Podcasts about Florestal

Place in Southeast, Brazil

  • 137PODCASTS
  • 298EPISODES
  • 24mAVG DURATION
  • 1WEEKLY EPISODE
  • Dec 31, 2022LATEST
Florestal

POPULARITY

20152016201720182019202020212022


Best podcasts about Florestal

Latest podcast episodes about Florestal

Palavra do Campo
Como incentivar o desmatamento zero no Brasil?

Palavra do Campo

Play Episode Listen Later Dec 31, 2022 18:34


Afinal, é possível colocar em prática o desmatamento zero? Como incentivá-lo do ponto de vista econômico, em que uma área preservada gere mais valor e renda do que a conversão para determinada atividade? É sobre isso que a repórter Mariana Grilli conversa com o Paulo Moutinho, pesquisador sênior do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam). Com base científica, o Conserv já está em fase de experimentação de pagamentos e é sugerido como uma política pública de recompensa a quem mantém áreas preservadas, mesmo que passíveis de desmatamento pelo Código Florestal. E quem tem este excedente verde ainda poderia ter linhas de crédito facilitadas e juros reduzidos exatamente por manter floresta em pé. Esse episódio faz parte de Um Só Planeta, maior movimento editorial do Brasil em prol da sustentabilidade. 

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil

Aprovado em 2012, o Código Florestal Brasileiro busca conciliar a conservação do meio ambiente com a produção agropecuária, definindo as áreas do imóvel rural que devem ser mantidas com vegetação nativa para a proteção do solo, da água, do clima e da biodiversidade. Neste primeiro episódio da série, o diretor geral do Serviço Florestal Brasileiro, Pedro Neto, comenta os resultados alcançados pelo Código Florestal Brasileiro. O CARCast é uma produção do Serviço Florestal Brasileiro. Para mais informações sobre o CAR acesse: www.car.gov.br

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil
Carcast 2 - 10 anos Código Florestal – Perspectiva Estados

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil

Play Episode Listen Later Dec 27, 2022 12:52


As 27 unidades da federação tiveram papel decisivo para o sucesso na etapa de inscrição do CAR. Vencida a etapa da inscrição, atualmente os estados enfrentam o desafio da análise dos cadastros e desencadear o processo de adequação ambiental dos imóveis rurais. Este episódio conta com a participação do Ayrton Machado e da Cláudia Sonda do Instituto de Água e Terras do Paraná; do Ialdo Oraque que é Gerente de Cadastro Ambiental Rural e Regularização Ambiental da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento de Goiás; e do Rodrigo Braga e da Cláudia Dominice da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão. O CARCast é uma produção do Serviço Florestal Brasileiro. Para mais informações sobre o CAR acesse: www.car.gov.br

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil
Carcast 3 - Passo a Passo da Regularização Ambiental

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil

Play Episode Listen Later Dec 27, 2022 8:37


O primeiro passo para a regularização ambiental de um imóvel é fazer a inscrição no Cadastro Ambiental Rural. Após realizar o cadastro é preciso aguardar a análise das informações declaradas pelo órgão estadual competente. A análise irá confirmar se a declaração foi feita corretamente, e se o imóvel cumpre com as exigências do Código Florestal ou se existe algum tipo de passivo ambiental a ser regularizado. Jaine Cubas do Serviço Florestal Brasileiro explica o passo a passo da regularização ambiental. O CARCast é uma produção do Serviço Florestal Brasileiro. Para mais informações sobre o CAR acesse: www.car.gov.br

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil
Carcast 7 - Recomposição Florestal - Fernando Castanheira

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil

Play Episode Listen Later Dec 27, 2022 13:47


Carcast falou sobre recomposição florestal com o Fernando Castanheira Neto, Coordenador-Geral de Fomento Florestal da Diretoria de Desenvolvimento Florestal do Serviço Florestal Brasileiro. O engenheiro florestal explica sobre os processos, benefícios e técnicas para a recomposição florestal. O CARCast é uma produção do Serviço Florestal Brasileiro. Para mais informações sobre o CAR acesse: www.car.gov.br

Minuto Florestal
Temp. 3 - Ep. 6 - Vivências e reflexões ao longo de meio século da produção florestal no Brasil

Minuto Florestal

Play Episode Listen Later Dec 20, 2022 56:38


Minuto Florestal - seu compromisso da semana com a excelência em silvicultura no Brasil. Esta é uma produção TIMAC AGRO. A gente se encontra no Futuro do Agro.

TV INOVAÇÃO BARUERI
Inovação Barueri: Episódio 1: "Atlas Florestal" - Série Especial Aceleração de Startups

TV INOVAÇÃO BARUERI

Play Episode Listen Later Nov 22, 2022 26:24


Programa: Inovação Barueri Data: 05/10/2022 Quarta - feira Horário: 15h Tema: “Episódio 1: "Atlas Florestal" - Série Especial Aceleração de Startups" Apresentação: Érika Alves Participação Especial: Jonatas Randal Transmissão: YouTube - tv inovação Barueri Facebook - citbarueri Acesse nosso site: https://portal.barueri.sp.gov.br/cit/ Outras redes sociais: https://www.facebook.com/citbarueri/ https://www.instagram.com/citbarueri/ (ou @citbarueri)

RESET HUMANO Podcast com Freddy Duclerc e Rods Laki
UM OLHAR PARA CIÊNCIA E SUSTENTABILIDADE com Marcella Montenegro e Clau Lizieri!

RESET HUMANO Podcast com Freddy Duclerc e Rods Laki

Play Episode Listen Later Nov 19, 2022 64:08


Eu, Marcella Montenegro, âncora Reset Humano, apresento o Podcast de n°134, com tema UM OLHAR PARA CIÊNCIA E SUSTENTABILIDADE!, através da trajetória de vida da Dra. Clau Lizieri! Técnica em Meio Ambiente com habilitação em Florestal, Graduada em Ciências Biológicas, Mestre e Doutora em Botânica. É também docente nos cursos de Engenharia Ambiental, Ciências Biológicas e Biomedicina. Em 2018, foi Presidente da diretoria executiva da APECS-Brasil (Associação de Pesquisadores e Educadores em Início de Carreira sobre o Mar e os Polos) e atualmente, usa a ciência e a docência na gestão pública, atuando como Assistente Ministerial no Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente Natural do Ministério Público no estado de Mato Grosso. A Clau realiza diversas pesquisas envolvendo os temas da ecofisiologia e biotecnologia de cianobactérias, microalgas e plantas aquáticas, adicionados de estudos de impactos ambientais, especialmente na Antártica, onde esteve por algumas vezes e no Bioma Pantanal que é a sua casa natal. Como cidadã parte da sociedade, ela desenvolve trabalhos para divulgação e popularização da ciência envolvendo as redes do ensino privado, público e sociedade em geral. Praticante de atividades na natureza, apaixonada por montanhas, idealizou o projeto Ciências nas Trilhas, criado para tornar a ciência acessível a todo mundo, em todas as idades e locais. Por fim, ela se considera aprendiz e servidora, da natureza, de toda gente, sua diversidade e aventura. Adora café, chás, música, arte e boa prosa! Nessa temporada, eu trago mulheres que considero fortes, livres, independentes e que com suas visões de mundo, enriquecem a audioteca do Projeto Reset Humano que já é ouvida em 6 continentes, em + de 40 países. Este episódio tem o APOIO da COROS Brasil e Dr Shape. Coros é uma marca americana de relógios GPS multiesportivos com alta tecnologia e qualidade. A Dr. Shape é uma empresa que atua há 19 anos no mercado, sendo a maior Rede de Franquias Especializada em Suplementos Alimentares e Artigos Esportivos da América Latina. Aqui no Projeto Reset Humano a história é contada a partir de histórias de vida inspiradoras. Você pode conhecer nosso trabalho, os âncoras e os nossos valores através do site www.resethumano.com.br, visite! Music Intro: “Te Desejo Vida” da cantora e compositora paraibana Flavia Wenceslau https://www.youtube.com/watch?v=WX8J3nuh-DM Nos siga nas redes sociais! LinkedIn Reset Humano YouTube Reset Humano Instagram Reset Humano Facebook Reset Humano Projeto Um abraço, Marcella Montenegro www.resethumano.com.br Freddy Duclerc Fundador Reset Humano www.freddyduclercexpedicao.com.br Whatsapp +55 11 98165-0990 --- Send in a voice message: https://anchor.fm/reset-humano/message Support this podcast: https://anchor.fm/reset-humano/support

