Podcasts about IPEC

  • 239PODCASTS
  • 512EPISODES
  • 34mAVG DURATION
  • 2DAILY NEW EPISODES
  • Nov 6, 2022LATEST

POPULARITY

20152016201720182019202020212022


Best podcasts about IPEC

Latest podcast episodes about IPEC

Mike‘s Search For Meaning
#45 - Kevin Cornelio on Awoken, The Power of Sensitivity, and Compassion

Mike‘s Search For Meaning

Play Episode Listen Later Nov 6, 2022 85:24


Kevin Cornelio is an introvert, an empath, and most of all a Highly Sensitive Person.   Kevin has always strived to help others but also worked very hard to help himself overcome his own shyness, depression, and social anxiety, which have plagued him throughout his life. While developing mindsets, habits, and coping strategies to overcome these challenges, Kevin obtained a degree in Psychology, then Professional Life Coaching certifications from iPEC, one of the world's premier coach training schools.   However, Kevin also unintentionally developed an extreme lifestyle that included work-addiction, as well as eating and exercise disorders, which culminated in Kevin suffering from severe burnout, a loss one-third of his body weight, and ultimately a Near-Death Experience.   Thankfully, this radical, intense experience didn't end his life but rather transformed his life, calling him to embrace self-love and compassion and inspiring him to share with others the profound insights that he has taken away from his experience. Kevin has followed this calling by becoming the author of Woken, a series of literary fiction novels that tell the story of The Highly Sensitive Life.   Additionally, I'll be donating to and raising awareness for the charity or organization of my guest's choice with each episode now. This episode, the charity is Compassion International. Any and all donations make a difference! You can connect with Kevin on: His Book - Awoken Website - Find Our True North Website - Vets For Life Podcast - Have a Little Faith LinkedIn Instagram   To connect with me: Interested in working with me as your coach? Book a complimentary 15 minute call here. LinkedIn Instagram Website Subscribe to my weekly newsletter YouTube Please leave a review for this podcast on Apple Podcasts! Resources/People Mentioned: The Highly Sensitive Person Awoken - KT Cornelio The Diary of Jane - Jada LaTrell Harris

Perfectly Normal
How to move on through trauma with Noelle Morgan

Perfectly Normal

Play Episode Listen Later Oct 30, 2022 36:25


Noelle is a leadership coach whose coaching journey began to unravel my own stories leading to me becoming a Certified Professional Coach (CPC) in 2015.I am trained by iPEC (Institute for Professional Excellence in Coaching). As one of the largest and top ICF-accredited training schools in the world, iPEC's methodology has a proven track record of success, is based on 30 years of research and development, and has been field tested by some of the best coaches in the business.I am also an Energy Leadership Index Master Practitioner (ELI MP) also from iPEC.I have a degree in Psychology and built an HR and Executive Coaching career at multiple Fortune 500 companies in the US and UK.I live my life to the full, always because none of us are getting out here alive. I have asthma and bronchiectasis. This has in no way curtailed my passions in life, including running marathons and climbing Kilimanjaro in 2011. I adore theatre, am obsessed with traveling and exploring new places and countries, and have a wonderfully dry sense of humor.Coaching is my WHY. I know anything is possible. It has transformed my life. Yes, Trauma changes people. It creates change you don't want. The question to ask yourself is, what do I want MY change to look like?I work 1:1 with professional women who are ready to make a change, stop hiding and speak up and show up in the spotlight of their own life.************************** As the Founder of Elevate LifeCoaching, Michelle mentors women to use the power of storytelling as their secret sauce in attracting an endless stream of clients and turning their passion for coaching into a profitable business.IG: http://instagram.com/elevatelifecoachFB: http://www.facebook.com/coachmichellekuei LN: ...

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "Liderança do ex-presidente Lula não está ameaçada"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Oct 18, 2022 19:07


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 50% das intenções de voto no segundo turno na disputa pelo Planalto, aponta pesquisa Ipec (ex-Ibope) divulgada nesta segunda-feira, 17. O presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), aparece com 43%. De acordo com o levantamento, brancos e nulos representam 5%, e indecisos, 2%. Nos votos válidos, o petista tem 54%, e o presidente, 46%. "A liderança do ex-presidente Lula não está ameaçada - pelo contrário: se mantém e é resiliente durante toda campanha. Mas alguns segmentos mostram melhoria na avaliação do presidente Jair Bolsonaro. Ele melhorou sua posição entre os católicos, no nordeste, sudeste e no maior eleitorado do País - aquele com até um salário mínimo", analisa Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Notícia no Seu Tempo
Em ação inédita, Cade quer investigar empresas de pesquisa

Notícia no Seu Tempo

Play Episode Listen Later Oct 14, 2022 8:37


No podcast ‘Notícia No Seu Tempo', confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo' desta sexta-feira (14/10/22): Numa decisão inédita, o presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Alexandre Cordeiro, determinou abertura de inquérito para investigar as empresas de pesquisa Ipec, Datafolha e Ipespe. Segundo Cordeiro, elas podem ter atuado como cartel para interferir nas eleições. Cordeiro foi indicado para o Cade pelo ministro Ciro Nogueira (Casa Civil), coordenador da campanha de Jair Bolsonaro. E mais: Economia: Preço do gás de cozinha está 25% acima da média internacional Política: Custo de plano de Haddad é de R$ 57 bi; Tarcísio não dá detalhes Internacional: Comitê da Câmara que apura invasão do Capitólio intima Trump a depor Metrópole: Médicos fazem alerta sobre risco de saúde cardiovascular em mulheres Esportes: Seleção feminina de vôlei tenta ouro inédito Caderno 2: Incêndio do Museu Nacional inspira peça sobre memóriaSee omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "Ipec foi comemorado no comitê de campanha de Haddad"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Oct 12, 2022 17:23


O ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas (Republicanos) lidera a disputa ao governo de São Paulo com 46% das intenções de votos ante 41% do ex-prefeito da capital paulista Fernando Haddad (PT), de acordo com pesquisa Ipec (ex-Ibope) divulgada nesta terça-feira, 11. "São Paulo é muito decisivo para as eleições de 2022 pelo número de votos. Há um empate técnico entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula. Mas considerando o contexto estadual, o Ipec foi um resultado considerado muito positivo na campanha do petista Fernando Haddad; ele não teve tantos apoios políticos e está 'encostando' em Tarcísio de Freitas, candidato pelo Republicanos", diz Eliane.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Eliane Cantanhêde responde
"Ipec foi comemorado no comitê de campanha de Haddad"

Eliane Cantanhêde responde

Play Episode Listen Later Oct 12, 2022 17:23


O ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas (Republicanos) lidera a disputa ao governo de São Paulo com 46% das intenções de votos ante 41% do ex-prefeito da capital paulista Fernando Haddad (PT), de acordo com pesquisa Ipec (ex-Ibope) divulgada nesta terça-feira, 11. "São Paulo é muito decisivo para as eleições de 2022 pelo número de votos. Há um empate técnico entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula. Mas considerando o contexto estadual, o Ipec foi um resultado considerado muito positivo na campanha do petista Fernando Haddad; ele não teve tantos apoios políticos e está 'encostando' em Tarcísio de Freitas, candidato pelo Republicanos", diz Eliane.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Eliane Cantanhêde responde
"Índices de avaliação de governo e rejeição mostram eficácia de campanha bolsonarista"

Eliane Cantanhêde responde

Play Episode Listen Later Oct 11, 2022 23:56


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a disputa ao Palácio do Planalto com 51% das intenções de voto, ante 42% do presidente Jair Bolsonaro (PL), aponta nova pesquisa Ipec (ex-Ibope) para o segundo turno divulgada nesta segunda-feira, 10. De acordo com o levantamento, 5% dos entrevistados dizem que pretender votar em branco ou anular, e 2% não sabem ou não responderam. Em votos válidos, Lula aparece com 55%, ante 45% de Bolsonaro. "O ex-presidente Lula continua com uma vantagem confortável, com a qual atravessou a campanha inteira. É difícil o presidente Jair Bolsonaro compensar isso, porque são milhões de votos, mas há dois indicadores favoráveis a ele: avaliação de governo e rejeição. Isso mostra que a campanha de Bolsonaro está mais eficaz", diz Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

TV 247
Live do Conde! IPEC: dá pra confiar?

