Podcasts about bolsa fam

  • 270PODCASTS
  • 1,055EPISODES
  • 19mAVG DURATION
  • 2DAILY NEW EPISODES
  • Jan 6, 2023LATEST

POPULARITY

20152016201720182019202020212022

Categories



Best podcasts about bolsa fam

Show all podcasts related to bolsa fam

Latest podcast episodes about bolsa fam

Rádio PT
Resumo da Semana | 01 a 06 de Janeiro de 2023

Rádio PT

Play Episode Listen Later Jan 6, 2023 13:55


Rádio PT
BOLETIM | Valor extra do Bolsa Família será implementado em 60 dias

Rádio PT

Play Episode Listen Later Jan 4, 2023 3:35


Famílias com crianças até 6 anos serão beneficiadas após governo fazer pente-fino no programa.

Estadão Notícias
O desânimo com Haddad e as incertezas na área econômica

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Jan 3, 2023 21:35


Nesta segunda-feira, 02, foram publicados os decretos com as primeiras ações de Lula como chefe do Executivo. Entre eles, o que mantém a desoneração dos combustíveis, por 60 dias; a medida provisória para manutenção do Auxílio Brasil em R$ 600 - que volta a se chamar Bolsa Família e a solicitação aos ministros para encaminhar propostas que retirem do processo de privatização empresas como Petrobras, Correios e EBC. As medidas, somadas ao discurso do dia anterior, quando o teto de gastos foi chamado de “estupidez”, soaram mal para os investidores. No primeiro dia útil de 2023, o Ibovespa, índice da B3, operou em forte queda, influenciado pelo desempenho das ações das estatais. No discurso inicial como ministro da Fazenda, Fernando Haddad declarou que vai trabalhar para organizar as contas públicas. Mas a tarefa não será fácil, já que o quadro é de desaceleração econômica, recuo do crédito, juros elevados e risco de nova alta da inflação. Mesmo assim, ele reafirmou o compromisso de enviar ao Congresso, ainda no primeiro semestre, a proposta de um novo arcabouço fiscal, em substituição ao teto de gastos. Quais são as expectativas na economia para os 100 primeiros dias de governo? Para analisar este cenário, convidamos para este episódio do 'Estadão Notícias' a colunista do Estadão e da Rádio Eldorado, Adriana Fernandes. O ‘Estadão Notícias' está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Jefferson Perleberg e Aline Fernandes Sonorização/Montagem: Vitor dos ReisSee omnystudio.com/listener for privacy information.

exame
Lula revoga decretos de Bolsonaro, reduz acesso a armas e prorroga isenção de combustíveis

exame

Play Episode Listen Later Jan 2, 2023 3:07


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou logo após a posse seus primeiros atos como chefe do Executivo. Entre decretos, medidas provisórias (MP) e despachos, as medidas tratam de temas como armas, Amazônia, sigilo de informações públicas, Bolsa Família e desoneração de combustíveis, entre outros. Parte das medidas assinadas revoga atos do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Rádio PT
LULA PRESIDENTE - DA PERSEGUIÇÃO POLÍTICA À ESPERANÇA RENOVADA - Eps 10 - (29-12-22)

Rádio PT

Play Episode Listen Later Dec 29, 2022 2:20


Neste último episódio, a Rede Povo de Comunicação fala da vitória de Lula nas eleições de 2022 e o trabalho do novo governo para garantir os seiscentos reais do Bolsa Família e mais cento e cinquenta reais extras para crianças de até 6 anos. O capítulo traz, também, as viagens internacionais de Lula, como a sua ida ao Egito para participar da COP-27, a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas. Se você perdeu algum episódio ou que maratonar, acesse PT.ORG.BR ou acesse o spotify da RÁDIO PT e confira a trajetória do nosso presidente Lula. radio.pt.org.br

Rádio Gaúcha
Futuro ministro diz que passará "pente fino" no Bolsa Família e mais destaques - 26/12/2022

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Dec 26, 2022 5:30


O futuro ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, confirmou que o novo governo irá passar um pente fino no cadastro do Bolsa Família. A China anunciou a revogação da quarentena obrigatória para todos os que viajarem ao país asiático a partir de 8 de janeiro. Subiu para pelo menos 48 o número de mortes provocadas pela forte tempestade de inverno que atinge boa parte dos Estados Unidos. O Grêmio está enviando uma equipe médica ao Uruguai para agilizar a contratação do atacante Luis Suárez. O Internacional observa à distância o interesse dos mineiros por Patrick, atualmente no São Paulo. A falta de chuvas expressivas no Rio Grande do Sul traz alerta para risco de racionamento e da necessidade de cuidados redobrados com a água que sai das torneiras. Mais notícias em gzh.com.br

Durma com essa
Extratos da semana da promulgação da PEC da Transição

Durma com essa

Play Episode Listen Later Dec 23, 2022 6:28


A aprovação da Proposta de Emenda à Constituição que garante o pagamento de R$ 600 do Bolsa Família em 2023. O anúncio de mais 16 ministros do novo governo. O orçamento secreto barrado no Supremo. E maisLink Para as matérias:O impacto da aprovação da PEC da Transição em 4 eixoshttps://www.nexojornal.com.br/expresso/2022/12/22/O-impacto-da-aprovação-da-PEC-da-Transição-em-4-eixos?posicao-centro=1A decisão do Supremo de acabar com o orçamento secretohttps://www.nexojornal.com.br/podcast/2022/12/19/A-decisão-do-Supremo-de-acabar-com-o-orçamento-secretoO orçamento secreto acabou ou não? Saiba como vai ser em 2023https://www.nexojornal.com.br/expresso/2022/12/21/O-orçamento-secreto-acabou-ou-não-Saiba-como-vai-ser-em-2023Arthur Lira em xeque? Os movimentos pelo comando da Câmarahttps://www.nexojornal.com.br/podcast/2022/12/20/Arthur-Lira-em-xeque-Os-movimentos-pelo-comando-da-CâmaraQuem são os ministros já anunciados para o governo Lulahttps://www.nexojornal.com.br/expresso/2022/12/09/Quem-são-os-ministros-já-anunciados-para-o-governo-Lula