Falando em Floresta - o podcast do IPEF
A importância da conservação para o melhoramento florestal brasileiro

Falando em Floresta - o podcast do IPEF

Play Episode Listen Later Nov 7, 2022 33:40


Conservação e sua importância para o melhoramento florestal brasileiro foi o tema desta conversa entre o Paulo Henrique Muller da Silva, coordenador executivo do Programa Cooperativo sobre Melhoramento Florestal do IPEF, e os professores Evandro Tambarussi (Unicentro), Rinaldo Cesar de Paula (UNESP) e Mario Luiz Teixeira de Moraes (UNESP). Com uma rica troca de experiência, o episódio aborda os aspectos gerais da conservação, inclusive como “estratégia de guerra”, trata dos desafios atuais como estresses bióticos abióticos e qualidade da madeira, sobre a importância das bases genéticas e a utilização da biotecnologia na conservação.

DesAbraçando Árvores
#099 – Os bastidores da expedição a árvore mais alta da Amazônia

DesAbraçando Árvores

Play Episode Listen Later Nov 6, 2022 102:48


Neste episódio Fernando Lima, nosso host supremo, recebe Eric Gorgens, Diego Silva e Aécio Freitas para falar sobre a expedição para chegar a árvore mais alta da Amazônia. Entenda os desafios de preparação, logística e liderança por trás desta grande descoberta! Eric Gorgens é engenheiro florestal pela Universidade Federal de Viçosa, mestre em Ciências Florestais também pela UFV, especialista em Gestão Florestal pela UFPR, doutor em Recursos Florestais pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP) e pós-doutorado no INPE (2015). É professor do Departamento de Engenharia Florestal na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Coordena o Núcleo de Estudos em Zoneamento Ambiental e Produtivo da UFVJM. Desde de 2019, coordena os esforços para encontrar e documentar as árvores gigantes da Amazônia. Diego Armando da Silva tem graduação em Engenharia Florestal pela Universidade do Estado do Amapá, Mestre em Ciências Florestais pela Universidade Federal do Espírito Santo, Doutor em Ciências Florestais pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, Coordenador local do projeto Monitoramento de Árvores Gigantes na Amazônia. Professor do Instituto Federal do Amapá (IFAP), Campus Laranjal do Jari e do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT). Líder do grupo de pesquisa Centro de Estudos em Ecologia e manejo da Amazônia (CEEMA). Aécio Freitas é médico da Unidade de Suporte Avançado do Grupo de Resgate da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo (GRAU). Médico da Unidade de Suporte Avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU Regional Ribeirão Preto-SP). Infectologista do Centro de Referência em Infectologia e médico da Associação Brasileira de Medicina de Áreas Remotas e Esportes de Aventura (ABMAR). Dá uma força para manter o DesAbraçando online e com episódios no cronograma contribuindo financeiramente com nosso projeto: O DesAbraçando é um projeto independente e conta com o apoio dos ouvintes para se manter online e pagar a edição de áudio. Se você curte o projeto, considere apoiar financeiramente. Você pode contribuir a partir de R$ 1,00 no www.apoia.se/desabrace Segue a gente lá nas redes sociais: https://www.instagram.com/desabrace/Instagram https://web.facebook.com/desabrace/Facebook https://twitter.com/desabrace Canal no Telegram: https://t.me/desabrace Visite nossa página: https://www.desabrace.com.br Envie suas pedradas e perrengues: primeirapedra@desabrace.com.br Envie sua resposta para o "Que bicho é esse?": bicho@desabrace.com.br Produção, apresentação e edição: Fernando Lima Decupagem: Senhor A

Meio Ambiente
Com Lula, Brasil pode retomar protagonismo no combate ao desmatamento, dizem ambientalistas

