadas, mais valiosas.  Sir Gresham disse que se o Estado decidisse cunhar novas moedas com o mesmo valor facial mas com menos quantidade de ouro, os agentes econômicos tenderiam a guardar a moeda mais pesada (a moeda boa) e a fazer circular apenas a nova moeda mais leve (a moeda má). Pouco a pouco, toda a moeda boa acabaria por ser substituída pela moeda má. Pois estamos vivendo dentro de uma espécie de Lei de Gresham cultural onde informações triviais expulsam informações significativas. Fatos sem importância, gente sem qualquer significado, informações irrelevantes ocupam todos os espaços das mídias, expulsando os fatos e influenciadores verdadeiramente importantes e necessários. A música ruim expulsa a boa. A literatura ruim expulsa a boa. O cinema ruim expulsa o bom. As conversas ruins expulsam as boas. O caráter ruim expulsa o bom. Essa lei de Gresham cultural faz com que as pessoas prefiram conhecer o que acontece a pensar sobre o que acontece, porque o conhecer tem mais valor imediato. A moeda má expulsa a moeda boa, percebeu? E então perdemos a capacidade de apreciar o belo.   Vou continuar o raciocínio neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=TC8krzWR4tc   Gostou? De onde veio este, tem muito, mas muito mais. Torne-se um assinante do Café Brasil e nos ajude a continuar produzindo conteúdo gratuito que auxilia milhares de pessoas a refinar seu processo de julgamento e tomada de decisão. Acesse http://mundocafebrasil.com

Alexandre Garcia - Vozes - Gazeta do Povo
O Congresso vai finalmente aprovar o fim da “saidinha”?

Alexandre Garcia - Vozes - Gazeta do Povo

Play Episode Listen Later Aug 5, 2022 5:18


Pouco antes de saírem para campanha eleitoral, deputados endureceram ainda mais projeto que veio do Senado.

Resposta Pronta
Direitos na Era Digital. "Carta responde a pouco"

Resposta Pronta

Play Episode Listen Later Aug 4, 2022 5:32


Ricardo Lafuente, da Associação Portuguesa de Direitos Digitais, pede "mudança de prioridades" na discussão deste tema, depois da promulgação da Carta Portuguesa dos Direitos Humanos na Era Digital.See omnystudio.com/listener for privacy information.

GE Corinthians
GE Corinthians #234 - Ainda resta um pouco de esperança?

GE Corinthians

Play Episode Listen Later Aug 3, 2022 45:29


Nesta edição gravada no dia seguinte à derrota do Corinthians por 2 a 0 para o Flamengo, pelas quartas de final da Libertadores, Bruno Cassucci, Marcelo Braga e Careca Bertaglia analisam o futuro do Timão na competição: ainda dá? Além da derrota, jogo ficou marcado pela presença de 4 mil flamenguistas e por confusões para chegada ao estádio. O time volta a campo sábado contra o Avaí, pelo Brasileirão. Qual deve ser o foco?

Reportagem
Dois anos após explosão no porto de Beirute, sentimento de injustiça e impunidade devasta libaneses