revista piauí
#232: Amigo oculto de ministérios

revista piauí

Play Episode Listen Later Dec 23, 2022 62:32


Fernando de Barros e Silva, Thais Bilenky e Ana Clara Costa comentam o perfil das indicações feitas por Lula para os ministérios, a baixa representatividade de mulheres e o imbróglio em torno de Marina Silva e Simone Tebet. O programa analisa também a aprovação da PEC da Transição e o impacto da derrubada do orçamento secreto na influência de Arthur Lira. Por fim, o trio fala da soltura do ex-governador Sérgio Cabral e do espólio da Lava Jato na política nacional. Escalada: 00:00 1º bloco: 06:16 2º bloco: 24:17 3º bloco: 39:10 Kinder Ovo: 54:49 Correio Elegante: 56:40 Créditos: 59:55 Bloco 1: Muitos ministérios, poucas mulheres Lula anunciou um bloco de dezesseis novos ministros, entre eles o vice Geraldo Alckmin para a Indústria e Comércio. O Desenvolvimento Social, que cuida do Bolsa Família e foi solicitado por Simone Tebet, ficou com o senador do PT pelo Piauí, Wellington Dias. O Meio Ambiente ainda não tem mandatário e cresce a dúvida em torno do nome de Marina Silva. Anielle Franco, irmã da vereadora Marielle Franco, assume a Igualdade Racial, e Silvio Almeida fica com os Direitos Humanos. Bloco 2: Entre a PEC e o orçamento secreto Depois de meses de negociações, a PEC da Transição foi aprovada e garantiu a distribuição do novo Bolsa Família. A semana no Congresso também foi marcada pela derrota de Arthur Lira com a derrubada do Orçamento Secreto no STF e com a retirada do Bolsa Família do teto de gastos. Mesmo com os reveses, Lira teve forças para negociar com o novo governo e manter o comando da Câmara. Bloco 3: O espólio da Lava Jato O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, último político que permanecia preso no âmbito da Lava Jato, foi solto esta semana depois de uma determinação do STF, pondo fim a uma era. Desde a Vaza Jato, em 2019, a operação do Ministério Público foi perdendo força e sua legalidade foi posta em xeque. A Lava Jato morreu, mas seu legado ainda ronda os três poderes da República. Para acessar reportagens citadas nesse episódio: https://piaui.co/foro232 ​​​​​​​​​​Assista aos bastidores da gravação: https://piaui.co/ftprivilegiado​ ​​​​​Aqui, uma playlist com todos os episódios do Foro: https://piaui.co/playlistforo​ ​​​​​​​​​​O Foro de Teresina é o podcast de política da revista piauí, que vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 11h. O programa é uma produção da Rádio Novelo para a revista piauí. Ouça também os outros podcasts da piauí: o Maria vai com as outras, sobre mulheres e mercado de trabalho (https://piaui.co/playlistmaria​​​​​​​​​), e A Terra é redonda, sobre ciência e meio ambiente (https://piaui.co/playlistaterra​​​​​​). Ficha técnica: Apresentação: Fernando de Barros e Silva, Thais Bilenky e Ana CLara Costa Coordenação geral: Évelin Argenta Direção: Marcos Amorozo Edição: Évelin Argenta e Tiago Picado Produção: Marcos Amorozo Apoio de produção: Clara Rellstab Produção musical, finalização e mixagem: João Jabace Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno Identidade visual: João Brizzi Ilustração: Fernando Carvall Teaser (Foro Privilegiado): Marcos Amorozo Distribuição: Marcos Amorozo Coordenação digital: Juliana Jaeger e FêCris Vasconcellos Checagem: João Felipe Carvalho Para falar com a equipe: forodeteresina@revistapiaui.com.br

Investir com SIM
Compondo a Tese - 23.12.2022

Investir com SIM

Play Episode Listen Later Dec 23, 2022 9:36


Atenção (disclaimer): Os dados aqui apresentados representam minha opinião pessoal. Não são de forma alguma indicações de compra ou venda de ativos no mercado financeiro. Os 25 Melhores Canais para Aprender sobre Finanças e Investimentos no YouTube em 2023 https://www.sagoinvestimentos.com.br/post/25-melhores-canais-de-financas-e-investimentos-youtube Lista com os 60 Melhores Instagram de Investimentos https://www.sagoinvestimentos.com.br/post/melhores-instagram-de-investimentos Gilmar Mendes decide que Bolsa Família pode ficar fora do teto de gastos https://exame.com/brasil/gilmar-mendes-decide-que-bolsa-familia-pode-ficar-fora-do-teto-de-gastos/ Congresso aprova PEC por 1 ano e amplia do teto em R$ 145 bi https://www.istoedinheiro.com.br/congresso-aprova-pec-com-duracao-de-1-ano-e-ampliacao-do-teto-em-r-145-bi/ Haddad promete "novo arcabouço fiscal" para o 1º semestre de 2023 https://valor.globo.com/politica/noticia/2022/12/21/haddad-promete-novo-arcabouco-fiscal-para-o-1o-semestre-de-2023.ghtml Ações da SulAmérica (SULA11) deixarão de ser negociadas na B3 a partir do dia 26, com incorporação pela Rede D'Or (RDOR3) https://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-da-sulamerica-sula11-deixarao-de-ser-negociadas-na-b3-a-partir-do-dia-26-com-incorporacao-pela-rede-dor-rdor3/ IRB aprova grupamento de ações na proporção de 30 por 1 https://valor.globo.com/financas/noticia/2022/12/23/irb-aprova-grupamento-de-aes-na-proporo-de-30-por-1.ghtml A situação com o IRB (IRBR3) é sustentável para os vendidos? - Live 179 (05/09/22) - Visão do Estrat https://www.youtube.com/watch?v=fNNl0KtXIYs Minerva e Frigol cumpriram 100% das exigências de ‘TAC da Carne', diz MPF-PA https://www.moneytimes.com.br/minerva-e-frigol-cumpriram-100-das-exigencias-de-tac-da-carne-diz-mpf-pa/ BREAKING: Equifax propõe tirar Boa Vista da Bolsa com prêmio de 70% https://braziljournal.com/equifax-propoe-tirar-boa-vista-da-bolsa-com-premio-de-70/ Eletrobras e Neoenergia trocam ativos – mas a segunda levou a melhor https://braziljournal.com/eletrobras-e-neoenergia-trocam-ativos-mas-a-segunda-levou-a-melhor/ Oceapact (OPCT3) negocia com credores e apresenta novo waiver https://capitalist.com.br/oceapact-opct3-negocia-com-credores-e-apresenta-novo-waiver/ Did Artificial Intelligence Just Get Too Smart? https://podcasts.apple.com/br/podcast/did-artificial-intelligence-just-get-too-smart/id1200361736?i=1000590380925 Credit Suisse's last chance https://podcasts.apple.com/br/podcast/credit-suisses-last-chance/id1376303362?i=1000589152643 A figure of speeches: Volodymyr Zelensky in his own words https://podcasts.apple.com/br/podcast/a-figure-of-speeches-volodymyr-zelensky-in-his-own-words/id151230264?i=1000590972892

Rádio PT
Aprovado Orçamento de 2023 com viés social do novo governo Lula

Rádio PT

Play Episode Listen Later Dec 23, 2022 2:43


Texto aprovado prevê salário mínimo de R$ 1.320, Bolsa Família de R$ 600 e restaura programas sociais.