Meio Ambiente

Play Episode Listen Later Nov 3, 2022 5:05


Cientistas do clima e ambientalistas reiteram a importância dos resultados das eleições no Brasil, país que guarda 60% da floresta amazônica. Os temas ambientais ganharam destaque no discurso da vitória do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, que vai herdar instituições enfraquecidas e um orçamento debilitado para a tarefa gigantesca de combate às queimadas que impactam diretamente nos planos climáticos de todo o planeta. Maria Paula Carvalho, da RFI  “Ele se comprometeu a retomar o protagonismo do Brasil frente à crise climática, lutar pelo desmatamento zero na floresta amazônica, combater os crimes ambientais, criar um ministério para tratar dos direitos dos povos indígenas e retomar a cooperação internacional para proteger a Amazônia e ajudar o Brasil nessa tarefa que não vai ser fácil”, analisa Carlos Rittll, especialista em política internacional da Rain Forest Foundation, da Noruega.   “É uma mudança de 180 graus em relação ao que o governo Bolsonaro apresentou, entregou e implementou”, completa. “O presidente Bolsonaro declarou guerra contra as florestas, os povos indígenas e as leis ambientais. Ele permitiu que a Amazônia fosse dominada pelo crime organizado ambiental, que agiu com impunidade durante quatro anos, desmantelou políticas ambientais e os planos de desmatamento”, acrescenta Rittll. Para a consultora ambiental internacional, advogada e professora universitária baseada na Espanha Laura Magalhães, o Brasil precisa voltar à liderança da luta contra a crise climática. “Lula recebeu o convite da organização da COP27, a conferência para o clima que será realizada a partir de 6 de novembro, o que demonstra o interesse internacional de que ele esteja presente nessas discussões”, destaca. “Falando sobre dados do governo Lula, tivemos uma redução considerável em termos de desmatamento, de fome, das questões relacionadas à violência, que, infelizmente, no governo Bolsonaro, houve o inverso em termos estatísticos”, ela completa. Lula, que já confirmou presença na COP do Egito, vai assumir a presidência num momento em que a taxa de desmatamento na Amazônia está em alta. “Nos primeiros períodos de [o governo] Lula, houve uma redução acumulada de 70% do desmatamento, entre 2003 e 2010. Depois, continuou caindo no governo Dilma e, no governo Temer, começou a subir discretamente. Mas no governo de Bolsonaro, o desmatamento cresce 70%”, explica Tasso Azevedo, coordenador geral do MapBiomas. “O que temos hoje é um não-governo na área ambiental, que, além de não fazer nada, ainda opera contra”, sublinha Azevedo. “[Um próximo governo] Deve mudar a forma de tratar os indígenas, os maiores protetores das florestas, que estiveram abandonados durante quatro anos. Temos expectativa de um novo tempo”, ele declara. O papel do Brasil na Cúpula do Clima Lula deverá aproveitar a COP27 em Sharm El-Sheikh para reforçar ao mundo seu compromisso com a agenda ambiental. O petista foi chamado para integrar a comitiva do governador do Pará, Helder Barbalho, em nome do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal. O convite para ir ao evento foi reforçado pelo presidente do Egito, Abdel Fatah al-Sissi. De acordo com o porta-voz da presidência egípcia, Al-Sissi espera que o Brasil desempenhe um papel "positivo e construtivo" na cúpula. Aliada de Lula, a ex-ministra do Meio Ambiente e deputada federal eleita Marina Silva (Rede-SP) já havia afirmado que a equipe de Lula pretendia levar para a COP27 uma proposta de revisar os objetivos nacionais de emissão de gases do efeito estufa, com a intenção de tornar mais ambiciosa a meta brasileira. Até o momento, não está prevista a ida do presidente Jair Bolsonaro para a COP27, o que demonstra uma transição acentuada nos planos ambientais do Brasil. “A expectativa está indo no sentido inverso, com compromisso com o desmatamento zero e a volta de uma agenda de clima, como se estivéssemos dando um cavalo de pau para ir para outro lado, o lado em que o Brasil já esteve”, analisa Tasso Azevedo. “O Brasil vinha construindo uma posição e uma estruturação de política ambiental desde a Constituição de 1988, passando por todos os governos”, observa. “Esses quatros anos serviram para mostrar que essa agenda da sustentabilidade, do clima e da Amazônia seja, talvez, o principal softpower do Brasil, junto com o combate à fome. É um tema que é transversal, que está em todo o lugar. Quando o Brasil cuida bem da Amazônia, é percebido com seriedade”, avalia. Fortalecer as instituições de monitoramento e controle do desmatamento deveria ser uma prioridade, na opinião de Laura Magalhães. “Quando falamos em instituições democráticas, eficazes e em transparência, o que tivemos no governo Bolsonaro foi um fechamento dessas relações internacionais, que culminou com uma desconfiança em termos gerais desse governo”, diz. “Já com o governo Lula, que historicamente sempre foi aberto ao diálogo, a expectativa é positiva", ela estima. "Um exemplo prático vem da Noruega, que no dia 31 de outubro declarou que voltará a contribuir para o Fundo da Amazônia, que estava paralisado desde 2019 dentro do governo Bolsonaro, por causa da extinção de colegiados de gestão”, explica a especialista em sustentabilidade. Órgãos de monitoramento denunciam que a extração de madeira e os incêndios florestais cresceram no Brasil nos últimos anos e alertam que a Amazônia começou a liberar mais carbono do que absorve. Ninguém esquece, tampouco, a atuação do ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles, que ocupou o posto entre janeiro de 2019 e junho de 2021 e agora foi eleito deputado federal por São Paulo, e que ficou marcado por propor "passar a boiada" durante uma reunião ministerial. Em contraponto ao que vem sendo feito, o plano de governo da chapa formada por Lula (PT) e Geraldo Alckmin (PSB) trouxe propostas para combater o "uso predatório dos recursos naturais" e o estímulo às "atividades econômicas com menor impacto ecológico". O documento também promete que o novo governo pretende frear "o crime ambiental promovido por milícias, grileiros, madeireiros e qualquer organização econômica" e "cumprir as metas assumidas na Conferência de 2015 em Paris". Belo Monte sofreu críticas Um olhar para o passado, no entanto, mostra que Lula também foi bastante criticado por ambientalistas em diversos momentos do seu mandato, por supostamente priorizar grandes obras de infraestrutura, em vez da preservação ambiental. Entre os projetos questionados estão as hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, no rio Madeira, em Rondônia, onde ambientalistas alertavam, à época, para os impactos na fauna, na flora e nas comunidades indígenas. “Ao longo da campanha eleitoral, Lula esteve com indígenas que foram impactados por grandes obras de infraestrutura, e espera-se que essas contradições sejam enfrentadas de início, e não quando os projetos estiverem já na mesa, perto de receber recursos”, acredita Carlos Rittll. A Usina Hidrelétrica de Belo Monte, construção autorizada no governo Lula e concluída na gestão da presidente Dilma Rousseff, foi outro ponto que gerou discórdia. “Em Belo Monte, eu tive oportunidade de participar de processos de auditoria ambiental, e a questão é a manutenção e o nosso olhar crítico sobre esses órgãos de fiscalização e controle”, explica Laura Magalhães. “O professor [e economista] Sérgio Besserman Vianna é categórico em dizer que sem sustentabilidade não há economia”, enfatiza. “A degradação ambiental e o agravamento das questões climáticas interferem diretamente na vida das pessoas. Se não há saúde e acesso a serviços públicos básicos, como a garantia da segurança alimentar ou acesso a saneamento básico, a gente não consegue ter uma força de trabalho produtiva que gere riqueza para o país”, analisa a professora de direito ambiental. Nascida em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e doutora em direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Laura trouxe sua experiência prática para oferecer soluções inovadoras de gestão, aprendizagem e métodos organizacionais para a sustentabilidade a empresas espanholas que atuam no Parque Tecnológico da Galícia. Ela também critica a polarização política existente atualmente em nível mundial. “Em resumo, o que temos no mundo é uma polarização entre um bloco progressista e uma ala mais conservadora que pensa em desenvolvimento, em estado mínimo, em um desenvolvimento que paga um preço alto que são as questões sociais e ambientais importantes”, analisa. Para um terceiro mandato como presidente, Lula prometeu levar desenvolvimento sustentável às comunidades que vivem na região amazônica. E aposta nas boas experiências do passado. Foi durante a gestão do petista que nasceu a política nacional sobre a mudança do clima, e que o Brasil assumiu, pela primeira vez, metas de redução de emissões de gases do efeito estufa e do desmatamento. Lula, entretanto, não vai encontrar a mesma situação de quando chegou ao poder em 2003, e o Ministério do Meio Ambiente já era atuante e havia modificado leis, aumentando as regras de proteção de florestas dentro de propriedades privadas, o novo Código Florestal. “Agora ele vai encontrar um pós-terremoto na agenda ambiental do Brasil, instituições muito enfraquecidas ocupadas por pessoas que não têm compromisso com o combate ao crime ambiental e com a proteção de povos indígenas”, alerta Rittll. “A cooperação internacional pode ter um papel muito forte, em especial em 2023. Que vai ser um ano de arrumar a casa e livrar a agenda ambiental dos escombros deixados por uma gestão devastadora que foi o governo Bolsonaro”, conclui.

Fundação FHC - Debates
#158 - FFHC Debate - Eleições e o futuro da Amazônia

Fundação FHC - Debates

Play Episode Listen Later Oct 27, 2022 95:45


Apesar da importância da região para o desenvolvimento sustentável do país e a mitigação do aquecimento global, a Amazônia foi citada de maneira pouco detalhada na atual campanha presidencial. Quais ações/eixos imprescindíveis devem ser colocadas em prática pelo presidente que for eleito no próximo dia 30, assim como pelos próximos governadores da região, com ênfase para a agenda climática, a conservação da floresta, seus rios e sua biodiversidade e a defesa de direitos dos povos indígenas e das populações tradicionais? O que pensam os habitantes da Amazônia Legal Brasileira sobre as questões socioambientais e seus desdobramentos? Neste webinar, foram apresentados — e debatidos — os resultados da pesquisa “Eleições 2022 na Amazônia”, realizada pelo projeto “Amazônia nas Eleições de 2022: Contribuindo para a agenda climática e a prosperidade social”, uma parceria entre a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) e o Instituto Clima e Sociedade (ICS). O evento online foi uma realização da FAS e da Fundação Fernando Henrique Cardoso. CONVIDADOS - Mario Mantovani Presidente da Fundação Florestal, do governo do Estado de São Paulo. É geógrafo, especialista em recursos hídricos e ambientalista. Fundador e diretor de Relações Institucionais da Associação Nacional Municípios e Meio Ambiente (ANAMMA), trabalhou na Fundação SOS Mata Atlântica por mais de 30 anos. Atuou também no Núcleo União Pró Tietê como diretor. Teve também passagem pela Secretaria do Meio Ambiente do governo paulista. - Marina Caetano É articuladora sênior de diálogo político no Instituto Talanoa e chancellor fellow da Fundação Humboldt. Atua na agenda de política socioecológica e climática no Brasil há 10 anos e esteve envolvida em diversos projetos da Cooperação Internacional. Anteriormente, trabalhou como coordenadora de projetos de descentralização e sustentabilidade na Fundação Konrad-Adenauer Brasil. Possui mestrado em Desenvolvimento Sustentável, MBA em Estudos Ambientais e bacharelado em Relações Internacionais. - Toya Manchineri É coordenador das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab). Preside a Manxinerune Tsihi Pukte Hajene (MATPHA) e é representante da Coiab no Grupo de Governança do Fundo de Emergência da Amazônia (AEF). MEDIAÇÃO - Sergio Fausto Cientista político, é diretor geral da Fundação FHC e codiretor do projeto Plataforma Democrática e da coleção "O Estado da Democracia na América Latina". - Virgilio Viana Engenheiro florestal, com pós-doutorado em Desenvolvimento Sustentável (University of Florida) e PhD em Biologia Evolutiva (Harvard University). É superintendente da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), professor associado da Fundação Dom Cabral e membro da Pontifícia Academia de Ciências Sociais do Vaticano.