Reportagem

Play Episode Listen Later Aug 3, 2022 7:20


Na quinta-feira (4) o Líbano relembra os dois anos desde a explosão que transformou o porto de Beirute em escombros, matou 218 pessoas e deixou mais de 7.000 feridos. Os familiares das vítimas exigem justiça, mas os responsáveis ​​pelo desastre continuam atrapalhando o processo judicial. A explosão do porto da capital libanesa causou em poucos segundos mais danos do que a guerra civil em 15 anos. A origem de tudo: a detonação de centenas de toneladas de nitrato de amônio, um material explosivo que estava armazenado desde 2013 no coração de Beirute. Durante os primeiros dias após a explosão, milhares de pessoas se manifestaram exigindo justiça. Pouco depois, as concentrações foram se esvaziando. Mergulhados em uma crise econômica, os libaneses tinham que se preocupar com o pão de cada dia e foram voltando para suas casas, ou o que restava delas. Dois anos depois, ninguém foi condenado pela explosão. Mariana Fodoulian, membro da Associação de Famílias de Vítimas, que lidera a luta contra a impunidade, falou à RFI. Ela perdeu sua irmã Gaia na explosão. “Tive que aprender sobre a política libanesa para entender o que está acontecendo. Até deixei meu emprego há um ano para me concentrar na luta pela justiça e dedicar todo o meu tempo a isso", conta Mariana.  As famílias das vítimas lutam contra a impunidade, mas também contra o ceticismo dos próprios libaneses. A maior parte do país tenta virar a página sem colocar esperança em nenhum processo judicial.  “Na minha família, sou a única que está lutando. Minha mãe sempre diz que nunca haverá justiça aqui. Quanto aos políticos, estão trabalhando para ver quem cansa primeiro. Se nós ou eles. Estão fazendo de tudo para que percamos a esperança”, denuncia.  "Eles não estavam em nenhuma guerra" Mariana e muitas outras pessoas continuam sua luta. Eles são movidos por um sentimento de raiva e injustiça: seus entes queridos não fizeram nada para encontrar a morte. “Todas as vítimas estavam em casa ou no trabalho. Eles não estavam levantando armas ou indo para nenhuma guerra”, diz ela. "Lembre-se que tudo aconteceu quando eram 6 horas e 7 minutos da tarde. Era um dia de verão e muitos estavam se preparando para tomar uma bebida depois de um dia na praia. Outros deixaram o trabalho e foram para casa encontrar seus entes queridos. Fui ao banheiro antes de sair do trabalho e senti o terremoto. O muro da nossa clínica estava realmente caindo em cima de nós, mas algo o impediu”, diz Mariana Fodoulian. “Pensei em ter certeza de que minha mãe estava bem. Quando liguei para ela, ela começou a gritar. Dizia: 'irmã, morta'", lembra. Os bairros próximos ao porto de Beirute viraram "filme de terror", descreve. Havia pessoas chorando, outras se movendo ensanguentadas e muitas não conseguiam andar sozinhas. Portas e janelas foram jogadas em todas as direções, colidindo com os corpos dos Beirutes. A cidade inteira foi engolida por uma nuvem de poeira. Assim como Mariana, William Noon, 28, se tornou um símbolo nacional no Líbano da luta dos familiares das vítimas da dupla explosão no porto de Beirute. Incansável, esse voluntário da Defesa Civil libanesa é irmão de um dos dez bombeiros que morreram na explosão que devastou a capital libanesa: "Não tenho mais nada a perder e vou até o fim na luta por justiça", diz, evocando a memória do irmão.  Ministros sabiam do material explosivo Um ano após a explosão, uma investigação da Human Rights Watch teve como alvo vários homens que estiveram no governo durante ou antes da explosão. Ali Khasan Khalil, ex-ministro das Finanças, além de Ghazi Zeaiter e Yousef Fenianos, ambos ex-ministros de Obras Públicas, estavam entre os alvos. Todos os três foram avisados ​​da presença de nitrato de amônio no porto. Alguns deles, já sabiam disso desde 2014. Apesar da existência dessas provas, a investigação judicial está parada. O juiz que conduz o caso, Tarek Bitar, está sem poder trabalhar há sete meses, desde que a classe política bloqueou a investigação. Ghida Frangieh, membro da organização Agenda Legal, que trabalha para o bom funcionamento do sistema judicial no Líbano, explica à RFI. “Para explicar de uma maneira simples, a razão pela qual a investigação está suspensa é porque o Ministério das Finanças está se recusando a assinar um decreto que nomearia juízes para o mais alto tribunal do Líbano, capaz de lidar com ações movidas contra ex-ministros. Hoje, para resumir, o governo está sabotando a investigação e impedindo que ela seja retomada”. Ela conta que, para o juiz Bitar, o bloqueio atual é apenas o mais recente obstáculo. Antes, os ex-ministros que o juiz ele tentou interrogar fizeram de tudo para atrapalhar a investigação. “Todos os ex-ministros que ele quis interrogar tinham conhecimento da presença de nitrato de amônia no porto e tinham cargos executivos que os permitiam impedir a explosão e não o fizeram”. Frangieh denuncia que a falta de independência do sistema judiciário libanês faz com que os poderosos do país se sintam capazes de ameaçar os juízes. Seja pelo caso da explosão do porto ou por crimes cometidos durante a guerra civil, os juízes são atacados com ações judiciais e fortes campanhas de difamação na imprensa. “O que vimos nas três últimas décadas no Líbano é o que chamamos de regime de impunidade legal. Nenhuma autoridade foi sentenciada por crime de guerra nem por crimes financeiros, que fizeram com que a economia do país virasse pó, nem pela explosão no porto de Beirute”. Aniversário faz reviver luto Enquanto isso, recuperar-se de lesões, visíveis e invisíveis, é uma tarefa que ocupa toda Beirute. Atualmente, os telefones de aconselhamento da Embrace tocam mais do que o normal. Myriam Zarzour, psiquiatra desta organização que defende a saúde mental no Líbano, explica o porquê: “Qualquer tipo de aniversário ou efeméride traz sentimentos e emoções que a gente pensou ter superado. É um sentimento ainda muito presente porque as pessoas perderam seus entes queridos, suas casas, sua percepção de segurança.” Pesadelos, medo extremo, ansiedade ou taquicardia são consequências comuns dois anos depois. A explosão também frustrou as esperanças de construir um país melhor. Muitas pessoas que estavam lutando para deixar um Líbano decente para a próxima geração passaram a se esforçar para deixar o país, analisa Zarzour. Mas, no final, tudo gira em torno do mesmo conceito. Zarzour afirma que não se pode falar de cura das feridas sem antes falar de justiça. Certamente essa é a razão pela qual Mariana Fodoulian e tantas outras pessoas estão dispostas a continuar lutando. (Com reportagens de Joan Cabasés Vega e Márcia Bechara, de Beirute)

Pós-Jovem
Pós-Jovem #141 - camilla LECCIOLLI

Pós-Jovem

Play Episode Listen Later Aug 2, 2022 56:30


De Botucatu, no interior de São Paulo, para o mundo todo: Camilla é atriz desde muito cedo, fez séries como "Passaporte para a Liberdade", "Natureza Morta" e "Psi", e, na vida pós-jovem, se aventura também por trás das câmeras, como no projeto "Eu Te Amo e Não É Pouco". Design: Nayara Lara Trilha: Peartree Pós-Jovem nas redes: Instagram | Twitter --- Send in a voice message: https://anchor.fm/posjovem/message

Jornal da CUT Brasil
Abismo salarial no Brasil: enquanto maioria ganha pouco, executivos ganham mais de R$ 1 mi por mês

Jornal da CUT Brasil

Play Episode Listen Later Aug 1, 2022 9:38


Nesta edição do Jornal da CUT · Maior parte dos assalariados ganham 2 mínimos enquanto seleto grupo ganha 1 milhão por mês Marilane Teixeira, pesquisadora do Cesit-Unicamp explica por que no Brasil há um abismo salarial desta dimensão

Agrocast
#509_2022_Um pouco de otimismo para a pecuária_MiniFront

Agrocast

Play Episode Listen Later Jul 29, 2022 18:50


Notícias do Front
#509_2022_Um pouco de otimismo para a pecuária_MiniFront

Notícias do Front

Play Episode Listen Later Jul 29, 2022 18:50


Caviar Uma Ova®
#178-GPS ,o que você sabe ainda é bem pouco. (Mas a parte do Global está correta)

Caviar Uma Ova®

Play Episode Listen Later Jul 29, 2022 37:01


Obrigado pela audiência meus apedeutas da suméria. Recebam informação sobre GPS e satélites de posicionamento global. Sabia que praticamente cada grande nação tem seu próprio sistema (hardware)? Essa e outras informações,aqui no Caviar Uma Ova.Site da ISS aqui .ISS filmando o espaço aquiEu preciso de vocês pra continuar !Sonorização,vinhetas,edição,capa,textos e voz :CARLOS SANTO FORTE.Grupo GRATUITO do telegram- t.me/caviarumaova PicPay- picpay.me/caviarumaova Instagram - caviarumaova Twitter - @caviarumaovaEmail pessoal- carlossantoforte@yahoo.com

Jovem Pan Maringá
Pesquisa mostra Lula na frente de Bolsonaro a pouco mais de 60 dias da eleição