TV 247

Play Episode Listen Later Oct 11, 2022 61:49


Live do Conde! IPEC: dá pra confiar? by TV 247

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "Índices de avaliação de governo e rejeição mostram eficácia de campanha bolsonarista"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Oct 11, 2022 23:56


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a disputa ao Palácio do Planalto com 51% das intenções de voto, ante 42% do presidente Jair Bolsonaro (PL), aponta nova pesquisa Ipec (ex-Ibope) para o segundo turno divulgada nesta segunda-feira, 10. De acordo com o levantamento, 5% dos entrevistados dizem que pretender votar em branco ou anular, e 2% não sabem ou não responderam. Em votos válidos, Lula aparece com 55%, ante 45% de Bolsonaro. "O ex-presidente Lula continua com uma vantagem confortável, com a qual atravessou a campanha inteira. É difícil o presidente Jair Bolsonaro compensar isso, porque são milhões de votos, mas há dois indicadores favoráveis a ele: avaliação de governo e rejeição. Isso mostra que a campanha de Bolsonaro está mais eficaz", diz Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Moura Brasil: Paulo Marinho, Ipec e Damares

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Oct 11, 2022 19:12


Na edição desta terça, o jornalista Felipe Moura Brasil comenta o anúncio de apoio do ex-aliado bolsonarista, Paulo Marinho, à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT); analisa os números da pesquisa Ipec de intenção de votos, divulgada nesta segunda, 10, e, ainda, fala sobre o baixo nível das campanhas de Lula e Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno. O colunista discute os principais temas que rondam o noticiário político do País, de segunda a sexta, às 07h35, no Jornal Eldorado.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Notícia no Seu Tempo
Futuro governo assumirá sem controle do Orçamento

Notícia no Seu Tempo

Play Episode Listen Later Oct 11, 2022 7:46


No podcast ‘Notícia No Seu Tempo', confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo' desta terça-feira (11/10/22): Em uma situação inédita, o presidente que assumir o cargo em janeiro terá um poder sobre as verbas federais menor do que todos os seus antecessores tiveram. O chefe do Executivo vai iniciar o mandato sem o controle de pelo menos 40% dos recursos destinados a investimentos. O dinheiro ficará nas mãos do Congresso por meio de emendas parlamentares. E mais: Política: Lula tem 51% e Bolsonaro, 42%, mostra Ipec Economia: Propostas de Tebet ao PT têm efeito na produtividade via saúde e educação Internacional: Rússia reage a derrotas com ataque a Kiev; escalada preocupa China e EUA Metrópole: Companhias aéreas querem restrição a aviões pequenos em CongonhasSee omnystudio.com/listener for privacy information.

Boletim Folha
Ipec mostra Lula com 51% e Bolsonaro com 42% das intenções de voto

Boletim Folha

Play Episode Listen Later Oct 11, 2022 5:09


Filhos de famílias pobres têm só 2,5% de chance de chegar ao topo no Brasil. E ministro fala em reduzir conta de luz e deixa mercado apreensivo.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Primeiro Café
#432 Bolsonaro pauta debate da campanha do segundo turno, empurra o nível para o esgoto e Lula apenas reage #Eleições2022

Primeiro Café

Play Episode Listen Later Oct 11, 2022 36:34


TERÇA, 11/10/2022: A campanha eleitoral do segundo turno está sendo pautada pelo bolsonarismo desde o primeiro dia e isso é um perigo. Bolsonaro nada de braçada nas discussões que, aos olhos da elite intelectual, são bobagens. Banheiros unissex e guerra santa, por exemplo, são temas que interessam muito mais ao bolsonarismo do que à democracia - por mais que num primeiro olhar possa parecer o contrário. Apesar da situação econômica terrível que o governo Bolsonaro colocou o país, eles conseguiram dar um nó na oposição e esconder esse debate. Ninguém mais fala dos preços dos alimentos, da fome e do emprego precário. Ao invés disso, a campanha de Lula embarca na grotesca história do canibal ou reage à fake news ligando Lula ao satanismo recuperando a ligação de Bolsonaro com a maçonaria. Ontem, a Damares distraiu a oposição o dia inteiro falando suas loucuras. Já eleita senadora, ela agora cumpre o papel de espantalho na campanha eleitoral. Toda a vez que o assunto virar uma pauta incômoda para Bolsonaro, espantalhos como ela entrarão em ação. E, a julgar pela reação dos defensores de Lula, com sucesso…Além de distrair a oposição, esses espantalhos também conseguem esconder propostas que realmente importam. Ontem Lula prometeu isentar de imposto de renda quem ganha até R$ 5 mil. Você soube? Contou no grupo da família? Ou estava muito ocupado indignado com as loucuras da Damares?Lula vem conquistando apoios importantes, do ponto de vista de repercussão, mas praticamente nulos no que diz respeito a votos. Quantos votos o Marcelo Madureira tem? Quantos votos o sobrinho do John Kennedy tem? Nenhum.Na imprensa, muito destaque para discussões que também não interferem no voto dos brasileiros e brasileiras. Um exemplo é a ameaça de Bolsonaro de aumentar o número de ministros do Supremo. É grave, mas não é eleitoralmente grave. O povo não gosta do Supremo, dos seus privilégios e de suas decisões de cima pra baixo. Defender o Supremo é uma obrigação constitucional, mas também é um tiro no pé, eleitoralmente. Os inúmeros casos de corrupção do governo Bolsonaro também se perdem no caminho por barreiras discursivas. O dinheiro vai para o centrão, dizem, ou o orçamento secreto. São expressões óbvias para quem acompanha política, mas totalmente desconhecidas pela grande massa de eleitores. A senadora Simone Tebet deixou vazar sua insatisfação com os rumos da campanha, afirmando que alguém tem que botar juízo na campanha de Lula. Ela está certa, mas pelos motivos errados. Simone critica o uso de referências ao PT, como a cor vermelha ou a música "vai dar PT", ignorando a realidade porque, talvez, do alto do seu alto padrão de vida, ela não conheça. Os brasileiros e brasileiras não votam por partido, por cor, por musiquinhas ou por propostas. A decisão do voto é pessoal e subjetiva, ainda mais em um segundo turno entre duas celebridades. Por mais que as pesquisas sigam indicando praticamente os mesmos resultados - uma vantagem até confortável para Lula em votos válidos - o resultado da estratégia bolsonarista já é sentido nos pormenores da Ipec de ontem: rejeição de Lula subindo e rejeição de Bolsonaro caindo. Pela primeira vez em meses, menos de 50% dos eleitores que responderam às pesquisas dizem que não votariam em Bolsonaro de jeito nenhum. Ou seja, mais da metade dos eleitores brasileiros ouvidos pelas pesquisas ainda admitem a possibilidade de votar nele.Lula gravou vídeo dizendo ser contra o aborto, a campanha fez publicações dizendo que ele é a favor de banheiros separados, usou a história do canibalismo em seus discursos e ainda prepara uma carta aos religiosos. A militância reage com clichês, dizendo que segundo turno é uma guerra de rejeições. Esquecem que, nesse campo, o bolsonarismo é muito mais competente. Isso porque usam mentiras sem pudor, dominam uma máquina de disparo diretamente para os celulares de grande parte do povo e já têm anos de experiência nisso. Do outro lado, a campanha do Lula começou a articular seus grupos meses antes da eleição. Enquanto isso, as instituições dormem em berço esplêndido. O presidente da Justiça eleitoral, que engrossou a voz há alguns meses dizendo que cassaria sem pestanejar os candidatos propagadores de fake news, se acovardou e até agora não cassou ninguém. O TSE pune as mais grotescas mentiras com multas de valores irrisórios. É quase um incentivo para que continuem fazendo isso.Eu sei que as pesquisas dizem o contrário, que as suas timelines das redes sociais dizem o contrário e que o seu desejo diz o contrário, mas, hoje, 11 de outubro, a dura e desgradável constatação é de que quem está ganhando a campanha é o bolsonarismo. Se isso vai ser suficiente para Bolsonaro ganhar os milhões de votos que precisa para vencer, não sou capaz de opinar. Só digo que é perigoso, principalmente num cenário de voo cego, no qual não podemos confiar totalmente nos resultados das pesquisas eleitorais e nem na percepção viciada dos analistas políticos da grande mídia. SAIBA MAIS: https://primeiro.cafe/APOIE: https://apoia.se/primeirocafe