Rádio Najuá 92,5 e 106,9
Ex-vereador é julgado acusado de matar empresário a facadas dentro de supermercado

Rádio Najuá 92,5 e 106,9

Play Episode Listen Later Oct 20, 2022 20:29


Colégio Florestal abre inscrições para cursos técnicos Copa do Brasil Campeonato Brasileiro da 2ª divisão Estado confirma projeto de conclusão da BR-153 entre Tibagi e Imbituva Radar é instalado e novas medidas de sinalização são previstas para trevo da PR-466, em Guarapuava Ponta Grossa abre agendamento para mutirão de exames preventivos gratuitos para mulheres Justiça Eleitoral aprova registro de candidatura de Deltan Dallagnol 17 dias após eleição

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil
Governo Federal recebe documento com propostas do setor agropecuário para COP 27

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil

Play Episode Listen Later Oct 18, 2022 3:16


O Governo Federal recebeu nesta terça-feira (18) documento da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com propostas do setor agropecuário para a 27ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP27), que ocorrerá de 6 a 8 de novembro, no Egito. O documento foi entregue aos ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes; do Meio Ambiente (MMA), Joaquim Leite; e das Relações Exteriores (MRE), Carlos França. A entrega ocorreu durante evento Pré COP27 - Agropecuária Brasileira no Acordo de Paris, realizado pela CNA. O ministro Marcos Montes ressaltou que a COP27 será um importante momento para o Brasil apresentar a produção sustentável que vem adotando desde a implantação do Código Florestal, uma das legislações ambientais mais rígidas do mundo e que determina, por exemplo, a preservação de vegetação nativa nas propriedades rurais. No documento, a CNA aponta entre as prioridades para o setor o financiamento internacional e a adaptação dos sistemas produtivos para os desafios futuros. O presidente da CNA, João Martins, ressaltou que os produtores rurais brasileiros têm adotado nos últimos anos práticas descarbonizantes e têm condições de apresentar ao mundo tecnologias que atendam à demanda por produção sustentável. Na COP26, alguns dos compromissos assumidos pelo país, no que tange à agricultura, são redução das emissões de gases de efeito estufa em 50% até 2050, zerar o desmatamento ilegal até 2028 e restauração e reflorestamento de 18 milhões de hectares de florestas para uso múltiplo até 2030.

Rádio Terra FM
ENTREVISTA: Marco Regulatório de APP's implantado em Serafina Corrêa é modelo para o Vale do Rio Pardo

Rádio Terra FM

Play Episode Listen Later Oct 6, 2022 3:57


O Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) promoveu seminário sobre áreas de preservação permanente (APPs) urbanas. O encontro esclareceu pontos de legislação federal de de 2021 que direciona aos municípios o poder de regulamentar as faixas de restrição à beira de rios, córregos, lagos e lagoas nos seus limites urbanos. O seminário foi realizado nesta quinta-feira, dia 6, no plenário Vicente Schuck, da Câmara de Vereadores, de Venâncio Aires. Um dos palestrantes foi o secretário da Agricultura de Serafina Corrêa, Rodrigo Marcon, que apresentou a experiência e desafios enfrentados pelo município da região Nordeste do Estado, que já efetivou a adequação à nova lei. Marcon falou de estudo de todas as áreas consolidadas – com construções ou não, os custos para realizar este levantamento, os benefícios para o município que aderir e a diferença entre o Código Florestal e a Lei 14.285. Além disso, as metodologias aplicadas e o novo mapa da realidade de Serafina foram assuntos de entrevista para a Terra FM. Para o presidente do Cisvale e prefeito de Vale Verde, Carlos Gustavo Schuch (MDB), a ideia central da realização do seminário era justamente discutir e esclarecer as dúvidas dos gestores da região com relação à nova lei. Ele observa que todos os municípios têm questões relacionadas ao tema para resolver. Segundo Schuch, o custo individualizado de uma assessoria seria muito alto. “Nossa ideia é propor aos municípios do Cisvale que se contrate uma consultoria em conjunto”, sinaliza. No encontro, representantes dos municípios de Boqueirão do Leão, Candelária, Encruzilhada do Sul, General Câmara, Herveiras, Minas do Leão, Passo do Sobrado, Rio Pardo, Santa Cruz do Sul, Sinimbu, Vale do Sol, Vale Verde, Venâncio Aires e Vera Cruz apresentaram os projetos que são desenvolvidos em seus municípios no setor ambiental, bem como ações futuras de melhoria na área. Uma nova data para a reunião desta comissão já ficou definida, 17 de novembro. Na ocasião, com a presença e a indicação das prioridades de cada município, será elaborado um edital público para Contratação de empresa para elaboração de Projeto Executivo, para implantação de ações na área de educação ambiental dos municípios consorciados.

Minuto TCE-GO
E-book traz diretrizes para a atuação do controle externo na área da gestão florestal

Minuto TCE-GO

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 2:08


A Atricon vai lançar um e-book com diretrizes para a atuação de órgãos de controle externo na área de gestão florestal. No Anota Aí de hoje, Cézar Miola explica a finalidade da publicação. Apresentação de Isabela Pesce. Edição de som de Israel Borsatto.

Folheando
#33 - O Brasil e as eleições de 2022 - uma entrevista com Raoni Rajão sobre a questão ambiental

Folheando

Play Episode Listen Later Sep 20, 2022 30:40


Continuamos nesse episódio 33 a nossa série sobre as eleições do Brasil, tratando especificamente da questão ambiental. Nesse episódio Nathalia Capellini junto com Marion Daugeard, geografa e responsável de Projeto numa ONG francesa de solidariedade internacional o Gret, conversam com o Prof. Raoni Rajão da UFMG e grande especialista da gestão política do meio ambiente no Brasil. Eles conversam sobre as perspectivas para o meio ambiente nessas eleições, sobre as mudanças no Código Florestal brasileiro e sobre o papel das falsas no atual governo. Para saber mais sobre a ARBRE: https://www.arbre-asso.com Os artigos do Raoni Rajão citados no episódio : - Cracking Brazil's Forest Code - The rotten apples of Brazil's agribusiness - O risco das falsas controvérsias científicas para as políticas ambientais brasileiras

Meio Ambiente
Por que a rastreabilidade da pecuária brasileira ainda deixa tanto a desejar?