Jovem Pan Maringá

Play Episode Listen Later Jul 29, 2022 66:07


Destaque é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores (PT), aparece com 47% das intenções de voto, contra 29% do presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição pelo Partido Liberal (PL). É o que aponta a nova pesquisa Datafolha divulgada na tarde desta quinta-feira, 28, e que mostra cenário de estabilidade, uma vez que as oscilações ocorreram dentro da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento desta quinta também indica uma vitória de Lula no primeiro turno, uma vez que o petista tem mais votos do que todos os outros adversários somados. --- Send in a voice message: https://anchor.fm/jovem-pan-maring/message

Ih, Aprendi Podcast
003 | Um pouco sobre autoestima (a minha)

Ih, Aprendi Podcast

Play Episode Listen Later Jul 27, 2022 5:08


Falando um pouco da minha autoestima. Me acompanhe com todos os detalhes no http://t.me/phillipesrsnotelegram --- Send in a voice message: https://anchor.fm/phillipesrs/message

Saúde
Tudo o que você queria saber sobre a Covid-19, mas não tinha para quem perguntar

Saúde

Play Episode Listen Later Jul 26, 2022 5:05


Vacinas protegem contra a infecção? O que acontece se eu pegar a Covid-19 várias vezes? É preciso retomar as medidas de restrição? Vamos ter que conviver para sempre com vírus? A RFI Brasil entrevistou o infectologista francês Pierre Tattevin, do hospital universitário de Rennes, na Bretanha, que respondeu a essas e outras questões. Taíssa Stivanin, da RFI Mais de dois anos após o início da epidemia de Covid-19, já está claro que o SARS-CoV-2 veio para ficar. Ainda há muitas questões em aberto em relação aos seus efeitos sobre a saúde a médio e longo prazo. Os cientistas também ainda não sabem como as infecções e a vacinação agem sobre a imunidade celular – aquela construída ao longo da vida, em função dos micróbios que cruzamos e de nossos perfis individuais. Já há, entretanto, algumas certezas: o SARS-CoV-2 tem um alto potencial de mutação e seus anticorpos – pelo menos os da linhagem ômicron, desaparecem rapidamente. Com o tempo, o medo em relação à doença diminuiu para muitos, mas "viver com o vírus" tornou-se mais uma necessidade do que uma escolha.  “As pessoas encontraram suas próprias soluções para conviver com o SARS-CoV-2”, diz o infectologista francês. “A Covid-19 deixou de ser prioridade para uma boa parte da população”, observa. Leia a entrevista abaixo. RFI Brasil- Quais são as possíveis consequências de contrair várias vezes a Covid-19? Pierre Tattevin- Vários estudos foram publicados sobre esse assunto. O que faz com que uma pessoa fique mais ou menos doente ao contrair a Covid-19 é a imunidade no momento da infecção, que é variável, mas influenciada pela vacinação e as ondas de contaminação, que protegem a população. As infecções ômicron, causadas pela variante BA5, que é dominante, são menos graves em relação às cepas anteriores.  Não podemos descartar, entretanto, a possibilidade de que infecções sucessivas possam ter consequências para a saúde. Não conhecemos a Covid-19 suficientemente bem para eliminar essa hipótese, mas a verdade é que não temos a impressão de que, para a maioria das pessoas, ter pego a Covid-19 trará um impacto a longo prazo. A Covid longa existe, claro, e pode ser um pesadelo, mas não representa a maioria. A maior parte das pessoas que contraem a doença não se lembrará mais algumas semanas depois e poderá retomar sua vida de antes. RFI- A infecção natural protege por quanto tempo? PT -  A proteção gerada pela infecção ou pela vacina não desaparece do dia para a noite. Ela enfraquece aos poucos, e mais rápido do que a gente imaginava, mas não desaparece em uma semana ou um mês. Pouco a pouco, vamos perdendo a imunidade. Depende também do aparecimento de uma nova variante. Se você pega a BA5, mas aparece outra cepa, você estará bem protegido contra a BA5 durante cerca de dois meses, mas não contra essa nova variante. Há três parâmetros que fazem com que não possamos responder a essa questão de maneira simples. Em primeiro lugar, os mais jovens e sem outras doenças têm uma boa imunidade e estarão protegidos por mais tempo. Em segundo lugar, a imunidade vai diminuindo aos poucos. É difícil afirmar em que momento a proteção diminui ou desaparece. Em terceiro lugar, estamos protegidos da variante que nos contaminou, mas como sabemos, outras aparecem ao longo do tempo. O recado é que não devemos deixar para lá todas as precauções só porque pegamos a Covid-19 há dois meses. É preciso mantê-las, em função do seu risco individual, e não se sentir totalmente protegido porque já pegou a doença três vezes ou há pouco tempo. RFI - Quais são as precauções que devem ser mantidas? PT- Do lado de fora, em geral o risco é baixo. Encontros em lugares fechados entre pessoas sem fatores que predispõem a formas graves também não representam um grande problema. Se, por exemplo, eu me colocasse no lugar de uma pessoa de 40 anos, com boa saúde, mas que trabalha com pessoas que têm fatores de riscos ou mora com alguém que está fazendo uma quimioterapia para tratar um câncer, eu usaria uma máscara (Ffp2) no escritório. Mas se eu moro e trabalho com pessoas jovens e saudáveis, não há razões para manter o uso da máscara. RFI- Por que pegamos os vírus mesmo vacinados? PT- A vacina evita que o vírus entre profundamente no organismo e provoque uma doença grave, mas não impede que o vírus entre pelo nariz e se “instale” nas fossas nasais. Além disso, todas vacinas foram fabricadas com a cepa de Wuhan, em 2020, e funcionam menos com a ômicron. Os imunizantes não protegem 100% e nem por muito tempo contra a Covid-19, mas o reforço é importante para as pessoas com mais de 60 anos ou fatores de risco. A vacina aumenta a taxa de anticorpos e impede as formas graves. Para o resto da população, na França, é provável que a próxima vacina disponível seja a bivalente, que protege contra a ômicron. Essa é a hipótese mais provável. A vacina estará rapidamente disponível nos Estados Unidos e em outros países: é fácil fabricar os imunizantes à base de RNA. Acredito que a campanha de vacinação na França será retomada com vacinas mais adaptadas. RFI- As vacinas nasais podem ser uma solução para o controle da epidemia? PT - A vacinação local, no nariz, geraria, em teoria, uma imunidade diretamente onde o vírus entra no organismo, chamada de imunidade de mucosa. Seria um grande progresso. Primeiro porque seria fácil de administrar – já existem vacinas como essa contra a gripe. Além de evitar a injeção e a toda a logística envolvida, esse imunizante permitirá gerar anticorpos exatamente onde o vírus entra. Isso protegeria o paciente da infecção e as pessoas próximas da transmissão. Esta solução traz, sem dúvida muita esperança no desenvolvimento das vacinas, e acabará sendo criada. Mas, por hora, não há nenhuma vacina desse tipo realmente eficaz contra a Covid-19. Outro ponto importante, que traz esperança, é que nos últimos dois anos a evolução da doença tem mostrado que o vírus tem se tornado mais contagioso e menos virulento. O fim da história pode ser esse: o vírus se tornará cada vez contagioso, como o do resfriado, mas as pessoas ficarão menos doentes. É uma hipótese plausível e, neste caso, não precisaremos mais nos preocupar com ele.  