Resumão Diário
Terça-feira, 11 de outubro

Resumão Diário

Play Episode Listen Later Oct 11, 2022 4:49


94% dos eleitores brasileiros estão totalmente decididos em quem vão votar para a Presidência no segundo turno das eleições, segundo pesquisa presidencial Ipec divulgada ontem; os números completos estão no g1. O Ministério Público Federal cobrou informações do Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos sobre uma denúncia feita pela senadora eleita Damares Alves, ex-ministra da pasta, sobre supostos crimes sexuais cometidos contra crianças no Pará. As parcelas de outubro do Auxílio Brasil e do vale-gás começam a cair a partir de hoje. O IBGE divulga o resultado da inflação de setembro. E o Coldplay anunciou as novas datas da turnê no Brasil, suspensa por um problema de saúde do vocalista Chris Martin.

Resumão Diário
Resumão eleições #53: Segunda-feira, 10 de outubro

Resumão Diário

Play Episode Listen Later Oct 10, 2022 5:10


Nova pesquisa Ipec mostra como está a disputa pela Presidência. Lula (PT) disse que a eleição termina no dia 30 de outubro, depois que o resultado for anunciado. A campanha do petista vai divulgar no fim de semana uma carta para fazer um aceno aos evangélicos. Bolsonaro (PL) chamou de ‘mentira eleitoral' a fala de Lula sobre picanha e cerveja. Aliados dizem que Bolsonaro errou ao ameaçar, mais uma vez, o STF. E os eleitores já podem voltar a emitir a certidão de quitação eleitoral pelo site do TSE ou aplicativo e-Título.

revista piauí
#221: A luta final

revista piauí

Play Episode Listen Later Oct 7, 2022 56:49


Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky comentam a primeira pesquisa de intenção de votos para presidente, a campanha dos bolsonaristas para desacreditar os institutos de pesquisas e o embate religioso nos discursos políticos. O programa fala ainda das primeiras alianças de Bolsonaro e Lula com governadores e ex-candidatos à Presidência, faz um balanço da campanha na primeira semana do segundo turno e analisa a guinada à direita do Congresso Nacional eleito. Escalada: 00:00 1º bloco: 04:31 2º bloco: 24:10 3º bloco: 35:25 Kinder Ovo: 46:55 Correio Elegante: 48:58 Créditos: 55:02 Bloco 1: O peso das pesquisas A pesquisa Ipec divulgada nesta quarta-feira mostrou Lula com 55% dos votos válidos e Bolsonaro com 45%. Na simulação anterior de cenário de 2º turno, divulgada na véspera da votação do 1º turno, Lula tinha 52% das intenções de voto, e Bolsonaro, 37%. Desde o encerramento das apurações, as pesquisas eleitorais vêm sofrendo uma série de ataques, inclusive institucionais. Bloco 2: Em busca de aliados À procura de alianças, representantes das campanhas de Lula e Bolsonaro vêm se encontrando com líderes de partidos, governadores e senadores eleitos no primeiro turno. O presidente teve o apoio imediato dos governadores de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal. Lula, por sua vez, recebeu o voto de confiança de Simone Tebet, Ciro Gomes e Fernando Henrique Cardoso. Bloco 3: Congresso à direita O PL, partido de Bolsonaro, conseguiu eleger a maior bancada da Câmara, com 99 deputados, e também tem o maior número de senadores, 13. O PT tem a segunda maior bancada da Câmara, com 68 eleitos. Quatro ex-ministros alinhados com Bolsonaro ganharam vagas no Senado: Damares Alves, o astronauta Marcos Pontes, Tereza Cristina e Rogério Marinho, além do ex-vice-presidente, Hamilton Mourão. Para acessar reportagens citadas nesse episódio: https://piaui.co/foro221 ​​​​​​​​​​Assista aos bastidores da gravação: https://piaui.co/ftprivilegiado​ ​​​​​Aqui, uma playlist com todos os episódios do Foro: https://piaui.co/playlistforo​ ​​​​​​​​​​O Foro de Teresina é o podcast de política da revista piauí, que vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 11h. O programa é uma produção da Rádio Novelo para a revista piauí. Ouça também os outros podcasts da piauí: o Maria vai com as outras, sobre mulheres e mercado de trabalho (https://piaui.co/playlistmaria​​​​​​​​​), e A Terra é redonda, sobre ciência e meio ambiente (https://piaui.co/playlistaterra​​​​​​). Ficha técnica: Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky Coordenação geral: Évelin Argenta Direção: Mari Faria Edição: Évelin Argenta e Tiago Picado Produção: Marcos Amorozo Apoio de produção: Cláudia Holanda Produção musical, finalização e mixagem: João Jabace Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno Identidade visual: João Brizzi Ilustração: Fernando Carvall Teaser (Foro Privilegiado): Mari Faria Distribuição: Marcos Amorozo Coordenação digital: Juliana Jaeger e FêCris Vasconcellos Checagem: João Felipe Carvalho Para falar com a equipe: forodeteresina@revistapiaui.com.br

Estadão Notícias
A disputa ‘diabólica' nas campanhas de 2º turno

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Oct 7, 2022 37:14


Apesar da onda de descrença, as pesquisas eleitorais começam a divulgar seus levantamentos para o segundo turno, nesta semana. De acordo com o Ipec, Lula (PT) tem 55% dos votos válidos, contra 45% de Jair Bolsonaro (PL). Na Quaest, o cenário foi bem parecido. O petista tem 54% dos votos válidos, enquanto o atual presidente tem 46%. No entanto, esses números podem sofrer alterações até o dia 30 de outubro, já que os presidenciáveis começaram a reunir apoios para esta fase da eleição. O atual presidente conseguiu reunir um grande número de governadores eleitos em primeiro turno, caso de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraná. Já o petista, tem no seu palanque os ex-candidatos Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB), além de figuras históricas, como Fernando Henrique Cardoso. Agora, as campanhas traçam estratégias para tentar reduzir a rejeição de seus candidatos em algumas localidades. Enquanto Lula intensifica os comícios no Sul e no Sudeste, Bolsonaro pretende investir mais no Nordeste. Além disso, os dois candidatos “brigam” pelo espólio de eleitores deixados por Ciro Gomes e Simone Tebet. Esses são os assuntos que guiam nossa conversa do “Poder em Pauta” com os jornalistas que acompanham o dia a dia da política. Participam no episódio de hoje do Estadão Notícias, Pedro Venceslau, de São Paulo, e Felipe Frazão, diretamente da capital federal. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Boletim Folha
Ipec mostra Lula com 51% e Bolsonaro com 43% no segundo turno

Boletim Folha

Play Episode Listen Later Oct 6, 2022 4:08


Governo corta R$ 2,4 bilhões do MEC, e universidades veem situação insustentável. E eleitor do PT diz à polícia ter matado amigo bolsonarista em SP.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Estadão Notícias
Pesquisas em descrédito e os desafios dos Institutos para o 2° turno