Fernando Ulrich
STF exclui Bolsa Família do teto de gastos, como isso impacta juros e dólar?

Fernando Ulrich

Play Episode Listen Later Dec 21, 2022 9:55


No dia 18 de dezembro, Gilmar Mendes decide excluir Bolsa Família do teto de gastos. No dia seguinte, o STF considera o Orçamento Secreto inconstitucional. O embate dos poderes em Brasília segue a todo o vapor, e isso afeta os seus investimentos.

Primeiro Café
#456 Lula vence 1º round na Câmara com aprovação da PEC da Transição | Pitacos no Café: Margareth e a retomada da Cultura

Primeiro Café

Play Episode Listen Later Dec 21, 2022 58:22


Quarta-feira, 21 de dezembro de 2022: Deputados e senadores estão trabalhando em Brasília para irem logo para o recesso. Ontem a Câmara aprovou em primeiro turno a PEC da Transição, que garante dinheiro para o futuro governo Lula investir em programas sociais como o Bolsa Família. A segunda votação será hoje. O governo Lula venceu o primeiro round, mas não sem sofrer alguns reveses. Essa é aquela PEC que a Folha está chamando de PEC da Gastança, porque, para eles, dinheiro investido em programas sociais é gasto - eles só gostam do dinheiro que a Secom investe nas propagandas no jornal - e a CNN Brasil chama de PEC do Estouro, em referência à autorização para ultrapassar o chamado teto de gastos, aquele limite que o Temer criou para o governo gastar com pobre. Os dois veículos chamavam a PEC eleitoreira de Bolsonaro que permitiu ao presidente comprar votos com o Auxílio Brasil e ajudas para taxistas e caminhoneiros de PEC dos Benefícios…Mas os parlamentares também armaram uma bomba para o futuro presidente, aprovando aumento de salários para eles mesmos e para o presidente. Assim, uma das primeiras leis que Lula terá que sancionar pode ser o aumento do próprio salário. Caso você esteja se perguntando, não, na discussão dos aumentos dos próprios salários ninguém se preocupou com teto de gastos.Lula conversou com Putin ontem, visitou a Granja do Torto com a Janja pois deve morar lá depois que o local foi desratizado, já que Paulo Guedes já se mudou, e Bolsonaro renovou a concessão da Globo e depois reapareceu no jardim do Palácio da Alvorada ao lado de Michelle, ela fez uma cena, de joelhos e aos pratos, rezando com o gado.Enquanto isso, a micareta golpista dos bolsonaristas na frente dos quartéis pode estar chegando ao final. Coincidentemente, às vésperas do Natal. Ontem, um suposto policial do Exército foi filmado dando o irônico prazo de 72 horas para os golpistas desmontarem o acampamento na frente do quartel de Brasília. Nem todos os bolsonaristas acreditaram, alguns chegaram a dizer que o militar era um petista disfarçado. O próprio Exército negou que exista a ordem para os golpistas irem para casa. Fato é que, com ou sem ordem, os golpistas vão passar o Natal em casa, igual ao Sérgio Cabral. Imagina que doido você ser tão insignificante que mesmo após quase dois meses na frente dos quartéis pedindo golpe ninguém deu bola e o país seguiu a vida? Triste, né não? Não!PITACOS NO CAFÉ, com Thiago FerreiraMargareth Menezes, primeira mulher anunciada entre os ministérios. A primeira mulher negra a assumir o MinC. Margareth tem 60 anos de idade, 35 de carreira e é uma das maiores referências da música baiana e brasileira. Quais são os maiores desafios de Margareth na frente da Cultura? SAIBA MAIS: https://primeiro.cafe/APOIE: https://apoia.se/primeirocafe Como ouvir o Primeiro Café ao vivo? - Baixe o aplicativo do Spreaker (logo da estrela)!Acesse o site primeiro.cafe/noar às 8h da manhã. Em podcast, estamos em todos os tocadores. ÁUDIOS:"Um novo tempo"- Daniel Santos do Canal Não FamosoJÁ CHEGOU O NATAL! - MARIA VENTURE (paródia)Se Acabou - João Selva

No pé do ouvido
PEC da Transição: Câmara aprova em 1º turno texto-base; entenda

No pé do ouvido

Play Episode Listen Later Dec 21, 2022 23:10


A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 20, em primeiro turno, o  texto-base da PEC da Transição. Ampliando o teto de gastos para garantir a manutenção do Bolsa Família em R$ 600 no próximo ano, o projeto passou com 331 votos favoráveis e 168 contrários.

JORNAL DA RECORD
STF derruba orçamento secreto por 6 votos a 5; Gilmar Mendes autoriza despesas com o Bolsa Família fora do teto de gastos; Sérgio Cabral deixa a cadeia nesta segunda (19)

JORNAL DA RECORD

Play Episode Listen Later Dec 20, 2022 44:00


Veja a edição completa do JR desta segunda (19) com os seguintes destaques: STF derruba orçamento secreto por seis votos a cinco; Ministro Gilmar Mendes autoriza despesas com o Bolsa Família fora do teto de gastos; Em Minas Gerais, adolescente pula do segundo andar antes de casa desabar; Seis anos depois de prisão, ex-governador do RJ, Sérgio Cabral, deixa a cadeia.

Primeiro Café
#455 Lula e STF driblam Lira com fim do Orçamento Secreto e garantia do Bolsa Família | Bate-Café: Seitas, bolsonarismo e profecias