Theus Live
Momento Paixão: “Um pouco mais…”

Theus Live

Play Episode Listen Later Jul 20, 2022 1:17


Na vida a dois é importante amar um pouco mais…sempre!❤️ .

Cafezinho Café Brasil
Cafezinho 508 - Mais do mesmo

Cafezinho Café Brasil

Play Episode Listen Later Jul 18, 2022 10:12


Compartilhei no Facebook um texto de Rafael Rez que merece ser usado neste Cafezinho. Diz assim: O TikTok está aos poucos estragando todas as plataformas digitais. O Twitter criou recentemente uma timeline baseada em vídeos curtos. O Instagram mudou completamente a proposta inicial para vídeos curtos e stories em vídeos. O Youtube começou a dar um destaque desproporcional aos shorts, dando um tiro no próprio pé e forçando os criadores de conteúdo que sempre apostaram em vídeos mais profundos a criar vídeos curtos de entretenimento. Pouco a pouco cada plataforma vai perdendo seu caráter de exclusividade, sua proposta de valor original e matando seu diferencial. Estão todas querendo copiar o modelo atual da moda e corrompendo aquilo que as tornava únicas. No passado a Volvo já foi reconhecida pelos carros seguros, a Mercedes pelo status e a Land Rover pelos utilitários. Hoje todas as marcas de carro tentam ser tudo ao mesmo tempo e nenhuma tem mais um espaço exclusivo na mente do cliente. Aos poucos estamos vendo a padronização de todas as redes sociais, vai ficando tudo igual e sem exclusividade. O desespero pelo curto prazo matando a estratégia de longo prazo estraga qualquer negócio, seja físico ou digital. Quem não aprende as lições do passado fatalmente cometerá os mesmos erros no futuro. Uma pena ver isso acontecendo. Vou continuar a reflexão neste vídeo https://www.youtube.com/watch?v=XTFtYvIfEfI   Gostou? De onde veio este, tem muito, mas muito mais. Torne-se um assinante do Café Brasil e nos ajude a continuar produzindo conteúdo gratuito que auxilia milhares de pessoas a refinar seu processo de julgamento e tomada de decisão. Acesse http://mundocafebrasil.com

Notícias Agrícolas - Podcasts
Com equilíbrio entre oferta e demanda, preço dos ovos oscila pouco nos últimos 40 dias

Notícias Agrícolas - Podcasts

Play Episode Listen Later Jul 18, 2022 12:36


Queda no preço do milho, entretanto, pode estimular incremento nos alojamentos, desbalanceando a relação de consumo na ponta final

Café Brasil Podcast
Cafezinho 508 - Mais do mesmo

Café Brasil Podcast

Play Episode Listen Later Jul 18, 2022 10:12


Compartilhei no Facebook um texto de Rafael Rez que merece ser usado neste Cafezinho. Diz assim: O TikTok está aos poucos estragando todas as plataformas digitais. O Twitter criou recentemente uma timeline baseada em vídeos curtos. O Instagram mudou completamente a proposta inicial para vídeos curtos e stories em vídeos. O Youtube começou a dar um destaque desproporcional aos shorts, dando um tiro no próprio pé e forçando os criadores de conteúdo que sempre apostaram em vídeos mais profundos a criar vídeos curtos de entretenimento. Pouco a pouco cada plataforma vai perdendo seu caráter de exclusividade, sua proposta de valor original e matando seu diferencial. Estão todas querendo copiar o modelo atual da moda e corrompendo aquilo que as tornava únicas. No passado a Volvo já foi reconhecida pelos carros seguros, a Mercedes pelo status e a Land Rover pelos utilitários. Hoje todas as marcas de carro tentam ser tudo ao mesmo tempo e nenhuma tem mais um espaço exclusivo na mente do cliente. Aos poucos estamos vendo a padronização de todas as redes sociais, vai ficando tudo igual e sem exclusividade. O desespero pelo curto prazo matando a estratégia de longo prazo estraga qualquer negócio, seja físico ou digital. Quem não aprende as lições do passado fatalmente cometerá os mesmos erros no futuro. Uma pena ver isso acontecendo. Vou continuar a reflexão neste vídeo https://www.youtube.com/watch?v=XTFtYvIfEfI Gostou? De onde veio este, tem muito, mas muito mais. Torne-se um assinante do Café Brasil e nos ajude a continuar produzindo conteúdo gratuito que auxilia milhares de pessoas a refinar seu processo de julgamento e tomada de decisão. Acesse http://mundocafebrasil.com

Notícias Agrícolas - Podcasts
Além de pouco café no pé, grão está mais leve e algumas áreas tem até 40% litros a menos, aponta consultor

Notícias Agrícolas - Podcasts

Play Episode Listen Later Jul 15, 2022 20:54


O BRS Sena tem sabor diferenciado e elevado grau brix, com equilíbrio entre doçura e acidez, o que agrada aos consumidores e à indústria de processamento

Notícias Agrícolas - Podcasts
Além de pouco café no pé, grão está mais leve e algumas áreas tem até 40% litros a menos, aponta consultor

Notícias Agrícolas - Podcasts

Play Episode Listen Later Jul 14, 2022 10:40


Guy Carvalho, consultor e produtor referência em cafés especiais, afirma que em pleno mês de julho pequenos e médios produtores já finalizaram a safra 2022: Cenário é complicado e pede que produtores façam uma revisão e adotem novas tecnologias para os próximos anos

Realizando Sonhos com Reinaldo Domingos
Como ficar RICO ganhando pouco DINHEIRO? Mude sua Mentalidade e Atitudes!