Meio Ambiente

Play Episode Listen Later Sep 8, 2022 32:07


Nada menos do que 75% do desmatamento da Amazônia ocorre para abrir espaço para pasto para a pecuária – mas, mesmo assim, o Brasil ainda patina para melhorar a rastreabilidade dos rebanhos, uma ferramenta crucial para combater a ilegalidade e manter a floresta em pé. Na ausência de um monitoramento federal e estadual eficientes, os frigoríficos brasileiros e os varejistas se mobilizam para encontrar soluções e enfrentarem o aumento da pressão internacional contra o chamado “desmatamento importado”. Os resultados, porém, ainda estão distantes do ideal.  Os recordes de devastação e queimadas na Amazônia acentuaram a sensibilização dos consumidores europeus quanto à origem dos produtos que levam à mesa. Em junho, a União Europeia deu um primeiro passo para proibir a importação de carne bovina, soja e outros produtos originados em áreas desmatadas. Já faz mais de 20 anos que o bloco aplica a rastreabilidade da cadeia animal, com a obrigação de conter, na etiqueta das bandejas, informações quanto ao local de nascimento, de engorda e de abate dos bovinos, acessíveis por meio de um código QR. Alta tecnologia para monitorar dimensões gigantescas Desde 2009, o Brasil possui um sistema oficial semelhante, graças a um acordo entre os principais atores do setor e o Ministério Público Federal. Entretanto, o desafio é bem mais complexo – a começar pelo peso da agropecuária para a economia do país (26,6% do PIB, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, dos quais cerca de um terço vem da pecuária) e o tamanho das áreas a serem controladas. São 50 milhões de hectares em jogo, que necessitam investimentos altos em tecnologia de monitoramento de rebanhos. O Brasil é o maior exportador mundial de carne bovina – são 200 milhões de animais. Pressionados pelos clientes estrangeiros, os maiores frigoríficos e seus clientes, os supermercados, colocam em prática planos voluntários cada vez mais ambiciosos para controlar toda a cadeia. Diversas iniciativas aliando geomonitoramento e referenciamento e, cada vez mais, block chain, estão em curso para identificar não só o avanço do gado em áreas desmatadas, como invasões de terras indígenas, unidades de conservação ambiental e violações dos direitos humanos, além de aumentar a transparência. As ferramentas, portanto, existem – mas, em geral, se limitam à etapa final do processo produtivo. É por isso que os grandes grupos continuam a ser alvo de denúncias no Brasil e no exterior – o grupo Casino, dono do Pão de Açúcar, está sendo processado na França por não cumprir o seu “dever de vigilância” sobre toda a cadeia de produtos que põe à venda. Porta aberta para irregularidades O maior problema é que, no Brasil, o número de etapas intermediárias entre a fazenda e as prateleiras pode ser extenso, o que abre a porta para irregularidades. Raramente um bezerro nasce, cresce e é abatido num mesmo lugar. Monitorar os fornecedores indiretos é o principal gargalo da rastreabilidade.  “O grande gap está no primeiro segmento, o produtivo – desde o nascimento do animal até o engorde completo. Ele pode mudar muitas vezes de fazenda na sua fase de criação, engorda e crescimento. Ali, temos uma diversidade enorme de elos, que trazem a complexidade da cadeia”, explica Lisandro Inakake, engenheiro agrônomo e coordenador de cadeias agropecuárias responsáveis do Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola). “Muitas vezes, produtores de menor porte sequer sabem que existe esse tipo de exigência na cadeia, e comercializam com negociadores que gado que acabam fazendo a ‘lavagem de gado'”, observa.   O Código Florestal instaurou um mecanismo importante para garantir mais transparência para a cadeia, o Cadastro Ambiental Rural (CAR). Entretanto, cabe aos próprios proprietários declararem, ou não, as informações sobre as suas fazendas. Para ser efetivo, o CAR deveria ser checado e validado por órgãos ambientais em cada estado, de modo a conferir um selo de sustentabilidade à produção brasileira. Depois de uma década, embora praticamente todos imóveis rurais tenham sido registrados, apenas 0,4% dos 6,5 milhões de cadastros foram regularizados, aponta o último relatório do Serviço Florestal Brasileiro. Conforme dados do Ipam, 65% do desmatamento em florestas públicas da Amazônia ocorreu em áreas cujo CAR era fraudado.  Exigências para o mercado externo – não para o consumidor brasileiro Tudo isso coloca a credibilidade da rastreabilidade brasileira em xeque. “Ainda estamos distantes de ter uma identificação individual do animal. Uma parte menor da produção é rastreada, mas é principalmente a destinada a mercados exigentes, em especial o europeu”, lamenta Inakake. A carne destinada à exportação corresponde a uma minoria de 26% da produção. “Quando a gente olha para o mercado interno, podemos dizer que temos quase nada de informação sobre a origem do gado. Você encontra em produtos de nicho, como as informações sobre a raça bovina.” A sociedade civil brasileira tem tido um papel importante não só de alerta, como de formuladora de soluções. Recentemente, o Imaflora conseguiu, pela primeira vez, associar os principais frigoríficos e as redes de varejo em um protocolo de rastreabilidade, com participação da Abras (Associação Brasileira de Supermercados). O programa está conseguindo, por enquanto no papel, unificar os sistemas de monitoramento do gado. Entretanto, este trabalho ainda se restringe a um número limitado de participantes. “Nós estimamos que existam, na Amazônia, em torno de 250 unidades de negócio de bovinos, incluindo abate e frigoríficos. Um pouco mais de 100 deles possui compromissos de eliminar o desmatamento da cadeia – e eles representam mais ou menos 70% da estimativa de produção de carne na Amazônia”, salienta Inakake. “É relevante. Mas as outras cerca de 150 unidades de produção não têm compromisso nenhum.” Para saber mais, ouça o podcast com a entrevista completa

CBN Meio Ambiente e Sustentabilidade - Marco Bravo
Quais são as principais causas dos incêndios no ES? Especialista explica!

CBN Meio Ambiente e Sustentabilidade - Marco Bravo

Play Episode Listen Later Sep 7, 2022 7:15


O Espírito Santo tem registrado, nas últimas semanas, diversos casos de incêndios em vegetação. Nesta edição do "CBN Meio Ambiente e Sustentabilidade", o comentarista Marco Bravo destaca que no mês de junho do ano passado foram registrados 129 casos incêndios no Estado. Já, neste ano, foram 232 casos que foram detectados pelas imagens de satélites em relatórios do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf). "De um lado temos que o planeta está mais seco, e de outro, vive um cenário de chuvas intensas em períodos curtos", explica. Ouça a conversa completa!

revista piauí
Prato do dia: agro ao forno

revista piauí

Play Episode Listen Later Sep 6, 2022 55:38


Plantar e comer tem tudo a ver com a crise climática. Os cientistas estão avisando faz tempo que um mundo mais quente seria um desastre para o agronegócio. A conta de tanto boi, fertilizante e desmatamento já começou a chegar.   Convidados: - Eduardo Assad, engenheiro agrônomo aposentado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, estudioso dos efeitos da crise climática para o agronegócio; - Natalie Unterstell, especialista em políticas públicas ambientais e presidente do Instituto Talanoa; - Marcello Brito, engenheiro de alimentos e agroambientalista, presidente da Associação Brasileira do Agronegócio; - Roberta Del Giudice, advogada especializada em direito ambiental, secretária executiva do Observatório do Código Florestal;  - Karen Oliveira, geóloga e ambientalista, gerente de políticas públicas da ONG The Nature Conservancy Brasil; - Ricardo Abramovay, economista, cientista político e filósofo, professor da Universidade de São Paulo, autor de diversos livros, entre eles “Infraestrutura para o desenvolvimento sustentável da Amazônia”.