Primeiro Café

Play Episode Listen Later Dec 20, 2022 55:59


Terça-feira, 20 de dezembro de 2022: Eu, eu, eu, o Arthur Lira se deu mal! Meu forte não é a rima, desculpem, mas a gente precisa começar a edição de hoje comemorando o primeiro drible que Lula deu no chefão do centrão. A tabelinha entre o presidente eleito e os ministros do STF, feita nos bastidores, garantiu o fim do orçamento secreto como conhecemos e tirou o Bolsa Família do tal teto de gastos. Foi no meio das canetas de Arthur Lira. Sem essas duas moedas de troca, ele deve estar arrancando os cabelos do nariz de tão nervoso.Arthur Lira, aliado de primeira hora de Bolsonaro, estava chantageando o novo governo para aprovar a PEC da Transição em troca da manutenção do orçamento secreto, artifício que deu todos os poderes de primeiro-ministro a ele, e ao apoio à sua reeleição como presidente da Câmara. O PT chegou a anunciar apoio à candidatura dele em um gesto que foi ignorado pelo antes todo-poderoso presidente da Câmara. Ele seguiu com a chantagem. Basicamente, o centrão só toparia aprovar a PEC se pingasse alguma coisa para eles. Sim, estavam fazendo jogo político com a fome de 33 milhões de pessoas. Aí Lula entrou em campo, tabelou com os ministros da Suprema Corte e Arthur Lira perdeu todos os poderes. Ainda há bola para rolar até o dia da posse e, principalmente, até a eleição para a presidência da Câmara. Até aquele apoio anunciado do PT à candidatura de Lira subiu no telhado: muitos defendem uma nova articulação para eleger Marina Silva, Guilherme Boulos ou Luciano Bivar para a presidência da Câmara.Esperamos que o time Lula segure o placar, mas não podemos colocar 7 jogadores no ataque porque a gente já sabe o que acontece. De qualquer forma, o recado foi evidente: quem manda no próximo governo é o presidente da República e não um primeiro-ministro improvisado e com a chave do cofre na mão. Já é um bom sinal.BATE-CAFÉ, com Adriano ViaroO bolsonarismo é uma seita? Se é, qual a profecia deles? Qual o futuro desse movimento peculiar que dominou a política e o noticiário brasileiro nos últimos anos. O professor Adriano Viaro participa daqui a pouco e comenta.SAIBA MAIS: https://primeiro.cafe/APOIE: https://apoia.se/primeirocafe Como ouvir o Primeiro Café ao vivo? - Baixe o aplicativo do Spreaker (logo da estrela)!Acesse o site primeiro.cafe/noar às 8h da manhã. Em podcast, estamos em todos os tocadores. ÁUDIOS:"Um novo tempo"- Daniel Santos do Canal Não FamosoParódia Então é Natal - Jotaaga EntretenimentoTá na hora do Jair - Maderada Brasil

Notícia no Seu Tempo
Decisões do STF favorecem Lula e reduzem poder de Lira

Notícia no Seu Tempo

Play Episode Listen Later Dec 20, 2022 9:04


No podcast ‘Notícia No Seu Tempo', confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo' desta terça-feira (20/12/22): O STF encerrou ontem o julgamento do orçamento secreto e, por 6 votos a 5, considerou inconstitucional a prática, revelada pelo Estadão. Em outra decisão, na noite de domingo, o ministro Gilmar Mendes concedeu liminar permitindo que a verba para bancar o Bolsa Família fique fora da regra do teto de gastos. Os movimentos foram vistos por líderes partidários como ação coordenada para favorecer o governo do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e diminuir o poder do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) E mais: Política: Surpreendido, Congresso discute usar verbas em emendas de comissão Economia: Congresso quer votar PEC da Transição hoje Metrópole: Número de pedidos de tapa-buraco em SP é 12,8% maior do que no pré-pandemia Internacional: Comissão que apura invasão do Capitólio sugere que Trump seja indiciadoSee omnystudio.com/listener for privacy information.

Abertura de Mercado
Juros futuros pressionados com indefinição da política econômica de Lula

Abertura de Mercado

Play Episode Listen Later Dec 20, 2022 17:38


A semana entra em um dia decisivo para a PEC do Estouro, que deve ser votada e pode ter uma parte do caminho do orçamento do próximo ano definido. O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e sua equipe avaliam os movimentos a serem tomadas em meio à decisão de Gilmar Mendes sobre o Bolsa Família e a derrubada do orçamento secreto pelo STF.  Apresentado por Thais Herédia, o CNN Money apresenta um balanço dos assuntos do noticiário que influenciam os mercados, as finanças e os rumos da sociedade e das dinâmicas de poder no Brasil e no mundo.

O Assunto
O fim do Orçamento Secreto

O Assunto

Play Episode Listen Later Dec 20, 2022 30:41


Por 6 votos a 5, o colegiado do STF determinou a inconstitucionalidade das emendas de relator. Também no Supremo, o ministro Gilmar Mendes determinou que é permitido abrir créditos extraordinários para garantir o pagamento dos R$ 600 por beneficiário do Bolsa Família no ano que vem. Duas decisões que fortalecem o poder de Lula (PT) nas negociações com o Congresso. Para explicar o impacto da entrada da Suprema Corte no debate do Orçamento de 2023, Natuza Nery conversa com o jornalista Paulo Celso Pereira, editor executivo dos jornais O Globo e Extra. Neste episódio: - Paulo Celso diz por que, agora, o presidente eleito se torna “menos dependente” de Arthur Lira (PL) para dar início a seu governo em condições de honrar as promessas de campanha; - Analisa a diferença de ambiente que Lula enfrenta no Senado e na Câmara, e sua dificuldade em viabilizar a aprovação da PEC da Transição ao mesmo tempo que tenta construir base parlamentar; - Avalia a possibilidade “praticamente consolidada” da reeleição do presidente da Câmara, embora sem o mesmo capital político com o qual “emparedou” o Executivo nos últimos dois anos; - E projeta quais serão os mecanismos que Lula lançará mão para propor uma nova relação com o Congresso, que o receberá de modo “muito mais hostil” dos que seus dois mandatos anteriores.

Rádio PT
Decisão do STF garante Bolsa Família de R$ 600 em 2023

Rádio PT

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 2:47


Ministro Gilmar Mendes autoriza que os recursos do programa fiquem fora do teto de gastos.

Genial Podcast

Lula tem vitória no STF com liminar de Gilmar Mendes que libera o Bolsa Família fora do teto.

Ideias Radicais
(YT) Gilmar Mendes vai transformar o Brasil na Argentina

Ideias Radicais

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022


Num domingo a noite, Gilmar Mendes resolve trabalhar e com isso aprovar na marra a PEC da Transição, ao colocar o Auxílio Brasil (ou Bolsa Família, quem se importa) fora do teto de gastos permanentemente. Na prática, isso deleta o teto de gastos ao criar a justificativa de que qualquer gasto em direito constitucional é superior a ideia de restrições fiscais. O que, na prática, é transformar o Brasil na Argentina. Parabéns Gilmar, vai fazer a mágica de transformar o Brasil. Caso sejamos censurados, acompanhe aqui: https://odysee.com/@ideiasradicais Quer fugir do Brasil? Nos contate: https://www.settee.io/ https://youtube.com/c/Setteeio Nos acompanhe no Telegram: https://t.me/ideiasradicais Quer comprar Bitcoin no melhor preço do mercado? Bitpreço! http://bit.ly/BitprecoRadical Apoie o Ideias Radicais: https://www.catarse.me/projects/152640/

Suno Research
GILMAR MENDES GARANTE BOLSA FAMÍLIA FORA DO TETO DE GASTOS

Suno Research

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 46:40


Suno Research
STF DÁ FIM AO ORÇAMENTO SECRETO | Gilmar Mendes dá canetada pelo Bolsa Família | Ibovespa sobe 1,8%

Suno Research

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 36:08


Genial Podcast

Comece seu dia com todas as informações essenciais para a abertura da bolsa com o Morning Call da Genial! O time da Genial comenta sobre as bolsas asiáticas, europeias e o futuro do mercado americano, além da expectativa para os mercados de ações, câmbio e juros. Com Filipe Villegas e Roberto Motta.