Realizando Sonhos com Reinaldo Domingos

Play Episode Listen Later Jul 12, 2022 6:45


Mude sua mentalidade e atitudes para ficar rico ganhando pouco dinheiro, mas sempre respeitando o seu tempo e seus sonhos financeiros na busca de estar rico e continuar sustentável por muitos anos.

Comentário Final com Ricardo Spinosa
Comida boa com 80 reais, é boa, mas é pouco!

Comentário Final com Ricardo Spinosa

Play Episode Listen Later Jul 9, 2022 8:55


No comentário final de hoje, Ricardo Spinosa fala sobre o preço dos alimentos.

Cleber Benvegnú - Outro Olhar
Por que tanto culto ao Estado e tão pouco à sociedade? - 07.07.2022

Cleber Benvegnú - Outro Olhar

Play Episode Listen Later Jul 7, 2022 3:04


No comentário de hoje, sigo falando sobre o combate aos privilégios. É preciso entender o DNA cultural dos privilégios, que no Brasil está muito ligado ao nosso modelo de colonização - a coroa veio primeiro, só depois veio o povo. E temos consequências disso até hoje, como uma crença excessiva no Estado e diminuta na sociedade.

M80 - Linha de Passe
"Deixa-me jogar um pouco mais, papá!"

M80 - Linha de Passe

Play Episode Listen Later Jul 7, 2022


Chippado - O podcast do Chippu
Thor 4 é muito Amor e pouco Trovão (Chippado S02E03)

Chippado - O podcast do Chippu

Play Episode Listen Later Jul 5, 2022 44:21


Neste Chippado discutimos a fundo Thor Amor e Trovão, mas sem spoiler, falando da história e se o Thor tem um bom filme, se Jane Foster é boa e principalmente se o vilão funciona. Essa fase 4 da Marvel é boa? Opiniões diferentes e um debate também sobre Stranger Things! Comente! Siga o Chippu http://chippu.com.br http://twitter.com/chippuoficial http://instagram.com/chippuoficial Thiago Romariz http://twitter.com/thiagoromariz http://instagram.com/thiagoromariz Guilherme Jacobs http://twitter.com/ghostjacobs http://instagram.com/gjsix Bruno Silva http://twitter.com/brunofreex http://instagra.com/brunofreex

Amigãocast
Episodio -123 - Conhecendo um pouco da história de Alex Marttins

Amigãocast

Play Episode Listen Later Jul 4, 2022 52:57


Batemos um papo com o Alex Marttins , cantor sertanejo e conhecemos um pouco da sua história .    --- Send in a voice message: https://anchor.fm/juniorcristao73/message

Rádio Barboza, poesia diária ...
416 EPISÓDIO LUIS VAZ DE CAMÓES AMOR COM ESPERANÇA JÁ PERDIDA

Rádio Barboza, poesia diária ...

Play Episode Listen Later Jul 4, 2022 1:00


Luís Vaz de Camões foi um poeta nacional de Portugal, considerado uma das maiores figuras da literatura lusófona e um dos grandes poetas da tradição ocidental. Pouco se sabe com certeza sobre a sua vida. Aparentemente nasceu em Lisboa, de uma família da pequena nobreza. --- Send in a voice message: https://anchor.fm/josemar-barboza-da-costa/message Support this podcast: https://anchor.fm/josemar-barboza-da-costa/support

Web Rádio Censura Livre
CINEMA LIVRE | Violência, Abusos e Julho das Pretas com o filme "A Cor Púrpura" (1985), de Steven Spielberg (01/07)

Web Rádio Censura Livre

Play Episode Listen Later Jul 2, 2022 92:28


_Neste ÚLTIMO PROGRAMA DO SEMESTRE, sexta-feira dia 01/07, às 19 horas, o programa CINEMA LIVRE, apresenta o tema "Violência, Abusos e Julho das Pretas" com o filme "A Cor Púrpura" (1985), de Steven Spielberg. Sinopse: No início do século 20, na Geórgia (Estados Unidos), Celie, de 14 anos, é estuprada pelo pai e tem dois filhos, que lhe são tomados logo ao nascerem. Pouco depois, casa com Mister (Albert), que estava interessado em sua irmã Nettie. Ele a trata como empregada e babá de seus 3 filhos. Quando sua irmã Nettie vem morar com eles, Mister (Albert) tenta violentá-la, mas Nettie consegue fugir. Mister a expulsa de casa. Celie passa então a escrever cartas para amenizar sua profunda tristeza e solidão. Anos depois, Mister (Albert) leva sua amante Shug para morar com eles e as duas se tornam amigas._ E mais: Curtas, Dicas de 5 filmes sobre Abusos Sexuais contra Mulheres e Perfil: Oprah Winfrey, a Multitalentosa e Versátil artista indicada ao Oscar e sua história de abusos e Violência. Transmissão simultânea pelo: Youtube - https://www.youtube.com/watch?v=aJl05_FDFEw Facebook - https://www.facebook.com/389110923217199/posts/451582530303371 Twitter - www.twitter.com/wrcensuralivre

Poder Público
Crise no Governo: O pouco que sabe e o tanto que se desconhece

Poder Público

Play Episode Listen Later Jul 1, 2022 48:34


Este devia ter sido o último episódio de Junho do podcast Poder Público, gravado na quinta-feira, dia 30, mas fomos atingidos por um tsunami político e quisemos ter um pouco mais de tempo para deixar que tudo acontecesse. E algumas coisas aconteceram, embora ainda haja muitas dúvidas sobre o que levou um ministro a anunciar uma solução para o aeroporto sem estar coordenado com o primeiro-ministro.A verdade é que ontem de manhã, o ministro Pedro Nuno Santos parecia estar com um pé fora do Governo e à tarde surgiu como um sobrevivente.

Investidor em Foco
#457 Por que os ricos poupam tão pouco?