A Terra é redonda (mesmo)
Prato do dia: agro ao forno

A Terra é redonda (mesmo)

Play Episode Listen Later Sep 6, 2022 55:35


Plantar e comer tem tudo a ver com a crise climática. Os cientistas estão avisando faz tempo que um mundo mais quente seria um desastre para o agronegócio. A conta de tanto boi, fertilizante e desmatamento já começou a chegar.   Convidados: - Eduardo Assad, engenheiro agrônomo aposentado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, estudioso dos efeitos da crise climática para o agronegócio; - Natalie Unterstell, especialista em políticas públicas ambientais e presidente do Instituto Talanoa; - Marcello Brito, engenheiro de alimentos e agroambientalista; - Roberta Del Giudice, advogada especializada em direito ambiental, secretária executiva do Observatório do Código Florestal;  - Karen Oliveira, geóloga e ambientalista, gerente de políticas públicas da ONG The Nature Conservancy Brasil; - Ricardo Abramovay, economista, cientista político e filósofo, professor da Universidade de São Paulo, autor de diversos livros, entre eles “Infraestrutura para o desenvolvimento sustentável da Amazônia”.

Palavra do Campo
Compensação ambiental: agro mais rico e sustentável

Palavra do Campo

Play Episode Listen Later Sep 1, 2022 24:16


Neste episódio do #podcast Palavra do Campo especial para Um Só Planeta, especialistas debatem a implementação do Código Florestal e como colocá-lo em prática pode viabilizar a compensação ambiental.

Minuto Florestal
Temp. 3 - Ep. 3 - Habilidades e competências do gestor florestal em tempos desafiadores

Minuto Florestal

Play Episode Listen Later Aug 30, 2022 46:59


Minuto Florestal - seu compromisso da semana com a excelência em silvicultura no Brasil. Esta é uma produção TIMAC AGRO. A gente se encontra no Futuro do Agro.

Minuto Florestal
Temp. 3 - Ep. 2 - O melhoramento genético frente aos desafios atuais e futuros à produção florestal

Minuto Florestal

Play Episode Listen Later Aug 2, 2022 42:23


Minuto Florestal - seu compromisso da semana com a excelência em silvicultura no Brasil. Esta é uma produção TIMAC AGRO. A gente se encontra no Futuro do Agro.

Jose Candeias - HÀ Conversa
Vigilante Florestal.José Gomes

Jose Candeias - HÀ Conversa

Play Episode Listen Later Jul 23, 2022 4:43


Conversa com os ouvintes

PODCAST A+
Podcast A+ I 114 - A importância da restauração florestal na luta contra o aquecimento global

PODCAST A+

Play Episode Listen Later Jul 22, 2022 62:23


O Podcast A+ traz o debate promovido pela Bússola sobre metas e desafios para a preservação e restauração das florestas brasileiras, ecossistema considerado estratégico para retirar carbono da atmosfera e, assim, contribuir para mitigar as mudanças climáticas. Segundo a ONU, o ano de 2025 é o limite para que a média das emissões de gases do efeito estufa comece a cair e seja evitada uma catástrofe climática. E o Brasil, com uma das maiores coberturas florestais do mundo, tem um papel decisivo nesse processo. Para ajudar a transformar os compromissos de restauração em realidade, governos, empresas, ONGs e comunidades locais contam com o apoio de organizações como o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e a The Nature Conservancy e mecanismos financeiros oferecidos por instituições como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade. Com mediação do jornalista Rafael Lisbôa, o bate-papo reuniu Manoel Serrão, do FUNBIO; Nabil Kadri, do BNDES; Regina Cavini, do PNUMA; e Rubens Benini, da TNC. O Podcast A+ faz parte da plataforma Bússola, uma parceria entre a Revista Exame e o Grupo FSB.

TSF - Fórum TSF - Podcast
Fórum TSF: PSD critica reforma florestal e falta de meios para combater incêndios

TSF - Fórum TSF - Podcast

Play Episode Listen Later Jul 18, 2022


Boletim Folha
Boris Johnson renuncia ao cargo de primeiro-ministro do Reino Unido

Boletim Folha

Play Episode Listen Later Jul 7, 2022 4:51


Bancada ruralista do Senado aprova mudança no Código Florestal e avança com PL do Veneno. E deputados americanos pedem investigação sobre questionamentos de militares às eleições brasileiras.See omnystudio.com/listener for privacy information.

CBN Vitória - Entrevistas
Carne clandestina apreendida era comercializada em 40 supermercados da Grande Vitória

CBN Vitória - Entrevistas

Play Episode Listen Later Jul 6, 2022 15:39


Cerca de 15 toneladas de carne suína clandestina, que estavam sendo embaladas sem autorização, foram apreendidas em um estabelecimento no bairro Ilha das Flores, em Vila Velha, nesta terça-feira (5). A apreensão aconteceu após denúncia anônima e foi resultado de uma ação conjunta entre a Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) e o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf). O local, segundo a polícia, tinha "condições sanitárias incompatíveis". A área de manipulação de carnes para revenda de produtos de origem animal foi interditada. Todo o material foi recolhido pelo Idaf para descarte. De acordo com o titular da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor, delegado Eduardo Passamani, o estabelecimento tinha autorização para comprar e revender carne. No entanto, o proprietário manuseava e cortava as peças para revenda. Não era permitida manipulação do produto. Segundo o delegado, a carne recolhida já estava amarelada e imprópria para o consumo.

Agrotalk
#135 Desafios e perspectivas do Código Florestal

Agrotalk

Play Episode Listen Later Jul 6, 2022 48:09


Puttini fala sobre o atual contexto da regularização ambiental e os desafios para o agronegócio.

Falando em Floresta - o podcast do IPEF
Produção de madeira e abastecimento de água no setor florestal brasileiro

Falando em Floresta - o podcast do IPEF

Play Episode Listen Later Jun 29, 2022 37:47


Nesta edição, Bruna Moreira Sell, coordenadora executiva do Programa de Monitoramento e Modelagem de Bacias Hidrográficas do (PROMAB), conversa com o Prof. Otávio Campoe, professor da UFLA e coordenador dos Programas do IPEF Eucflux e ModProd, com a Profa. Carla Cassiano, professora da UFMT; e Prof Silvio Ferraz, Professor da ESALQ/USP e líder científico do PROMAB, sobre a produção de madeira, as técnicas de manejo florestal e abastecimento de água.

Portugal em Direto
A floresta e a reorganização do espaço florestal em de Mortágua.

Portugal em Direto

Play Episode Listen Later Jun 28, 2022 42:31


Rádio MPSC
Destaques da Semana de 6 a 10 de junho

Rádio MPSC

Play Episode Listen Later Jun 10, 2022 10:09


Nesta edição, o Destaques da Semana traz as seguintes notícias: Curso para formação de Conselheiros Tutelares agora é totalmente on-line e aberto ao público em geral na plataforma do MPSC; MPSC inaugura oficialmente a nova Sede das Promotorias da Comarca de Lages; Acolhendo recurso do MPSC, STJ firma tese de que a prática de ato libidinoso com menor de quatorze anos configura o crime de estupro de vulnerável e não importunação sexual; Ao avaliar recurso do MPSC, após modificações da Lei 14.285/2021, STJ reafirma tese de que o Código Florestal deve ser observado para definição de limites de APPs nos cursos de água urbanos; Município se compromete com o MPSC na conclusão de projeto para recuperação ambiental de antigo lixão; Empresário, servidores e Vereadores de Urussanga investigados na Operação Hera, da Polícia Civil, são denunciados pelo MPSC; Ministério Público busca maior fiscalização de obras urbanas em Ponte Alta e Correia Pinto; Poder público, empresas e sociedade civil de Laguna firmam acordo com o MPSC e se comprometem a mudar a realidade da população em situação de rua da cidade; Prefeitura de Joinville terá que elaborar diagnóstico territorial de pessoas em situação de rua UTIs neonatais e pediátricas são tema de reunião do MPSC com Secretaria de Estado da Saúde. Ouça o programa, assine e compartilhe!