Passando a Limpo
Urna eletrônica permite recontagem de votos, informa TRE

Passando a Limpo

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 55:44


Passando a Limpo: No programa desta segunda-feira (19), Geraldo Freire e a bancada conversam sobre as eleições. Em Pernambuco, no mesmo dia em que faz a diplomação de eleitos, nesta segunda, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) realizou a recontagem de votos para a Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe). Com isso, Luiz Cabral de Oliveira Filho (PSB) será conduzido ao cargo. O diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral Pernambuco (TRE-PE), Orson Lemos, explica que o processo é comum e destaca que o sistema utilizado nas urnas eletrônicas permite a recontagem dos votos. A colunista Eliane Cantanhêde comenta a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, de tirar o Bolsa Família do teto de gastos e o temor de uma confusão na posse de Lula. A soltura do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e a greve dos trabalhadores da aviação também são destacados pela jornalista.

No pé do ouvido
PEC da Transição: Lula e Lira se reúnem em reta final de negociações

No pé do ouvido

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 20:50


Com o relógio correndo para a posse do novo governo, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu ontem em Brasília com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para tentar destravar a PEC da Transição, que eleva em R$ 145 bilhões o teto de gastos e permite manter em R$ 600 o benefício do Bolsa Família por dois anos. Lira promete botar a medida em votação amanhã, embora ainda não estejam garantidos os 308 votos necessários, em dois turnos, para a aprovação. O tempo é curto porque, para valer em 2023, a elevação do teto precisa entrar no Orçamento da União, que terá de ser votado até o dia 22. Caso a Câmara altere o texto, a PEC terá de voltar para o Senado.

Abertura de Mercado
Decisão do STF sobre Bolsa Família fora do teto preocupa o mercado

Abertura de Mercado

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 18:46


O ministro do STF Gilmar Mendes permitiu que o pagamento do Bolsa Família seja feito via crédito extraordinário, por meio de Medida Provisória. Isso significa que os benefícios destinados a garantir uma renda mínima aos brasileiros podem ser excluídos do teto de gastos, o que deixa o mercado atento e preocupado em relação ao cenário fiscal do país.  Apresentado por Thais Herédia, o CNN Money apresenta um balanço dos assuntos do noticiário que influenciam os mercados, as finanças e os rumos da sociedade e das dinâmicas de poder no Brasil e no mundo.

O Antagonista
Gilmar Mendes deixa adicional do Bolsa Família fora do teto | Morning Call

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 6:43


Rodrigo Oliveira comenta a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal que facilitou um pouco mais a vida do futuro governo Lula no que diz respeito à PEC da Gastança, mas aumenta o protagonismo do Judiciário. Leia mais: https://oantagonista.uol.com.br/brasil/faz-o-g/ Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista  

O Antagonista
Senador Plínio Valério convoca colegas para reagir a decisão de ministro do STF

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 1:21


O senador Plínio Valério (AM-PSDB) gravou um vídeo para reclamar da decisão liminar do ministro Gilmar Mendes que retirou o adicional do Bolsa Família do limite do teto de gastos.  Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Estadão Notícias
A batalha final da PEC da Transição e o plano B do PT

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 22:11


Depois de uma dose de otimismo, a PEC da Transição pode estar com seus dias contados. Nesta terça-feira (20), o texto, que foi aprovado pelo Senado, será votado na Câmara dos Deputados. O presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), está pessimista sobre atingir a quantidade de votos necessários para essa aprovação. Em paralelo, existe uma negociação política em relação ao apoio à PEC  e a distribuição de cargos no primeiro escalão do novo governo. Apurações dão conta que o Centrão quer pastas importantes, como Saúde e Minas e Energia. Em sessão da Câmara, Lira negou que esteja fazendo “barganha” por votos. O relator-geral do Orçamento de 2023, senador Marcelo Castro (MDB-PI), disse que, se a Câmara não aprovar a PEC, o País vai “parar” já no 1º mês de governo do presidente eleito, Lula. O PT tem um plano B para, pelo menos, garantir o pagamento do Bolsa-Família de 600 reais no ano que vem: editar uma Medida Provisória (MP). Afinal, Lula vai conseguir aprovar a PEC? O que acontece se o texto não avançar na Câmara dos Deputados? No “Estadão Notícias” de hoje, vamos conversar sobre os bastidores dessa negociação com a colunista do Estadão, em Brasília, Vera Rosa. O ‘Estadão Notícias' está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte  Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

O Antagonista
Cortes do Papo - Gilmar libera Bolsa Família fora do teto, agrada ao PT e enfraquece Lira

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 19, 2022 9:51


O ministro do STF Gilmar Mendes (foto) determinou na noite desse domingo (18) que o valor adicional do Bolsa Família (o atual Auxílio Brasil) pode ficar fora do teto de gastos em 2023. O magistrado afirmou que a verba para viabilizar o aumento do programa social pode ser obtida por meio da abertura de crédito extraordinário. O ministro atendeu parcialmente a um pedido apresentado pela Rede Sustentabilidade. Com a decisão de Gilmar, o governo Lula ficou menos dependente da PEC da Gastança. Aprovado pelo Senado na semana passada, o texto está em análise na Câmara e tem gerado intensa disputa política em Brasília. "Reputo juridicamente possível que eventual dispêndio adicional de recursos com o objetivo de custear as despesas referentes à manutenção, no exercício de 2023, do programa Auxílio Brasil (ou eventual programa social que o suceda) pode ser viabilizado pela via da abertura de crédito extraordinário, devendo ser ressaltado que tais despesas não se incluem na base de cálculo e nos limites estabelecidos no teto constitucional de gastos", escreveu o magistrado. Os cerca de R$ 50 bilhões necessários para pagar os R$ 200 extras do Auxílio Brasil (Bolsa Família) correspondem ao valor em precatórios que deveriam ser pagos em 2023, mas ficaram fora do teto. O despacho ainda determina que o relator do Orçamento de 2023, senador Marcelo Castro (MDB-PI), seja notificado da decisão para formular sua peça. Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

No pé do ouvido
Na mira de Tebet, MDB e PT, Ministério do Bolsa Família é alvo de disputa

No pé do ouvido

Play Episode Listen Later Dec 16, 2022 18:53


A senadora Simone Tebet tem mandado um recado constante por meio de aliados: não aceita qualquer ministério que não seja o Desenvolvimento Social, responsável por gerir o Bolsa Família. Outro problema é que a pasta está entre as oito que Lula separou para fins de barganha em troca de apoio político no Congresso.