Investidor em Foco

Play Episode Listen Later Jun 30, 2022 23:40


O Brasil é um dos países com maior desigualdade do mundo. Estima-se que 14% da nossa população pertença às classes A/B e mais de 50% às classes D/E, com um abismo de diferença na renda desses polos. Mas, apesar de toda essa diferença, os mais ricos não parecem ser assim tão diligentes na hora de pensar em poupar e o percentual de pessoas da classe A sem qualquer reserva financeira, mesmo após a pandemia, é assustadoramente alto. Por que essas pessoas com alto grau de instrução e acesso à informação negligenciam esse item tão básico da educação financeira que é poupar para o futuro? Confira o debate sobre a questão no episódio de hoje de Investidor em Foco. Siga-nos no Instagram: https://www.instagram.com/itaupersonnalite/ Acesse o nosso Telegram: http://t.me/itauinvestimentos Essa é uma comunicação geral sobre investimentos. Antes de contratar qualquer produto, confira sempre se é adequado ao seu perfil.

Notícias Brasil de Fato MG
Pouca transparência: educadores criticam projeto de Zema de municipalização de escolas em MG

Notícias Brasil de Fato MG

Play Episode Listen Later Jun 29, 2022 4:16


Pouco mais de um ano após o “Mãos dadas” ser lançado pelo governo de Minas Gerais, educadores e especialistas já denunciam os impactos negativos causados nos municípios que aderiram ao projeto. Com a iniciativa, a gestão de Romeu Zema (Novo) procura avançar na municipalização do ensino básico e entregar aos municípios a responsabilidade da gestão dos anos iniciais do ensino fundamental. Atualmente, em Minas Gerais, a responsabilidade é atribuída ao estado. Com a promessa de transferência de recursos do estado para reformas e construção de novas escolas, cidades como Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e Fervedouro, na Zona da Mata Mineira, já aderiram ao programa. Porém, na avaliação de Denise Romano, coordenadora geral do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SindUTE-MG), o governo Zema opera uma estratégia de “muitas promessas e pouca transparência”. “Os municípios estão sendo iludidos e enganados pelo governo do estado com uma falsa propaganda de que recursos inesgotáveis virão se o município assumir as matrículas do primeiro ao nono ano do ensino fundamental”, enfatiza. Denise também denuncia que a iniciativa tem o objetivo de desresponsabilizar o Estado da oferta do ensino fundamental e transferir aos municípios mais uma obrigação. Em Minas Gerais, a prioridade dos municípios é a gestão do ensino infantil. Além disso, de acordo com o Plano Nacional de Educação (PNE), do Ministério da Educação (MEC), a meta é que pelo menos metade das crianças de cada município precisa estar matriculada nas escolas infantis.

Tokucast
Tokucast #116 – Um pouco sobre a história da Japan Action Club

Tokucast

Play Episode Listen Later Jun 25, 2022 61:09


Uma empresa que revolucionou as produções de ação japonesas, principalmente no tokusatsu, fornecendo não apenas dublês, mas também grandes nomes lembrados até hoje. Danny Tsurugi, Elisabete Hayashi e Giuzão Chagas junto de Welington Patox (Rádio Tokusatsu) recebem Ricardo Cruz para… Continue Reading →

Renascença - Extremamente Desagradável
Sic (pouco) Radical no RiR

Renascença - Extremamente Desagradável

Play Episode Listen Later Jun 23, 2022 17:09


Joana Marques leva-nos até ao primeiro fim-de-semana de Rock in Rio.

História pros brother

Esse conceito de vampiros que conhecemos hoje, tem origem no folclore e na mitologia da Europa Oriental, mais especificamente na região dos Balcãs, local que hoje ficam os países Albânia, Hungria, Grécia e Romênia. E esse tipo de folclore chegou nessa região com o antigo Império Habsburgo, império que sua população passou a avistar ataques reais de vampiros. Pouco a pouco o medo se generalizou e as lendas começaram a se espalhar pela Europa no século XVIII. A lenda da existência de vampiros foi muito popular em países como a França no século XVIII. Teólogos e Demonologistas escreveram tratados sobre a existência e aparição de vampiros. Depois de virar estudo teórico essas histórias pularam para a ficção até o Bram Stroker escrever sobre o Drácula da Transilvânia. Só que esse lugar famoso chamado “Transilvânia” não é um lugar apenas da ficção científica e dos filmes, ele existe de verdade! Essa região fica no centro da atual Romênia e esse nome significa “Além da Floresta”, mostrando que é uma região pouco habitada em relação a grandes concentrações, tendo apenas alguns poucos castelos. A Transilvânia foi um local muito disputado entre alguns impérios, durante muitos anos ele pertenceu ao Império Turco Otomano e em 1683 foi conquistado pelo Império Austríaco, ficando com essa posse até 1920, quando criaram a Romênia. Mas onde entra o tal Drácula nessa história? A história do Drácula se refere a um homem chamado Vlad Tepes “Drácula”, que nasceu no dia 7 de dezembro de 1431 na Transilvânia. Vlad não era qualquer um, ele era filho do Rei da Valáquia, o Vlad II. O nome Drácula tinha relação com seu pai, que pertencia a uma Ordem Militar em homenagem ao São Jorge, que caso você não saiba, mata um dragão e por isso a ordem se chamava Ordem do Dragão. Em seu idioma original, Dracul significa DRAGÃO e com o sufixo “A” era para fazer a referência de que ele era filho de alguém. Drácula então significa: “Filho do Dragão”. Vlad Drácula recebeu esse nome quando entrou na Ordem do Dragão, assim como seu pai. Essa ordem tinha como principal objetivo tentar impedir o avanço do Império Otomano na Europa. A gente sabe muito pouco sobre a infância do Vlad, mas conseguimos ter certeza de que ele tinha um irmão mais velho e a sua infância passou bastante tempo ao lado de sua mãe, que o educou. Ele era um pretendente ao trono, assim como seu pai, mas eles não viviam uma vida de riquezas e luxo, como outras famílias reais. Tanto que a casa que Vlad nasceu está aberta para visitação até hoje e dá para ver como é um local até simples. As coisas começaram a melhorar para sua família a partir de 1436, quando seu pai Vlad II conseguiu aplicar um golpe no trono da Valaquia se tornando o rei daquela região (atual Romênia). Com seu pai no governo, Vlad Dracula começou a ter uma educação e vida de acordo com os padrões da nobreza da época. Recebeu um tutor para cuidar da sua educação, começou a ser treinado para um dia substituir seu pai e começou a treinar como um Cavaleiro. Só que Vlad Dracul (pai) tinha um grande problema nas mãos: mesmo estando no trono da Valáquia, ele tinha que encontrar alguma forma de tentar parar o avanço dos Otomanos, que eram uma das maiores potências da época! Por ser membro da Ordem do Dragão, Vlad II prometeu que lutaria até a morte contra os infiéis (muçulmanos). A região que Vlad II governava chegou a ser conquistada pelo Império Otomano, mas ele e outros reis permaneceram no trono, mas tinha que pagar impostos e tributos ao Sultão.