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Oct 6, 2022 25:09


Após a apuração e totalização dos votos no primeiro turno, neste domingo, uma coisa ficou clara: as pesquisas de intenção de voto erraram ao não captar o contingente que votaria em Jair Bolsonaro (PL). Alguns institutos, como Ipec e Datafolha, deram uma diferença de mais de 10 pontos entre o atual presidente e Lula. O que se viu foi uma diferença de apenas 5%, pouco mais de 6 milhões de votos. Mas não parou por aí: os levantamentos não conseguiram captar os movimentos dentro dos Estados, nas eleições para governador e senador. No caso de São Paulo, as pesquisas davam o petista Fernando Haddad à frente de Tarcísio de Freitas (Republicanos). Nas urnas, o candidato de Bolsonaro teve pouco mais de 6% a mais que o ex-prefeito. As diferenças entre os levantamentos e a conclusão da apuração das urnas também apareceram na disputa pelo Senado. Enquanto os institutos davam Márcio França (PSB) bem à frente do astronauta Marcos Pontes (PL), o pleito deu a vitória para o candidato do atual presidente. Essas incongruências foram observadas em diversas federações da República.  Afinal, o que aconteceu para as pesquisas não captarem o desejo do eleitor? Vai ser preciso rever a metodologia? No podcast 'Estadão Notícias' de hoje, vamos conversar sobre o assunto com o advogado, geógrafo e CEO da Geocracia, Luiz Ugeda. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg, Gabriela Forte, Milena Félix. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Notícia no Seu Tempo
Bolsonaro antecipa pagamento de Auxílio; Lula busca o centro

Notícia no Seu Tempo

Play Episode Listen Later Oct 4, 2022 8:39


No podcast ‘Notícia No Seu Tempo', confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo' desta terça-feira (04/10/22): No primeiro dia de campanha para o segundo turno, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) buscaram apoio de outras lideranças políticas para a eleição do dia 30. Lula investe na senadora Simone Tebet (MDB). Bolsonaro buscou e deve contar com apoio do governador reeleito de MG, Romeu Zema (Novo). No exercício do cargo, o presidente prepara medidas para tentar atrair o eleitorado feminino e de baixa renda, em especial o do Nordeste.  E mais: Política: Centrão mantém domínio político na Câmara e será desafio de futuro governo Economia: Novo perfil do Congresso e segundo turno animam mercado Internacional: Pressionada, premiê britânica desiste de cortar IR dos ricos Metrópole: Sueco leva Nobel de Medicina por encontrar DNA de ancestraisSee omnystudio.com/listener for privacy information.

Rádio Gaúcha
Márcia Cavallari, Diretora Do IPEC - 03/10/2022

Rádio Gaúcha

Play Episode Listen Later Oct 3, 2022 23:40


Márcia Cavallari, Diretora Do IPEC - 03/10/2022 by Rádio Gaúcha

Opinião
***157 O BRASILEIRO SE INTERESSA POR POLÍTICA? ***

Opinião

Play Episode Listen Later Sep 30, 2022 22:36


O Brasil tem pouco mais de 156 milhões de pessoas aptas a votar no próximo domingo, dia 02 de Outubro. Mas, será que o brasileiro tem interesse nas eleições e na política do país? De acordo com uma pesquisa do IPEC, o antigo IBOPE, 67% dos brasileiros se interessam pelas eleições para escolher presidente, governador, senador e deputados. Já os que dizem ter pouco ou nenhum interesse somam 33%. Para falar sobre o assunto, receberemos a antropóloga e professora da FESP-SP, STELLA CHRISTINA SCHRIJNEMAEKERS, e a cientista política e diretora executiva da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS) MÔNICA SODRÉ.

Empowerography
Having Impact with Kelly Lynn Adams S01 EPS382

Empowerography

Play Episode Listen Later Sep 29, 2022 49:52


In the latest episode of the Empowerography Podcast, my guest is Kelly Lynn Adams. I'm Kelly Lynn Adams, CPC, ELI-MP, is an award-winning entrepreneur, iPEC certified executive leadership & life coach, business success strategist, international speaker, creator of the Perfectly Imperfect podcast & the Founder of the Womxn. Work. Worth. Movement. I help conscious leaders, visionaries, founders, executives & entrepreneurs behind the business, the brand, the book & the bold movement to break through what is holding them back in order to elevate & expand to their next level. No cookie-cutter coaching here, I go wherever I need to go in order to empower & co-create impact, income & influence in my clients lives whether that is strategy, mindset, embodiment, energetics, somatic or alignment work necessary in order to shatter glass, income and growth ceiling—I lead you into fully owning, stepping into and embodying inner personal freedom, increased income and influential impact. In this episode we discuss the Womxn. Work. Worth. Movement, coaching, having impact and being of service. Website - https://www.kellylynnadams.com/ IG - http://www.instagram.com/kellylynnadams FB - https://www.facebook.com/kellylynnadams.fanpage LinkedIn - https://www.linkedin.com/in/kelly-lynn-adams-8a58722 "You know I'm definitely a recovering type-A perfectionist" - 00:02:06 "Have a why that makes you cry" - 00:26:04 "Whatever's on your heart and in your head, go do it" - 00:47:52 Empowerography would like to offer you a discount code to one of our exclusive partners, Quartz & Canary Jewelry & Wellness Co. Please use CODE EMPOWER15 to receive 15% off upon check out at www.quartzandcanary.com. Quartz & Canary is truly the place, where spirituality meets style.

O Antagonista
Cortes do Papo - Ipec: Bolsonaro foi o único presidenciável que teve alta na rejeição durante campanha

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 28, 2022 2:49


Jair Bolsonaro (PL) foi o único candidato ao Planalto que viu sua taxa de rejeição crescer nas pesquisas Ipec além da margem de erro, de dois pontos percentuais. Como mostramos, o índice do atual presidente da República está em 51%, de acordo com a sondagem divulgada ontem. Na metade de agosto, eram 46%. Lula (PT) era rejeitado por 33% do eleitorado, taxa que agora é de 35%. A variação está no limite da margem de erro. A rejeição a Ciro Gomes (PDT) passou de 18% para 14%, enquanto a de Simone Tebet (MDB) permaneceu em 6% no período. Como mostramos, no levantamento geral, Lula aparece com 48% das intenções de voto, contra 31% de Bolsonaro. Ciro oscilou um ponto para baixo e agora tem 6%; Tebet manteve seus 5%. Soraya Thronicke (União Brasil) e Luiz Felipe D'Avila (Novo) aparecem com 1%; os demais candidatos não pontuaram. O instituto entrevistou 3.008 pessoas em 183 municípios brasileiros entre o sábado (24) e esta segunda (26). A pesquisa está registrada no TSE como BR‐01640/2022. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

O Antagonista
Cortes do Papo - Ipec: Lula mantém chance real de vitória em primeiro turno

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 3:55


O Ipec (ex-Ibope) acaba de divulgar sua mais nova pesquisa presidencial. Segundo o instituto, Lula (PT, na foto) abriu 17 pontos de vantagem sobre Jair Bolsonaro (PL, na foto). O petista oscilou um ponto para cima desde o levantamento anterior, divulgado em 19 de setembro, e agora aparece com 48%; o presidente manteve os mesmos 31%. Ciro Gomes (PDT) oscilou um ponto para baixo e agora tem 6%; Simone Tebet (MDB) manteve seus 5%. Soraya Thronicke (União Brasil) e Luiz Felipe D'Avila (Novo) aparecem com 1%; os demais candidatos não pontuaram. Há ainda 4% de brancos/nulos e 4% de indecisos. Contando só os votos válidos, Lula obtém 52% contra 34% de Bolsonaro; isso significa que, dentro da margem de erro, o petista mantém chances de vencer em primeiro turno. O Ipec ouviu 3.008 pessoas entre os dias 25 e 26 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

SBS Portuguese - SBS em Português
Notícias da Austrália e do Mundo | 27 setembro | SBS Portuguese

SBS Portuguese - SBS em Português

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 10:26


A 5 dias das eleições para presidente do Brasil, Ciro Gomes (PDT) afirma que não desistirá da candidatura em nome do "voto útil". Na última pesquisa Ipec, Lula (PT) está na margem de erro para vencer no primeiro turno

Eliane Cantanhêde responde
"Durante seu mandato, Bolsonaro consolidou favoritismo do Lula"