Rádio PT
Contra a fome e a miséria, PT articula aprovação da PEC do Bolsa Família

Rádio PT

Play Episode Listen Later Dec 14, 2022 2:20


Líder da bancada petista, Reginaldo Lopes afirma que “há muita legitimidade” no texto.

Rádio PT
ENTREVISTA – Enio Verri | Deputado Federal (14-12-22)

Rádio PT

Play Episode Listen Later Dec 14, 2022 17:37


O deputado federal Enio Verri (PT/PR) fala da tramitação da PEC do Bolsa Família na Câmara. radio.pt.org.br

Rádio PT
Castro: PEC do Bolsa Família garante R$ 600 e reajuste do mínimo

Rádio PT

Play Episode Listen Later Dec 13, 2022 2:27


Proposta poderá ser votada na Câmara ainda nesta terça-feira (13)

Rádio PT
ENTREVISTA – Márcio Macedo | Deputado Federal (12-12-22)

Rádio PT

Play Episode Listen Later Dec 12, 2022 9:10


O deputado federal pelo PT de Sergipe e vice-presidente do PT Márcio Macedo fala da expectativa para a votação da PEC do Bolsa Família esta semana na Câmara. radio.pt.org.br

O Assunto
CadÚnico: sucateamento e reconstrução

O Assunto

Play Episode Listen Later Dec 9, 2022 24:31


Dezenas de milhões de brasileiros vivem com menos que o mínimo necessário: 62 milhões têm renda mensal abaixo de R$ 500 – e deste total, 18 milhões tentam sobreviver com menos de R$ 170 por mês, situação classificada pelo Banco Mundial como extrema pobreza. E o principal mecanismo para identificar essas pessoas e adequá-las aos programas sociais do governo está sucateado. O grupo de transição para o próximo governo acusa a importância de reestruturar o CadÚnico para garantir a eficácia das políticas sociais no Brasil. Para analisar as condições da assistência social no país, Natuza Nery conversa com a socióloga Letícia Bartholo, que foi secretária nacional adjunta de renda da cidadania entre 2012 e 2016. Neste episódio: - Letícia esclarece o histórico das políticas de transferência de renda, desde o bolsa-escola, passando pelo sucesso do Bolsa Família até chegar ao Auxílio Brasil – e aponta a importância do CadÚnico nesta história de duas décadas; - Detalha por que os critérios adotados para o Auxílio Brasil prejudicaram a capacidade do Estado em identificar os mais pobres e focalizar a distribuição de recursos: “O CadÚnico é a seta para os programas sociais”; - E explica a importância da “simbiose” necessária entre a correção do CadÚnico e o redesenho do Auxílio Brasil (que voltará a ser Bolsa Família na próxima gestão): “É preciso fazer as duas coisas”.

Colunistas Eldorado Estadão
Moura Brasil: Roberto Jefferson denunciado e PEC aprovada no Senado

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Dec 8, 2022 10:44


Na edição desta quinta-feira, o jornalista Felipe Moura Brasil comenta a denúncia do Ministério Público Federal, nesta quarta, contra o ex-deputado Roberto Jefferson por atacar policiais federais que foram prendê-lo. Jefferson recebeu os agentes com granadas e relatou em depoimento ter dado mais de 50 tiros de fuzil na direção dos policiais que cumpriam uma ordem do ministro Alexandre de Moraes.  Moura Brasil também analisa a aprovação, no Senado, nesta quarta, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição, que eleva em R$ 145 bilhões o teto de gastos para o pagamento do Bolsa Família. O colunista discute os principais temas que rondam o noticiário político do País, de segunda a sexta, às 8h30, no Jornal Eldorado.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "PEC da Transição deu recado político muito claro no Senado"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Dec 8, 2022 22:01


O Senado aprovou nesta quarta-feira, 7, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição, que eleva em R$ 145 bilhões o teto de gastos – regra que limita o crescimento das despesas do governo à variação da inflação – pelo período de dois anos, em 2023 e 2024 para o pagamento do Bolsa Família. O texto também permite gastos extras de até R$ 23 bilhões em investimentos mediante receitas extraordinárias, o que aumenta o impacto fiscal da proposta para R$ 168 bilhões. No primeiro turno, 64 senadores votaram a favor (eram necessários 49 votos) e 16 foram contra. No segundo turno, foram 64 votos favoráveis e 13 contrários. A proposta agora segue agora para a Câmara dos Deputados. "A PEC deu recado político muito claro no Senado", avalia Eliane Cantanhêde. "Lula construiu maioria e terá boas condições de governabilidade no ano que vem, mesmo com cenário mais aguerrido na oposição".See omnystudio.com/listener for privacy information.

O Antagonista
Cortes do Papo - PEC do Lula, de R$ 145 bilhões, obtém o aval do Senado