UOL Entrevista
Sabatina Lorene Figueiredo (governo MG): 'Romeu Zema se finge de morto e aparece pouco'

UOL Entrevista

Play Episode Listen Later Jun 22, 2022 63:26


Pré-candidata ao governo de Minas Gerais pelo PSOL, Lorene Figueiredo é sabatinada nesta segunda-feira (9). A sabatina é conduzida pela apresentadora Fabíola Cidral, pelo colunista Alberto Bombig, do UOL, e pela jornalista Carolina Linhares, da Folha de S. Paulo

Senhor Tanquinho Podcast
Podcast Extra #225 - Auto estima, evolução e massa muscular: Um pouco da história do Roney

Senhor Tanquinho Podcast

Play Episode Listen Later Jun 20, 2022 8:57


Confira minhas fotos de antes e depois e saiba mais sobre o Projeto Tanquinho de Hipertrofia em: https://go.hotmart.com/G41975836W?src=podcast --- Support this podcast: https://anchor.fm/senhortanquinho/support

Poupecast - Me Poupe
OS 5 PRIMEIROS PASSOS PRA COMEÇAR A INVESTIR. Para iniciantes com pouco dinheiro

Poupecast - Me Poupe

Play Episode Listen Later Jun 20, 2022 30:41


O básico que ninguém te explica? Aquelas letrinhas miúdas que deixam tudo mais complicado?  Nesse episódio do Poupecast, a Nath te explica os 5 primeiros passos pra começar a investir. Eu se fosse você ouvia com caderninho na mão e já mandava pra todo mundo!   Não esquece de seguir a nossa RAINHA DAS FINANÇAS, vulgo Nath, no instagram! É só buscar por @nathaliaarcuri!   -----   Esse programa foi transmitido na programação da 89 em 20/06.   Não esquece de seguir o PoupeCast  e compartilhar com todo mundo que você quer que enriqueça em 2022!    ----   Apresentação e roteiro -  Nathalia Arcuri (@nathaliaarcuri)   Time Me Poupe! 89 - Cadu Previero e Yuri Danka

Saindo da Bolha
#161 - Cala a Boca, Magda!

Saindo da Bolha

Play Episode Listen Later Jun 14, 2022 23:26


Já conhece o nosso E-book “Aprenda a ‘Treler' Notícias”? Acesse lá: www.treler.com.br! === Sim, o Príncipe Charles fala demais, palpita demais e tem amigos desagradáveis. Pouco tempo após as comemorações do Jubileu de Platina, com a Rainha Elizabeth II chegando aos seus 96 anos, o que é pode vir pela frente para a Coroa Britânica com a eventual chegada de Charles ao poder? === Assine a newsletter do Saindo da Bolha para não perder mais nenhum Episódio! https://www.getrevue.co/profile/saindodabolha === Para quem desejar apoiar a nossa causa de liberdade de expressão e informação, muito além da imprensa tradicional, visite o nosso programa de apoio: apoia.se/saindodabolha.   Contribua pelo Pix Silikast: 03.564.981/0001-98

Rádio Comercial - O Homem que Mordeu o Cão, Temporada 3
Onde eu manifesto o meu sonho de aniversário para este ano, agora que estamos a pouco mais de 1 mês dele

Rádio Comercial - O Homem que Mordeu o Cão, Temporada 3

Play Episode Listen Later Jun 13, 2022


Onde eu manifesto o meu sonho de aniversário para este ano, agora que estamos a pouco mais de 1 mês dele Full4188http://podcastmcr.iol.p

DiaCast
Linn da Quebrada conta tudo e mais um pouco sobre o BBB, expectativas e muito mais! | DiaCast

DiaCast

Play Episode Listen Later Jun 8, 2022 71:31


Linn da Quebrada também foi nossa convidada num dos DiaCast especiais realizados durante a #ParadaAoVivo! E ela contou tudo para Nátaly Neri e Rafa Dias sobre a sua experiência BBB, suas expectativas dentro do jogo, fora dele, e muito mais! O DiaCast é o podcast de entrevistas da Dia Estúdio! Novos episódios toda semana. Você também pode acompanhar esse episódio em nosso canal no Youtube.

MotherChip - Overloadr
MotherChip #378 - Todo mundo jogou Souldiers, um pouco de Diablo Immortal e planos da não-E3

MotherChip - Overloadr

Play Episode Listen Later Jun 8, 2022 78:02


A edição é um pouco mais curta do que normal por ser uma semana cheia de transmissões por conta da Não-E3 que começa na quinta-feira, dia 9. Agora, todos jogaram Souldiers e compartilham impressões de sua experiência com o jogo e com personagens diferentes. Além disso, Teixeira relata um pouco do seu tempo com Diablo Immortal e mencionamos brevemente Songs of Conquest e Chaos Gate - Daemonhunters. Participantes: Henrique Sampaio Caio Teixeira Heitor De Paola Assuntos abordados: 09:00 - Souldiers 54:00 - Songs of Conquest 1:00:00 - Diablo Immortal 1:13:00 - Avisos sobre a Não-E3 Venha fazer parte do Discord do Overloadr! Apoie o Overloadr: https://www.overloadr.com.br/ajude See omnystudio.com/listener for privacy information.

Gessicast
Um pouco de tudo, de tudo um pouco

Gessicast

Play Episode Listen Later Jun 1, 2022 180:31


Neste episódio, dissertei sobre assuntos diversos em um papo interessante e descontraído, gravado em janeiro, durante a última abertura da comunidade.