Eliane Cantanhêde responde

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 21:50


Eliane escreve em sua coluna desta semana, no Estadão: "Na reta final da campanha, cresce a expectativa de vitória do ex-presidente Lula, mas o mais importante é que aumentam as chances de uma decisão já no domingo. Com 52% dos votos válidos no Ipec, Lula pode ter entre 50% e 54%, no intervalo da margem de erro, ou seja, o suficiente para fechar a eleição no primeiro turno, sem necessidade de um segundo". "Bolsonaro atravessou o governo todo com chances de reverter isso e, ao contrário: ele consolidou o favoritismo do Lula durante seu mandato. A situação está bem cristalizada a favor do ex-presidente; vai ficando difícil, praticamente impossível, para o Bolsonaro tirar a dianteira do Lula", diz Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Primeiro Café
#419 Lula sobe para 52% dos votos válidos no Ipec #Eleições2022 | Bate-papo eleitoral: A importância de decidir no 1º turno

Primeiro Café

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 112:13


TERÇA, 27/09/2022: Faltando apenas 5 dias para as eleições, as pesquisas da semana indicam que nada mudou. Os números do Ipec, divulgados ontem, são muito similares na disputa pela presidência. Lula subiu dentro da margem de erro e agora tem 52% dos votos válidos, número suficiente para vencer no primeiro turno.Parece que a vitória já neste domingo deixou de ser apenas mais um sonho para se tornar uma real possibilidade. No Ipec, Ciro perdeu um ponto e Lula ganhou um. Bolsonaro e Tebet seguiram iguais. A pouca margem que Lula tem para vencer no primeiro turno tornará a apuração do próximo domingo um momento de muita tensão. Provavelmente vamos ter que esperar quase a totalização dos votos para cravar a vitória ou o segundo turno.Mas se na disputa pela presidência a vitória de Lula é certa, talvez em primeiro, mas se não for, será no segundo turno, em algumas disputas estaduais vai ter emoção. Na Bahia, a fraude de ACM Neto na autodeclaração de cor custou caro. Pesquisa Atlas divulgada agora pela manhã já mostra Jerônimo Rodrigues do PT na frente com 46% x 39%. No Ipec, a diferença diminuiu, mas ACM segue na frente com 47% x 32%.No Rio Grande do Sul, Eduardo Leite segue liderando, com Onyx Lorenzoni em segundo lugar. O candidato do PT, Edegar Pretto, subiu cinco pontos na pesquisa Ipec e está em terceiro lugar.No Ceará, mudança total no cenário. Elmano de Freitas, do PT, cresceu e agora tem 30% na Ipec, empatado com Capitão Wagner do União Brasil. O candidato de Ciro Gomes, Roberto Cláudio, segue em terceiro. No DF, Ibaneis Rocha ainda lidera com 40% na Ipec, mas Leandro Grass, do PV, tem tendência de crescimento e agora tem 13%.Eleger Lula no primeiro turno parece ser a vontade de mais da metade do eleitorado. Mas não adianta eleger apenas o presidente. Por isso, os votos para os governos estaduais, para o senado e para deputados federais e estaduais são fundamentais. Esta semana estamos incentivando a nossa comunidade a compartilhar as suas colinhas para o domingo. Envie nos nossos grupos ou comente aqui na transmissão quem são os seus candidatos e candidatas.BATE-PAPO ELEITORALHoje nossa conversa sobre as #Eleições2022 recebe a nossa colunista Rachel Cor, do Pensa Comigo, a jornalista Paula Bianchi, da coluna Cartas do Rio Tietê, e o médico sexólogo Edu Peres, do Café com Pimenta.SAIBA MAIS: https://primeiro.cafe/APOIE: https://apoia.se/primeirocafe

Newly Erupted
The Future of Practice Success Includes High-Performance Habits, Mindset, Systems, Technology and Social Media

Newly Erupted

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 20:41


Listen to this inspiring podcast by practice innovator and coach Allison Lacoursiere. Allison is an expert in Clear Aligner systems and coaches practice teams on efficiency, productivity and growth. She helps create a team culture that sustains productivity and growth. Be enlightened by Allison's wisdom and insight into what creates successful outcomes.Bio:Allison Lacoursiere is an innovator in Clear Aligner Operations and the creator of the Clear Aligner Systemization methodology. As the founder of Clear Coaching, she is an expert in Clear Aligner Systems and helping Dentists streamline their efficiency and increase their production. She has a decade of dental experience, has a lifetime membership to AADOM, is certified as a Registered Dental Assistant, Orthodontic Assistant as well as Dental Office Management through the University of Toronto. Allison is a faculty member of Align Technology, Upgrade Dental, and the Dental Speakers institute.Additionally she is a certified Professional Coach through IPEC and a member of the International Coaches Federation, UC Davis for Coaching as a Manager and is certified as a Transformational Trainer through Lionspeak. Allison is also the co-founder of a bespoke social media marketing agency, Clearly.IG. that not only manages social accounts, but coaches teams on how to operate successful marketing campaigns. She has additionally trained hundreds of individuals to create an ROI on Instagram through her online courses and international speaking.See Privacy Policy at https://art19.com/privacy and California Privacy Notice at https://art19.com/privacy#do-not-sell-my-info.

Colunistas Eldorado Estadão
Moura Brasil: Sem propostas, Lula surfa na rejeição a Bolsonaro

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 15:30


Na edição desta terça, o jornalista Felipe Moura Brasil analisa os dados da pesquisa Ipec de intenção de votos para presidente e governador, divulgados nesta segunda-feira, e comenta o clima criado a partir destes resultados e as estratégias dos concorrentes aos cargos do Executivo. O colunista discute os principais temas que rondam o noticiário político do País, de segunda a sexta, às 07h35, no Jornal Eldorado.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "Durante seu mandato, Bolsonaro consolidou favoritismo do Lula"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 21:50


Eliane escreve em sua coluna desta semana, no Estadão: "Na reta final da campanha, cresce a expectativa de vitória do ex-presidente Lula, mas o mais importante é que aumentam as chances de uma decisão já no domingo. Com 52% dos votos válidos no Ipec, Lula pode ter entre 50% e 54%, no intervalo da margem de erro, ou seja, o suficiente para fechar a eleição no primeiro turno, sem necessidade de um segundo". "Bolsonaro atravessou o governo todo com chances de reverter isso e, ao contrário: ele consolidou o favoritismo do Lula durante seu mandato. A situação está bem cristalizada a favor do ex-presidente; vai ficando difícil, praticamente impossível, para o Bolsonaro tirar a dianteira do Lula", diz Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

TV 247
Live do Conde! Tsunami Lula - Ipec devastador sepulta jair

TV 247

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 58:50


Live do Conde! Tsunami Lula - Ipec devastador sepulta jair by TV 247

TV 247
Bom dia 247 - Ipec aponta vitória de Lula no primeiro turno

TV 247

Play Episode Listen Later Sep 27, 2022 187:39


Bom dia 247 - Ipec aponta vitória de Lula no primeiro turno by TV 247

O Assunto
Para entender a sucessão no Ceará

O Assunto

Play Episode Listen Later Sep 26, 2022 23:50


Liderada desde a pré-campanha por Capitão Wagner (União Brasil), a disputa pelo governo agora embolou: com 29% na mais recente pesquisa Ipec, o deputado federal e ex-PM está tecnicamente empatado com o deputado estadual Elmano de Freitas (PT), que obtém 30%. Em seguida, com 22%, aparece o ex-prefeito de Fortaleza Roberto Claudio (PDT). A presença simultânea de Freitas e Claudio na pista marca o fim da longa aliança entre o clã Ferreira Gomes e o PT no Estado. Para entender esse quadro, Renata Lo Prete conversa com o jornalista Inácio Aguiar, da TV Verdes Mares, afiliada da Globo. Ele explica os motivos que levaram Ciro, candidato a presidente, a bancar internamente a opção pelo ex-prefeito. E também a saia-justa criada para seu irmão Cid: o ex-governador, hoje no Senado, tenta se apresentar como “bombeiro” na relação com os petistas. E já indicou que apoiará Elmano se Claudio não chegar ao segundo turno. Na avaliação de Aguiar, os três nomes “são competitivos”, e o desfecho da eleição, “imprevisível”. Com Lula forte no Estado, e o ex-governador Camilo Santana (PT) favorito para a vaga disponível de senador, Ciro está sob risco de colher este ano, em sua base, o pior resultado de todas as suas tentativas de chegar ao Palácio do Planalto.