Talk Show - Rádio Costazul 93.1 FM
Semana do meio ambiente, no TS de hoje Recebemos Erika Melo Engenheira florestal

Talk Show - Rádio Costazul 93.1 FM

Play Episode Listen Later Jun 9, 2022 18:36


Erika Melo Engenheira florestal é umas pessoas que tem feito um grande trabalho em torno dos recursos hídricos aqui da baía da Ilha Grande e da região serrana, em especial Petrópolis.

Rádio Cruz de Malta FM 89,9
Diagnóstico Socioambiental de municípios da região será elaborado pela Satc

Rádio Cruz de Malta FM 89,9

Play Episode Listen Later Jun 8, 2022 4:52


Cinco cidades da região estão se preparando para elaborar os estudos de diagnósticos socioambientais por meio de um contrato firmado com a Satc. A parceria foi articulada via Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec). A proposta vai permitir que seja realizada a regularização fundiária em áreas urbanas consolidadas. Içara, Orleans, Forquilhinha, Nova Veneza e Siderópolis são os municípios que fazem parte deste convênio. Desde que o Código Florestal foi alterado através da Lei federal nº 14.285/2021, os municípios passaram a buscar apoio para regularizar áreas de proteção permanentes (APPs) que estão urbanizadas. Em entrevista ao Cruz de Malta Notícias, desta quarta-feira, dia 8, a analista de Meio Ambiente do Centro Tecnológico Satc (CTSatc), Regina Freitas Fernandes, comentou sobre a importância dos estudos para o diagnóstico socioambiental dos municípios e explicou como irá funcionar a parceria com a Satc. Ouça abaixo a entrevista completa:

Momento Agrícola
2022.06.04- Bloco 4 MomAgriMT Os 10 anos do Código Florestal

Momento Agrícola

Play Episode Listen Later Jun 4, 2022 12:45


A advogada Samanta Pineda, especialista em Direito Sócio Ambiental, analisa os 10 anos do Código Florestal.

Acrimat Informa
Acrimat Informa #108 - Empaer, Lei do Pantanal, Código Florestal

Acrimat Informa

Play Episode Listen Later Jun 2, 2022 4:33


A 108ª edição do podcast Acrimat Informa chega trazendo as principais notícias desta semana. A começar pela parceria entre a Acrimat e a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer). Por meio dessa parceria, a Acrimat realizou a entrega de insumos que serão utilizados pela Emaper para a realização de análise de solo das propriedades que integram o Programa de Produção Sustentável de Bezerros. O podcast fala ainda sobre como foi a participação do presidente da Acrimat, Oswaldo Pereira Ribeiro Junior, na comemoração dos 10 anos de promulgação do Código Florestal Brasileiro, realizada pela Frente Parlamentar da Agropecuária, em Brasília. E ainda falando de importantes avanços para a pecuária, a Acrimat defendeu que sejam aprovadas as propostas de alteração na Lei do Pantanal, para garantir a manutenção da atividade da pecuária extensiva, bem como a sustentabilidade econômica e a permanência dos pantaneiros naquele bioma. Ouça e entenda mais. Locução: Karol Garcia Texto: Karine Miranda Apoio Técnico: Kátia Pacheco e Tuanny Paim Edição e Projeto Gráfico: Péricles Cândido Musics by Audionautix http://audionautix.com Creative Commons — Attribution 3.0 Unported — CC BY 3.0

Podcasts do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), instalou nesta terça-feira (31) o Comitê Gestor do Plano Nacional de Regularização Ambiental de Imóveis Rurais (RegularizAgro), lançado este ano. O Comitê Gestor é composto por representantes do Mapa, do Ministério do Meio Ambiente, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), do Conselho Nacional de Secretários de Estados de Agricultura (Conseagri) e da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema). As atribuições do comitê são elaborar e aprovar estratégias, metas e indicadores de monitoramento do RegularizAgro; supervisionar, monitorar e avaliar as atividades de regularização em todos os biomas brasileiros; contribuir para o êxito das iniciativas públicas e público-privadas destinadas à regularização ambiental e promover a articulação entre os órgãos, entidades, estados e os municípios envolvidos na execução do plano. O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, enfatizou a importância da instalação do comitê neste momento, quando o Código Florestal completa 10 anos. Após a instalação do comitê, os integrantes apresentaram as propostas para criação de câmaras técnicas, que poderão ter a participação de especialistas, e serão fundamentais na definição de instrumentos normativos e técnicos para implementação do plano nos estados.

Portal Agrolink o maior produtor de conteúdo Agro
Código Florestal completa 10 anos e é celebrado pelo setor produtivo

Portal Agrolink o maior produtor de conteúdo Agro

Play Episode Listen Later May 27, 2022 11:30


Plano Safra 2022/23 pode chegar a R$ 300 bilhões apenas para crédito e Código Florestal completa 10 anos com resultados comemorados pelo setor do agronegócio.

Paracatu Rural - Jornal do agronegócio
Cadastro Ambiental Rural deve ser melhor fiscalizado, apontam especialistas em comissão do Senado

Paracatu Rural - Jornal do agronegócio

Play Episode Listen Later May 26, 2022 8:10


Especialistas afirmam que o Cadastro Ambiental Rural, CAR, criado com o Código Florestal de 2012, precisa ser melhor acompanhado já que grileiros tem aproveitado a opção de autodeclaração da posse das terras para fraudes. Senador Jaques Wagner (PT-BA), presidente da Comissão de Meio Ambiente (CMA), destaca que fiscalização deve ser forte principalmente em grandes porções de terra. Da Rádio Senado, RODRIGO RESENDE tem mais informações.

Falando em Floresta - o podcast do IPEF
Biotecnologia florestal: sementes, clonagem e produção de mudas

Falando em Floresta - o podcast do IPEF

Play Episode Listen Later May 26, 2022 32:30


Neste episódio do Falando em Floresta, José Otávio Brito, diretor executivo do IPEF, conversa com Israel Vieira, gerente de serviços e extensão florestal, e Tânia Batista, coordenadora do laboratório de biotecnologia florestal, ambos do IPEF, sobre biotecnologia florestal. Com uma rica troca de experiência e digna de uma aula sobre o tema, a conversa aborda a biotecnologia florestal com os seus três principais pilares: sementes, clonagem e produção de mudas! Vamos Falar em Floresta com o IPEF? . . . Funkorama by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3788-funkorama License: https://filmmusic.io/standard-license*

Programa Bem Viver
Nos 10 anos do Código Florestal, Programa Bem Viver analisa papel da lei na proteção ambiental

Programa Bem Viver

Play Episode Listen Later May 25, 2022 60:19


O polêmico Código Florestal brasileiro completa 10 anos sem ter sido totalmente colocado em prática e enfrentando diversos obstáculos para ser efetivado. A lei estabelece normas para proteção da vegetação nativa em áreas rurais do país. O Código foi alvo de protestos por parte de movimentos de defesa do meio ambiente durante seu processo de […] O post Nos 10 anos do Código Florestal, Programa Bem Viver analisa papel da lei na proteção ambiental apareceu primeiro em Rádio Brasil de Fato.

Notícias Agrícolas - Podcasts
CONVERSA DE CERCA #54 - Narrativas superficiais e distorcidas ainda desconsideram importância do Código Florestal Brasileiro

Notícias Agrícolas - Podcasts

Play Episode Listen Later May 25, 2022 49:05


Em entrevista ao Conversa de Cerca neste 25 de maio de 2022, data que comemora os 10 anos do Código Florestal Brasileiro, o ex-Ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles mostrou com o "jogo sujo" da comunicação mal feita, que distorce números e narrativas, ainda desconsidera a importância da legislação ambiental brasileira. São entraves judiciários, retóricos e ideológicos que ainda impedem que o Código seja efetivamente implementando em sua totalidade.