O Antagonista

Play Episode Listen Later Dec 8, 2022 19:03


O plenário do Senado aprovou a proposta de Emenda Constitucional que amplia o teto de gastos em R$ 145 bilhões nos anos de 2023 e 2024. A emenda também abre margem para o uso de aproximadamente R$ 23 bilhões em investimentos, recurso oriundo de receitas extraordinárias. No primeiro turno, a proposta foi aprovada com 64 votos a favor e 16 contrários; no segundo turno, foram 64 votos sim e 13 votos não. Agora, o texto segue para a deliberação da Câmara dos Deputados. O impacto da medida, relatada pelo senador Alexandre Silveira (PSD-MG, foto à esquerda), é de R$ 168 bilhões. Ao aumentar o espaço fiscal, segundo o governo eleito, abre-se uma margem no Orçamento de 2023 para custear não somente o Bolsa Família de R$ 600, mais o pagamento adicional de R$ 150 por criança beneficiada do programa, como também bancar custeios na área de saúde, educação e segurança, entre outras. O dinheiro também garante recursos para recompor programas como o Farmácia Popular, para a construção de casas populares e para manter o auxílio gás. Apesar de ter ampliado o teto de gastos, o governo Lula, pelo texto aprovado há pouco, será obrigado a apresentar um novo marco fiscal até 31 de agosto do próximo ano. Ao longo desta quarta-feira (7), a oposição ao governo Lula tentou reduzir para R$ 100 bilhões essa nova flexibilização do teto de gastos. A proposta foi apresentada pelo senador Oriovisto Guimarães (Podemos-RS), com o apoio de senadores do PL, PP, PSDB e até do PSD. Na votação em plenário, porém, a sugestão foi rejeitada. “Por mais que nós limitemos a R$ 100 bilhões, por mais que nós limitemos a um ano e não dois, o governo que inicia o ano que vem vai ter recursos de sobra, vai nadar em dinheiro, é o que essa PEC faz”, disse o senador Oriovisto, sobre os benefícios da PEC. Ao longo da votação, foram apresentados três destaques para tentar mudar o texto: um deles pretendia reduzir para um ano a vigência da PEC. Todos foram rejeitados. O valor do novo teto fiscal é inferior ao que o PT previa inicialmente, mas é mais próximo do que o mercado já precificou desde a semana passada. Segundo o senador eleito Wellington Dias (PT-PI), um dos articuladores da PEC, o valor de R$ 145 bilhões é o “mínimo do mínimo” para conseguir contemplar os programas sociais propostos pelo PT. “Pelos números apurados pela transição, nós precisamos de pelo menos R$ 140 bilhões para o ano que vem para ter a mesma execução orçamentária de 2022. Reduzir esse montante para R$ 100 bilhões é comprometer a execução de programas sociais”, argumentou o senador Alexandre Silveira. “Nós tivemos a responsabilidade de criar uma obrigatoriedade para que o novo governo apresente um novo arcabouço para termos previsibilidade, que é tão importante para o crescimento nacional”, acrescentou Silveira. Além disso, foi incorporada no texto uma emenda apresentada pela senadora Eliane Nogueira (PP-PI), que viabiliza gastos de receitas extraordinárias ainda neste ano, não apenas em 2023. Assim, o atual governo também sai beneficiado pela PEC de Lula, com cerca de R$ 23 bilhões disponíveis para fechar as contas deste ano.   Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Colunistas Eldorado Estadão
Moura Brasil: A acomodação geral de interesses

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Dec 7, 2022 11:09


Na edição desta quarta-feira, o jornalista Felipe Moura Brasil comenta a aprovação pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da PEC que amplia o teto de gastos em R$ 145 bilhões em 2023 e 2024 para pagar o Bolsa Família turbinado a partir do ano que vem. Moura Brasil também fala sobre o início do julgamento, nesta quarta-feira, 7, da constitucionalidade do orçamento secreto, instrumento usado pelo governo para obter apoio político e montar uma base de sustentação no Congresso.  O colunista discute os principais temas que rondam o noticiário político do País, de segunda a sexta, às 8h30, no Jornal Eldorado.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Rádio Gaúcha
Brasil passa para as quartas de final da Copa do Mundo e mais destaques - 05/12/2022

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Dec 5, 2022 4:10


O Brasil goleou a Coreia do Sul por 4 a 1 e se classifica para as quartas de final da Copa do Mundo. O relator do orçamento de 2023, senador Marcelo Castro, disse que a PEC da Transição terá dois anos de Bolsa Família fora do teto. A Justiça determinou saída imediata de lojistas que ocupam o viaduto Otávio Rocha, no Centro Histórico de Porto Alegre. Um incêndio destruiu duas casas na manhã de hoje no Morro Santa Tereza, zona sul de Porto Alegre. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, visitou a ponte da Crimeia em sua primeira ida à península anexada desde o início da ofensiva na Ucrânia. Mais notícias em gzh.com.br

Abertura de Mercado
Centrão se fortalece em discussão sobre PEC; Lira articula orçamento secreto

Abertura de Mercado

Play Episode Listen Later Dec 1, 2022 14:43


Em meio às discussões sobre a PEC do Estouro, o Centrão tem demonstrado sua força. Depois de se reunir com o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Arthur Lira (Progressistas), presidente da Câmara dos Deputados, disse que o texto da PEC não passa como está. É provável que o prazo de retirada do Bolsa Família do teto de gastos seja menor que os quatro anos previstos no texto, além de uma desidratação no valor de R$ 198 bilhões. Em resposta, a Bolsa subiu e o dólar caiu, com investidores comprando a versão de que o Congresso vai segurar os gastos do governo. Mas, como dizem os economistas, o mercado é míope e imediatista, e aparenta não colocar na conta o fortalecimento do fisiologismo sobre as contas públicas. Ao mesmo tempo em que o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) bloqueou recursos do Orçamento Secreto, em resposta à aliança de Lira com PT, o presidente da Câmara já se articula para colocar a previsão de liberação das chamadas emendas do relator deste ano para dentro da PEC da Transição, e ainda tenta blindar as verbas do Orçamento Secreto do ano que vem. Segundo apuração do analista de política da CNN, Caio Junqueira, uma emenda seria apresentada ao texto da PEC, que permitiria a liberação de recursos ainda em 2022. Em troca, Lira libera a PEC. Mais dinheiro para o Centrão significa mais dinheiro para os projetos políticos de partidos em seus redutos eleitorais, e, como o cobertor é curto, menos verba para o resto. No episódio desta quinta-feira (1.º), o CNN Money discute as previsões para a PEC da Transição e o empoderamento do Centrão no Orçamento. Apresentado por Thais Herédia e Priscila Yazbek, o CNN Money apresenta um balanço dos assuntos do noticiário que influenciam os mercados, as finanças e os rumos da sociedade e das dinâmicas de poder no Brasil e no mundo.

Ideias Radicais
(YT) PEC da Transição: Brasil corre risco de falir

Ideias Radicais

Play Episode Listen Later Nov 30, 2022


Com 200 bilhões de reais fora do Teto e a proposta de manter o Bolsa Família fora do Teto por 4 anos, o Brasil iria a 100% de dívida/PIB em 2026. Em efeito, é risco de quebrar. E isso assumindo que nenhuma crise econômica aconteça, e que gastos não serão aumentados nesse período. O único jeito de fechar esse rombo? Corte de gastos. O que Lula vai fazer? Aumento de imposto. Faz o L Caso sejamos censurados, acompanhe aqui: https://odysee.com/@ideiasradicais Quer fugir do Brasil? Nos contate: https://www.settee.io/ https://youtube.com/c/Setteeio Quer refinanciar suas dívidas? É mais fácil do que você imagina: https://bit.ly/RefinanciarRadical Nos acompanhe no Telegram: https://t.me/ideiasradicais Quer comprar Bitcoin no melhor preço do mercado? Bitpreço! http://bit.ly/BitprecoRadical Apoie o Ideias Radicais: https://www.catarse.me/projects/152640/