Durma com essa
Pesquisas sob ataque: os institutos como alvo na eleição

Durma com essa

Play Episode Listen Later Sep 23, 2022 26:58


O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), pôs em dúvida nesta quinta-feira (22) os resultados das pesquisas de intenção de voto para as eleições de 2022, dizendo que “nada justifica resultados tão divergentes dos institutos”. “Urge estabelecer medidas legais que punam os institutos que erram demasiado ou intencionalmente para prejudicar qualquer candidatura”, escreveu no Twitter. A declaração do deputado, que é aliado de Jair Bolsonaro, ocorre em um contexto de ataques de políticos e apoiadores do presidente a institutos como o Ipec e o Datafolha. O Durma com Essa explica como são feitas as pesquisas eleitorais e qual a relação entre os ataques a elas e as contestações de Bolsonaro ao sistema eleitoral como um todo. O episódio tem também a participação do redator Cesar Gaglioni, que fala da radicalização do discurso do candidato Ciro Gomes, do pesquisador Pedro Abramovay, que comenta a relação entre política e técnica no setor público, e da editora-executiva da Gama Revista, Isabelle Moreira Lima, que dá dicas culturais na seção “Achamos que vale”, inspirada na newsletter homônima que você pode assinar clicando aqui. Conheça a editoria Ponto Futuro.Link Revista Gama:https://weverify-demo.ontotext.com/#!/similaritySearchResults&type=Videos¶ms=https%3A%2F%2Fgamarevista.uol.com.br%2Fassinar-newsletter%2FLink Ponto Futuro:https://www.nexojornal.com.br/pontofuturo/

O Assunto
Voto útil: em que medida ele pode influir

O Assunto

Play Episode Listen Later Sep 22, 2022 21:11


A menos de duas semanas da votação, as pesquisas permitem a Lula (PT) sonhar com a possibilidade de liquidar a disputa com Jair Bolsonaro (PL) no 1º turno - no Datafolha e no Ipec mais recentes, o ex-presidente tem, respectivamente, 48% e 52% pelo critério de votos válidos, que exclui brancos e nulos (para vencer na etapa inicial, é preciso obter nas urnas 50% dos válidos e mais um). Nesse cenário, muito se especula sobre o papel do chamado voto “útil” ou “estratégico”, aquele em que o eleitor “rejeita tanto um candidato” a ponto de votar principalmente para derrotá-lo - ainda que, no processo, abandone seu postulante favorito, define Mauro Paulino, comentarista da GloboNews. Em conversa com Renata Lo Prete, ele avalia as chances de eleitores de Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) migrarem para o petista nesta reta final. É possível, afirma o sociólogo. Ele alerta, porém, para o fato de que muita migração já ocorreu, e as taxas de convicção estão elevadas, restando pouca margem para “surpresas”. Paulino recomenda prestar atenção, em 2 de outubro, à taxa de abstenção, “que pode aumentar devido às ameaças de violência”. Tal hipótese, segundo ele, tenderia a prejudicar o candidato do PT: historicamente, são os mais pobres (entre os quais a liderança de Lula é absoluta) que mais se abstêm.

TV 247
Live do Conde! IPEC enterra Jair

TV 247

Play Episode Listen Later Sep 20, 2022 63:06


Live do Conde! IPEC enterra Jair by TV 247

Estadão Notícias
A discrepância entre pesquisas eleitorais

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Sep 20, 2022 27:03


A multiplicação de institutos e, portanto, de pesquisas eleitorais, não é um fenômeno totalmente novo, mas se mostra muito presente na corrida presidencial deste ano. Além dos tradicionais Ipec (ex-Ibope) e Datafolha, fazem parte deste cenário estatístico empresas como Quaest, Paraná Pesquisas, Vox Populi, Sensus, MDA, PoderData, Ipespe, Ideia, Futura, FSB, Gerp e Real Time Big Data. Ou seja, nunca se produziu tantos dados com base amostral sobre as intenções de voto do eleitor brasileiro ao longo da campanha.Com um número maior de retratos de valor estatístico, amplia a possibilidade de diferenças entre os resultados. Muitas vezes com margens elásticas. Isso tem sido verificado, por exemplo, no desempenho dos líderes, Lula (PT) e Bolsonaro (PL). Ora a diferença entre eles é maior, a depender do instituto, ora é menor. Diversos aspectos podem explicar as discrepâncias, como a metodologia empregada e, também, o tipo de base amostral. A falta de um Censo atualizado do IBGE é outro fator que pode interferir no resultado desses levantamentos. Afinal, ter mais pesquisas eleitorais à disposição qualifica o processo eleitoral? O quanto uma pesquisa influencia no voto? É possível dimensionar? O chamado “voto envergonhado” é uma realidade dessas eleições? Para tratar desses temas, o episódio desta terça-feira (20), conversa com o cientista político e pesquisador da FGV, Jairo Nicolau. O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg, Gabriela Forte e Ana Luiza Antunes. Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Moura Brasil: Bolsonaro colhe a desvantagem que plantou

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Sep 20, 2022 15:42


Na edição desta terça, o jornalista Felipe Moura Brasil comenta os dados da pesquisa Ipec de intenção de votos para a presidência da República, divulgados nesta segunda, 19, e como deve aumentar a pressão da campanha do ex-presidente Lula pelos votos úteis de eleitores de Ciro Gomes e Simone Tebet. E, ainda, comenta a denúncia de pagamento ao Instituto Paraná Pesquisas pela pré-campanha à reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O colunista discute os principais temas que rondam o noticiário político do País, de segunda a sexta, às 07h35, no Jornal Eldorado.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "O temor é que Bolsonaro repita na ONU a reunião com embaixadores"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Sep 20, 2022 22:04


O presidente Jair Bolsonaro discursará na Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) na manhã desta terça-feira, 20. Nas suas três primeiras apresentações, o chefe do Executivo deu destaque às chamadas “pautas de costumes” defendidas pela sua gestão, atacou governos de esquerda, reforçou o acolhimento do País aos refugiados venezuelanos, divulgou o tratamento precoce, método comprovadamente ineficaz de combater a covid-19, e defendeu a política ambiental brasileira. "O que me preocupa e deveria preocupar os brasileiros no seu discurso de hoje - lembrando que esta é uma função do presidente brasileiro - é que Bolsonaro submeteu seu texto ao pastor Silas Malafaia e ao presidente do PL, Valdemar da Costa Neto. Ele está indo com duas cópias: uma mais estadista e uma mais de candidato. E não costuma ser muito feliz em suas investidas internacionais", opina Eliane. O agregador de pesquisas eleitorais do Estadão Dados já está atualizado com os dados divulgados em 19/09 pelas empresas Ipec e FSB. Segundo a Média Estadão Dados, calculada pelo agregador, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 45% das intenções de voto e Jair Bolsonaro (PL), 33%. Considerando-se apenas os votos válidos, ou seja, sem contar brancos, nulos e indecisos, Lula tem 50% e Bolsonaro, 37%. "Este índice devolve a Lula o sonho de se eleger no primeiro turno e isto vai depender de muitos fatores - inclusive, da temperatura. Se estiver chovendo, por exemplo, aumenta abstenção e isso ocorre entre os mais pobres, que são lulistas, em maioria. Também depende das duas semanas de reta final de campanha. Bolsonaro previa estar próximo a Lula e a distância entre os candidatos está aumentando", diz Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