Boletim.leg
Boletim.leg - edição das 22h

Boletim.leg

Play Episode Listen Later May 24, 2022 5:16


Especialistas defendem ensino integral para recuperar defasagem educacional durante a pandemia. Código Florestal completa 10 anos, mas ainda precisa de regulamentação.

Udesc em Rede - Newsletter em áudio
Edição 718 - Quase 70 novos vídeos apresentam pesquisa e pós-graduação da Udesc

Udesc em Rede - Newsletter em áudio

Play Episode Listen Later May 23, 2022 2:17


Nesta sexta-feira, 20 de maio, data que marca os 57 anos da sua criação, a Udesc lançou 65 vídeos, com quase cinco horas de conteúdo, que apresentam a pesquisa institucional em diferentes áreas e seus cursos de pós-graduação. A iniciativa, de proporções inéditas entre universidades brasileiras, foi liderada pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, com apoio da Secretaria de Comunicação, das direções de Pesquisa e Pós-Graduação e das coordenações de Pós-Graduação de todos os centros da universidade. Viabilizada com recursos do Programa de Apoio à Pós-Graduação e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, a produção dos vídeos foi feita pela empresa VIS Produtora. As entrevistas e as captações de imagens ocorreram nos 12 centros e na Reitoria, com início em maio do ano passado. Ao todo, foram lançados: Um vídeo geral sobre a pesquisa na Udesc; Um vídeo geral sobre a pesquisa e os cursos de pós-graduação; Um vídeo geral com grupos de pesquisas; 12 vídeos sobre a estrutura de pesquisa nos centros; 12 vídeos sobre as pesquisas realizadas nos centros; 38 vídeos sobre os programas de pós-graduação. --- Udesc Lages está com 120 vagas no Vestibular de Inverno Eng. Ambiental e Sanitária, Eng. Florestal, Agronomia e Medicina Veterinária são as opções de curso. --- Udesc faz 57 anos com destaque no cenário internacional ______________ Prafe divulga resultado preliminar dos auxílios estudantis ______________ Udesc é homenageada na Capital pelo apoio na pandemia ______________ Semana ODS em Pauta discute metas da sustentabilidade

Por Aí | Estadão
Por Aí - Florestal

Por Aí | Estadão

Play Episode Listen Later May 20, 2022 2:50


Patrícia Ferraz viajou para Belo Horizonte (MG) e apresenta restaurantes da cidade. O ‘Florestal - Bar e Restaurante', da Chef Bruna Martins, conta com um cardápio tão descontraído e surpreendente quanto o próprio estabelecimento. See omnystudio.com/listener for privacy information.

Manhãzitos da 3
Jardins Abertos - Estufa Fria e Parque Florestal de Monsanto

Manhãzitos da 3

Play Episode Listen Later May 16, 2022 6:21


Nestes dias os jardins mais bonitos da cidade de Lisboa são abertos gratuitamente ao público. Ao longo desta e da próxima semana abrimos as portas de alguns dos jardins aqui nas manhas da 3.

DesAbraçando Árvores
#092 – Você tem medo de errar?

DesAbraçando Árvores

Play Episode Listen Later May 15, 2022 79:16


Howdy! Neste episódio nós vamos discutir a importância da linguagem R na análise de dados ecológicos!   E para isso nosso host supremo recebeu os grandes pesquisadores Eric Gorgens, Maurício Vancine e Fernando Silva para falarem sobre o tema e sobre o lançamento do livro "Análises Ecológicas no R: o melhor caminho entre questões ecológicas e os métodos estatísticos mais robustos para testá-las"! Confiram aí esse papo SENSACIONAL! Eric Gorgens (episódio 71) é graduado em Engenharia Florestal e Mestre em Ciências Florestais com especialização em Gestão Florestal e Doutor em Recursos Florestais É professor do Departamento de Engenharia Florestal na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Coordena o treelab, onde orienta e desenvolve trabalhos na área de manejo e monitoramento de florestas. Fernando Silva é piadista descomedido de Barueri/SP, pai da Ária, companheiro da Winter, responsável pela Filomena (gata), Zé (gato), Cenoura (cachorra) e Chica (cachorra), admirador de botecos, viagens, mato, cerveja, poker, basquete e prosa com os amigos. Formado em Ciências Biológicas e com mestrado e doutorado em Biologia Animal. Realizou doutorado sanduíche na SUNY – College of Environmental Science and Forest. Atualmente é Professor Associado II no Departamento de Ciências Ambientais, UFSCAR-Sorocaba e trabalha na linha de pesquisa de ecologia de comunidades, metacomunidades, macroecologia, biogeografia e história natural de anfíbios. Maurício Vancine é caipira do interior de Socorro/SP, pai do Dudu, companheiro da Japa, amante de música instrumental, livros, games, softwares livres, programação, uma boa cerveja, além de um dedo de cachaça e uma longa prosa. Mais recentemente tenta não levar muitos tombos ao aprender a andar de skate depois dos 30. Graduado em Ecologia e mestre em Zoologia. Atualmente é Doutorando no PPG de Ecologia, Evolução e Biodiversidade da UNESP-Rio Claro e atua na linha de pesquisa de Ecologia Espacial, Ecologia da Paisagem, Modelagem Ecológica e Ecologia de Anfíbios.  Livros: Introdução ao R: https://www.researchgate.net/publication/330399547_Computacao_em_R_introducao_2_Edicao Análise experimental no R: https://gorgens.github.io/compR-experimental/ Análises Ecológicas no R:  https://paternogbc.github.io/livro_aer/index.html Canal do Eric no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC0CgZGcwCfKyNQ-4FHvw_zQ Canal do Análises Ecológicas no R: https://www.youtube.com/channel/UCLSVSCnmvf2k6OoWZCnEO4w Dá uma força para manter o DesAbraçando online e com episódios no cronograma contribuindo financeiramente com nosso projeto: O DesAbraçando é um projeto independente e conta com o apoio dos ouvintes para se manter online e pagar a edição de áudio. Se você curte o projeto, considere apoiar financeiramente. Você pode contribuir a partir de R$ 1,00 no www.apoia.se/desabrace Segue a gente lá nas redes sociais: https://www.instagram.com/desabrace/Instagram https://web.facebook.com/desabrace/Facebook https://twitter.com/desabrace Canal no Telegram: https://t.me/desabrace Visite nossa página: https://www.desabrace.com.br Envie suas pedradas: primeirapedra@desabrace.com.br Envie sua resposta para o "Que bicho é esse?": bicho@desabrace.com.br Apresentação e pauta: Fernando Lima Produção: Fernando Lima Edição de Áudio: Fernando Lima e Senhor A

Palavra do Campo
Como recuperar áreas degradadas de forma simples e barata

Palavra do Campo

Play Episode Listen Later May 5, 2022 25:50


A Regeneração Natural Assistida é uma porção de técnicas simples e baratas, que podem acelerar a recuperação de vegetação e floresta em áreas degradadas com o mínimo de intervenção humana. Para conhecer a importância da RNA e saber quais técnicas aderir, confira a conversa com Luciana Alves, especialista em Restauração Florestal do WRI Brasil.

The Voice Of Victory
Victory With A Twist- Crime In ATL, Signing with music labels, Interview with Stacy Florestal!

The Voice Of Victory

Play Episode Listen Later Apr 25, 2022 69:50


INCREDIBLE EPISODE!!!!Listen til the end!!!!!