O Antagonista
Audiência sobre Wal do Açaí na Câmara acaba após bate boca entre bolsonaristas e petista

O Antagonista

Play Episode Listen Later Jun 1, 2022 1:48


Uma audiência da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados com o advogado-geral da União, Bruno Bianco, foi encerrada nesta quarta-feira (1º) aos gritos entre três deputados de bases opostas. As deputadas Carla Zambelli (PL-SP) e Alê Silva (PL-MG) batiam boca com o deputado federal petista Jorge Solla (PT-BA) causaram o fim dos debates. Pouco antes, em sua intervenção, Solla questionou Bianco sobre quais esforços a AGU estaria fazendo em casos envolvendo o chamado orçamento secreto. Após a tentativa das duas deputadas em interromper o discurso do petista, este classificou o episódio como “baixaria”. “Isso não é atitude de uma parlamentar que preze esta Casa“, replicou o petista, enquanto Alê Silva o acusou de violência política contra a mulher. O estopim ocorreu quando o deputado comparou deputadas mulheres corruptas a deputados corruptos. A discussão chegou a tal ponto que o presidente da comissão, deputado Leo de Brito (PT-AC) encerrou a reunião. Cadastre-se para receber nossa newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Medo e Delírio em Brasília
Dias 1.241 e 1.242 | Todo camburão tem um pouco de Auschwitz | 25 e 26/05/22

Medo e Delírio em Brasília

Play Episode Listen Later May 27, 2022 28:08


Camburão de gás The post Dias 1.241 e 1.242 | Todo camburão tem um pouco de Auschwitz | 25 e 26/05/22 appeared first on Central 3.

Café com Crime
094 | CASO ANA LÍDIA: um mistério da ditadura militar

Café com Crime

Play Episode Listen Later May 18, 2022 57:33


Ana Lídia Braga desapareceu em 11 de setembro de 1973. Pouco depois, é encontrada morta. Sua história ficou marcada pelas falhas de investigação, suspeita contra filhos de políticos importantes e pelo tamanho da crueldade do crime contra uma garota de apenas 7 anos. -- Apoie o Café Com Crime na Orelo e ganhe acesso a conteúdos exclusivos: https://escute.orelo.audio/cafecomcrime Acompanhe novidades e fotos no Instagram @CafeComCrime Entre em contato cafecomcrime@gmail.com

COACHCAST Brasil
Coachcast #1600 – Pare um pouco para afiar seu machado!

COACHCAST Brasil

Play Episode Listen Later May 13, 2022 4:54


Essa metáfora vai ajudar você a parar um pouco para pensar no que está fazendo em sua vida. Vamos juntos. Siga o Paulinho Siqueira no... O post Coachcast #1600 – Pare um pouco para afiar seu machado! apareceu primeiro em COACHCAST Brasil.

Brasil Paralelo | Podcast
VÍCIOS E COMPULSÕES | Conversa Paralela com Bruno Lamoglia e Pedro Augusto

Brasil Paralelo | Podcast

Play Episode Listen Later May 4, 2022 86:00


Sofremos com os vícios cotidianos, que funcionam como mecanismos de alívio para nossas dores e frustrações. Pouco funcionais, esses mecanismos fazem com que percamos tempo de vida e nos afastemos de quem realmente somos. O resultado disso é estagnação e frustração. A baixa tolerância ao sofrimento, tão comum em nosso tempo, é um gatilho para essa espiral. Para que consigamos reverter essa situação, antes, é preciso termos bem definidos os conceitos fundamentais relacionados ao assunto. See omnystudio.com/listener for privacy information.

Ideias Radicais
(YT) Eleições na França, Macron vs Le Pen: 50 tons de estatismo

Ideias Radicais

Play Episode Listen Later Apr 11, 2022


Le Pen vs Macron no segundo turno das eleições na França. O que isso significa? Pouco sabemos porque ainda não tem como dizer se Le Pen terá o Legislativo ou não. Mas o maior ponto é como isso mostra que a França está presa numa armadilha de estatismo. Não importa quem ganhe agora, a França continuará com problemas economicos e sociais graves, e daqui cinco anos franceses estarão indo atrás de outro nome pra tentar fazer o estado funcionar. Como a Espanha é um paraíso fiscal: https://www.settee.io/article/a-espanha-como-um-paraiso-fiscal-a-importancia-da-lei-beckham-e-do-cristiano-ronaldo Chegamos ao telegram, confira nosso canal: https://t.me/ideiasradicais Acompanhe nossos artigos: https://ideiasradicais.com.br/ Quer sair do Brasil, pagar menos impostos e viver mais livre? https://www.settee.io/ Quer investir em Startups? https://bit.ly/StartupsRadicais Quer comprar Bitcoin no melhor preço do mercado? Bitpreço! http://bit.ly/BitprecoRadical Apoie o Gabinete Liberdade: https://www.catarse.me/gabinete_liberdade

TV 247
Live Do Conde! Diminui A Diferença E Todo Cuidado É Pouco

TV 247

Play Episode Listen Later Apr 8, 2022 65:17


Live Do Conde! Diminui A Diferença E Todo Cuidado É Pouco by TV 247

Petit Journal
Plantão Petit - Dia 37 da guerra (e um pouco de Copa do Mundo)

Petit Journal

Play Episode Listen Later Apr 2, 2022 47:25


Hoje o Plantão Petit vem diferente! A cobertura da guerra entre Rússia e Ucrânia segue a mesma, com a movimentação militar, diplomática e econômica, com informações importantes sobre a redefinição dos objetivos russos e o primeiro ataque ucraniano contra o território russo. No final, no entanto, abrimos um espaço para falarmos sobre a geopolítica dos grupos da Copa do Mundo do Catar, depois do sorteio realizado hoje. Não deixe de se inscrever na aula gratuita do Petit Cursos, que acontece na próxima terça-feira, dia 5/abril, às 21h. O tema deste encontro é a OTAN e seu projeto de segurança. Pra se inscrever, acesse www.petitcursos.com.br Gostou do episódio? Que tal se tornar nosso apoiador? Você pode nos apoiar - do Brasil ou do exterior - acessando nosso site na seção "apoie o Petit" www.petitjournal.com.br Para conhecer nossos cursos e aulas gratuitas, acesse www.petitcursos.com.br E para nos ajudar ainda mais, escute o Petit Journal pelo aplicativo que valoriza os produtores de conteúdo: www.orelo.cc/petit