Mark Groves Podcast
Overcoming Perfectionism with Vitale Buford Hardin

Mark Groves Podcast

Play Episode Listen Later Sep 19, 2022 39:49


Themes: Perfectionism, Excellence, Career, Authenticity, Self-Compassion, Self-Worth Summary: This week I'm pumped to be joined by my good friend, Vitale Buford Hardin who is a top leadership consultant, driver of leadership excellence, and CEO of The Hardin Group, a leadership consulting firm. Tune in as we unpack perfectionism, why it manifests, how it affects us in the workplace and within our relationships, and ultimately how to actually heal from it. Vitale believes that “who we are is how we lead,” so the real leadership work begins with ourselves. Vitale brings her training and concepts to life in a fun and relatable way, empowering teams and companies to transform the way they work, produce, and relate. She is an iPEC-certified executive coach, trainer, award-winning speaker, and author. Featured in The New York Times, she is the author of the book, Addicted to Perfect, detailing her struggle with perfectionism and how she overcame it.  Discover: What perfectionism is and the different ways in which it can manifest The root cause of perfectionism The first step in detaching from the need to be perfect How companies and leaders can actually benefit from addressing and healing perfectionism in the workplace 00:00 Intro 00:46 What is perfectionism? 02:55 Why we chase perfection 05:30 Detaching from perfectionism 07:37 Perfectionism in the workplace 12:06 How it affects innovation 17:47 Are men or women more prone to perfectionism? 21:27 Perfectionism in relationships 28:00 Compassion and perfectionism can't coexist 30:34 Excellence instead of perfectionism 32:23 Vitale's struggle with perfectionism Links: Book | Addicted to Perfect: A Journey Out of the Grips of Adderall Website | The Hardin Group LinkedIn | Vitale Buford Hardin Sponsors: Cured Nutrition | Use code CREATETHELOVE for 20% all products at curednutrition.com/createthelove Organifi | Use code CREATETHELOVE for 20% off all products at organifi.com/createthelove Create the Love Cards | Use code CTLCARDS15 for 15% off at createthelove.com/cards See omnystudio.com/listener for privacy information.

revista piauí
#218: O medo, as armas e a urna | Foro de Teresina - o podcast de política da piauí

revista piauí

Play Episode Listen Later Sep 16, 2022 58:14


Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky comentam o legado violento do bolsonarismo de ampliação do medo no ambiente político, que inibe a população de manifestar suas preferências políticas e potencializa ataques como os feitos à jornalista Vera Magalhães. O trio também fala do acordo entre o TSE e o Ministério da Defesa para a realização de testes de integridade das urnas eletrônicas com biometria nas sessões eleitorais e das implicações disso na apuração. Por fim, os apresentadores destacam o cenário de estabilidade de Lula e Bolsonaro nas pesquisas de intenção de voto. Escalada: 00:00 1º bloco: 05:36 2º bloco: 20:17 3º bloco: 32:57 Kinder Ovo: 47:55 Correio Elegante: 50:43 Créditos: 56:13 Bloco 1: Medo de se expressar Uma pesquisa do Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostrou que quase 70% dos entrevistados afirmam ter medo de serem agredidos fisicamente em razão de sua escolha política ou partidária. A sensação de medo e insegurança atinge a população em geral, em especial membros do Judiciário, jornalistas, políticos de esquerda e, sobretudo, mulheres. Bloco 2: TSE, militares e as urnas O plenário do Tribunal Superior Eleitoral acatou uma das principais sugestões dos militares e vai adotar um projeto-piloto para o chamado teste de integridade das urnas, uma das etapas de auditoria realizada no dia das eleições. Isso já estava previsto, mas a adoção da biometria nesse processo foi um acordo do ministro Alexandre de Moraes com as Forças Armadas. No Ministério da Defesa, a decisão foi considerada “excelente”, e a expectativa é que o teste seja feito no maior número de urnas possível. Bloco 3: Cenário de estabilidade A estabilidade apontada nesta semana pelas pesquisas Ipec e Datafolha animou a campanha do ex-presidente Lula e acendeu um alerta na de Jair Bolsonaro. O cenário de estabilidade é reforçado pelo fato de que quase 80% dos entrevistados dizerem que não mudarão seus votos, o que dificulta as esperanças do presidente de aumentar o seu número de eleitores. A decisão do pleito ainda no primeiro turno está aberta e, num eventual segundo turno, Lula venceria Bolsonaro, segundo as duas pesquisas. Para acessar reportagens citadas nesse episódio: https://piaui.co/foro218 ​​​​​​​​​​Assista aos bastidores da gravação: https://piaui.co/ftprivilegiado​ ​​​​​Aqui, uma playlist com todos os episódios do Foro: https://piaui.co/playlistforo​ ​​​​​​​​​​O Foro de Teresina é o podcast de política da revista piauí, que vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 11h. O programa é uma produção da Rádio Novelo para a revista piauí. Ouça também os outros podcasts da piauí: o Maria vai com as outras, sobre mulheres e mercado de trabalho (https://piaui.co/playlistmaria​​​​​​​​​), e A Terra é redonda, sobre ciência e meio ambiente (https://piaui.co/playlistaterra​​​​​​). Ficha técnica: Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Thais Bilenky Coordenação geral: Évelin Argenta Direção: Mari Faria Edição: Évelin Argenta e Tiago Picado Produção: Marcos Amorozo Apoio de produção: Natalia SIlva Produção musical, finalização e mixagem: João Jabace Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno Identidade visual: João Brizzi Ilustração: Fernando Carvall Teaser (Foro Privilegiado): Marcos Amorozo Distribuição: Marcos Amorozo Coordenação digital: Juliana Jaeger e FêCris Vasconcellos Checagem: João Felipe Carvalho Para falar com a equipe: forodeteresina@revistapiaui.com.br

O Antagonista
Cortes do Papo - O marketing milionário dos 4%

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 16, 2022 5:53


Quarta colocada nas pesquisas de intenção de voto, Simone Tebet (foto) já gastou 14,5 milhões em seu marketing político, comandado por Felipe Soutello. A cifra foi registrada pela presidenciável como sua maior despesa de campanha até agora: eles representam 44% dos R$ 32,9 milhões comprometidos pelo seu staff até o momento. O valor investido não fez com que sua campanha ultrapassasse o patamar dos 4% na pesquisa Ipec mais recente. A campanha emedebista, encabeçada pelo marqueteiro responsável por campanhas vitoriosas do PSDB como as de Bruno Covas, pagou mais que o dobro que o valor repassado pelo PDT a João Santana. Santana é responsável pelo marketing de Ciro Gomes. À Justiça Eleitoral, o PDT diz que a Santana & Associados cobrou R$ 6,15 milhões pelos seus serviços, além de R$ 30 mil pela execução de um jingle. Todos no entanto saem mais barato que a M4, da campanha lulista: o PT já desembolsou quase R$ 26 milhões na empresa do marqueteiro Sidônio Palmeira. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista  

O Antagonista
Cortes do Papo - Pesquisa Brasmarket: Bolsonaro 43,5% x Lula 30,5%

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 15, 2022 6:07


Levantamento feito pelo instituto Brasmarket a pedido da Associação de Supermercados do Rio de Janeiro aponta Jair Bolsonaro (PL) na liderança na disputa pela Presidência da República. Segundo a pesquisa, ele teria 43,5% das intenções de voto se as eleições fossem hoje contra 30,5% do ex-presidente Lula, uma diferença de 13 pontos percentuais às vésperas do primeiro turno. Em relação aos primeiros colocados, os dados divulgados pelo Brasmarket são totalmente diferentes de outros institutos de pesquisa. Dafatolha, Ipec (ex-Ibope) e BTG/FSP mostram Lula na dianteira. Segundo a sondagem, o pedetista Ciro Gomes aparece em terceiro com 7,6% das intenções de voto e Simone Tebet (MDB) em quarto, com 4,6%. Soraya Thronicke (União), Felipe D'Ávila (NOVO), Padre Kelmon (PTB), Sofia Manzano (PCB), Constituinte Eymael (DC), Leonardo Péricles (UP) e Vera Batista (PSTU) têm menos de 1%. Segundo o Brasmarket, a pesquisa foi realizada entre 10 e 14 de setembro deste ano, ouviu 2,4 mil pessoas em 504 cidades brasileiras. O nível de confiança é de 95% e margem de erro de 2 pontos percentuais. Todas as entrevistas foram realizadas por telefone. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista  