O Antagonista
PEC da gastança pede 4 anos de Bolsa Família fora do teto | Morning Call

O Antagonista

Play Episode Listen Later Nov 29, 2022 11:58


Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista  

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "'Toma lá, dá cá': Lira é essencial para aprovação da PEC, mas quer apoio para a reeleição"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Nov 29, 2022 17:50


O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva deu sinal verde e a PEC da Transição foi protocolada no Senado nesta segunda-feira, 28, com apenas poucos ajustes em relação ao anteprojeto que já tinha sido apresentado pela equipe do PT. O principal deles é o prazo de retirada do programa Bolsa Família do teto de gastos, que deixa de ser permanente e passa a ser de quatro anos no texto protocolado. Nesta terça,  PT e o PSB, partidos do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva e do futuro vice Geraldo Alckmin, respectivamente, vão anunciar publicamente apoio a reeleição do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Junto com PCdoB e PV, que formam uma federação com os petistas e precisam agir em bloco com eles, as legendas somam 94 deputados. "É o 'toma lá, dá cá': Lira é essencial para aprovação da PEC, mas quer apoio para a reeleição", comenta Eliane. O deputado "foi o primeiro líder político a reconhecer e aplaudir a vitória do Lula em 2022, mesmo tendo estado, na eleição, com Jair Bolsonaro. Ou seja, ali tem um 'pas de deux' Lula-Arthur Lira por conveniência dos dois lados." See omnystudio.com/listener for privacy information.

Durma com essa
O que a PEC da Transição garante ao novo governo

Durma com essa

Play Episode Listen Later Nov 29, 2022 16:54


A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da Transição começou a tramitar oficialmente no Senado nesta terça-feira (29). O texto propõe deixar o Bolsa Família fora do teto de gastos e pode liberar mais de R$ 105 bilhões no Orçamento de 2023 para o novo governo. O Durma com Essa trata dos planos para esse espaço orçamentário. O programa também tem a participação de Mariana Vick, que comenta o futuro do Fundo Amazônia, e de Marcelo Montanini, que fala sobre os protestos na China.

O Antagonista
Cortes do Papo - Texto final da proposta deve ser apresentado até esta terça (29)

O Antagonista

Play Episode Listen Later Nov 24, 2022 3:53


O senador Marcelo Castro (MDB-PI; foto), relator do Orçamento de 2023 no Congresso Nacional, anunciou que apresentará o texto final da PEC da Gastança até terça-feira (29). Em um comunicado à imprensa nesta sexta-feira (24), o parlamentar garantiu que o prazo permitirá sua aprovação até o dia 10 de dezembro, o que permitirá ao Legislativo cuidar do Orçamento ainda esse ano. "Os dois grandes desafios que temos para que o país continue funcionando são a aprovação da PEC do Bolsa Família e o Orçamento do próximo ano. Para que possamos focar na elaboração do orçamento de 2023, precisamos que a PEC seja aprovada no Senado e na Câmara, até o dia 10 de dezembro", argumentou o senador. O texto, a ser protocolado no Legislativo, permitirá "a continuidade do pagamento dos R$ 600 do Bolsa Família e mais R$ 150 por criança de até 6 anos de idade". Até o momento, o governo de transição, autor da ideia da PEC, não se acerta sobre o tamanho do rombo fiscal que a medida terá, nem que espécies de âncora fiscal o país adotará para não perder o controle da dívida pública. Há pedido para que o ministro da Fazenda de Lula seja revelado e ajude a destravar a tramitação, Inscreva-se e receba a newsletter:  https://bit.ly/2Gl9AdL Confira mais notícias em nosso site:  https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais:  https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista ​https://www.instagram.com/o_antagonista https://www.tiktok.com/@oantagonista_oficial No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Assunto
As negociações pela PEC da Transição

O Assunto

Play Episode Listen Later Nov 18, 2022 23:32


Desde que o Tribunal Superior Eleitoral certificou sua vitória nas urnas, Lula (PT) mira subir a rampa do Palácio do Planalto com uma promessa de campanha assegurada: a manutenção do Auxílio Brasil (que voltará a se chamar Bolsa Família) em R$ 600 por família mais R$ 150 por criança de 0 a 6 anos. Para isso, a equipe de transição de Lula apresentou ao Congresso o texto-base para a Proposta de Emenda à Constituição que excluiria benefícios sociais do teto de gastos, mas com alguns poréns: “o texto apresentado traz outras coisas”, afirma Ana Flor, comentarista da Globonews e colunista do g1. A primeira versão apresenta mais situações de exceção ao teto, que poderiam estourá-lo em mais de R$ 200 bilhões em 2023. Em conversa com Julia Duailibi, a jornalista conta os bastidores das negociações entre Legislativo e novo governo e destaca que o ponto mais sensível é a definição do prazo temporal para que o Bolsa Família fique fora da regra fiscal. Para a gestão Lula, avalia Ana Flor, garantir quatro anos de licença seria uma “vitória política” que abriria espaço para uma agenda de reformas tributária e administrativa. Ela recorda ainda que, embora tenha mais 40 dias no poder, o governo Bolsonaro está paralisado e vê ex-aliados sinalizarem apoio ao petista: “ele está simplesmente a reboque dos partidos”, afirma.

Durma com essa
Os olhares políticos e econômicos sobre a PEC da Transição

Durma com essa

Play Episode Listen Later Nov 17, 2022 22:38


Em viagem ao Egito para participar da COP27, Luiz Inácio Lula da Silva voltou a dizer nesta quinta-feira (17) que seu governo pensará antes nas urgências sociais e só depois na reponsabilidade fiscal. O presidente eleito afirmou ainda que, se a bolsa de valores cair e o dólar aumentar, “paciência”. Na véspera a equipe do petista entregou ao Congresso a PEC da Transição, a fim de garantir o valor médio de R$ 600 do Bolsa Família em 2023. O Durma com Essa explica o que há (e o que não há) na proposta, e mostra como ela é avaliada sob o olhar político e sob o olhar econômico. O programa tem também Marcelo Montanini falando sobre a indicação brasileira para o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), Viviane Tavares comentando a enxurrada de desinformação sobre a Amazônia e Luara Calvi Anic trazendo dicas culturais na seção “Achamos que vale”, inspirada na newsletter homônima da Gama Revista que você pode assinar clicando no link: https://weverify-demo.ontotext.com/#!/similaritySearchResults&type=Videos¶ms=https%3A%2F%2Fgamarevista.uol.com.br%2Fassinar-newsletter%2F