Estadão Notícias
Alta taxa de reeleição nas eleições estaduais e no Parlamento

Estadão Notícias

Play Episode Listen Later Sep 15, 2022 26:01


Diferentemente de 2018, as eleições deste ano não devem ser marcadas pela lógica da renovação a qualquer custo. Uma aproximação com os chamados “políticos de carteirinha” e um afastamento daqueles que se apresentam como “outsiders” colabora para uma expectativa de que em ao menos 12 estados e no Distrito Federal as eleições sejam definidas logo no primeiro turno, conforme apontam as pesquisas Ipec e DataFolha.  Na corrida para o Legislativo, a marca do "continuísmo" também tende a se sobrepor. Dos 513 parlamentares em exercício na Câmara dos Deputados, ao menos 447 estão se candidatando novamente. Isso equivale a 87% do total. Não por acaso: nunca houve tanto acesso a financiamento para as campanhas, seja do Fundo Eleitoral, seja das emendas do orçamento secreto. O que explica a vitória do governismo nos Estados, mesmo com os efeitos drásticos da pandemia e as campanhas negativas contra os governadores protagonizadas por Bolsonaro? E como fica o cenário para o Legislativo caso a taxa de renovação fique baixa?Episódio desta quinta-feira (15) analisa o assunto numa conversa com o cientista político Bruno Silva, diretor de Projetos do Movimento Voto Consciente.  O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. Apresentação: Emanuel Bomfim Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg, Gabriela Forte e Victória Ribeiro Montagem: Moacir BiasiSee omnystudio.com/listener for privacy information.

TV 247
Live do Conde! IPEC mostra Lula mais forte

TV 247

Play Episode Listen Later Sep 13, 2022 60:40


Live do Conde! IPEC mostra Lula mais forte by TV 247

O Antagonista
Cortes do Papo - Lula: "Eu nunca fiz eleição para ganhar no 2° turno"

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 13, 2022 2:49


Lula (foto) admitiu publicamente pela primeira vez a estratégia pelo voto útil, para tentar encerrar a disputa presidencial no 1° turno. Em publicação no Twitter há pouco, o petista escreveu: "Eu nunca fiz eleição para ganhar no 2° turno. Eu, que tenho 46%, tenho que acreditar que é possível nos próximos dias conquistar a porcentagem que falta, sem desprezo a ninguém." Como mostramos, a mais recente pesquisa do Ipec (ex-Ibope), divulgada ontem, aponta que a vantagem de Lula sobre Bolsonaro passou de 13 para 15 pontos percentuais. O petista oscilou dois pontos para cima, de 44% para 46%, em relação à pesquisa anterior, do dia 5 de setembro. O presidente, por sua vez, manteve os mesmos 31% de uma semana atrás. Já o novo levantamento do Instituto Paraná, publicado hoje, aponta que os dois estão tecnicamente empatados no primeiro turno. O petista aparece com 39,6% das intenções de voto, contra 36,5% do atual presidente da República. Na sondagem anterior, divulgada na semana passada, Lula tinha 40,2% e Bolsonaro, 36,4%. Leia também: Cada um com sua pesquisa Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista

Colunistas Eldorado Estadão
Eliane: "População assimilou que 7 de setembro foi ilegítimo e ilegal"

Colunistas Eldorado Estadão

Play Episode Listen Later Sep 13, 2022 19:42


O agregador de pesquisas eleitorais do Estadão Dados já está atualizado com os dados divulgados em 12/09 pelas empresas Ipec e FSB. Segundo a Média Estadão Dados, calculada pelo agregador, Luiz Inácio Lula da Silva tem 44% das intenções de voto e Jair Bolsonaro, 34%. Considerando-se apenas os votos válidos, ou seja, sem contar brancos, nulos e indecisos, Lula tem 49% e Bolsonaro, 37%. "Bolsonaro mexeu mundos e fundos a serviço de comícios de campanha no 7 de setembro e não aconteceu nada. Ele botou muita gente na rua, mas, o que ficou, aparentemente, é que usou dinheiro público para fazer atos cívicos para comemorar o bicentenário da Independência e não era nada disso; Bolsonaro nem tocou neste assunto. A população assimilou que foi ilegítimo e ilegal", opina Eliane. Em cerimônia sem a presença do presidente Jair Bolsonaro, a ministra Rosa Weber assumiu nesta segunda a presidência do Supremo Tribunal Federal com um discurso em defesa das instituições e da democracia. Ela disse que o “mínimo” esperado nos governos democráticos é “respeitar as diferenças e as regras do jogo” e afirmou que o “norte” de sua gestão será a defesa da Constituição e da democracia. "Ministra Rosa Weber fica um ano e um mês no cargo, mas sai por cima; é a terceira presidente mulher do STF em 134 anos. Todo mundo, quando fala da ministra, diz que ela é discreta, muito técnica e firme. Um outro ministro do Supremo agregou, ainda, que ela é ortodoxa; não flexibiliza a leitura da Constituição", diz Cantanhêde.See omnystudio.com/listener for privacy information.

O Assunto
Para entender a sucessão na Bahia

O Assunto

Play Episode Listen Later Sep 12, 2022 23:28


No Estado em que o PT venceu as últimas quatro disputas no primeiro turno, pesquisas apontam alta chance de mudança este ano. E desenham um quadro diferente da polarização nacional: lá, quem lidera por ampla margem (56% no Ipec mais recente) é o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil), que nunca esteve ao lado de Lula nem está com Jair Bolsonaro (PL). "Se as urnas confirmarem isso, a Bahia pode se tornar um laboratório da terceira via", diz o cientista político Paulo Fabio Dantas, referindo-se ao campo que tentou viabilizar uma alternativa às duas candidaturas protagonistas da corrida ao Planalto. Em conversa com Renata Lo Prete, o professor da UFBA analisa a “grande diferença de contexto” que separa as atuações de Neto e do avô, o ex-governador Antônio Carlos Magalhães (1927-2007). Paulo Fábio aponta desgaste após 16 anos no poder e fragilidades de Jerônimo Rodrigues (13%), o ex-secretário da Educação escolhido para representar o PT na disputa, como fatores que ajudam a explicar por que o partido está ameaçado de perder seu principal reduto, apesar da dominância de Lula no Estado. A entrevista trata ainda dos papéis do distante terceiro colocado, João Roma (PL), hoje com 7%, lançado para dar palanque a Bolsonaro, e do MDB de Geddel Vieira Lima, que indicou o vice da chapa petista.

O Antagonista
Cortes do Papo - Novo Ipec presidencial: Lula 44%, Bolsonaro 31%

O Antagonista

Play Episode Listen Later Sep 7, 2022 7:44


O Ipec (ex-Ibope) divulgou na noite desta segunda-feira (5) sua nova pesquisa presidencial. Ela mostra estabilidade das intenções de voto em Lula (PT, foto), o primeiro colocado, e em Jair Bolsonaro (PL, foto), o segundo. O petista manteve os mesmos 44% da pesquisa anterior do instituto, divulgada uma semana atrás, em 29 de agosto. O atual presidente, por sua vez, oscilou negativamente um ponto (dentro da margem de erro), de 32% para 31%. Ciro Gomes (PDT) oscilou positivamente um ponto e agora tem 8%; Simone Tebet (MDB) também oscilou um ponto para cima e ficou com 4%. Luiz Felipe D'Avila (Novo) e Soraya Thronicke (União Brasil) aparecem com 1%; os demais não pontuaram. Há, ainda, 6% dos entrevistados que declaram voto em branco ou nulo e 5% de indecisos. Contando apenas os votos válidos (sem brancos e nulos), Lula fica com 50%, o que deixa a decisão em primeiro turno dentro da margem de erro —é preciso ter 50% mais um dos votos para que um candidato vença sem precisar de segundo turno. Nesse cálculo, Bolsonaro tem 35%. O Ipec ouviu 2.512 eleitores em 158 municípios brasileiros, entre os dias 2 e 4 de setembro. A margem de erro da sua pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Inscreva-se e receba a newsletter: https://bit.ly/2Gl9AdL​ Confira mais notícias em nosso site: https://www.oantagonista.com​ Acompanhe nossas redes sociais: https://www.fb.com/oantagonista​ https://www.twitter.com/o_antagonista​ https://www.instagram.com/o_antagonista No Youtube deixe seu like e se inscreva no canal: https://www.youtube.com/c/OAntagonista